Quarta-feira, 5 de Abril de 2017

Aqu'Alva Stória - dos Hipopómatos à Casa das Marionetas - Agualva-Cacém

Hipopómatos (001).JPG

Ana Sofia Pereira, actriz e contadora de histórias! Excelente contadora de histórias, digo eu, e muitos mais! E muito bonita! Actriz formada pela Escola Superior de Teatro e Cinema, graduou-se em teatro e mais tarde especializou-se em Promoção e Mediação de Leitura na Universidade do Algarve. Paralelamente ao seu trabalho de actriz dedica-se à narração de contos e é nessa qualidade que tem participado na Aqu'Alva Stória, II Encontro Internacional de Narração Oral da Lusofonia. É ainda membro do Instituto de Estudos de Literatura Tradicional da Universidade Nova de Lisboa e da cooperativa Memória Imaterial, onde trabalha como investigadora, transcritora e recolectora de folclore poético e narrativo.

Ontem fui novamente ouvir a Ana Sofia Pereira, em Sintra nos Hipopómatos...

Hipopómatos (002).JPG

Desconhecia de todo onde era este local...perguntei, aqui e ali...as pessoas olhavam para mim como se eu tivesse aterrado de um qulaquer planeta de uma galáxia distante...mas a teimosia de uma serrano não o leva a desistir à primeira dificuldade...
Lá acabei de chegar a este sítio que aconselho e que fica no espaço da Biblioteca Municipal de Sintra. mesmo ali, no coração da Vila de Sintra...onde pode ler uns livros, passear com as crianças e ensiná-las que ler é uma boa opção para a vida, desfrutando ainda de ar puro da diversidade botânica que rodeia o espaço e a nossa bela Vila de Sintra!

Anote: Hipopómatos, porque sim, porque os mais pequenos não dizem Hipopótamos e trocam as sílabas...SIMPLES, como são as crianças!!!

Hipopómatos (003).JPG

Cá estão os hipopómatos...

Hipopómatos (004).JPG

Pode ler enquanto bebe um chazinho ou um cafezinho...

Hipopómatos (005).JPG

Vamos lá então às imagens de Ana Sofia Paiva, que nos contou uma história fabulosa, de um só folgo, de uma forma arrebatadora e encantadora...aqui na apresentação com o mentor do projecto Adriano Reis.

Hipopómatos (006).JPG

Hipopómatos (007).JPG

Hipopómatos (008).JPG

Hipopómatos (009).JPG

Hipopómatos (0010).JPG

Hipopómatos (0011).JPG

E porque Aqu'Alva Stória, vai acontecendo todos os dias desta semana em vários locais, com insidencia em Agualva-Cacém, fomos de Sintra até Agualva à Casa da Marioneta, onde aconteceu o momento teatral de narração de uma história, pela Lucrécia Alves, Carla Dias e Carla Guerreiro.

Casa da Marioneta- SintraConta (1).JPG

Na apresentação o responsável pela Casa da Marioneta, Fernando Alexandre Cunha!

Casa da Marioneta- SintraConta (2).JPG

O actor e contador de Stórias, Adriano Reis!

Casa da Marioneta- SintraConta (3).JPG

Lucrécia Alves!

Casa da Marioneta- SintraConta (4).JPG

Casa da Marioneta- SintraConta (5).JPG

Casa da Marioneta- SintraConta (6).JPG

Casa da Marioneta- SintraConta (7).JPG

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 16:03
link do post | comentar | favorito
Domingo, 2 de Abril de 2017

Aqu'Alva Stória II Encontro Internacional de Narração Oral da Lusofonia - Agualva-Cacém

Aqu' Alva Stória (001).JPG

Aconteceu ontem no MU.SA, Museu das Artes de Sintra, o arranque do evento da nossa cidade de Agualva Cacém, sob o nome de Aqu'Alva Stória, II Encontro Internacional de Narração Oral da Lusofonia, que tem como tema "Lafaek, o avô crocodilo vem até nós" e tem como país convidado Timor-Leste, numa parceria entre a RJ Anima e a Uma Timor-Salurik, cujo protocolo foi assinado em Janeiro como podem ver CLICANDO AQUI.  Durante uma semana, de 1 a 8 de Abril, poderão ouvir histórias, contos, narrativas e teatro de marionetas, em português, com sotaques que vão de Timor ao Brasil, passando por Cabo Verde, Angola, Moçambique, Guiné-Bissau e S.Tomé e Príncipe, e podem saber porque é que Lafaek, o avô crocodilo veio até nós...

Aqu' Alva Stória (002).JPG

Na Junta de Freguesia  e em outros locais, podem adquirir o desdobrável como este, que tem a calendarização das actividades deste evento promovido pela associação RJ ANIMA.

Aqu' Alva Stória (003).JPG

Muita gente que participou na cerimónia de abertura de Aqu'Alva Stória II Encontro Internacional de Narração Oral de Lusofonia.

Aqu' Alva Stória (004).JPG

Presentes, o Dr. Rui Pereira, Vice-Presidente da Câmara de Sintra, o Dr. Eduardo Quinta Nova, Vereador, a Sra Embaixadora de Timor Leste, Dra. Maria Paixão da Costa e o Sr Ministro Plenipotenciário da Embaixada de Cabo Verde em Portugal, Dr. Jorge Gonçalves.

Aqu' Alva Stória (005).JPG

Em transmissão directa, a Radio dos Miúdos!

Aqu' Alva Stória (006).JPG

O principal mentor do projecto, o actor e contador de "Stórias", Adriano Reis!

Aqu' Alva Stória (007).JPG

Aqu' Alva Stória (008).JPG

Aqu' Alva Stória (009).JPG

Dr. Tiago Cardoso, da Associação Timorense, Uma Timor-SalurikAqu' Alva Stória (0010).JPG

No uso da palavra o Dr. Jorge Gonçalves da Embaixada de Cabo Verde em Portugal.

Aqu' Alva Stória (0011).JPG

Aqu' Alva Stória (0012).JPG

A Sra Embaixadora de Timor Leste, Dra. Maria Paixão da Costa dirige-se aos presentes.

Aqu' Alva Stória (0013).JPG

No uso da palavra o Sr. Presidente da Junta da União de Freguesias de Agualva e Mira-Sintra, Arquitecto Carlos Casimiro. 

Aqu' Alva Stória (0014).JPG

Aqu' Alva Stória (0015).JPG

O Sr. Presidente da União de Freguesias de Cacém e S. Marcos, José Estrela Duarte, no uso da palavra! 

Aqu' Alva Stória (0016).JPG

Aqu' Alva Stória (0017).JPG

O Dr. Rui Pereira, Vice-Presidente da Câmara Municipal de Sintra, dirige-se aos presentes.

Aqu' Alva Stória (0018).JPG

Fernanda Fonseca e Castro, expõe no MU.SA, durante o mês de Abril, fotografias de Timor, da sua autoria, sob o tema " Timor, aos meus olhos".

Aqu' Alva Stória (0019).JPG

A explicação, fotografia a fotografia...(até eu fiquei com vontade de ir a Timor clicar umas fotos!!!...)

Aqu' Alva Stória (0021).JPG

Aqu' Alva Stória (0022).JPG

Aqu' Alva Stória (0020).JPG

Lucrécia Alves, da Associação RJ Anima, recolhe o testemunho e a assinatura dos presentes...

Aqu' Alva Stória (0023).JPG

Dois dos obreiros destas iniciativas...Adriano Reis e Lucrécia Alves!

Aqu' Alva Stória (0024).JPG

E o final do 1º dia de Aqu'Alva Stória...terminou já noite alta com uma refeição com sabores de Cabo Verde e Timor Leste, e o local escolhido foi a Casa da Marioneta, da qual falaremos um dia destes...

Aqu' Alva Stória (0025).JPG

Aqu' Alva Stória (0026).JPG

Aqu' Alva Stória (0027).JPG

Aqu' Alva Stória (0028).JPG

Aqu' Alva Stória (0029).JPG

Aqu' Alva Stória (0030).JPG

Aqu' Alva Stória (0031).JPG

Aqu' Alva Stória (0032).JPG

Continua... 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 22:57
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 12 de Setembro de 2016

3ª Caminhada com Stória em Agualva-Cacém

3ª Caminhada com Stória em Agualva-Cacém (1)

Como nas anteriores caminhadas, a iniciativa pertenceu à Associação RJ ANIMA, uma recém associação de dinamização ambiental, social e cultural. A esta caminhada, com o nome de "O Trilho dos Lóios", disseram presente mais de duas dezenas de pessoas,  e a exemplo das anteriores, teve como animador principal o Dr. Rui Oliveira, professor, antropólogo, historiador e investigador, que de uma forma entusiasmante nos levou numa viagem extraordinária pela História do território em que vivemos o nosso dia a dia. Esta caminhada contou ainda com o Dr. Carlos Albuquerque, outro entusiasta investigador da história da nossa cidade.   
Por pena minha não participei no segundo passeio, estava nas minhas origens, onde este blog está focado, não sendo, contudo, impedimento de eu falar aqui também na terra onde resido há cerca de 40 anos, mais do que vivi, ou viverei, na minha terra de origem. Poderei portanto dizer que Agualva-Cacém é, e será a minha terra. Habituamo-nos a amar a terra de adopção, onde residimos e criámos os filhos, e temos por isso a obrigação de ajudar a que se torne cada dia, cada ano, um lugar melhor para se viver.
Só conhecendo a sua história, poderemos compreender o presente e idealizar o futuro. É por isso que adoro estas iniciativas e estou grato aos seus mentores e dinamizadores. 
Seleccionei perto de meia centena de fotografias, que fui registando ao longo da caminhada que nos levou junto à margem da Ribeira do Jardo, até ao açude de Meleças, entrando no domínio dos Lóios, espaço reservado a monges, onde ainda se podem observar os primevos muros da Quinta, e onde se pôde observar os trechos da Ribeira urbanizada até ao seus estado natural. A importância da Ribeira do Jardo é transversal em todos os períodos da história até aos nossos dias. É um curso de água que não tendo grandes afluentes, nunca seca na totalidade do seu curso e foi de importância vital até para manter os engenhos da Fábrica da Pólvora a jusante. 
O melhor é acompanharem-nos através das fotografias que preparei. Para quem não foi, porque não sabia, ou porque não pôde...jamais saberá o que perdeu...

3ª Caminhada com Stória em Agualva-Cacém (2)

Adriano Reis, o rosto principal da Associação RJ ANIMA, não nos podendo acompanhar por motivos profissionais, não deixou de nos dar as boas vindas, junto ao local de partida...

3ª Caminhada com Stória em Agualva-Cacém (3)

Prof e investigador, Dr. Rui Oliveira, dando inicio ao passeio...com História.

3ª Caminhada com Stória em Agualva-Cacém (4)

As paragens são constantes para os devidos apontamentos históricos.

3ª Caminhada com Stória em Agualva-Cacém (5)

Sempre muito bem preparado e documentado, o Dr. Rui Oliveira.

3ª Caminhada com Stória em Agualva-Cacém (6)

E caminhando se vai aprendendo...

3ª Caminhada com Stória em Agualva-Cacém (8)

3ª Caminhada com Stória em Agualva-Cacém (7)

3ª Caminhada com Stória em Agualva-Cacém (9)

3ª Caminhada com Stória em Agualva-Cacém (10)

3ª Caminhada com Stória em Agualva-Cacém (11)

3ª Caminhada com Stória em Agualva-Cacém (12)

3ª Caminhada com Stória em Agualva-Cacém (13)

3ª Caminhada com Stória em Agualva-Cacém (14)

3ª Caminhada com Stória em Agualva-Cacém (15)

3ª Caminhada com Stória em Agualva-Cacém (16)

3ª Caminhada com Stória em Agualva-Cacém (17)

3ª Caminhada com Stória em Agualva-Cacém (18)

3ª Caminhada com Stória em Agualva-Cacém (19)

Prestes a entrar na Quinta dos Lóios...

3ª Caminhada com Stória em Agualva-Cacém (20)

Trilhos que nos levarão até ao açude de Fitares...

3ª Caminhada com Stória em Agualva-Cacém (21)

Provávelmente o que resta de um antigo palácio dos Lóios...

3ª Caminhada com Stória em Agualva-Cacém (22)

3ª Caminhada com Stória em Agualva-Cacém (23)

O Dr. Carlos Albuquerque lê alguns apontamentos históricos referentes ao local.

3ª Caminhada com Stória em Agualva-Cacém (24)

Outrora espaço reservado a monges, hoje hortas urbanas!

3ª Caminhada com Stória em Agualva-Cacém (25)

3ª Caminhada com Stória em Agualva-Cacém (26)

Atravessando a linha férrea...

3ª Caminhada com Stória em Agualva-Cacém (27)

3ª Caminhada com Stória em Agualva-Cacém (28)

3ª Caminhada com Stória em Agualva-Cacém (29)

3ª Caminhada com Stória em Agualva-Cacém (30)

3ª Caminhada com Stória em Agualva-Cacém (31)

A Ribeira do Jardo no seu estado natural.

3ª Caminhada com Stória em Agualva-Cacém (32)

3ª Caminhada com Stória em Agualva-Cacém (33)

3ª Caminhada com Stória em Agualva-Cacém (34)

Junto ao que resta de um antigo e potente moinho...

3ª Caminhada com Stória em Agualva-Cacém (35)

3ª Caminhada com Stória em Agualva-Cacém (36)

3ª Caminhada com Stória em Agualva-Cacém (37)

3ª Caminhada com Stória em Agualva-Cacém (38)

Uma pausa para abastecer...

3ª Caminhada com Stória em Agualva-Cacém (39)

Prof. Carlos Albuquerque...

3ª Caminhada com Stória em Agualva-Cacém (40)

3ª Caminhada com Stória em Agualva-Cacém (41)

Os incansáveis Prof's e investigadores que animaram esta caminhada, cheia de História, Carlos Albuquerque e Rui Oliveira.

3ª Caminhada com Stória em Agualva-Cacém (42)

Esperem um pouco!!!

3ª Caminhada com Stória em Agualva-Cacém (43)

E os joelhos a queixarem-se....

3ª Caminhada com Stória em Agualva-Cacém (44)

O encontro imediato com uma cobra-de-capuz, ainda juvenil, que se refugiou entre as pedras...

3ª Caminhada com Stória em Agualva-Cacém (45)

3ª Caminhada com Stória em Agualva-Cacém (46)

Uma cruz granitica encastrada num nicho do muro da Quinta dos Lóios...

3ª Caminhada com Stória em Agualva-Cacém (47)

 E já a Lua nos seguia os passos quando regressámos a casa...

Podem ver AQUI a 1ª Caminhada

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 23:35
link do post | comentar | favorito
Sábado, 16 de Abril de 2016

Orçamento Participativo - Agualva e Mira-Sintra

Orçamento Participativo da Junta Freguesia de Agu

Qualquer semelhança com o que eu conheço de outras realidades é pura ficção. Ou melhor, há uma distância galáctica.
Ontem assisti à sessão do Orçamento Participativo na Junta de Freguesia de Agualva e Mira Sintra, onde foram apresentados pelos proponentes 18 projectos, desde dança, talentos, passando pelo património histórico, de requalificação de espaços públicos, de pequenas obras escolares, da cultura, da intervenção e apoio social, da agricultura biológica e permacultura, e até à street art, que irão ser sujeitos a votação que se iniciará na segunda feira.
O Orçamento Participativo é um instrumento democrático que ajuda a definir prioridades da freguesia, e pode ser apresentado pelos cidadãos, ou grupo de cidadãos, residentes na freguesia, ou associações sem fins lucrativos. Possibilita ainda, que todos os cidadãos possam participar em igualdade de condições na tomada de decisões e na gestão de recursos. Para isso é destinada uma verba, que tem regras, entre as quais 60% do valor é destinado a projectos na área de apoio social, da cultura, de infra-estruturas ou do desporto, e 40% para projectos destinados à juventude e escolas. O Orçamento Participativo, é uma forma também de incentivar a participação na gestão publica, tendo em atenção especial os jovens, que tive a oportunidade de constactar pela participação destes na apresentação de alguns projectos.

Deixo aqui algumas imagens com a consciência que isto é uma forma democrática, aberta e transparente, na gestão dos recursos e dinheiros públicos, e uma excelente forma de ouvir os cidadãos e tornar o poder politico mais perto das pessoas. Gostei de assistir, e acredito que a nossa cidade só tem a ganhar. Parabéns para a Junta de Freguesia, na pessoa do seu Presidente, Arqº Carlos Casimiro, a quem se devem estas excelentes iniciativas.

Orçamento Participativo da Junta Freguesia de Agu

Orçamento Participativo da Junta Freguesia de Agu

Orçamento Participativo da Junta Freguesia de Agu

Orçamento Participativo da Junta Freguesia de Agu

Orçamento Participativo da Junta Freguesia de Agu

Orçamento Participativo da Junta Freguesia de Agu

Orçamento Participativo da Junta Freguesia de Agu

Orçamento Participativo da Junta Freguesia de Agu

Orçamento Participativo da Junta Freguesia de Agu

Orçamento Participativo da Junta Freguesia de Agu

Orçamento Participativo da Junta Freguesia de Agu

Orçamento Participativo da Junta Freguesia de Agu

Orçamento Participativo da Junta Freguesia de Agu

Orçamento Participativo da Junta Freguesia de Agu

Orçamento Participativo da Junta Freguesia de Agu

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 11:22
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Segunda-feira, 14 de Março de 2016

Pela minha cidade de Agualva-Cacém

Pela Minha Cidade Agualva-Cacém (1)

Ontem, domingo, o sol brilhava e convidava a sair de casa, mas a lesão num joelho tem-me limitado a mobilidade, impedindo-me de fazer a minha caminhada diária, e condicionando o meu raio de deslocação a pé. Enchi-me de coragem, vesti o fato de treino, calcei os ténis, peguei na máquina e abalei avenida abaixo, devagar, aproveitando para clicar algumas imagens da minha cidade. É isso que quero partilhar convosco.

Pela Minha Cidade Agualva-Cacém (2)

 

Pela Minha Cidade Agualva-Cacém (3)

Pela Minha Cidade Agualva-Cacém (4)

Pela Minha Cidade Agualva-Cacém (5)

Pela Minha Cidade Agualva-Cacém (6)

Pela Minha Cidade Agualva-Cacém (7)

Pela Minha Cidade Agualva-Cacém (8)

Pela Minha Cidade Agualva-Cacém (9)

Pela Minha Cidade Agualva-Cacém (10)

Pela Minha Cidade Agualva-Cacém (11)

Pela Minha Cidade Agualva-Cacém (12)

Pela Minha Cidade Agualva-Cacém (13)

Pela Minha Cidade Agualva-Cacém (14)

Pela Minha Cidade Agualva-Cacém (15)

Pela Minha Cidade Agualva-Cacém (16)

Pela Minha Cidade Agualva-Cacém (17)

Pela Minha Cidade Agualva-Cacém (18)

Pela Minha Cidade Agualva-Cacém (19)

Pela Minha Cidade Agualva-Cacém (20)

Pela Minha Cidade Agualva-Cacém (21)

Pela Minha Cidade Agualva-Cacém (22)

Pela Minha Cidade Agualva-Cacém (23)

Pela Minha Cidade Agualva-Cacém (24)

Pela Minha Cidade Agualva-Cacém (25)

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 19:49
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 7 de Março de 2016

I Festival de Chocolate em Agualva - Cacém

I Festival de Chocolate Agualva - Cacém (1)

O Largo da Republica encheu-se de gente este fim de semana, como já não se via desde os tempos da saudosa feira que ali realizava e que perdura na memória de muitos. Na sexta, sábado e domingo decorreu na praça principal  de Agualva, o I Festival de Chocolate, que, a aferir pela quantidade de visitantes que por ali circularam e provaram das muitas coisas doces e apetitosas, foi, um êxito!!!

 

Percorri o espaço, vi famílias alegres desfrutando dos sabores do chocolate. Escutei comentários de satisfação, opiniões positivas. Vi gente simpática, carrosséis e baloiços, e o bulício próprio de feira e festa.  Vi rebuçados para quem não pode comer açúcar. Senti o cheiro a chocolate.

Agualva está mais doce!!!

 

Só uma forte chuvada me fez recolher o equipamento fotográfico e para meu espanto os toldos e os chapéus de chuva foram escassos para "acoitar" tanta gente.
Venham mais iniciativas como esta!


Estão de parabéns o Presidente da União de Freguesias de Agualva e Mira Sintra e a equipa que lidera, que não se têm poupado a esforços para tornar a nossa cidade/freguesia, num território mais agradável. Faço votos que continuem a trabalhar para melhorar a nossa cidade de que nos orgulhemos no futuro.

I Festival de Chocolate Agualva - Cacém (2)

I Festival de Chocolate Agualva - Cacém (3)

I Festival de Chocolate Agualva - Cacém (4)

I Festival de Chocolate Agualva - Cacém (5)

I Festival de Chocolate Agualva - Cacém (6)

I Festival de Chocolate Agualva - Cacém (7)

I Festival de Chocolate Agualva - Cacém (8)

I Festival de Chocolate Agualva - Cacém (9)

I Festival de Chocolate Agualva - Cacém (10)

I Festival de Chocolate Agualva - Cacém (11)

I Festival de Chocolate Agualva - Cacém (12)

I Festival de Chocolate Agualva - Cacém (13)

I Festival de Chocolate Agualva - Cacém (14)

I Festival de Chocolate Agualva - Cacém (15)

I Festival de Chocolate Agualva - Cacém (16)

I Festival de Chocolate Agualva - Cacém (17)

I Festival de Chocolate Agualva - Cacém (18)

I Festival de Chocolate Agualva - Cacém (19)

I Festival de Chocolate Agualva - Cacém (20)

I Festival de Chocolate Agualva - Cacém (21)

I Festival de Chocolate Agualva - Cacém (22)

I Festival de Chocolate Agualva - Cacém (23)

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 23:45
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 20 de Janeiro de 2016

Jardim da Quinta da Fidalga - Agualva-Cacém

Contrato de Construção do Parque da Quinta das F

Foi assinado hoje, pelo Dr. Basílio Horta, o contrato para a empreitada da construção do Jardim da Quinta das Flores, um espaço há muito abandonado, e que já era propriedade da autarquia. A cerimónia teve lugar hoje, pelas 11 horas, no salão Nobre dos Bombeiros Voluntários de Agualva Cacém, acto a que tive a honra de assistir, e do qual vos deixo aqui algumas imagens.

A recuperação do espaço verde da Quinta da Fidalga irá, num futuro breve, mudar a fisionomia deste espaço, que acrescentará uma mais valia a esta zona nobre da nossa cidade. Quanto ao edifício da Quinta da Fidalga, será também ele objecto de requalificação numa fase posterior, e acolherá o futuro Conservatório de Música de Sintra, um investimento que rondará mais de dois milhões de euros.

A Quinta da Fidalga não é o seu nome original, antes, chamou-se Quinta de Nossa Senhora do Monte Carmo, e o seu fundador foi José Ramos da Silva, que adquiriu os terrenos em 1726, após ter regressado do Brasil, (no tempo em que se enriquecia por lá!). Mais tarde, cerca de 1825, foi adquirida pelo Conde Bartolomeu Costa Macedo, cuja jovem esposa, Maria do Ó de Figueiredo Osório Cabral, era apelidada de "a Fidalga".

Contrato de Construção do Parque da Quinta das F

Dr. Basílio Horta, Presidente da Câmara Municipal de Sintra.

Contrato de Construção do Parque da Quinta das F

A chegada do Dr. Basílio Horta, acompanhado pelo Vice-Presidente da Câmara, Dr. Rui Pereira.

Contrato de Construção do Parque da Quinta das F

Dr. Basílio Horta e o Arqº Carlos Casimiro, o autarca da minha freguesia.

Contrato de Construção do Parque da Quinta das F

O Arqº Carlos Casimiro cumprimenta o Engº responsável pela obra que irá decorrer no território da sua freguesia.

Contrato de Construção do Parque da Quinta das F

A assinatura que irá mudar o espaço que conferirá mais dignidade a este zona nobre da nossa cidade.

Contrato de Construção do Parque da Quinta das F

O autarca da minha freguesia segue atento a cerimónia.

Contrato de Construção do Parque da Quinta das F

Um aspecto do Salão Nobre dos Bombeiros Voluntários de Agualva-Cacém. Fomos todos convidados. Esteve presente quem quis e pode.

Contrato de Construção do Parque da Quinta das F

O aperto de mão formal que finalizou o acto da assinatura.

Contrato de Construção do Parque da Quinta das F

No final da cerimónia o Dr. Basílio Horta conversa com autarcas da Freguesia de Agualva e Mira Sintra: Drª. Helena Cardoso e Arqº Carlos Casimiro.

Contrato de Construção do Parque da Quinta das F

Tenho testemunhado que o Dr. Basílio Horta e o Arqº Carlos Casimiro são dois autarcas disponíveis e interessados em resolver muitos dos problemas da nossa cidade.

Contrato de Construção do Parque da Quinta das F

É no "terreno" que se conhecem os reais problemas das pessoas, e é aí que se encontram soluções. Gostei do que vi.

Contrato de Construção do Parque da Quinta das F

À saída...

Contrato de Construção do Parque da Quinta das F

Mas antes, uma nova visita ao terreno que vai ser intervencionado...

Contrato de Construção do Parque da Quinta das F

Contrato de Construção do Parque da Quinta das F

Contrato de Construção do Parque da Quinta das F

Contrato de Construção do Parque da Quinta das F

Contrato de Construção do Parque da Quinta das F

Contrato de Construção do Parque da Quinta das F

Inteirando-se do espaço, e quer ver o andamento das obras...

Contrato de Construção do Parque da Quinta das F

Certamente que daqui a pouco tempo iremos ter uma outra vista sobre este espaço. Autarcas que trabalham, se interessam e se esforçam, devem merecer o nosso apoio.

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 23:28
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 19 de Janeiro de 2016

Uma foto, um Prémio, a minha Cidade

Agualva-Cacém 3º Prémio

Não publico nada no blog há algum tempo. Nem da minha aldeia, nem da minha cidade. Por vezes, outros afazeres, outros compromissos e outros interesses, levam-nos para uma ausência mais longa do que o que seria desejável. Hoje estou de regresso com uma fotografia particularmente feliz, que retrata a Praça da Republica da minha cidade, onde decorria um desfile dos soldados da paz, da tão prestigiada Associação Humanitária dos Bombeiros de Agualva-Cacém, que já nos ajudaram no combate a incêndios no nosso concelho de Arganil. Esta é também uma foto que obteve um 3º Lugar na 1ª Maratona Fotográfica organizada pela Junta de Freguesia de Agualva e Mira Sintra. Participar onde o nosso esforço e dedicação é valorizado, é sempre um grande incentivo, e a nossa cidade merece.

publicado por rouxinoldepomares às 19:46
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 17 de Novembro de 2015

Praça Aristides de Sousa Mendes em Agualva - Cacém

Inauguração em Agualva Cacem (001)

Agualva-Cacém atribuiu o nome de Aristides de Sousa Mendes à Praça Central da Cidade, que será num futuro próximo o centro de referência desta cidade, quando aí forem construídas as infra-estruras que estão projectadas.
Hoje acompanhei as cerimónias da inauguração de algumas placas toponímicas da cidade, uma das quais esta, com especial significado pelo peso que tem o nome de Aristides de Sousa Mendes, um homem de vulto, que enquanto embaixador e desobedecendo ao regime Salazarista, viria a salvar milhares de vidas que teriam sido sacrificadas pelo regime de terror nazi, conforme teve a oportunidade de o lembrar o Sr. Presidente da Junta de Freguesia de Agualva e Mira-Sintra, o Arquitecto Carlos Casimiro, nas palavras que proferiu no acto solene.

Inauguração em Agualva Cacem (002)

Esta é uma das Placas afixadas na Praça de entrada da nossa Cidade e na Freguesia de Agualva Cacém.

Inauguração em Agualva Cacem (002a)

Antes do conhecido "túnel", e no grande espaço que é hoje e a partir de agora, Praça Aristides de Sousa Mendes.   

Inauguração em Agualva Cacem (003)

Muita gente que se interessa pela sua cidade esteve presente.

Inauguração em Agualva Cacem (004)

O acto contou com a presença do Prof. Basílio Horta, Presidente da Câmara Municipal de Sintra.

Inauguração em Agualva Cacem (005)

Antes, tiveram lugar duas inaugurações de ruas. Uma, dedicada a um dos primeiros autarcas da ainda Vila de Agualva Cacem, Sebastião Antunes, e outra, dedicada a uma importante figura do fado e do cinema, Ercília Costa, que viveu nesta cidade.

Inauguração em Agualva Cacem (006)

O homenageado, um dos primeiros autarcas da ainda Vila de Agualva-Cacém, António Sebastião Antunes, vê o seu nome perpetuado numa artéria da sua cidade.

Inauguração em Agualva Cacem (007)

O descerramento da placa da Rua com o nome da artista e cantora de fado, Ercília Costa.

Inauguração em Agualva Cacem (008)

Presente esteve António Sousa Mendes, neto de Aristides de Sousa Mendes, aqui à direita na foto, a falar com o Dr. Basílio Horta.

Inauguração em Agualva Cacem (009)

Presente também uma familiar (sobrinha), de Ercília Costa. As minhas desculpas por não saber o nome da senhora...  

Inauguração em Agualva Cacem (0010)

O momento da chegada do autarca sintrense, Dr. Basílio Horta, a cumprimentar o Presidente da Junta de Freguesia de Cacém e S. Marcos, José Estrela Duarte.

Inauguração em Agualva Cacem (0011)

E assim se vai fazendo história na nossa cidade...

Inauguração em Agualva Cacem (0012)

Os autarcas da minha cidade. Da esquerda para a direita, Sr. José Estrela Duarte, Arqº Carlos Casimiro, e o Dr. Basílio Horta, Presidente da Câmara Municipal de Sintra.

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 23:30
link do post | comentar | favorito

.Eu

.pesquisar

.Abril 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Aqu'Alva Stória - dos Hip...

. Aqu'Alva Stória II Encont...

. 3ª Caminhada com Stória e...

. Orçamento Participativo -...

. Pela minha cidade de Agua...

. I Festival de Chocolate e...

. Jardim da Quinta da Fidal...

.arquivos

.tags

. todas as tags

.links

.A ver

online

.Visitas

.últ. comentários

Boa noite caro Manuel Santos! Muito obrigado pelo ...
Linda e maravilhosa a minha terra,parabéns a quem ...
Fantástico....fantástico....fantástico.Muitos para...
Meu bisavô nasceu emOliveira do Hospital não sei ...
Bonitas imagens, os pomarenses em particular, e os...
Parabéns ao Município de Oliveira por esta promoçã...
Mais um bom trabalho
Um verdadeiro Hino ao mais belo dos postais. Fantá...
Outra coisa não se esperava do amigo. Excelente re...
Meu querido amigo António Manuel Silva a navegar n...

.AVISO

Para evitar a calúnia e a difamação gratuíta, os comentários são moderados pelo autor do blog. Todos os comentários serão publicados, mas se estiver a pensar insultar ou difamar pessoas ou grupos, e de forma geral prejudicar a utilização leal deste espaço não se dê ao trabalho. Os comentários não serão publicados.