Sexta-feira, 24 de Abril de 2015

Uma Forma de Ver o Fiolhoso - Murça (1)

Fiolhoso post 1 (001)Já estava na "forja" há algum tempo a publicação de algumas fotos que tive a oportunidade de captar por alturas da Páscoa, que passei em Trás-os- Montes. Publicarei 40 fotografias, divididas em dois posts, tantas quantos os anos em que me habituei a visitar o Fiolhoso, pela família e pelas gentes que continuam genuínas, como sabem ser os transmontanos. As fotografias que se seguem, são apenas uma forma de ver o Fiolhoso através de uma objectiva que, quiçá, vê em cada pedra de uma velha casa, uma história de vida, ou muitas histórias de vida que encerram, tantas as formas graníticas que teimosamente vão resistindo erguidas, perpectuando o suor de quem as ergueu. O Fiolhoso tem um património incomensurável em granito, e se há alguns anos se tivesse despertado o interesse em recuperar muitos dos edifícios que agora estão em ruína, esta seria sem dúvida uma das mais belas terras trasmontanas. Pode ser que um dia...  

Fiolhoso post 1 (002)

O Fiolhoso é uma aldeia de dimensões consideráveis, que cresceu perifericamente e tem hoje um bom parque habitacional com as condições que a vida moderna proporciona, contudo, vive também os problemas da interioridade que são a falta de empregos e a consequente desertificação humana. Há muito que os naturais de Fiolhoso tiveram que escolher, emigrar, e hoje são uma comunidade respeitada e conceituada no Luxemburgo, para onde emigraram maioritariamente, e não será por acaso que o Fiolhoso é a aldeia mais luxemburguesa de Portugal. 

Fiolhoso post 1 (003)

O Fiolhoso dispõe de um moderno Lar e Centro de Dia.

Fiolhoso post 1 (004)

Lar inaugurado pelo então 1º Ministro de Portugal António Guterres, e Jean Cloud Junker, 1º Ministro do Luxemburgo, e hoje Presidente do Parlamento Europeu, que atesta por si só a importância desta comunidade naquele país.

Fiolhoso post 1 (005)

Mas não são os edifícios modernos que vos quero mostrar, o que vos quero mostrar são estas pedras graníticas que em cada casa, em cada palheiro, em cada calçada, em cada rua, vão contando a sua história a quem passa...
Sigam-me lá...

Fiolhoso post 1 (006)

Hoje ainda estão de pé, resistindo ao tempo moderno, de ventre vazio dos fenos que sustentaram muitas juntas de bois que lavraram campos de pão regados com muito suor...

Fiolhoso post 1 (007)

Impressionam-me as graníticas pedras talhadas à força da picareta e de dimensões que só colectivamente se puderam erguer.

Fiolhoso post 1 (008)

Estacionado definitivamente por falta de tracção...

Fiolhoso post 1 (009)

Um muro de pedra, que anarquicamente talhada se ergue em rectilínea linha, demarcando pertences...

Fiolhoso post 1 (0010)

O aproveitamento dos desperdícios lenhosos das videiras, que tal como a lição da formiga, irão sustentar o lume no inverno ou o assado no verão...

Fiolhoso post 1 (0011)

Os quintais com uma excelente exposição solar...

Fiolhoso post 1 (0012)

A nomenclatura dos arruamentos...

Fiolhoso post 1 (0013)

Pátios em contraste constante entre o passado e o presente...

Fiolhoso post 1 (0014)

Escadas em equilíbrio periclitante, onde o musgo oculta o desgaste dos degraus de muitos socos que por aqui subiram  e desceram, no vai e vem da vida...

Fiolhoso post 1 (0015)

Uma janela que entreaberta ao sabor do vento, teve outrora vida...

Fiolhoso post 1 (0016)

Belos edifícios em cantaria, que recuperados fariam corar de inveja muitas casas de alvenaria moderna...

Fiolhoso post 1 (0017)

Um património arquitectónico que não se deveria perder...

Fiolhoso post 1 (0018)

Uma beleza! O aproveitamento rochoso natural...

Fiolhoso post 1 (0020)

Os fechos das portas eram tão simples...

Fiolhoso post 1 (0019)

Impressiona-me sempre a imponência das portadas que deixam adivinhar o peso bruto de cada bloco granítico, que aguentaram séculos e se mantêm de pé...

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 11:05
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 21 de Abril de 2015

Trabalhos

S. João das Lampas

Recorro a esta bela escultura que podemos ver em S. João da Lampas, para vos dizer que acabei por agora os meus afazeres do campo, e também já está resolvido um contratempo provocado pelo esquecimento do transformador do meu pc que me deixou estes dias e nomeadamente o fim de semana sem poder utilizar as fotografias que tenho aqui armazenadas.

Por estes dias espero voltar à rotina e à "velocidade" de cruzeiro, porque não irão faltar motivos, entre os quais, o grande almoço da Sociedade de Melhoramentos de Pomares que se vai realizar no próximo sábado, dia 25 de Abril, em Fernão Ferro, e ainda, fotos de Trás-os-Montes que aguardam há já bastante tempo para verem luz do dia...
Voltem...

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 23:10
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Terça-feira, 14 de Abril de 2015

Boa noite...voltei!!!

Pomares em Abril de 2015

Tenho andado um pouco afastado das tarefas de "blogger", um pouco pelo cansaço que provocam algumas tarefas agrícolas, próprias desta época de renovação das terras, e de semeaduras do meu jardim...e porque atravesso algum tempo de reflexão em relação a alguns projectos que incluem um novo Rouxinol de Pomares. A vida é mesmo assim, nasce-se, cresce-se...vive-se uma parte da vida com pujança e a grande velocidade, e depois, naturalmente chega a hora da reflexão, da quietude, do bom senso, da paz...e de novos fôlegos...
A vida é feita de escolhas!!!
Boa noite amigos...e podem sempre seguir-me aqui:

https://www.facebook.com/rouxinol.depomares

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 22:47
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quarta-feira, 8 de Abril de 2015

Páscoa em Tras-os-Montes

Pascoa em Tras-os-Montes (001)

Estive em Trás-os-Montes neste período da Páscoa. Aqui, a Páscoa ainda cheira a cordeiro assado no forno e a folar transmontano,  cujos aromas perfumam as ruas da aldeia. Todos os lares, tal como na maioria dos lares do Portugal profundo, recebem por tradição a bênção Pascal, que se faz anunciar pelo tilintar característico de uma sineta.
Fiolhoso, a aldeia mais Luxemburguesa de Portugal, que está situada em planalto  e beneficia de uma excelente exposição solar, teve este ano pela Páscoa um tempo primaveril de meter inveja, e nesta época, alguns dos que labutam longe, além fronteiras, regressaram para beijar a Cruz em sinal de esperança e de agradecimento por uma vida melhor, que lhes foi negada por aqui. Fiolhoso é uma terra de imigrantes, mas de gente simples, afável, comunicativa como são os transmontanos.   

Pascoa em Tras-os-Montes (002)

Percorrendo os lares...

Pascoa em Tras-os-Montes (003)

Esperando a visita Pascal...

Pascoa em Tras-os-Montes (004)

A Fé Cristã...

Pascoa em Tras-os-Montes (005)

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 23:46
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Terça-feira, 7 de Abril de 2015

O Facebook da Sociedade de Melhoramentos

Bandeira Sociedade Melhoramentos de Pomares (1)

Solicitou-me a Direcção da Sociedade de Melhoramentos de Pomares que informasse os sócios e amigos desta associação regionalista, através do meu Blog, que desconhece o que sucedeu à sua página do Facebook, e está neste momento a envidar esforços para repor a mesma. Caso seja impossível a sua recuperação, criará outro suporte de comunicação, e apela para que participem, inscrevendo-se no almoço de comemoração dos 95 anos, que se realizará no dia 25 de Abril de 2015, pelas 12:30 horas no:
Manjar das Laranjeiras (Salão de Banquetes)

Rua Vasco da Gama Lote 20
Quinta das Laranjeiras

2840 Fernão Ferro

 

Preços: 0 - 4  anos.........grátis

             5 -10 anos..........€12,00

             Adutos      ..........€22,00

 

Contactos: Glória Marques : 964194709

                  Café da Glória  : 235731156

                  António M. Silva:966796367

                  

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 23:33
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Segunda-feira, 6 de Abril de 2015

Vale do Douro - Pinhão

Vale do Douro - Pinhão

Venho daqui! Do Reino Encantado de Tras-os-Montes. Da Terra Fria, do Planalto Trasmontano, do Alto Douro, e desse mundo que é Património Mundial, O Douro, com os seus patamares, resultado do trabalho laborioso de gerações, que transformaram serras a fio em recortes de plantio, onde se produz o melhor de todos os néctares, que adormecem os deuses e fazem felizes os humanos.

Estamos a descer para o Pinhão, e esta é uma vista sobre o vale do mesmo nome, onde se pode observar a vinha armada em socalcos tradicionais (parecidos com os da nossa Serra do Açor). Observam-se daqui as diferentes combinações de diferentes formas de armação de terreno, reveladoras da evolução da paisagem duriense ao longo dos tempos; terraços suportados por muros de xisto, os mais recentes patamares de vinha ao alto, as bordaduras de oliveiras, e as manchas de vegetação densa, essenciais para combater a erosão do solo. Ao longe, as povoações do Douro Vinhateiro.
Ao longo dos próximos dias falarei de Tras-os-Montes, e entrarei pouco a pouco na rotina habitual, depois desta pequena ausência em tempo Pascal. Inté!!!

publicado por rouxinoldepomares às 23:45
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 1 de Abril de 2015

agriculturices, moranguices & outras maluquices...

agriculturices, moranguices & outras maluquice

Pouco usual por cá, decidi este ano experimentar a produção de morangos por hidroponia, depois de várias tentativas de produção de morangos se terem verificado mais trabalhosas e pouco produtivas. A água para a respectiva rega é gota a gota controlada, como se pode verificar pela fotografia...
Este ano espero comer morangos isentos de "taram-tam-tans" e com sabor ao respectivo fruto, coisa rara nos de compra de supermercado, lindos e rechonchudos, vermelhos por fora e "ora bolas" por dentro...
Cada vez  gosto mais de mexer na terra, e estas "coisitas" não são mais do que um mero "entretém" que me dá prazer fazer.

O processo...

agriculturices, moranguices & outras maluquice

Plantados no final de Janeiro e protegidos das geadas com uma simples cobertura.
Agora, passados dois meses, foi colada à estrutura, com cola térmica a mangueira de 13m/m com saída de mangueira de 4m/m e respectivos gotejadores para cada vaso...

agriculturices, moranguices & outras maluquice

Pormenor das ligações e vaso.

agriculturices, moranguices & outras maluquice

Bidões (a cor é que é lixada!!!), onde foram feitos dois furos para a saída de duas mangueiras, que foram fixadas com cola térmica...

agriculturices, moranguices & outras maluquice

Um outro orifício no topo e da mesma medida para a mangueira de abastecimento de água...e mais três pequenos furos na tampa para respiros e evitar a entrada de insectos ou sujidades...

agriculturices, moranguices & outras maluquice

Fixado ao suporte, o bidão com as respectivas ligações de abastecimento e drenagem...

agriculturices, moranguices & outras maluquice

A poupança de água é evidente, e a reserva dá para 4/5 dias de autonomia, dependendo obviamente do calor e da necessidade de aumentar a rega. Para abastecer é simples...dois ou três minutos depois de abrir a torneira...
Esta foi uma das soluções, mas há outros planos e outras alternativas, e há gente com muito mais jeito do que eu em bricolage...
Espero ter despertado vontades adormecidas...mãos ao trabalho e boas colheitas...

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 23:35
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Terça-feira, 31 de Março de 2015

IX Capítulo do Bucho em Pomares

VIII Capitulo do Bucho em Côja

A Confraria do Bucho de Arganil escolheu Pomares para a realização do seu IX Capítulo, previsto para 17 Outubro, sujeito a confirmação de data, cuja decisão foi anunciada em Assembleia Geral da Confraria do Bucho de Arganil.
Como Pomarense, autarca e Confrade, não poderia estar mais satisfeito, orgulhoso, e até eufórico, com esta boa notícia que tenho o prazer de partilhar com todos os Pomarenses e amigos de Pomares. Só de pensar que Pomares vai receber tão distintos confrades das diversas Confrarias que normalmente se fazem representar nestes eventos, e por certo muitos deles virão pela primeira vez a esta bela terra no sopé da Serra do Açor, é por si só um grande salto na promoção da nossa terra e da nossa freguesia.  

Faço votos, e tudo farei, para que o próximo Capítulo da Confraria do Bucho de Arganil seja um marco e um Capítulo memorável. Estou disponível para o que for preciso. Parabéns a toda a direcção da Confraria pela escolha acertada. Que feliz ideia!!!  O Bucho merece e Pomares também!!!   

sinto-me: Confrade
publicado por rouxinoldepomares às 23:20
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Segunda-feira, 30 de Março de 2015

A Primavera está quase aí...

A Primavera está quase aí.. (001)

Ontem, Domingo de Ramos, fiz alguns clicks à procura da Primavera, e o que vi foi uma paisagem que espera ainda por ela, apesar de no calendário já ter chegado há alguns dias, e até com novo horário. Na Primavera, apenas entraram como sempre e apressadas as mimosas, lindas e infestantes com o seu amarelo cor de sol...

A Primavera está quase aí.. (002)

Pouca água para a época...

A Primavera está quase aí.. (003)

Precisa-se calor para que as árvores ganhem porte e folhagem...

A Primavera está quase aí.. (004)

E os campos semeados também esperam o calor...

A Primavera está quase aí.. (005)

Os verdes ainda predominam na paisagem...

A Primavera está quase aí.. (006)

E os musgos agarram-se às paredes...

A Primavera está quase aí.. (007)

Apenas o verde das eras que abraçam de morte os castanheiros...

A Primavera está quase aí.. (008)

São precisos mais uns dias de calendário para que a Primavera chegue a Pomares...

A Primavera está quase aí.. (009)

Por enquanto só o amarelo das mimosas e algumas arvores de fruto...que vão do rosa/avermelhado dos pessegueiros, até ao branco alvo das ameixoeiras e cerejeiras...faltam as urzes, e toda uma parafernalia de cheiros dos polens no ar e do aroma calmante das tilias em flor...
Aguardo...

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 23:46
link do post | comentar | favorito
Domingo, 29 de Março de 2015

Domingo de Ramos em Pomares (2015)

Domingo de Ramos 2015 (1)

Domingo de Ramos tem um significado especial para as gentes serranas, um povo que ainda vai guardando na memória as boas praticas religiosas, este domingo significa o inicio da semana santa, e é um dia importante para a bênção de ramos de louro, com oliveira e alecrim, que mais tarde irão ser colocados nos terrenos para que a fé se transforme em fertilidade das terras, e o "pão" seja abundante.
Aproveitando o dia primaveril que se fez sentir, a igreja encheu-se de ramos e de gente de toda a freguesia de Pomares, tal como antigamente, mas em muito menor número porque a "desertificação" a que infelizmente estamos condenados se faz notar nestas ocasiões mais do que nunca.
Tenho ao longo dos últimos anos registado em imagens vários eventos de natureza colectiva, que servirão para anos vindouros como testemunho de um povo. Podem ver aqui imagens de Domingo de Ramos de anos anteriores: Clique Aqui e Aqui .

Domingo de Ramos 2015 (2)

Na Igreja...

Domingo de Ramos 2015 (3)

À saída da Igreja... 

Domingo de Ramos 2015 (4)

Gosto do Domingo de Ramos, faz-me recuar no tempo e recordar gente que já partiu e me deixou saudades...

Domingo de Ramos 2015 (5)

No Domingo de Ramos encontramos gente boa...

Domingo de Ramos 2015 (7)

E encontramos gente bonita...a minha afilhada Ilda e a sua menina linda, Diana.  

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 23:49
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Sábado, 28 de Março de 2015

PS Arganil Visita S. Bento

Visita à Assembleia da Rérpublica (001)

A foto da família socialista arganilense que visitou na sexta feira passada o Palácio de S. Bento, que é sede do Parlamento de Portugal.

Visita à Assembleia da Rérpublica (002)

O Palácio de S. Bento é um palácio de estilo neoclássico e é sede do Parlamento desde 1834. Foi construído em 1598 para Mosteiro Beneditino, mas com a extinção das Ordens Religiosas, o palácio passou para a posse do Estado. Contudo, ao longo da sua existência sofreu  vários danos, uns dos quais com o terramoto de 1755. Reconstruído veio mais tarde a ser vítima de incêndio que o danificou grandemente, tendo sobrado pouco mais que o chão, que em algumas partes ainda é original e que nos foi permitido pisar.
É um edifício grandioso, lindíssimo e tem sofrido ao longo dos últimos anos obras de restauro. É monumento Nacional desde 2002 e merece uma visita. 

Visita à Assembleia da Rérpublica (003)

Comecemos então pelo principio, com a chegada às imediações do Palácio.

Entrámos, obedecendo às normas de identificação e fomos encaminhados para assistir aos trabalhos no hemiciclo. (afinal, os deputados não estão a ver o facebook...como se diz por aí...quem está nas galerias pode perfeitamente ver o ecrã dos computadores com que trabalham). Aqui não é permitido fotografar...aplaudir...fazer barulho... toda a gente sabe!

Visita à Assembleia da Rérpublica (004)

Segui-se depois uma visita guiada ao Palácio e já se podia fotografar e registar alguns momentos.  

Aqui, na biblioteca, um espaço lindíssimo!

Visita à Assembleia da Rérpublica (005)

E um momento de selfies...

Visita à Assembleia da Rérpublica (006)

A visita ao Salão Nobre...um espaço espectacular...deslumbrante mesmo!

Visita à Assembleia da Rérpublica (007)

As varandas...

Visita à Assembleia da Rérpublica (008)

A vista sobre a famosa escadaria e sobre Lisboa...

Visita à Assembleia da Rérpublica (009)

Na varanda...

Visita à Assembleia da Rérpublica (0010)

A foto de grupo no Salão Nobre.

Visita à Assembleia da Rérpublica (0011)

O Busto da 1ª República...quiçá o mais bonito!

Visita à Assembleia da Rérpublica (0012)

Nos Passos Perdidos...

Visita à Assembleia da Rérpublica (0013)

Escadaria interior...

Visita à Assembleia da Rérpublica (0014)

Mais uma foto, tendo ao fundo o busto de Afonso Costa, um estadista da 1ª Republica. Quem nos acompanhou na visita foi uma bisneta, a quem peço desculpa por não ter fixado o nome, e agradeço também a gentileza em nos ter tirado algumas fotos.

Visita à Assembleia da Rérpublica (0015)

E por falar em Republica, o Abel até parece um Rei...

Visita à Assembleia da Rérpublica (0016)

Uma das alas de entrada, onde se perfilam os bustos de grandes estadistas...

Visita à Assembleia da Rérpublica (0017)

O chão em mármore...original. Pisar 500 anos de História é sempre um privilégio.

Visita à Assembleia da Rérpublica (0018)

D. Carlos

Visita à Assembleia da Rérpublica (0019)

Onde outrora foi um salão de refeições dos frades. Um pouco de chão original está preservado  e resguardado por esta "caixa" de vidro,

Visita à Assembleia da Rérpublica (0020)

Lindíssimos painéis de azulejaria

Visita à Assembleia da Rérpublica (0021)

Uma foto para assinalar a visita

Visita à Assembleia da Rérpublica (0022)

Coube a estas "camaradas" o trabalho de logística na organização da visita.

Visita à Assembleia da Rérpublica (0023)

E já passava das duas da tarde e a barriga a dar horas quando fomos almoçar...dentro de portas...

Visita à Assembleia da Rérpublica (0024)

A visita ao hemiciclo e a estreia das cadeiras...

Visita à Assembleia da Rérpublica (0025)

Não ficaria lá mal, Engª Cristina...

Visita à Assembleia da Rérpublica (0026)

Conhecem com certeza das televisões esta sala. Pois foi aqui que estivemos em conversa com o deputado Rui  Duarte, a quem foram colocadas algumas questões, e a ele se deve também o convite para visitar o Palácio.

Visita à Assembleia da Rérpublica (0027)

Vários camaradas colocaram questões, mas saliento o Miguel por representar a Juventude que é o futuro do nosso país.

Visita à Assembleia da Rérpublica (0028)

A Manuela, uma autarca como eu, expõe as suas questões.

Visita à Assembleia da Rérpublica (0029)

Pessoalmente deixo aqui um agradecimento publico ao deputado Dr. Rui Duarte que nos acompanhou e a quem se deve o convite para visitar este belo Palácio, a quem enderecei um convite para visitar a Freguesia de Pomares em data oportuna, que anotou, e também um agradecimento ao Engº Fernando Valle, Presidente da Comissão Politica Concelhia do Partido Socialista de Arganil pela iniciativa desta visita.

Visita à Assembleia da Rérpublica (0030)

Perante tão grandioso edifício, somos tão pequeninos....

Visita à Assembleia da Rérpublica (0031)

Vale a pena a visita. Eu fiquei encantado e recomendo.  

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 23:55
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Sexta-feira, 27 de Março de 2015

Festa Regionalista na Casa da Comarca - Vídeo 2

 

publicado por rouxinoldepomares às 22:42
link do post | comentar | favorito

.Eu

.pesquisar

.Abril 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
22
23
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Uma Forma de Ver o Fiolho...

. Trabalhos

. Boa noite...voltei!!!

. Páscoa em Tras-os-Montes

. O Facebook da Sociedade d...

. Vale do Douro - Pinhão

. agriculturices, moranguic...

.arquivos

.tags

. todas as tags

.favoritos

. Doença de Crohn e médicos

.links

.A ver

online

.Visitas

.últ. comentários

Olá! Queria divulgar: ZUMBA em Pomares. 1a AULA - ...
Aconteça o que acontecer, este Blog já está na his...
O meu amigo, presenteia-nos sempre com fotos lindí...
Parabéns, Pomares!Parabéns Confraria do Bucho, tod...
O meu amigo Está um agricultor nato.Parabéns!
Se tudo correr como pretendido, lá estarei!Um abra...
Lindas fotos!Eu, andei por Pomares.Este ano e pela...
Parabéns.
Ora viva meu caro amigo António Manuel Silva.Está ...
Como eu gosto de ler estas noticias , obrigado a q...

.AVISO

Para evitar a calúnia e a difamação gratuíta, os comentários são moderados pelo autor do blog. Todos os comentários serão publicados, mas se estiver a pensar insultar ou difamar pessoas ou grupos, e de forma geral prejudicar a utilização leal deste espaço não se dê ao trabalho. Os comentários não serão publicados.

 

.A minha escolha musical de hoje