Quinta-feira, 30 de Outubro de 2014

CDS-PP Arganil

CDS-PP

Através de e-mail, chegou ao meu conhecimento que o CDS-PP acabou de constituir em Arganil a sua Comissão Política Concelhia, no dia 25 de Outubro de 2014. A recem eleita estrutura do CDS-PP tem como líder Tiago Galvão.

Em meu nome pessoal, felicito a iniciativa, acreditando que é uma mais valia no panorama politico arganilense, porque penso que a diversidade de ideias enriquece a democracia e é neste quadro que acredito que todos lutamos para o melhor da nossa terra e do nosso concelho.

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 22:56
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 29 de Outubro de 2014

Festa da Castanha - Vale de Maceira 2014

Festa da Castanha Vale de Maceira 2014 (001)

Decorreu no último fim de semana a Festa da Castanha, da Freguesia de Aldeia das Dez, que já vai na décima terceira edição, e constitui já um dos cartazes de referência turística da região. O local do evento é o Santuário de Nª Srª das Preces, em Vale de Maceira, um local de rara beleza arquitectónica e paisagística, que fica no sopé do icónico Monte do Colcurinho, Serra do Açor.

Festa da Castanha Vale de Maceira 2014 (001a)

Ano após ano, este evento concentra largas centenas de pessoas.

O mote é a castanha...

Festa da Castanha Vale de Maceira 2014 (003)

Que é assada de forma tradicional...no chão, e com uma grande fogueira de caruma.

Festa da Castanha Vale de Maceira 2014 (004)

E ali estão elas, prontinhas a sair, quentinhas e boas... 

Festa da Castanha Vale de Maceira 2014 (005)

O grande dia é o domingo, e a festa, para além das castanhas, conta com animação cultural. Na foto, o Rancho Folclórico Camponesas do Alva, da nossa vizinha Avô.

Festa da Castanha Vale de Maceira 2014 (006)

O Rancho Camponesas do Alva, em actuação.

Festa da Castanha Vale de Maceira 2014 (007)

A Filarmónica de Aldeia das Dez em palco.

Festa da Castanha Vale de Maceira 2014 (008)

A Filarmónica de Aldeia das Dez cumprimenta o Senhor Presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital e os presentes no recinto.

Festa da Castanha Vale de Maceira 2014 (009)

Muitos expositores presentes...

Festa da Castanha Vale de Maceira 2014 (010)

Onde é possível encontrar produtos genuínos e muitas "coisinhas boas", com sabores tradicionais.

Festa da Castanha Vale de Maceira 2014 (012)

E ainda... alguns artefactos artesanais em latoaria, comuns há meio século atrás, mas que agora rareiam, não fosse o último artesão latoeiro um sobrevivente dos muitos que existiram em Avô, a terra da latoaria. Oh! que lindos que estão o António e a Maria da Piedade Alves da Costa!!!

Festa da Castanha Vale de Maceira 2014 (011)

E a Festa da Castanha é também um ponto de encontro de amigos e gentes da Serra do Açor. A Beira Serra é aqui!   

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 23:38
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 28 de Outubro de 2014

Faleceu o Padre Manuel Cintra

Padre Manuel Cintra - N 2-8-36 F a 27-10-2014

Foi hoje para a sua eterna morada o Padre Manuel Cintra. Nasceu a 2 de Agosto de 1936 e faleceu a 27 de Outubro de 2014. O Padre Cintra era natural de Louriçal, Pombal, onde fez a instrução primária, ingressou no seminário de Coimbra, e foi ordenado padre em 1962. A sua primeira paróquia foi Pomares. No inicio da década de setenta ingressou no exercito como capelão. Finda esta missão foi pároco de Seixo da Beira. Foi novamente capelão, desta vez na Marinha Portuguesa, no Alfeite, e no Hospital da Marinha. Após a reforma foi pároco de Vila Cova de Alva, enquanto a saúde lhe permitiu. Escolheu a nossa Beira Serra e era um de nós. Um amigo.
Estive hoje nas exéquias do seu funeral, onde um nó na garganta se me apertou de tal forma que não evitei uma lágrima de saudade por um amigo da família, um companheiro especial do meu tio Necas, um amigo desde que eu era rapazinho, que escolhi para celebrar o meu casamento com a Fernanda, e foi por isso que me fui despedir deste amigo especial, um ser afável e próximo.  

 

Eu e o Padre Manuel Cintra na igreja matriz de Pomares.

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 23:14
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 27 de Outubro de 2014

Côja recebe o VIII Capítulo da nossa Confraria

VIII Capitulo da Confraria do Bucho Arganil (32)

É com a Foto de Família que abro este post dedicado ao VIII Capítulo da Confraria Gastronómica do Bucho de Arganil, que no passado sábado teve por palco a bela e nobre Princesa do Alva, a Vila de Côja. Tenho também a honra de pertencer a esta grande família, que tem como objectivo promover um produto endógeno, de grande qualidade, e que satisfaz o palato mais exigente. Eu sou suspeito, sou fã de bucho, seja ele de Vila Cova de Alva, ou de Folques.

Feita a apresentação, quero-vos levar numa visita através das minhas imagens, e espero que se sintam como "confrades". As imagens irão surgir cronologicamente, com o inicio da missa na Igreja matriz de Côja, irão ver a seguir muitos confrades de várias confrarias, a Filarmónica Pátria Nova de Côja, que se associa ao desfile de Confrarias, irão ver  a Cerimónia de Entronização, na Capela de S. João, na Praça principal de Côja, onde entre outras individualidades foi entronizado como confrade de Honra o Sr. Secretário de Estado de Administração Interna, Dr. João Almeida, com origem em Pomares, e ainda, muitos outros, que tem contribuído na divulgação dos nossos produtos, do bucho, e se têm afirmado embaixadores da nossa Beira Serra. Seguiu-se a Oração de Sapiência, proferida pelo Dr. Nuno Mata, e digo eu, uma soberba lição de história regional, proferida  de forma eloquente, que deu gosto ouvir, e espero ter a oportunidade de ouvi-lo novamente, porque não é todos os dias que se escuta quem fala assim, com alma e coração, que sente as gentes serranas e beirãs deste pequeno espaço lusitano. Vão ver o Cortejo à moda antiga (video), e também o Grande Banquete, ou seja, o Almoço de Confraternização. Irão ver nas ultimas fotografias, bombons, que se irão chamar Coja. Registem, que pela amostra irão dar que falar. Eu gostei, e quem os produz é a Princesa do Alva. Bucho e bombons, que mais será necessário?

Ora então vamos lá às fotos:

VIII Capitulo da Confraria do Bucho Arganil (1)

 

VIII Capitulo da Confraria do Bucho Arganil (2)

VIII Capitulo da Confraria do Bucho Arganil (3)

VIII Capitulo da Confraria do Bucho Arganil (4)

VIII Capitulo da Confraria do Bucho Arganil (5)

VIII Capitulo da Confraria do Bucho Arganil (6)

VIII Capitulo da Confraria do Bucho Arganil (7)

VIII Capitulo da Confraria do Bucho Arganil (8)

VIII Capitulo da Confraria do Bucho Arganil (9)

VIII Capitulo da Confraria do Bucho Arganil (10)

VIII Capitulo da Confraria do Bucho Arganil (11)

VIII Capitulo da Confraria do Bucho Arganil (12)

VIII Capitulo da Confraria do Bucho Arganil (13)

VIII Capitulo da Confraria do Bucho Arganil (14)

VIII Capitulo da Confraria do Bucho Arganil (15)

VIII Capitulo da Confraria do Bucho Arganil (16)

VIII Capitulo da Confraria do Bucho Arganil (17)

VIII Capitulo da Confraria do Bucho Arganil (18)

VIII Capitulo da Confraria do Bucho Arganil (19)

VIII Capitulo da Confraria do Bucho Arganil (20)

VIII Capitulo da Confraria do Bucho Arganil (21)

VIII Capitulo da Confraria do Bucho Arganil (22)

VIII Capitulo da Confraria do Bucho Arganil (23)

VIII Capitulo da Confraria do Bucho Arganil (24)

VIII Capitulo da Confraria do Bucho Arganil (25)

VIII Capitulo da Confraria do Bucho Arganil (26)

VIII Capitulo da Confraria do Bucho Arganil (27)

VIII Capitulo da Confraria do Bucho Arganil (28)

VIII Capitulo da Confraria do Bucho Arganil (29)

VIII Capitulo da Confraria do Bucho Arganil (30)

VIII Capitulo da Confraria do Bucho Arganil (31)

VIII Capitulo da Confraria do Bucho Arganil (33)

VIII Capitulo da Confraria do Bucho Arganil (34)

VIII Capitulo da Confraria do Bucho Arganil (35)

VIII Capitulo da Confraria do Bucho Arganil (36)

VIII Capitulo da Confraria do Bucho Arganil (37)

VIII Capitulo da Confraria do Bucho Arganil (38)

VIII Capitulo da Confraria do Bucho Arganil (39)

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 23:30
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quinta-feira, 23 de Outubro de 2014

O Fernando Pereira vai abrir um Novo Espaço

Novo espaço da Taverna dos Trovadores (1)

O Fernando Pereira não pára. Brevemente irá abrir um novo espaço ali, paredes meias com os Sabores de Sintra, onde se prevê que o Fado seja o mote. Jantar a ouvir Fado. Uma ideia excelente para este espaço, e um novo espaço com a qualidade da marca Taverna dos Trovadores.

 

Novo espaço da Taverna dos Trovadores (2)

 O Carlos Lopes, não é só artista nas teclas do acordeão...

 

Novo espaço da Taverna dos Trovadores (3)

Também é artista a forrar uma lareira a pedra e a fazer qualquer trabalho em alvenaria...o ganho é a polivalência de competências e quando se é competente a competência estende-se a outros ofícios e artes...  

O Fernando Pereira tem uma boa equipa...

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 23:55
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 22 de Outubro de 2014

Sabes que água bebes???

 

 

Agua das fontes. (1)

Quem não gosta de beber água pura, fresquinha, a correr, e livre de cloro???
Toda a gente!!!

Então eu vou contar-vos como eu pensava que bebia água pura em Pomares e estava a ser enganado...

Desde criança que sempre ouvi dizer que a água da Bica, era mais pesada, mas era mais fresca e melhor do que a água do fontanário do Pontão, que é mais superficial, logo, mais sujeita a variações de qualidade por razões obvias. Aliás, quem conhece, sabe que este fontanário tem um caudal conforme a pluviosidade, enquanto o fontanário da Bica quase se mantém inalterado.

Perante a ausência de informação afixada, acreditei sempre na palavra dos autarcas, que me garantiam que a água era de boa qualidade. E assim a ia buscar e a ia bebendo, como tanta gente em Pomares.

Acontece que em meados de Junho achei algo estranho no sabor da água, mas não dei muita importância. Como não sou desconfiado...voltei lá e enchi o respectivo garrafão.  Passado alguns dias encontrei afixado na fonte do pontão um boletim de análises da água, que apontavam para uma água em perfeitas condições, mas no fontanário da Bica, nada se encontrava afixado. Como estamos numa aldeia, que é pequena e tudo se sabe, ouvi um zum-zum que me levou a questionar o executivo da junta em assembleia de Freguesia sobre a qualidade da água do fontanário da Bica, onde me foi confirmado que a água do fontanário da Bica tinha sido tratada com cloro por apresentar E-coli.    

Nesta última assembleia de freguesia, passados que foram três meses, ainda não tinham feito uma contra-análise...

Entretanto, eu não tornei publico este assunto em tempo, porque me tinham prometido que iriam proceder a novas análises, e se a água estivesse nos parâmetros legais não seria de todo justo criar alarmismos. Mas não, a água nunca mais foi submetida a análise... 

O que eu penso é que nenhum fontanário deveria estar disponível sem garantir requisitos mínimos de potabilidade da água. A água só deveria ser distribuída com monitorização regular e inserir-se no Plano de Controlo de Qualidade da Água. A lei prevê que, se não integrarem este plano, as entidades gestoras devem afixar no fontanário um alerta sobre a falta de controlo da água.

Ora, em Pomares nada está afixado nos fontanários, e pior do que isso, a água apresenta valores de E-coli superiores ao normal, e calaram-se...
A mim o que me chateia é ser enganado, e para beber água com cloro e cheiro a lixivia, bebo da torneira, escuso de ir gastar as solas dos sapatos ao fontanário...
E como a verdade é tão bonita...

Se vier a Pomares não se esqueça de fazer como eu, compre água engarrafada, porque eu não tenho confiança em quem gere as águas da nossa terra...

Agua das fontes. (2)

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 23:55
link do post | comentar | ver comentários (15) | favorito
Domingo, 19 de Outubro de 2014

A Problemática de Uma Poda

O corte das arvores da SMP (001)

Surgiram há pouco tempo nas redes sociais criticas sobre a forma como foram podadas algumas árvores do Parque Desportivo D. Adelaide de Brito Peixoto Sanguinhetti Borbon Bobone. Prometi que me pronunciaria sobre o assunto depois de me inteirar dos motivos e opções junto da Direcção da Sociedade de Melhoramentos de Pomares, a legítima proprietária do espaço. Depois de me inteirar das razões que levaram à limpeza da barreira do campo de futebol, bem como a poda de árvores, incluindo o corte de um castanheiro que está no centro da polémica, venho a público repor o que se me afigura de inteira justiça que é devida a uma instituição que paga impostos e suporta custos com uma propriedade que está ao dispor da população pomarense, e que guarda a memória dos seus fundadores, que tiveram a honra de em boa hora fundar uma associação que sempre se norteou por lutar por Pomares e por criar as melhores condições para os pomarenses, e que hoje é a pioneira do movimento regionalista que nos deve orgulhar como filhos e descendentes de Pomares. Vou elencar aqui as razões que apurei, não como Presidente da Assembleia Geral de Sócios, mas como pomarense, que ao longo destes anos tem tido sempre uma palavra sobre aquilo que realmente tem de interesse para todos nós enquanto comunidade.

O corte das arvores da SMP (002)

Em primeiro lugar, há que tornar público que a opção de limpar as ervas e o mato, bem como a poda das árvores, teve como prioridade o facto de estarmos perto do inicio de uma nova época futebolística para o Grupo Desportivo Pomarense, e em reunião entre as duas organizações, a Sociedade de Melhoramentos de Pomares, como proprietária que é do espaço, assumiu a limpeza do terreno e da barreira que é a "bancada" do nosso campo de futebol. Todos nós concordaremos que com o espaço limpo de silvas, de mato e ervas daninhas, dá um aspecto mais cuidado e é uma forma também de podermos receber com dignidade quem nos visita.   

O corte das arvores da SMP (003)

O corte de que o castanheiro foi alvo, tem a ver com a doença dos castanheiros que este já apresentava. Convém esclarecer que a desmatação e a poda das árvores foi executada pelos sapadores florestais de Alvôco, pessoas especializadas na área florestal e com inúmeros trabalhos prestados em Pomares, e em quem a Sociedade de Melhoramentos confia, já que tem sido esta organização a prestar-nos serviços por mais do que uma vez.  Se alguém está a pôr em causa a competência técnica, e se tem uma outra opinião técnica devidamente fundamentada, que se chegue "à frente" e diga em local próprio, que será a próxima Assembleia Geral de Sócios da S.M.P.  
Se houvesse a intenção de cortar sem critério, não se teriam preservado e  podado algumas espécies, como é por exemplo este pessegueiro (!), numa barreira.

O corte das arvores da SMP (004)

Basta olhar em redor para ver o estado dos castanheiros que dantes constituíram o Soito da Sernada, o nome do local...

O corte das arvores da SMP (005)

Eu percebo onde se pretende chegar, mas deixem-me dizer que sempre se podaram castanheiros, de forma drástica, alguns mais velhos que o castanheiro em causa. Concordo que o castanheiro não ficou bonito, mas perante o corte total, faz-me lembrar alguém que tenha que cortar uma perna em opção a morrer...não é bonito ter só uma perna, mas continua-se a viver...

E pergunto eu:
- Uma direcção não terá  a legitimidade de poder decidir podar as árvores da (sua) propriedade da associação? 
Por acaso alguém se preocupa com o dinheiro necessário para pagar impostos da propriedade que inclui o parque infantil que nunca foi desanexado? Por acaso alguém se preocupou até agora em tornar a Sociedade de Melhoramentos de Pomares instituição de utilidade pública para ficar isenta de impostos? Alguém se preocupou com os quase 500 euros para limpar todo aquele espaço? Pois...essa é uma preocupação da direcção, legitimamente eleita e em funções, que mal ou bem decide. E só os sócios podem, em sede própria, criar opções...e fazer melhor!!! 

O corte das arvores da SMP (006)

Neste momento não é bonito o castanheiro, mas se a natureza ajudar, ainda vai ficar uma árvore de verdade, mas a mim choca-me mais ver este "mono" de plástico velho e bolorento, e quem critica a opção do que se fez numa propriedade de uma organização, dando mostras de vistas largas, poderia já ter visto que aqui ficaria melhor uma barraquinha em madeira. Por certo o Grupo Desportivo Pomarense, não a rejeitaria...

O corte das arvores da SMP (007)

Sabendo que o castanheiro estava doente agora viram-se para as tilias...a poda foi corrigida para que não fiquem acachapadas como estas...

O corte das arvores da SMP (008)

Quem critica devia  preocupar-se com o que realmente se devia preocupar...com o que é realmente público, do que é mantido pelos nossos impostos, mas sempre houve a péssima tendência de falar na vida do vizinho...e nunca se vê o cisco no próprio olho...

O corte das arvores da SMP (009)

Quem critica da forma que o fez, não tem a noção do que é publico e do que não é, mas se estivesse ao serviço do verdadeiro interesse de Pomares e dos pomarenses, em lugar de partilhar para os amigos e de mandar uns "bitaites" nas redes sociais, devia isso sim, apresentar ou participar  num plano em conjunto com a Sociedade de Melhoramentos que pudesse melhorar a barreira, tornando-a mais uniforme com especies autoctones e resistentes a geadas, com a plantação de arvores adquadas ao local e à nossa paisagem urbana/rural. Isso beneficiaria o local envolvente e toda a nossa terra. Uma atitude dessas é que era de enaltecer, mas estou convencido e tenho a certeza que Pomares irá pagar caro no futuro a forma como tem sido incentivado e acicatado a maledicência e os ódios nestes últimos anos.  

O corte das arvores da SMP (010)

Já escrevi demais, mas não posso deixar de vos mostrar que estas árvores e castanheiros que estão junto do parque infantil, estão cheios de heras e com alguns ramos secos, condenados a secar, (morrer), sujeitos a cair para cima de alguém que se sente nos bancos de merendas que estão por baixo, e que também são propriedade da Sociedade de Melhoramentos. Deveriam ser sujeitos a uma poda selectiva, mas tudo isto vem desmotivar quem ainda tem alguma força anímica para trabalhar voluntariamente na Sociedade de Melhoramentos de Pomares, que o mesmo é dizer, por Pomares e pelos pomarenses.

Sabemos que é conversa que a lenha saída do local devia ter sido vendida. Como? A S. M.P. não passa recibos!!!  Pode é trocar a lenha que se encontra abrigada da chuva, por um donativo justo. Se alguém estiver interessado contacte a Direcção.

O corte das arvores da SMP (011)

As fotos que se seguem é para vos mostrar o que atrás escrevi. Galhos secos, castanheiros e cerejeiras bravas entre eles...

O corte das arvores da SMP (012)

Ramos secos...e heras que inevitavelmente irão asfixiar os castanheiros...é uma questão de tempo se não forem podados...

O corte das arvores da SMP (013)

A hera num abraço fatal ao castanheiro...deixa-se assim ?

O corte das arvores da SMP (014)

Diga-se o que se disser e o que algumas mentes quiserem, mas daqui...

O corte das arvores da SMP (015)

Lá d'além...

O corte das arvores da SMP (016)

Ou d' ali de baixo do campo, isto tudo limpinho está muito melhor... 

 

O corte das arvores da SMP (017)

Nunca vi preocupação com os pinheiros secos que vão caindo para cima dos castanheiros, nem vi alarido no facebook que agora está na moda e serve para alguns finalmente gritarem que já não são infoexcluídos...

O corte das arvores da SMP (018)

Nunca vi preocupação com isto, nem vi que partilhassem no facebook...

O corte das arvores da SMP (019)

Nem com estes...

O corte das arvores da SMP (020)

E estas tílias anãs? Sabem porquê, não são bonsais, são o resultado disto...

O corte das arvores da SMP (021)

...o mesmo que mandou podar isto, assim...cheia de "cabulos", mas as árvores mutiladas são as da Sociedade de Melhoramentos, esta que é pública... já tem uma poda "normal", não acham?

O corte das arvores da SMP (022)

E para terminar, que já me alonguei, só me posso rir...perante a "lata" ..."sombras agora só de noite"....
Como agora não é ainda de noite, mas é Outono e o Sol não queima, venham dai fazer-me companhia  que eu já estou velho para me sentar nos bancos, assim desta maneira...

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 23:55
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Quinta-feira, 16 de Outubro de 2014

Para que serve a ETAR!!!

ETAR & coisas (1)

Todos sabemos para que serve uma ETAR. Sim, é para isso que estão a pensar, para tratar m*rd*...
Por isso mesmo não voltarei ao tema, porque não tenho no curriculum experiência em tal matéria, e tenho, como devem calcular, coisas de maior valor a merecer a minha atenção, energia e tempo.

Volto ao tema porque não reconheço idoneidade, honestidade e moral, a nenhum dos que nas redes sociais vieram pôr em causa o rigor do meu post neste espaço, bem como a minha verticalidade e honestidade  enquanto pessoa, porque nada, mas mesmo nada e nenhum interesse pessoal me move para que alguém conclua que sou mal intencionado. É um abuso desbocado que não posso tolerar e ficar calado.

ETAR & coisas (2)

No dia 13, segunda feira, não estavam lá estas placas a avisar de movimentação de viaturas, não vi lá automóveis, e a hora era bem mais cedo do que hoje...mas vi que estava um monte de areia em frente à entrada...(como podem ver nas fotos do post antecedente sobre o tema).

ETAR & coisas (3)

Analisem e tirem as vossas conclusões...

Por mim, regozijo-me com a construção da ETAR há muito prometida e devida, e espero que daqui a 10 meses esteja concluída, assim para o ano já Avô não leva com alguns flutuantes indesejáveis...

Aos trabalhadores envolvidos e ás Águas do Mondego desejo sorte e felicidade nos trabalhos.

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 23:48
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 15 de Outubro de 2014

Preocupa-me...

Pomares sem vivalma (1)

Preocupa-me não ver vivalma  ao percorrer as principais ruas da minha terra. O despovoamento é igualmente efeito e causa da degradação das terras, da flora e da fauna. A freguesia de Pomares, outrora a segunda maior do concelho de Arganil, é agora uma das mais pequenas em termos demográficos.

Pomares sem vivalma (2)

Não lhe cabendo a responsabilidade total pelo despovoamento, o poder local tem a sua quota parte de responsabilidade, nomeadamente a junta de freguesia, que apenas se preocupa com os meses de verão, canalizando todas as energias para o negócio do parque de campismo, do bar do parque de merendas, sem se preocupar com o futuro da terra. Durante estes anos em que fui e sou membro da assembleia de freguesia, nunca lhes vi a preocupação por esta problemática, nem nunca foi objecto de debate na assembleia de freguesia, nem nunca vi a preocupação de lançar iniciativas que suscitassem o necessário interesse de agentes económicos e sociais na freguesia. Mesmo há pouco tempo, na discussão do PDM, o executivo da Junta limitou-se à passividade, quando devia ter um papel mais interventivo e activo, quando se sabe que este plano será aquele que teremos pela frente e na prática para os próximos 20 anos.

Pomares sem vivalma (3)

Algumas posturas que visam preservar os interesses pessoais,  (sabemos que o poder é um afrodisíaco), o deixa andar,  a rejeição de outras sensibilidades e de outros conhecimentos, e até de outras competências, desmotiva e acentua a tendência para o despovoamento cada vez mais grave, levando a que a presença humana se reduza a uma população diminuta e envelhecida na maior parte do ano. Como pomarense...preocupa-me...

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 23:34
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 14 de Outubro de 2014

A tal ETAR vem aí???

ETAR de Pomares (1)

Ainda não tinha eu tantos cabelos brancos e já se apregoava em campanhas eleitorais, que vinha aí a ETAR para Pomares. Se é agora que a coisa vai tomar forma, tanto melhor, e já não é sem tempo, porque assim o Alva, em Avô, e quem lá toma banho, já não está sujeito a levar com algum flutuante indesejado...

Sabemos como se chama a Obra,

Sabemos quem é o dono da Obra,

Sabemos quem é o empreiteiro da Obra,

Sabemos quem são os projectistas da Obra,

Sabemos quem fiscaliza a Obra,

Sabemos o valor da Obra,

Sabemos o prazo de execução da Obra,

 

só não Sabemos quando começa...

ETAR de Pomares (2)

Estamos em dias úteis de semana e não vislumbro actividade para lá deste "portão" fechado a corrente e cadeado, e para lá destas redes...

 

sinto-me:
tags: ,
publicado por rouxinoldepomares às 23:31
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Segunda-feira, 13 de Outubro de 2014

Chegou o Outono

Chegou o Outono 2014

Chuva, vento e uma baixa de temperatura, que nos obrigou a largar a manga curta e a ir procurar um agasalho mais aconchegante. Os tons ocres e amarelados do Outono ainda não emergiram do verde que ainda predomina na paisagem, talvez fruto do excesso de humidade relativa do ar e das temperaturas atípicas para a época.

Definitivamente está na hora de guardar os polos e as camisas de verão, e ir buscar o pijama de manga comprida, os chinelos e o edredão...porque já não falta muito para acender a lareira!

 

  

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 22:32
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Sexta-feira, 10 de Outubro de 2014

Zé Pedro dos Xutos na Taverna dos Trovadores

Zé Pedro dos Xutos na Taverna (1)

Ontem foi quinta feira e foi dia das Conversas da Taverna, uma tertúlia de bom gosto, que é soberbamente conduzida pelo José Fanha, e que nos trouxe desta vez o ZÉ Pedro, dos Xutos e Pontapés, essa banda ícone incontestável do panorama musical português. Falou-se de música e de muitas estórias de 35 anos de carreira, do símbolo dos Xutos, do lencinho vermelho ao pescoço, e porque se chamam Xutos e Pontapés e não se chamaram Beijinhos e Parabéns.

Todos os que tiveram ontem o privilégio de ter conversado com o Zé Pedro não têm dúvida que estiveram com uma pessoa de bem, bem formada, calma, e com um discurso que deixa transparecer que estamos perante uma pessoa de bom carácter e de uma cultura geral bem cimentada. Assumiu com naturalidade os seus devaneios em anos idos, e disse que abusou, que foi a fase do sexo, droga e rock n'rol, que aproveitou bem o lema, e acabou por pagar a factura. Falou sem preconceitos do seu transplante de fígado e do nosso serviço de medicina que enaltece, assim como enalteceu a Fundação Champalimaud onde se faz pesquisa para as piores doenças do momento e ao mais alto nível mundial.  

Alguém da plateia reparou e disse que o Zé Pedro em todo o seu discurso não precisou de dizer mal de ninguém, ao que respondeu o seguinte: Há tantas coisas boas para falar porquê falar em coisas más!!!

Gostei!

Zé Pedro dos Xutos na Taverna (2)

Como sempre, uma Taverna dos Trovadores cheia...

Zé Pedro dos Xutos na Taverna (3)

Zé Pedro conquistou mais uns quantos fãs para os Xutos...

Zé Pedro dos Xutos na Taverna (4)

Caras conhecidas, porque a Taverna dos Trovadores é um local de encontro de amigos.

Zé Pedro dos Xutos na Taverna (5)

O encontro entre Zé Pedro e Rui Veloso.

Zé Pedro dos Xutos na Taverna (6)

E para que se registe, não podia faltar a fotografia da praxe com o Zé Pedro, ladeado pelo Fernando Pereira, o grande anfitrião, e o José Fanha, moderador das Conversa da Taverna.

E seguem-se mais duas fotos com amigos.

Zé Pedro dos Xutos na Taverna (7)

Zé Pedro dos Xutos na Taverna (8)

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 22:32
link do post | comentar | favorito

.Eu

.pesquisar

.Outubro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
17
18
20
21
24
25
26
31

.posts recentes

. CDS-PP Arganil

. Festa da Castanha - Vale ...

. Faleceu o Padre Manuel Ci...

. Côja recebe o VIII Capítu...

. O Fernando Pereira vai ab...

. Sabes que água bebes???

. A Problemática de Uma Pod...

.arquivos

.tags

. todas as tags

.links

.A ver

online

.Visitas

.AVISO

Para evitar a calúnia e a difamação gratuíta, os comentários são moderados pelo autor do blog. Todos os comentários serão publicados, mas se estiver a pensar insultar ou difamar pessoas ou grupos, e de forma geral prejudicar a utilização leal deste espaço não se dê ao trabalho. Os comentários não serão publicados.

 

.últ. comentários

Parabéns, Caro Amigo, pela fantástica reportagem. ...
Isto é que anda aqui uma acorda?Até a barraca aban...
Anda por aqui alguma confusão na interpretação do ...
Meu Caro Pomarense ( Sr. ou Sra )Eu não tenho nada...
Meu Caro Rouxinol de PomaresQuando Eu digo que: " ...
Querem lá ver que o Rouxinol é que é o culpado de ...
Boa NoiteEstive de férias em Setembro em Pomares e...
Fico triste pois quando falo da minha aldeia, semp...
Meu amigo Abarth. não posso de todo tirar-lhe a ra...
Meu caro Abarth da Costa, a responsabilidade que m...

.A minha escolha musical de hoje