Domingo, 24 de Abril de 2016

Pão Saloio em S. João das Lampas

 

Sábado, dei um saltinho a S. João das Lampas, e jantei no 1º Festival de Pão Saloio que decorreu este fim de semana, encerrando hoje, onde também se pode apreciar a mostra agrícola, artesanato e diversões, próprias de um evento destes. Atraiu-me o sugestivo nome de "pão saloio" e atraiu-me também as potencialidades desta zona, tão perto da capital, que ainda encerra muitos dos saberes e sabores de antigamente, os sabores saloios e genuínos. Eu gosto destas "feiras", porque são elas que nos trazem ainda ao conhecimento e ao nosso palato alguns dos sabores que fazem a diferença da bitola da comida de plástico, toda igual, e que prolifera em tudo que é espaço de centro comercial, ou aglomerado urbano. Estas feiras e mostras são potenciadoras na união e identidade de todos os que não tendo origem na região saloia, a escolheram para viver. 
Não sei se alguém da organização me vai ler ou não, mas a única coisa a corrigir no futuro é a aposta nas "barraquinhas" de pão saloio, dos produtos endógenos, é que eu ir á procura de pão saloio e sair de lá com pão de Alfandega da Fé, não é propriamente o que estava à espera. Sei que não é fácil, sei que há muito trabalho de retaguarda, mas apostem e mobilizem as associações, os comerciantes  da terra, e apostem no pão, o Pão Saloio.

 

 Alguns pontos onde se podia comer, e até se comeu bem, diga-se em abono da verdade...

As normais e ordeiras filas, para manducar...

A mostra agrícola, que expõe as velhas relíquias mecânicas...

A agricultura também tem os seus clássicos...

Miniaturização de um estilo tipicamente saloio...

A minha origem camponesa leva-me muitas vezes a parar, observar e conversar, com quem vive da terra e dos produtos que ela produz. Gostei de falar como Sr. Alcino da Silva Lourenço, de onde trouxe algumas espécies de feijão para ver se se adaptam na minha Beira Serra...

E reitero o que atrás disse, estas iniciativas, feiras, mostras, e festivais que promovam os produtos locais, e que dão a conhecer os produtos endógenos nunca são demais. Eu por exemplo, há quase quarenta anos a residir em Sintra, não conhecia nenhum produtor de mel de Sintra; fiquei a conhecer, e embora sendo muito diferente do mel da minha Serra do Açor, gostei, e voltarei a comprar.  

E o pão saloio é para apostar...
Parabéns aos organizadores e à autarquia local, a União de Freguesias de S. João das Lampas e Terrugem. Continuem! Força!

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 20:38
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 19 de Abril de 2016

A Taverna dos Trovadores está Linda!

Taverna dos Trovadores (1)

No sábado dei um saltinho à Taverna dos Trovadores para ver e rever os meus amigos e notei algumas diferenças. Que bonito está este espaço do nosso amigo e conterrâneo Fernando Pereira!

Taverna dos Trovadores (2)

Taverna dos Trovadores (3)

Taverna dos Trovadores (4)

Taverna dos Trovadores (5)

Taverna dos Trovadores (6)

Taverna dos Trovadores (7)

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 11:25
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito (2)
Segunda-feira, 18 de Abril de 2016

Bucho de Arganil na Casa da Comarca de Arganil

10º Aniversário Confraria do Bucho na Casa da Co

A Confraria do Bucho de Arganil, que vai comemorar o seu 10º aniversário, e que terá o seu ponto alto no fim de semana de 27 a 29 de Maio, com o "Fim de Semana do Bucho" em Arganil, escolheu a Casa da Comarca de Arganil, o berço do regionalismo em Lisboa e uma das Casas Regionais mais prestigiadas,  que é a "guarda avançada" na divulgação de Arganil e da Beira Serra, dos nossos valores, das nossas tradições, das nossas paisagens, das nossas gentes da nossa gastronomia e de tudo o que de melhor temos para oferecer, incluindo a simpatia do povo arganilense que sabe receber quem nos visita, para apresentação do programa do seu 10º aniversário, sob o lema " Dez Anos de Tradição com sabor a História". 
A Casa da Comarca de Arganil foi uma feliz escolha, e no sábado, todos os que disseram presente, tiveram a oportunidade de apreciar os vários buchos que se fabricam em Arganil; Vila Cova de Alva, Benfeita, Arganil, do Fumeiro de Arganil (Soares & Damião), de Folques e de S: Martinho da Cortiça; espero não me ter esquecido de nenhum! E falando em Bucho, não podia faltar o vinho, e o néctar que tivemos a oportunidade de beber, foi, nem mais nem menos, do que o único vinho com denominação oficial Dão, que se produz no concelho de Arganil, o vinho Casa da Carvalha de S. Martinho da Cortiça; falaremos um dia destes, com mais detalhe sobre estes  excelentes vinhos, estejam atentos! Para além do Bucho, não faltaram outras iguarias, como favas com entrecosto, bacalhau com grão, etc, salgados variados e um caldo verde. De Arganil veio ainda uma grande variedade de doçaria, onde não faltaram também os premiados pasteis de nata e as conhecidas e famosas amêndoas da pastelaria Balcão do Marquês, cujo fabrico é da responsabilidade de um confrade e conterrâneo. O queijo da Quinta da Vumba, um produto de excelência, também não faltou.
Tenho pena de quem não esteve presente! Não sabe o que perdeu!!!

Quero expressar aqui, e penso que serei secundado por quem esteve no sábado na Casa da Comarca de Arganil, um agradecimento a todos os produtores e empresários que depositaram na Confraria do Bucho de Arganil a divulgação dos seus produtos de grande qualidade.
Nas fotos que se seguem, que não são mais do que um pequeno testemunho do que foi esta primeira jornada da comemoração dos 10 anos da existência da Confraria do Bucho de Arganil, terão a oportunidade de ver o que acabo de escrever, porque uma imagem vale mais que as minhas palavras. Espero que gostem e espero que visitem Arganil.

10º Aniversário Confraria do Bucho na Casa da Co

O cartaz que publicita o Fim de Semana do Bucho. Esta é uma oportunidade para visitar Arganil.

10º Aniversário Confraria do Bucho na Casa da Co

Um aspecto do Salão da Casa da Comarca de Arganil.

10º Aniversário Confraria do Bucho na Casa da Co

A Mordomo Mor, Dra Fernanda Maria, foi chamando para junto da mesa, alguns Confrades, produtores, ou representantes dos mesmos, e ainda personalidades que se distinguem na divulgação e comercialização dos produtos e na na divulgação do nosso território arganilense.

10º Aniversário Confraria do Bucho na Casa da Co

10º Aniversário Confraria do Bucho na Casa da Co

Apreciem...
Coisas de comer e chorar por mais, onde se podem ver os famosos coscureis tipicos da nossa região, aqui, os dos Cêpos, mas onde podiam estar também os premiados coscoreis de Soito da Ruiva, Pomares, que são uma das referências da Feira das Freguesias, que se realiza no segundo fim de semana de Junho. Por lá encontrarão tudo isto...

10º Aniversário Confraria do Bucho na Casa da Co

10º Aniversário Confraria do Bucho na Casa da Co

10º Aniversário Confraria do Bucho na Casa da Co

10º Aniversário Confraria do Bucho na Casa da Co

10º Aniversário Confraria do Bucho na Casa da Co

As famosas amêndoas artesanais do Balcão do Marquês, fabricadas pelo nosso conterrâneo, Ernesto Santos.

10º Aniversário Confraria do Bucho na Casa da Co

10º Aniversário Confraria do Bucho na Casa da Co

Os premiados pasteis de nata do Balcão do Marquês, em Lisboa, junto das bolachas Donanna, de Côja.

10º Aniversário Confraria do Bucho na Casa da Co

Buchos...

10º Aniversário Confraria do Bucho na Casa da Co

10º Aniversário Confraria do Bucho na Casa da Co

10º Aniversário Confraria do Bucho na Casa da Co

10º Aniversário Confraria do Bucho na Casa da Co

10º Aniversário Confraria do Bucho na Casa da Co

10º Aniversário Confraria do Bucho na Casa da Co

10º Aniversário Confraria do Bucho na Casa da Co

10º Aniversário Confraria do Bucho na Casa da Co

10º Aniversário Confraria do Bucho na Casa da Co

Um queijo de excelência da Quinta do Carapinhal de S. Martinho da Cortiça.

10º Aniversário Confraria do Bucho na Casa da Co

Vinhos Casa da Carvalha, um excelente vinho que só se encontra em lojas gourmet, ou no produtor.  

10º Aniversário Confraria do Bucho na Casa da Co

A presença da "marca Portugal com paixão".

10º Aniversário Confraria do Bucho na Casa da Co

Confrades...

10º Aniversário Confraria do Bucho na Casa da Co

10º Aniversário Confraria do Bucho na Casa da Co

10º Aniversário Confraria do Bucho na Casa da Co

10º Aniversário Confraria do Bucho na Casa da Co

10º Aniversário Confraria do Bucho na Casa da Co

À conversa...

10º Aniversário Confraria do Bucho na Casa da Co

Dra Célia e Dr. Miguel Ventura.

10º Aniversário Confraria do Bucho na Casa da Co

Um aspecto do Salão da Casa da Comarca de Arganil.

10º Aniversário Confraria do Bucho na Casa da Co

A dinâmica Confrade, Carla Brito.

10º Aniversário Confraria do Bucho na Casa da Co

10º Aniversário Confraria do Bucho na Casa da Co

Dra Rita Andrade Rocha, produtora do vinho Quinta da Carvalha.

10º Aniversário Confraria do Bucho na Casa da Co

Ernesto Santos, do Balcão do Marquês, e vice-presidente da AHRESP, emocionado usa da palavra.

10º Aniversário Confraria do Bucho na Casa da Co

Dr. Miguel Ventura.

10º Aniversário Confraria do Bucho na Casa da Co

O responsável da marca "Portugal com paixão", António Franco...

10º Aniversário Confraria do Bucho na Casa da Co

...entrega ao Presidente da Casa da Comarca de Arganil, uma das boxes " Arganil com paixão"

10º Aniversário Confraria do Bucho na Casa da Co

...e no seu interior...uma t-shirt...

10º Aniversário Confraria do Bucho na Casa da Co

...Arganil é mesmo uma paixão!!!

10º Aniversário Confraria do Bucho na Casa da Co

A Mordomo-Mor, Dra Fernanda Maria, exibe também a sua box...

10º Aniversário Confraria do Bucho na Casa da Co

Portugal com paixão e Arganil com paixão...

10º Aniversário Confraria do Bucho na Casa da Co

10º Aniversário Confraria do Bucho na Casa da Co

Sr. Salvador Nunes com Rosário Pimentel e Fernanda Carvalho.

10º Aniversário Confraria do Bucho na Casa da Co

Boa disposição...

10º Aniversário Confraria do Bucho na Casa da Co

À conversa...

Confraria do Bucho na Casa da Comarca de arganil

A confrade Laurinha à conversa com Ana Neves (Anita) do Soito da Ruiva.

10º Aniversário Confraria do Bucho na Casa da Co

Até se dança...

10º Aniversário Confraria do Bucho na Casa da Co

Irmãos Travassos

10º Aniversário Confraria do Bucho na Casa da Co

É preciso anotar: fim de semana 27 a 29 de Maio é em Arganil...

10º Aniversário Confraria do Bucho na Casa da Co

E o grupo de concertinas da Casa da Comarca de Arganil, estava lá...

E onde há arganilenses há alegria...

 

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 15:25
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Sábado, 16 de Abril de 2016

Orçamento Participativo - Agualva e Mira-Sintra

Orçamento Participativo da Junta Freguesia de Agu

Qualquer semelhança com o que eu conheço de outras realidades é pura ficção. Ou melhor, há uma distância galáctica.
Ontem assisti à sessão do Orçamento Participativo na Junta de Freguesia de Agualva e Mira Sintra, onde foram apresentados pelos proponentes 18 projectos, desde dança, talentos, passando pelo património histórico, de requalificação de espaços públicos, de pequenas obras escolares, da cultura, da intervenção e apoio social, da agricultura biológica e permacultura, e até à street art, que irão ser sujeitos a votação que se iniciará na segunda feira.
O Orçamento Participativo é um instrumento democrático que ajuda a definir prioridades da freguesia, e pode ser apresentado pelos cidadãos, ou grupo de cidadãos, residentes na freguesia, ou associações sem fins lucrativos. Possibilita ainda, que todos os cidadãos possam participar em igualdade de condições na tomada de decisões e na gestão de recursos. Para isso é destinada uma verba, que tem regras, entre as quais 60% do valor é destinado a projectos na área de apoio social, da cultura, de infra-estruturas ou do desporto, e 40% para projectos destinados à juventude e escolas. O Orçamento Participativo, é uma forma também de incentivar a participação na gestão publica, tendo em atenção especial os jovens, que tive a oportunidade de constactar pela participação destes na apresentação de alguns projectos.

Deixo aqui algumas imagens com a consciência que isto é uma forma democrática, aberta e transparente, na gestão dos recursos e dinheiros públicos, e uma excelente forma de ouvir os cidadãos e tornar o poder politico mais perto das pessoas. Gostei de assistir, e acredito que a nossa cidade só tem a ganhar. Parabéns para a Junta de Freguesia, na pessoa do seu Presidente, Arqº Carlos Casimiro, a quem se devem estas excelentes iniciativas.

Orçamento Participativo da Junta Freguesia de Agu

Orçamento Participativo da Junta Freguesia de Agu

Orçamento Participativo da Junta Freguesia de Agu

Orçamento Participativo da Junta Freguesia de Agu

Orçamento Participativo da Junta Freguesia de Agu

Orçamento Participativo da Junta Freguesia de Agu

Orçamento Participativo da Junta Freguesia de Agu

Orçamento Participativo da Junta Freguesia de Agu

Orçamento Participativo da Junta Freguesia de Agu

Orçamento Participativo da Junta Freguesia de Agu

Orçamento Participativo da Junta Freguesia de Agu

Orçamento Participativo da Junta Freguesia de Agu

Orçamento Participativo da Junta Freguesia de Agu

Orçamento Participativo da Junta Freguesia de Agu

Orçamento Participativo da Junta Freguesia de Agu

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 11:22
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Quarta-feira, 13 de Abril de 2016

Loja do Cidadão em Agualva-Cacém

Inauguração da Loja do Cidadão de Agualva-Cacé

Hoje foi um dia grande para quem vive na "Linha de Sintra", que, para além de ver o metropolitano chegar à Reboleira, e permitir o "transfer" com a "nossa"  linha da CP possibilitando chegar à baixa lisboeta em pouco mais de quinze minutos, foi também inaugurada a Loja do Cidadão de Agualva- Cacém, dotando a nossa cidade de uma mais valia que reúne num ponto só a prestação de serviços públicos, agregando no mesmo espaço entidades publicas e privadas.

Inauguração da Loja do Cidadão de Agualva-Cacé

A inauguração teve a presença do Primeiro Ministro, Dr. António Costa, para além de inúmeras entidades do governo e da autarquia, nomeadamente, e como é obvio, o Dr. Basílio Horta, Presidente da Câmara de Sintra.

Inauguração da Loja do Cidadão de Agualva-Cacé

O Primeiro Ministro, Dr. António Costa e o Dr. Basílio Horta, Presidente da Câmara Municipal de Sintra, estão de parabéns.

Inauguração da Loja do Cidadão de Agualva-Cacé

Como viria a referir o Dr. Basílio Horta na sua intervenção, agradeceu a expressiva presença de muitas centenas de pessoas nesta inauguração, mesmo sendo um dia de semana. 

Inauguração da Loja do Cidadão de Agualva-Cacé

E porque hoje também era " o dia do beijo", o Primeiro Ministro, António Costa, não se cansou de distribuir beijos a dezenas de senhoras que o abordaram, e muitos afectos a muita gente que efusivamente o cumprimentava. Isto é a parte que não se vê nas televisões...

Inauguração da Loja do Cidadão de Agualva-Cacé

Mas, vamos recuar um pouco, para vos mostrar cronologicamente os acontecimentos.

Muito antes da hora, centenas de pessoas aguardavam a chegada das entidades oficiais, e também algumas personalidades do governo e do gabinete do PM, bem como da autarquia sintrense, já marcavam presença...

Inauguração da Loja do Cidadão de Agualva-Cacé

...e ainda outras entidades da nossa cidade.

Inauguração da Loja do Cidadão de Agualva-Cacé

A chegada do Primeiro Ministro, Dr. António Costa.

Inauguração da Loja do Cidadão de Agualva-Cacé

Cumprimentando o Vice-Presidente da Câmara Municipal de Sintra, Dr. Rui Pereira.

Inauguração da Loja do Cidadão de Agualva-Cacé

Cumprimentando a Ministra da Presidência e da Modernização Administrativa, Dra. Maria Manuel Leitão Marques, (Professora Catedrática da Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra) 

Inauguração da Loja do Cidadão de Agualva-Cacé

E esta Sra. diz, depois de cumprimentar efusivamente o Dr. António Costa, "já fui sua apoiante, quando foi candidato à Câmara Municipal de Loures".

Inauguração da Loja do Cidadão de Agualva-Cacé

Um "banho de multidão", a parte que as televisões não têm tempo para mostrar. Na foto, em primeiro plano, o "meu" Presidente de Junta, Arqº Carlos Casimiro,  a cumprimentar o Dr. António Costa.

Inauguração da Loja do Cidadão de Agualva-Cacé

Cumprimentando o povo.

Inauguração da Loja do Cidadão de Agualva-Cacé

Idem...

Inauguração da Loja do Cidadão de Agualva-Cacé

Idem...

Inauguração da Loja do Cidadão de Agualva-Cacé

Não vi barreiras, nem constrangimentos. Isto é outra forma de governar... para arrelia de muitos "pafpianos", a geringonça está a andar, e bem...

Inauguração da Loja do Cidadão de Agualva-Cacé

Nas instalações da Loja do Cidadão havia limitação de espaço à captação de imagens...

Inauguração da Loja do Cidadão de Agualva-Cacé

Intervenção do Dr. Basílio Horta, Presidente da Câmara Municipal de Sintra.

Inauguração da Loja do Cidadão de Agualva-Cacé

Intervenção da Ministra da Presidência e da Modernização Administrativa, Dra. Maria Manuel Leitão Marques.

Inauguração da Loja do Cidadão de Agualva-Cacé

Intervenção do Primeiro Ministro, Dr. António Costa.

Inauguração da Loja do Cidadão de Agualva-Cacé

Dr. Basílio Horta, ouvindo o Dr. António Costa.

Inauguração da Loja do Cidadão de Agualva-Cacé

Aspecto da cerimónia.

Inauguração da Loja do Cidadão de Agualva-Cacé

O Primeiro Ministro, cumprimenta o seu Presidente de Câmara, porque o Dr. António Costa  tem residência em Sintra.

Inauguração da Loja do Cidadão de Agualva-Cacé

E assim está terminada a cerimónia...

Inauguração da Loja do Cidadão de Agualva-Cacé

Temos Loja do Cidadão na cidade de Agualva-Cacém. Obrigado!

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 23:45
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Domingo, 10 de Abril de 2016

Festa Regionalista na Casa da Comarca de Arganil

Casa da Comarca de Arganil - Festa do Rancho Folcl

A festa é do Rancho Folclórico da Ribeira de Celavisa, que representa e tem a sua sede na Casa da Comarca de Arganil, que todos os anos festeja a sua fundação que já soma mais de três décadas. E isto, por si só, é motivo para dar uma saltada à Rua da Fé, porque para além do espectáculo que reuniu o rancho residente, também teve a participação de outro grande rancho da minha Freguesia de Pomares, o Grupo Etnográfico Raízes de Sobral Gordo, motivo mais que suficiente para ver e conviver com gente da minha terra e da minha região. É isto que vos vou mostrar através da minha objectiva, que tem sempre estado ao serviço desta causa regionalista, um movimento de cariz único no concelho de Arganil e Serra do Açor, e que tão bem é representado em Lisboa pela Casa da Comarca de Arganil, que nos deve merecer todo o apoio e carinho pelo que representa: nós os Beirões, teimosos e cabeçudos beirões, como nos descreveu Miguel Torga.   

Casa da Comarca de Arganil - Festa do Rancho Folcl

Para além de muita gente da nossa freguesia, da Barrôja, Sobral Magro, Sorgaçosa, e outros que integram o rancho residente, que vamos ver adiante, presentes também, algumas caras conhecidas e ligadas ao movimento regionalista e ao Soito da Ruiva e o seu Grupo de Danças e Cantares de Soito da Ruiva, outro grande rancho da nossa freguesia.

Casa da Comarca de Arganil - Festa do Rancho Folcl

O casal Isabel e João Basílio na assistência, a assistir à estreia do irmão e cunhada no Rancho Folclorico da Ribeira de Celavisa.

Casa da Comarca de Arganil - Festa do Rancho Folcl

E quem disse que o folclore é para velhos?
Então vamos ver muitos jovens que nos proporcionaram uma excelente noite de festa.

Casa da Comarca de Arganil - Festa do Rancho Folcl

A noite iniciou-se com um baile abrilhantado pelo acordeonista Gonçalo Barata, e contou no final da actuação dos Ranchos Folclóricos com artistas conhecidos da nossa "praça"; Micaela, Sérgio Rossi, Melão, Ricardo e Henrique e Nuno Miguel.

Casa da Comarca de Arganil - Festa do Rancho Folcl

E porque a festa é deles, e nossa, vamos ver mais de 70 fotos...divirtam-se e estejam atentos aos eventos da Casa da Comarca de Arganil.

Casa da Comarca de Arganil - Festa do Rancho Folcl

Casa da Comarca de Arganil - Festa do Rancho Folcl

Casa da Comarca de Arganil - Festa do Rancho Folcl

Casa da Comarca de Arganil - Festa do Rancho Folcl

Casa da Comarca de Arganil - Festa do Rancho Folcl

Casa da Comarca de Arganil - Festa do Rancho Folcl

Casa da Comarca de Arganil - Festa do Rancho Folcl

Casa da Comarca de Arganil - Festa do Rancho Folcl

Casa da Comarca de Arganil - Festa do Rancho Folcl

Casa da Comarca de Arganil - Festa do Rancho Folcl

Casa da Comarca de Arganil - Festa do Rancho Folcl

Casa da Comarca de Arganil - Festa do Rancho Folcl

Casa da Comarca de Arganil - Festa do Rancho Folcl

Casa da Comarca de Arganil - Festa do Rancho Folcl

Apresentação de estreantes...dos mais pequeninos, aos mais velhos.

Casa da Comarca de Arganil - Festa do Rancho Folcl

De Pomares, e como estreante, Alfredo Basílio...

Casa da Comarca de Arganil - Festa do Rancho Folcl

 ...e ainda a sua esposa, Aida Basílio.

Casa da Comarca de Arganil - Festa do Rancho Folcl

Outro estreante...

 

Casa da Comarca de Arganil - Festa do Rancho Folcl

Ainda outro(a)...

Casa da Comarca de Arganil - Festa do Rancho Folcl

E mais outro...

Casa da Comarca de Arganil - Festa do Rancho Folcl

 E outro ainda...

Casa da Comarca de Arganil - Festa do Rancho Folcl

Uma figura conhecida e bem disposta do Rancho Folclórico da Ribeira de Celavisa e da direcção da Casa da Comarca de Arganil, Armindo Ladeira.

Casa da Comarca de Arganil - Festa do Rancho Folcl

Casa da Comarca de Arganil - Festa do Rancho Folcl

Uma super e bonita voz: Fernanda Neves.

Casa da Comarca de Arganil - Festa do Rancho Folcl

Casa da Comarca de Arganil - Festa do Rancho Folcl

Casa da Comarca de Arganil - Festa do Rancho Folcl

Casa da Comarca de Arganil - Festa do Rancho Folcl

Casa da Comarca de Arganil - Festa do Rancho Folcl

Casa da Comarca de Arganil - Festa do Rancho Folcl

Casa da Comarca de Arganil - Festa do Rancho Folcl

Casa da Comarca de Arganil - Festa do Rancho Folcl

Casa da Comarca de Arganil - Festa do Rancho Folcl

Casa da Comarca de Arganil - Festa do Rancho Folcl

O final da actuação do Rancho Folclórico Ribeira da Celavisa.

Casa da Comarca de Arganil - Festa do Rancho Folcl

 A entrada no salão do Grupo Etnográfico Raízes de Sobral Gordo.

Casa da Comarca de Arganil - Festa do Rancho Folcl

Casa da Comarca de Arganil - Festa do Rancho Folcl

Casa da Comarca de Arganil - Festa do Rancho Folcl

Casa da Comarca de Arganil - Festa do Rancho Folcl

Casa da Comarca de Arganil - Festa do Rancho Folcl

Casa da Comarca de Arganil - Festa do Rancho Folcl

Casa da Comarca de Arganil - Festa do Rancho Folcl

 

Casa da Comarca de Arganil - Festa do Rancho Folcl

Casa da Comarca de Arganil - Festa do Rancho Folcl

Casa da Comarca de Arganil - Festa do Rancho Folcl

Casa da Comarca de Arganil - Festa do Rancho Folcl

Casa da Comarca de Arganil - Festa do Rancho Folcl

Uma pequena nota sobre esta bela fotografia, etnograficamente magnifica; também eu que tenho raízes no Sobral Gordo, ainda conservo a minha cesta/berço, que foi feita pelo meu bisavô sobralgordense para a minha mãe, e serviu para mim.   

Casa da Comarca de Arganil - Festa do Rancho Folcl

Casa da Comarca de Arganil - Festa do Rancho Folcl

Casa da Comarca de Arganil - Festa do Rancho Folcl

Casa da Comarca de Arganil - Festa do Rancho Folcl

Casa da Comarca de Arganil - Festa do Rancho Folcl

A incansável Odete Francisco, a líder do Grupo e figura incontornável do movimento regionalista da nossa freguesia.

Casa da Comarca de Arganil - Festa do Rancho Folcl

Casa da Comarca de Arganil - Festa do Rancho Folcl

Casa da Comarca de Arganil - Festa do Rancho Folcl

Casa da Comarca de Arganil - Festa do Rancho Folcl

Casa da Comarca de Arganil - Festa do Rancho Folcl

Casa da Comarca de Arganil - Festa do Rancho Folcl

A ínter-acção dos dois Ranchos.

Casa da Comarca de Arganil - Festa do Rancho Folcl

Casa da Comarca de Arganil - Festa do Rancho Folcl

Casa da Comarca de Arganil - Festa do Rancho Folcl

Casa da Comarca de Arganil - Festa do Rancho Folcl

 

Casa da Comarca de Arganil - Festa do Rancho Folcl

Casa da Comarca de Arganil - Festa do Rancho Folcl

Casa da Comarca de Arganil - Festa do Rancho Folcl

Casa da Comarca de Arganil - Festa do Rancho Folcl

Casa da Comarca de Arganil - Festa do Rancho Folcl

Casa da Comarca de Arganil - Festa do Rancho Folcl

Casa da Comarca de Arganil - Festa do Rancho Folcl

Casa da Comarca de Arganil - Festa do Rancho Folcl

Casa da Comarca de Arganil - Festa do Rancho Folcl

Casa da Comarca de Arganil - Festa do Rancho Folcl

A saída do Grupo Etnográfico Raízes de Sobral Gordo...

Casa da Comarca de Arganil - Festa do Rancho Folcl

Seguiu-se o leilão.

Casa da Comarca

 E siga a música pela noite dentro.

Os videos:

 

 

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 22:40
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
Quarta-feira, 6 de Abril de 2016

Um pedaço do meu mundo!

Colcorinho

Sou livre num pedaço do mundo que só alguns conhecem, mas nem todos sentem o frio da pedra, as curvas da Serra, as aldeias onde se morre de velho, e os novos há muito que se foram embora, onde não há nascimentos, e onde muitos nunca sentiram os ventos cortantes do mais alto dos Miradouros da minha Serra do Açor: O Colcorinho.

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 23:40
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 30 de Março de 2016

The perfect selfie in Cabo da Roca

Cabo da Roca (1)

Como por cá não tenho as minhas agriculturices para me entreter, e não é salutar ficar de chinelos em casa, todos os dias dou  a minha voltinha. Poderão dizer:

E o que é que isso nos interessa? Bom, é só para vos tentar situar na acção e no momento, que vos descrevo a seguir.

Ontem, o Sol brilhava e convidava a ir apanhar um pouco de sol e ar puro. Saí sem destino, ou seja, sem itinerário predefinido, embora acabe sempre por andar por aqui perto, às voltas. Por aqui há sempre coisas para ver, ouvir e sentir. Acabei por ir parar ao Cabo da Roca, o ponto mais Ocidental da Europa, que regularmente visito. Dali espraio o olhar pelo oceano, e sinto os ventos frescos da brisa marítima. Nesta época, desabrocha a floração da vegetação, de características mediterrânicas, e de algumas espécies únicas, tornando a paisagem lindíssima, e mais linda se torna em dia de céu azul e sol brilhante.

Ontem esteva um dia assim...

Cabo da Roca (2)

O amarelo sobre o verde predomina.

Cabo da Roca (3)

Aproximo-me, e de repente parece que fui transportado para outras latitudes. A fisionomia e a fonética não enganam. O mandarim era língua predominante. Este é um dos sítios em Portugal com mais chineses por metro quadrado. E como vamos ver mais à frente, tudo com maquinas fotográficas, telemóveis, tabletes, e muitos sticks. Tudo com sticks...

Cabo da Roca (4)

Ali, a uns metros mais acima, o Farol.

Cabo da Roca (5)

Lá em baixo, a 140 metros, o oceano. Uma vertigem deslumbrante.

Cabo da Roca (6)

Arrepia-me ver tantas pessoas que descontraidamente circulam para além das cercas, em trilhos improvisados, que pousam a poucos centímetros do precipício...uma rajada de vento, e era uma vez uma selfie...

Cabo da Roca (7)

Chineses, em maioria, gente jovem sobretudo, look à boa maneira dos states, um ou outro curioso tuga, e algumas famílias de leste. 

Cabo da Roca (8)

Fotos...

Cabo da Roca (9)

Fotos, selfies e tecnologias...

Cabo da Roca (10)

Selfies e mais selfies. Nunca tinha visto tantos a tirar tantas selfies ao mesmo tempo!!! Ufa...

até a mim me contagiaram... 

Cabo da Roca (11)

Cabo da Roca, um sitio magnifico que dá gosto visitar sempre, nem que seja para apanhar ar...

Cabo da Roca (12)

...ou ver a floração da vegetação...

E dá sempre jeito levar a maquina fotográfica e o telemóvel para uma selfie.

 

  

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 23:37
link do post | comentar | favorito
Sábado, 26 de Março de 2016

Via-Sacra na Paróquia de Agualva

Há quem pense que os actos religiosos nas ruas são sinónimo de aldeias do interior. Não é assim a realidade. Na nossa cidade, em Agualva, em Mira Sintra e no Cacém, realizaram-se Via-Sacras nas ruas, lembrando a partida de Jesus e assinalando a Sexta-feira Santa, uma data importante no calendário litúrgico. A religião, seja ela qual for, deve ser praticada em liberdade, e nós não  podemos esquecer que a nossa nação foi fundada por cristãos, e em nome de Cristo.
Há quase quatro décadas que vivo na freguesia e nunca participei em qualquer acto religioso, ontem porém, por ter tido conhecimento da Via-Sacra percorrendo algumas ruas de Agualva, não fiquei em casa, mesmo em dia e horário de jogo de futebol da nossa selecção nacional. Gostei do que vi, e gostei também da actuação da Policia, discreta e eficaz, na condução e regulação do transito, bem como na segurança das pessoas. Por mais de duas horas, as ruas de Agualva viram passar a Via-Sacra. É isto que quero partilhar convosco em mais de três dezenas de fotografias, e ainda num pequeno video.  Espero que gostem!

Via Sacra da Paróquia de Agualva  (2)

Via Sacra da Paróquia de Agualva  (3)

Via Sacra da Paróquia de Agualva  (4)

Via Sacra da Paróquia de Agualva  (5)

Via Sacra da Paróquia de Agualva  (6)

Via Sacra da Paróquia de Agualva  (7)

Via Sacra da Paróquia de Agualva  (8)

Via Sacra da Paróquia de Agualva  (9)

Via Sacra da Paróquia de Agualva  (10)

Via Sacra da Paróquia de Agualva  (11)

Via Sacra da Paróquia de Agualva  (12)

Via Sacra da Paróquia de Agualva  (13)

Via Sacra da Paróquia de Agualva  (14)

Via Sacra da Paróquia de Agualva  (15)

Via Sacra da Paróquia de Agualva  (16)

Via Sacra da Paróquia de Agualva  (17)

Via Sacra da Paróquia de Agualva  (18)

Via Sacra da Paróquia de Agualva  (19)

Via Sacra da Paróquia de Agualva  (20)

Via Sacra da Paróquia de Agualva  (21)

Via Sacra da Paróquia de Agualva  (22)

Via Sacra da Paróquia de Agualva  (23)

Via Sacra da Paróquia de Agualva  (24)

Via Sacra da Paróquia de Agualva  (25)

Via Sacra da Paróquia de Agualva  (26)

Via Sacra da Paróquia de Agualva  (27)

Via Sacra da Paróquia de Agualva  (28)

Via Sacra da Paróquia de Agualva  (29)

Via Sacra da Paróquia de Agualva  (30)

Via Sacra da Paróquia de Agualva  (31)

Via Sacra da Paróquia de Agualva  (32)

Via Sacra da Paróquia de Agualva  (33)

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 23:30
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 22 de Março de 2016

Foi em Paris, foi em Bruxelas...

Belém-Lisboa

Enquanto passeio pela minha Lisboa, o terror caiu novamente sobre uma cidade europeia. Há uns tempos em Paris, hoje em Bruxelas! O coração da Europa. Preocupo-me, e pergunto-me até quando posso andar pelas ruas do meu país em segurança?!
Como já não sou novo, e ando por cá há algum tempo, retrocedo no tempo, o suficiente, para ver "o filme" daqueles que, em nome da democracia, a quizeram exportar para latitudes de onde agora vêm ventos e bandeiras negras...

Primeiro, foi Reza Pahalevi, do Irão, que aos olhos de Reagan era um ditador...

Segundo, no Afeganistão estavam os Russos, que controlavam o poder...e era preciso expulsar o inimigo comunista da região...armaram o amigo Bin Laden, apoiaram e treinaram os mujahedines...até levarem com ele a 11 de Setembro...

Terceiro, um grupo de visionários, entre os quais o então PM de Portugal, Durão Barroso, reuniu nos Açores com os poderosos do Mundo, para decidir a invasão do Iraque e matar Sadam Hussein, que tinha montes de armas de destruição massiça(?)...tretas !!!...
Durão Barroso foi para Bruxelas, deixou o país de tanga...e os portugueses que se lixassem...

Quarto, a Europa aplaudiu o derrube de alguns regimes, e até lhes chamou a primavera árabe...

Hoje até se viaja com mais segurança(!) para o Egipto e para a Tunisia (!?)...

Quinto, a Síria não podia ter um regime que tinha como principal apoiante a Russia...havia que alterar isso, nem que fosse preciso destruir um país, onde a liberdade religiosa era tolerada, assim como era no Iraque de Sadam. O seu nº 2 era cristão...Tarek Aziz...

Sexto, o petróleo, pois, o petróleo!  De onde são as grandes petroliferas??? Pois então!!!

Depois a Europa, sem uma politica e sem politicos à altura,  em quem nós possamos acreditar! E a proposito da globalização, que serve para todas as desculpas, abriu as fronteiras, e venham todos que nós somos "gajos" porreiros e democráticos...até nos lixarmos todos, e até aparecer um "salvador"...que nos lixe também...a culpa foi dos visionários, alguns dos quais estiveram nos Açores...

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 23:18
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Terça-feira, 15 de Março de 2016

Pela minha cidade de Agualva-Cacém (I)

 

Pela minha cidade de Agualva-Cacém (I) (1)

Há cerca de três anos fotografei  " O Lago", e escrevi o que podem ver, clicando AQUI. Hoje, lembrei-me de ir ver como está...e lá continua!!!
Venham comigo...

Pela minha cidade de Agualva-Cacém (I) (3)

Pela minha cidade de Agualva-Cacém (I) (4)

Pela minha cidade de Agualva-Cacém (I) (5)

Pela minha cidade de Agualva-Cacém (I) (6)

Pela minha cidade de Agualva-Cacém (I) (7)

Pela minha cidade de Agualva-Cacém (I) (8)

Pela minha cidade de Agualva-Cacém (I) (9)

Pela minha cidade de Agualva-Cacém (I) (10)

Pela minha cidade de Agualva-Cacém (I) (11)

Pela minha cidade de Agualva-Cacém (I) (12)

Pela minha cidade de Agualva-Cacém (I) (13)

Pela minha cidade de Agualva-Cacém (I) (14)

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 23:03
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Segunda-feira, 14 de Março de 2016

Pela minha cidade de Agualva-Cacém

Pela Minha Cidade Agualva-Cacém (1)

Ontem, domingo, o sol brilhava e convidava a sair de casa, mas a lesão num joelho tem-me limitado a mobilidade, impedindo-me de fazer a minha caminhada diária, e condicionando o meu raio de deslocação a pé. Enchi-me de coragem, vesti o fato de treino, calcei os ténis, peguei na máquina e abalei avenida abaixo, devagar, aproveitando para clicar algumas imagens da minha cidade. É isso que quero partilhar convosco.

Pela Minha Cidade Agualva-Cacém (2)

 

Pela Minha Cidade Agualva-Cacém (3)

Pela Minha Cidade Agualva-Cacém (4)

Pela Minha Cidade Agualva-Cacém (5)

Pela Minha Cidade Agualva-Cacém (6)

Pela Minha Cidade Agualva-Cacém (7)

Pela Minha Cidade Agualva-Cacém (8)

Pela Minha Cidade Agualva-Cacém (9)

Pela Minha Cidade Agualva-Cacém (10)

Pela Minha Cidade Agualva-Cacém (11)

Pela Minha Cidade Agualva-Cacém (12)

Pela Minha Cidade Agualva-Cacém (13)

Pela Minha Cidade Agualva-Cacém (14)

Pela Minha Cidade Agualva-Cacém (15)

Pela Minha Cidade Agualva-Cacém (16)

Pela Minha Cidade Agualva-Cacém (17)

Pela Minha Cidade Agualva-Cacém (18)

Pela Minha Cidade Agualva-Cacém (19)

Pela Minha Cidade Agualva-Cacém (20)

Pela Minha Cidade Agualva-Cacém (21)

Pela Minha Cidade Agualva-Cacém (22)

Pela Minha Cidade Agualva-Cacém (23)

Pela Minha Cidade Agualva-Cacém (24)

Pela Minha Cidade Agualva-Cacém (25)

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 19:49
link do post | comentar | favorito

.Eu

.pesquisar

.Abril 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
14
15
17
20
21
22
23
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Pão Saloio em S. João das...

. A Taverna dos Trovadores ...

. Bucho de Arganil na Casa ...

. Orçamento Participativo -...

. Loja do Cidadão em Agualv...

. Festa Regionalista na Cas...

. Um pedaço do meu mundo!

.arquivos

.tags

. todas as tags

.links

.A ver

online

.Visitas

.últ. comentários

Conheço bem e adoro este espaço
Obrigado Nelson Lucas pelo seu comentário. Pela mi...
Caro Vasco Ramos. Boa noite!Em primeiro lugar quer...
Obrigado pela divulgação dos projetos apresentados...
Sou Confrade e este comentário tem como objectivos...
De facto João Basílio, o meu blog há muito que ult...
O amigo Rouxinol é o nosso foto-jornalista dos...
Bem-haja, por todo apoio, divulgação e carinho que...
Obrigada Odete Francisco pelo comentário. É isso, ...
Amigo António.Bem-haja por a sua sempre pronta dis...

.AVISO

Para evitar a calúnia e a difamação gratuíta, os comentários são moderados pelo autor do blog. Todos os comentários serão publicados, mas se estiver a pensar insultar ou difamar pessoas ou grupos, e de forma geral prejudicar a utilização leal deste espaço não se dê ao trabalho. Os comentários não serão publicados.

 

.A minha escolha musical de hoje