Quarta-feira, 17 de Setembro de 2014

Ruralidades XXXI

 

Ruralidades. O campo e as cores dos frutos da terra, (in Fiolhoso, Murça, Trás-os-Montes)

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 22:53
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 16 de Setembro de 2014

Mogadouro

 

Este fim de semana atravessei o planalto mirandês. Rodava perto de Mogadouro e a hora da amesendação aproximava-se. Guinei à direita, e em boa hora fui estacionar no centro de uma vila na qual nunca tinha estado antes. Simplesmente não conhecia. A primeira impressão é aquela que fica na retina e na memória. Ruas limpas, muito estacionamento. Ordenamento urbano bem cuidado. Dirigi-me ao posto de Turismo, o que sempre faço quando não conheço. Havia ali alguma azáfama.  Ia acontecer o lançamento de um livro de um ex autarca. Fui recebido, e estive à conversa com a Sra Vereadora da Cultura, Virgínia Vieira, que me convidou a assistir ao lançamento, mas não me foi possível comparecer por estar em transito, e me ter entusiasmado a captar estas fotos de uma vila do nordeste transmontano que me encantou, e à qual irei voltar com mais tempo. Não posso deixar de referir que ao almoço comi uma posta mirandesa, seguramente a melhor carne que comi até hoje. A gentileza e a prontidão do Chefe Eliseu, vestido na sua indumentária branca e barrete alto, convidam-me a voltar ao restaurante "A Lareira", uma imponente lareira com uma enorme grelha que vai grelhando a suculenta carne.

Sou um apaixonado pelo interior, do campo, da ruralidade. Esta visita rápida a Mogadouro soube-me bem. Gostei de ter estado em Mogadouro. Que bela vila transmontana!!!   

 

 

Espaços verdes bem conseguidos.

 

 

Espaços amplos...

 

 

Espaços virados para as pessoas, onde não falta espaço para os automóveis. Chamou-me a atenção a forma como os plátanos estão podados. Bonito!

 

 

Entrei na Lareira. Uma primeira sala-café, e logo a seguir um salão restaurante com uma imponente lareira, onde a suculenta carne vai ao lume de brasas de lenha. Simpático e eficiente o Chefe Eliseu. A foto nem parece minha...para a próxima coloco o flash!!!

Uma generosa posta mirandesa, carne de alta qualidade, tenra. Azeitonas em abundância e boas; curiosas as batatas de acompanhamento e um molho excelente. Um bom vinho da casa. Vou voltar.

 

 

Só de ver até almoçava novamente...

 

 

Já de estômago aconchegado parti à descoberta da vila. Não vi tudo...mas na voltinha que dei, fiquei com vontade de voltar com mais tempo.

 

 

Estou no centro...

 

 

Se me virar a 180º esta é a vista...

 

 

Continuo em frente e vejo que os jardins públicos  estão bem cuidados...

 

 

Paro! Olho! Não posso deixar de sentir alguma nostalgia ao ver o belo edifício dos CTT, como tantos outros do nosso Portugal, a empresa na qual os portugueses mais confiavam e que agora foi, (vendida), entregue ao capital privado, porque dava lucro. Orgulho-me de ter pertencido aos seus quadros e ter contribuído para se ter tornado uma empresa de prestigio, e uma de melhor serviço de correios do mundo. Para isso trabalhei durante muitos anos com amor à camisola, e cada vez que passo por um edifício dos Correios, olho, vejo e registo em fotografia. Mogadouro tem um belo edifício dos Correios!

 

 

Trindade Coelho, magistrado e escritor nascido em Mogadouro, na segunda metade de oitocentos.

 

 

E nunca tinha visto um jardim com romãzeiras...impecáveis, sem vandalismos, nem aproveitamentos, o que demonstra o nível de civismo dos mogadourenses. Gostei de ver!

 

 

Difícil foi a escolha das fotografias. Todas, mesmo parecidas...gostei de todas...

 

 

Convento de S. Francisco.

 

 

Arquitectura impressionante...

 

 

Em direcção ao ponto mais elevado...

 

 

Igreja Matriz. Ao lado, o castelo (ruínas).

 

 

Uma outra perspectiva...

 

 

A frontaria e a torre sineira...

 

 

Castelo...

 

 

idem...

 

 

idem...

 

 

idem...

 

 

E cá de cima, do castelo, a vista é soberba...

 

 

Não fui ver de perto, mas cá de cima, o complexo desportivo estará ao nível dos melhores, e fará inveja a muitas outras terras lusas do litoral...

 

 

Deixo-vos com algumas imagens de pormenores de portas que ainda resistem ao padrão da globalização, ao "uniformismo" das ditaduras das grandes superfícies, e da industrialização massiva. Deixo-vos também com pormenores de varandas e de fachadas de belos edifícios.
Espero que tenham gostado de ver Mogadouro através da objectiva d' O Rouxinol de Pomares.

Deixo também aqui os parabéns aos autarcas de Mogadouro que têm trabalho visível, e deixo um abraço a todos os que vivem e gostam de Mogadouro. Eu voltarei um dia destes.

 

 

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 22:45
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quinta-feira, 11 de Setembro de 2014

Acabaram-se as Festas...

 

 

Já vamos quase a meio de Setembro e o ar está quase a cheirar a mosto; as vindimas aproximam-se...e sem darmos por isso estamos com um pé no Outono e a um pequeno salto do Inverno e dos frios. Para trás ficou o mês de Agosto, o mês das festas das nossas aldeias, que este ano, por dificuldades de agenda pessoal, não me foi possível acompanhar e divulgar como sempre o tenho feito. Todos sabem que gosto das aldeias da nossa freguesia, das nossas gentes (leia-se, todas as aldeias da nossa Serra do Açor, porque na minha cabeça e no meu coração não tenho fronteiras). Tenho por aqui algumas fotografias, que, penso, pese a distância temporal, merecem ser vistas. Tenho, nestes ultimos tempos, canalizado a minha energia para outros pontos cardeais, e não posso deixar de confessar que tenho estado a descansar, mas não se julgue que tenho estado menos atento ao que me rodeia e aos assuntos que devem merecer a minha atenção. A todos os que regressaram às suas vidas profissionais e longe da aldeia natal, desejo felicidades com um abraço d' O Rouxinol de Pomares.

 


    

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 22:45
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Domingo, 7 de Setembro de 2014

Pedro Coimbra vence no PS Coimbra

 

Disputaram-se ontem as eleições para as estruturas distritais do Partido Socialista. Em Arganil, e nomeadamente na secção de Côja, com o devido relevo, ganhou o camarada Pedro Coimbra. Na secção de Côja, onde pertenço, não foi registado nenhum incidente, nem foram detectadas anomalias num acto eleitoral que decorreu de forma ordeira e democrática, como é de esperar num partido que defende a transparência e a democracia. Por isso, fico perplexo com algumas noticias de imprensa e outros comentários que vejo para aí nas redes sociais, que dão conta de nomes fictícios, coxos e mortos até. Não vi nenhum morto votar, nem vi fantasmas, vi camaradas que conheço, porque os conheço todos. Em 54 inscritos votaram 45 camaradas, distribuindo 12 votos para o candidato Mário Ruivo e 33 votos para o candidato e actual presidente Pedro Coimbra. Para as mulheres socialistas  também houve duas candidaturas; Susana Pereira, lista A e Rosa Isabel Cruz, lista B, que catalisou todos o votos num total de 6.
Pela minha parte só posso dizer que quem trabalha merece ganhar, e Pedro Coimbra trabalhou, mostrou trabalho, e os camaradas deram-lhe novamente a vitoria com uma folga confortável, que ultrapassa em mais de nove centenas a outra candidatura.  

Na foto, Pedro Coimbra, após saber os resultados das eleições, e as suas primeiras declarações, ontem (hoje) em Coimbra, perante muitos camaradas apoiantes, e tendo a seu lado para além da esposa, o Presidente da Câmara Municipal de Coimbra, Manuel Machado, e a camarada vencedora Rosa Isabel Cruz.

 

   

 

Antes, Pedro Coimbra esteve em Coja há cerca de 15 dias, expondo o seu programa e dialogando com camaradas. 

 

  

 

Ao seu lado, o camarada Presidente da Comissão Política de Arganil, Fernando Valle e Eugénio Fróis.

 

 

Depois jantou-se em Arganil e conversou-se ainda mais um pouco. 

 

 

 

Jantar com camaradas e amigos com quem nos identificamos é gratificante.

 

 

Um aspecto da mesa com alguns camaradas que compareceram ao jantar.

 

 

Uma foto com o Presidente da Federação de Coimbra, Pedro Coimbra, ladeado pelo Presidente da Concelhia de Arganil, Fernando Valle, e pela Secretária da Secção de Arganil, Ana Sofia.

 

 

 

E para que se registe o momento...a foto de rua.

 

 

E porque são jovens, tenho esperança que possam trabalhar para que Arganil, no futuro, seja um Município com gestão centrada nas pessoas e nas realidades das nossas aldeias e vilas.

 

 

Ontem, tal como o fiz há dois anos, fui a Coimbra dar um abraço ao amigo e camarada Pedro Coimbra, simplesmente, porque bem merece.

 

 

E o que vi foi isto...muitos camaradas onde as cadeiras não chegaram...

 

 

E muitos abraços e esperança no futuro.
Camarada Pedro Coimbra, bom trabalho!!!

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 23:30
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 3 de Setembro de 2014

Soito da Ruiva, vista aérea

 

Um filme de Armando Marques que mostra a aldeia de Soito da Ruiva, freguesia de Pomares, vista do ar.

Ó Armando, o filme está brutal, as tuas mãos e o "drone" fizeram um excelente trabalho, filmando de ângulos que só um aparelho dessa natureza o conseguiria fazer. É bastante perceptível a profundidade das escarpas onde as nossas aldeias estão edificadas, e o Soito da Ruiva ficou registado desta forma como até aqui nunca ninguém o tinha visto. Excelente voo... 

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 09:44
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 2 de Setembro de 2014

Apoio António José Seguro

 

A propósito de noticias que surgiram hoje nos telejornais de grande audiência, com os quais o "Rouxinol de Pomares" não se pode comparar, nem deve, nem é esse o seu propósito, contudo, e, porque me parece oportuno, quero deixar aqui, pela primeira vez, até porque me mantive em silêncio todo este tempo, que sou apoiante de António José Seguro. Porquê? Em primeiro lugar porque sou coerente; em política não pode valer tudo, e os amigos e camaradas próximos, com quem me identifico apoiam AJS, e, eu próprio, depois de o conhecer melhor, com mais proximidade, estou convencido que para nós, gentes do interior, estaríamos melhor e mais próximos de um primeiro ministro que compreendesse os problemas da nossa interioridade. Não tenho dúvidas que AJS compreende a nossa interioridade, até porque é um beirão como nós, um homem do interior que conhece as nossas aldeias e vilas. É um homem do povo, próximo do povo! E ainda, para ser coerente, não posso deixar de ter em conta que veio a Arganil apoiar a candidatura do PS às autárquicas de 2013. Se me veio apoiar, não lhe posso voltar a cara nesta hora. E ainda, porque penso que A. Costa não escolheu a hora certa. Quero deixar bem vincado que depois do dia 28 de Setembro, aquilo que me moverá é levar um dos "Antónios" a primeiro ministro de Portugal, porque o estado a que a Nação chegou, já basta...

O Partido Socialista é um partido democrático que sairá reforçado depois destas eleições internas, onde a diferença faz parte do "jogo" democrático e onde todos nós sabemos conviver. Em 28 de Setembro, o meu líder será aquele que sair vencedor, independentemente da minha opinião pessoal e do meu apoio a AJS nesta altura. Os nossos adversários não estão dentro do Partido Socialista...e sabemos quem são! 

 

   

 

O António José Seguro é simpático, simples e próximo de nós...

 

 

Fui a Góis a convite do meu amigo e camarada Miguel Ventura, que como Presidente da ADIBER ofereceu a António José Seguro uma cesta de produtos endógenos da Beira Serra, conjuntamente com a Sra Presidente da Câmara Municipal de Góis.

 

 

E não julguem que me senti fora de portas...senti-me em casa, ou não fossem os "serranos" o símbolo de Pomares e as mascotes da Aldeia de Soito da Ruiva, presentes na "barraquinha" da ADIBER. Tive a oportunidade de o dizer a AJS...Pomares, sempre!!!

 

 

E não estive sozinho...duas bem dispostas camaradas de Arganil...

 

 

Para que conste...

 

 

E para a objectiva d' O Rouxinol de Pomares...

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 23:30
link do post | comentar | favorito

Atelier Amie em Pomares

 

Poderá ver ainda até ao dia 7 de Setembro o "Atelier Amie" que expõe pintura, bordados, rendas e outras técnicas, que a Ankie Iedema nos trouxe até Pomares. É ali mesmo à entrada da nosso terra, na residencia da D. Thora Jaeckel, que disponibliza um espaço dedicado à cultura.
Vão lá ver, que merece a pena o contacto com outra visão sobre temas e coisas insuspeitas como luvas, naperons etc...

 

 

Na foto, Ankie Iedema (em pé) com uma amiga.

 

Uma pequena volta sobre o que expõe:

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 02:00
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 1 de Setembro de 2014

Vale do Torno, Pomares, vista aérea.

 

Uma outra perspectiva das nossas aldeias. Imagens obtidas no Vale de Torno-Pomares, em 25 de Agosto, cerca das 09:20 horas, com recurso a Drone, por Armando Marques.

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 23:55
link do post | comentar | favorito
Domingo, 31 de Agosto de 2014

Vale do Torno, por Ar e por Terra

 

Neste final de Agosto fui ao Vale de Torno com o Armando Marques para filmar do ar com o seu "Drone" esta bela aldeia da nossa freguesia, captando imagens só possíveis através dessa recente tecnologia. Depois das filmagens, a convite de amigos da aldeia, fomos visitar a queda de água, no sítio denominado "a dorna", e caminhámos por veredas e paisagens de cortar a respiração.

O Vale do Torno é conhecido como a Aldeia Jardim, fruto do cuidado e do trabalho da sua Comissão de Melhoramentos, que fez desta aldeia uma referência na freguesia, no concelho e na região. Estou convencido que, se nos finais de 70 e década de 80, esta aldeia e esta comunidade tivesse o apoio tecnico e financeiro necessário, hoje estaríamos perante uma aldeia do tipo Piódão, com toda a mais valia que esse apoio poderia ter gerado para o  futuro, inclusive de toda a freguesia.

 

 

O Armando Marques a preparar o Drone para a filmagem.

 

 

Levantou voo e iniciou a filmagem...

 

 

Depois das filmagens, o passeio pelos caminhos das fazendas da aldeia de Vale do Torno, em plena Serra do Açor, logo pela manhã, rodeados de vegetação, proporcionou algum exercício físico, onde o ar ainda é puro e fresco.

 

 

Por estes caminhos recuamos à vida e ao dia a dia dos habitantes da Serra...

 

 

E lá vamos a caminho do sítio d' a dorna...

 

 

 

Antes, no barroco, um dos afluentes que irá dar origem à Ribeira de Pomares, o Armando Marques desce até um velho tronco que o tempo tombou e que descansa ouvindo a água a passar-lhe por baixo, qual ponte natural...

 

 

Chegámos, estamos no final de Agosto, mas a água ainda cai de uma altura apreciável e faz-se ouvir a bater no fundo. Olho em volta da "dorna" e imagino a quantidade de água e quantos séculos foram precisos para moldar e escavar esta dura rocha...

 

 

É uma "Fraga da Pena" em miniatura...e ainda em estado puro...

 

 

É um sítio onde voltarei...

 

 

Passámos por enormes eucaliptos...

 

 

Passámos por levadas escavadas e abertas na rocha, a força motriz para fazer rodar a roda da moenda...e regar os campos de milho...

 

 

Vimos o xisto moldado à necessidade do homem desta Serra...

 

 

Subimos e descemos escadas...

 

 

Sempre que olho para os "combaros", os socalcos desta minha Serra, feitos pedrinha a pedrinha, com muita mestria e precisão, não consigo deixar de me emocionar pensando quanto esforço de gerações está ali à minha frente. Eles ergueram a pulso a terra para o seu sustento, provavelmente à custa de sangue, suor e lágrimas.

O legado dos nossos antepassados deve ser preservado a todo o custo...

 

 

Um imponente maciço e uma escarpa de cortar a respiração...

 

 

E para registar o momento...

 

 

...estas duas fotos. Assim ficámos todos...

 

 

Eu vou voltar de máquina às costas...se não for antes, lá para a Primavera!!!

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 21:53
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Sábado, 30 de Agosto de 2014

Pomares já teve Melhores Dias...

 

Pomares já teve melhores dias, no que diz respeito à limpeza das ruas...

Pelas fotografias abaixo, podemos inferir que estamos perante uma regressão na qualidade da limpeza das principais artérias cá da terra. Foquei-me apenas nesta artéria que é uma das principais da nossa terra, mas outras há que já não vêm uma vassoura há muitas luas. A mim já nada me choca nem escandaliza, nem tão pouco fico surpreendido, mas não posso deixar de anotar a "cagança" que fazem com as centenas de pessoas que visitam a nossa praia fluvial e a nossa terra em Agosto, para depois lhes apresentarem estes cartões de visita!!! Algumas vozes de desconforto de alguns pomarenses e não só, já me chegaram por este mesmo motivo!!!

Vejam e tirem as vossas conclusões...

 

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 11:26
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Sexta-feira, 29 de Agosto de 2014

Cabecinhas Pensadoras

 

Esta é uma placa de sinalização de paragem de transportes públicos, como tantas outras, só com uma diferença; onde está, jamais alguém viu por ali algum autocarro...

 

 

E como não bastava uma, há duas, de chegada e de partida, para o caso de alguém ter dúvidas...

 

 

Com horários afixados e tudo...tudo bem explicadinho...

 

 

Será que estão a pensar alargar a estrada, (que bem precisa), estreita e sem saída, de acesso ao centro da aldeia??? Conforme está, será difícil ou até impossível que algum autocarro ali vá alguma vez e regresse inteiro...cumprindo o horário...

 

 

Para quem conhece fica a saber desta "curiosidade" do nosso interior e das "cabecinhas pensadoras", que não sabem o que fazer aos nossos impostos...

Para quem não conhece, trata-se de uma pequena aldeia, próximo de Pomares, onde jamais alguém por lá viu algum autocarro...por mais pequeno que fosse...e onde a estrada, onde seria provável a sua passagem, dista a cerca de uma centena de metros destas "paragens"...

 

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 01:23
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 28 de Agosto de 2014

PORQUE SIM!!!

 

Terão notado que tenho andado mais brando e menos produtivo. É verdade. Digamos que atravesso uma fase de introspecção. Por vezes é preciso parar para nos redireccionarmos. Não vou deter-me nas muitas razões que povoam a minha mente, porque algum tempo de ociosidade também faz bem. Reconheço, contudo, que a minha veia melancólica e a coarctação insuperável que a dúvida do "para quê" me tem assaltado de vez em quando, mas também quero deixar aqui bem assente que irei continuar a teclar e a colocar fotografias, como tenho feito ao longo destes anos. Quiçá com menos intensidade, mas  ainda não chegou a hora da morte do Blog. Quando morrer, morrerá de morte natural! Material não me tem faltado, embora a máquina fotográfica tenha também estado menos activa este verão. Em mente e em pré projecto estão muitos "trabalhos", para os quais irei canalizar alguma da minha energia, mas por estes dias, em jeito de actualização do Blog, irei falar das festas da freguesia, de "curiosidades", e de muitas outras coisas que me apetecem...simplesmente, PORQUE SIM...

Obrigado a todos os que têm passado por aqui. Voltem novamente porque serão sempre bem recebidos. Até já!!!

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 23:35
link do post | comentar | favorito

.Eu

.pesquisar

.Setembro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Ruralidades XXXI

. Mogadouro

. Acabaram-se as Festas...

. Pedro Coimbra vence no PS...

. Soito da Ruiva, vista aér...

. Apoio António José Seguro

. Atelier Amie em Pomares

.arquivos

.tags

. todas as tags

.links

.A ver

online

.Visitas

.AVISO

Para evitar a calúnia e a difamação gratuíta, os comentários são moderados pelo autor do blog. Todos os comentários serão publicados, mas se estiver a pensar insultar ou difamar pessoas ou grupos, e de forma geral prejudicar a utilização leal deste espaço não se dê ao trabalho. Os comentários não serão publicados.

 

.últ. comentários

BONITO trabalho de fotografia ,com fotos assim, ne...
Por onde quer que cada um de nós se encontre o imp...
Um bom passeio para fazer em Vale do Torno. Obriga...
É pena que as autoridades competentes só olhem par...
Obrigado, em nome do Vale do Torno, pela excelente...
Espetacular reportagem. Parabéns e um abraço.
Sinto-me Triste: Os bancos da nossa sala de visita...
E não só estas!!! E à minha Porta??? Tem que dar a...
Tive a honra de poder estar presente neste grande ...
A vida é feita de momentos.Aqui ficou patente um b...

.A minha escolha musical de hoje