Quarta-feira, 14 de Janeiro de 2009

Hei! Cadê os Pináculos?

 

Passei por lá e...

Lembrei-me que os pináculos que foram roubados do pórtico da entrada do cemitério, conforme se noticiou na altura aqui, ainda não apareceram e também nunca mais se ouviu falar do assunto. Não me vou alongar em considerações, mas esperamos que não caia no esquecimento e a culpa morra solteira.

O apetite por pináculos deve ser grande, porque em Vila Cova também desapareceram de uma fonte, vejam aqui. Colecionadores?

 

Como é a nossa última morada e como cemitério principal da freguesia, parece que está a precisar de umas reparações como nos indica o seu aspecto exterior.

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 01:25
link do post | comentar | favorito
17 comentários:
De pomarense a 14 de Janeiro de 2009 às 13:12
Esta fotofrafia contrasta e muito com as que habitualmente somos contemplados. Realmente demonstra a falta respeito que existe por todos os que ja partiram e que afinal é a ultima morada de todos nós. Como é possivel roubarem os pinaculos!!!!!! gente sem escrupulos e realmente as paredes estão uma lastima!. Obrigada por nos mostrares tambem esta vergonha.
De Toupeira Voadora a 14 de Janeiro de 2009 às 13:34
As paredes estão uma lástima, os pináculos desapareceram e é estranho que os Vigilantes e amigos estejam caladinhos...
De salta poçinhas a 14 de Janeiro de 2009 às 20:50
O sr Rouxinol sabe +/- quanto pesa um pináculo se fôr de pedra maciça?Talvez para os tirar do local onde estavam é necessário mais que força de braços.Bem quanto ao aspecto exterior,não é preciso dizer nada a fotografia diz tudo.
De Fio de Prumo a 14 de Janeiro de 2009 às 22:15
Está tudo caladinho. Encaixaram, ou contra factos não há argumentos? Nem vigilantes nem amigos nem os auto-proclamados defensores do burgo. Não é nada comigo, não é nada comigo, devem estar a assobiar para o ar!
De Toino da Machôa a 14 de Janeiro de 2009 às 22:45
Boa noite sr. rouxinol, boa noite a todos os pomarenses e boa noite aos compadres todos.
Sr. rouxinol, ou é impressão minha ou anda pr'aqui gente a tentar que ue me cale. Sr rouxinol, não lhes faça essa vontade, porque no fundo eu cá vou ajudando como posso e porque a minha vida é trabalho e não tenho lá muito tempo para a má lingua. O que eu tenho são dois olhos e duas orelhas tudo pegado a uma cabeça que não serve só para usar a boina. Ora vamos lá mas é ao que intereça.
Os pináculos do cemitério já eram e qualquer dia estão no esquecimento e pronto. Já há muito tempo que os muros estão a ficar rachados e toda a gente sabe que o cemitério necessita de obras, mas estas não atraem a comunicação social cá do burgo e os mortos já não votam.
Também estou a estranhar que os vigilantes, sapos e afins estejam caladinhos, deve ser porque este assunto já não lhes cheira e como dizia um vigilante, papaias, pois é papaias é fruta tropical, aqui na Machôa já nem diospiros, quanto mais papaias.
Por hoje é tudo que me vou na deita e boa noite para todos. Todos mesmo, aos sapos, vigilantes FF's e afins. A minha Felismina deseja uma santa noite a todos
Toino da Machôa
De Açor Vigilante a 15 de Janeiro de 2009 às 11:36
Mais uma vez reparo que há certas pessoas que são um pouco limitadas ou então só vêm o que querem e passo a explicar porquê.

1.º Só ainda não fiz qualquer comentário em virtude de não ter tido tempo e não por essas razões obtusas que alguns comentadores estão a tentar impor na minha pessoa.

2.º Se repararem desde que comento neste blogue, sempre dei a minha opinião sendo para aí 80% a favor do rouxinol e cada vez que ela é contrária, parece que não se pode falar e já vi que incomodo muita gente.

3.º Sempre que não estou de acordo com alguma, coisa tenho justificado com argumentos ao contrário de muitos que só falam por falar. Como digo … Apresentem argumentos, quando forem contra os meus comentários que eu calo-me.

4º E agora, como eu quando, critico ou não, tenho sempre presente na minha mente o sentido construtivo eis a minha opinião: Embora também ache que as paredes estão uma lástima, acho que para melhor resolver o problema durante largos anos, era fazer um cemitério novo uma vez que já há grandes dificuldades em arranjar espaço para enterrar os defuntos.
De anónimo a 15 de Janeiro de 2009 às 20:46
Não é de admirar não haver espaço para enterrar os defuntos,porque toda a gente que queira minimamente arranjar uma sepultura tem de a comprar,senão a camara não deixa nem pÔr uma simples pedra á volta.Foi o que aconteceu quando meu pai faleceu á 3anos.
De Toupeira Voadoura a 15 de Janeiro de 2009 às 21:20
Ó "amigo" Açor Vigilante, só para que o sr não ande para aí a escrevinhar à toa devo dizer-lhe que acompanho há muito este espaço sem nunca ter comentado, mas já tenho lido os seus paupérrimos comentários mas estes últimos tenho que lhe dizer que você fez o pino e devia contar à gente o motivo, com páragrafos numerados e tudo, como fez agora. Fica giro. Eh Eh! Explique lá também à gente se essa do Açor é por ser anti-pombo é que se for está bem, se não for tire lá o açor e não insulte a ave e ponha Pombinho Vigilante. Eh, eh! Eu sou a Toupeira Voadoura e venho dar-lhe os parabéns por essa de mudar o cemitério, é pá é uma ideia genial và dá-la ao sr PJFP pode ser que a aceite e lhe dê um lugar na próxima lista e talvez lhe dêm também sociedade na funerária cá da terra.
Beijinhos Gordos
De DEIXA-ME RIR a 15 de Janeiro de 2009 às 22:29
Hi, Hi, Hi...eu cá como sou limitado mudava o cemitério para o chão em frente do parque de campismo, sempre estava mais perto da capela e da igreja e numa zona "fina" e sempre lhe iam dando uma pinturazita com o resto das tintas das obras anuais lá do sítio...ó vigilante só mesmo tu é que me fazias...hi, hi, hi...deixa-me rir...
De Anónimo a 15 de Janeiro de 2009 às 20:35
Boa noite sr rouxinol e boa noite a todos. Já comi a minha malguinha de sopa e enquanto a minha Felismina lava a louça vim até aqui ao sr rouxinol para ver as novidades e os comentários. Hoje está um dia de chuva que tive que andar o dia todo de galochas e aproveitei para cortar umas silvas que me andavam a querer tolher o caminho e a prósito de silvas parece que o compadre vigilante se picou...olhe compadre faça como eu arregace as mangas agarre na roçadoira e záz, é remédio santo. Olhe compadre vigilante, essa moenga dos outros serem limitados, vossemecê não se deve ver ao espelho, não venha para aqui armado em espertalhão de binóculos que aí em Pomares a visão esbarra no outro lado do monte e mesmo eu na Machôa só alcanço até Avô. Essa de ter argumentos, valha-me o santíssimo, vossemecê é convencido que dianho, mas olhe um bocadinho de tento não lhe ficava mal e já agora desculpe discordar de si quanto a um novo cemitério, é que neste ainda irá sobrar espaço depois de todos os vigilantes se finarem.
Vire lá a caçadeira para outro lado e vá aos tordos, porque senão ainda fica sem munições.
Até à proxima sr vigilante e não passe pela Machôa não vá o meu canito sentir-lhe o cheiro e afiar o dente. Ah! Danado canito que de vez em quando aparce com uns fundilhos nos dentes.
Daqui da Machôa uma noite descansada para todos
Toino da Machôa
De Toino da Machôa a 15 de Janeiro de 2009 às 20:41
Boa noite novamente sr, rouxinol, não sei o que sucedeu mas o comentário como anónimo sou eu o Toino da Machôa, mas assinei por baixo.
Uma noite descansada para si sr. rouxinol e desculpe dar-lhe mais este trabalho.
Daqui da Machôa, boa noite e até amanhã.
Toino da Machôa
De Giovanni Lambretta a 15 de Janeiro de 2009 às 22:22
Gostei do comentário de mudar o cemitério de sítio. Cá para mim é o que Pomares está a necessitar com maior urgência, porque é impossivel sua ampliação por estar rodeado de arranha-céus...
De Açor Vigilante a 16 de Janeiro de 2009 às 08:11
Mais uma vez, todos podem verificar que há quem esteja sempre contra aquilo que eu comento, mas todos podem também verificar, que argumentos nem vê-los.
A maioria das pessoas só falam do que não sabem, ou então nem sequer são daqui de Pomares.
Por acaso sabem que ultimamente cada vez que há um funeral, há imensas dificuldades em escolher um local para se abrir a cova, em virtude de ainda não ter passado o tempo????
Não devem saber de certeza...e é claro que também, por haver bastantes campas compradas, mas isso é igual para todos, ou seja só não compra quem não quer.
E mesmo assim não é preciso um cemitério novo pois não???
Ou então, alargar este que temos, que também não falta espaço para isso como diz o senhor Giovanni Lambretta.
Mas enfim, é como digo, só vêm o que lhes interessa.
De salta poçinhas a 16 de Janeiro de 2009 às 20:18
Compra quem quer não é bem assim!Porque não é assim tão barato,e não é só esse o motivo.Porque há pessoas que possuem 3/4 campas compradas.Uma opnião minha quando fizerem o novo cemitério façam com crematório,porque a serra do Açor tem paisagens tão lindas para descançar o espirito.
De Toupeira Voadoura a 16 de Janeiro de 2009 às 22:23
E ele a dar-lhe...ò vigilante, ouve lá...o gajo que te encomendou o discurso e te deu os dados estatísticos do cemitério, também te podia ter dito para onde foi o dinheiro de todas as campas vendidas até agora, porque nem um centimo desse dinheiro aí foi investido...às vezes os teus argumentos, vêm mesmo a calhar...
De Açor Vigilante a 17 de Janeiro de 2009 às 03:40
Oh senhor Toupeira Voador, os meus discursos não são por encomenda e eu aqui não apresentei nenhuns dados estatísticos, apenas me limito a comentar aquilo que os Pomarenses falam e as dificuldades que realmente temos no cemitério, mas como o senhor não deve ser Pomarense, é como digo só falam para não estarem calados.
E quanto ao dinheiro das campas não lhe posso responder a essa pergunta, o senhor inteligente como o parece ser vá perguntar a quem lhe pode responder a essa pergunta uma vez que parece estar interessado em saber. HAAA... mas agora é que percebi....o senhor diz que nem um cêntimo no cemitério foi investido, por isso já deve estar ao corrente das contas acerca desse dinheiro.
Os meus argumentos vêm mesmo a calhar, mas os seus dão que pensar para o mês inteiro.
De janita a 18 de Janeiro de 2009 às 13:13
E verdade que essas rachas no muro do cemitério são uma vergonha, mas há uma solução , já que as eleições estão próximas , há espaço com força nesse muro para colar lá os cartazes, "vota PSD , vota PS , vota CDS ", mas é verdade os defuntos não votam, esqueçam essa ideia...

Comentar post

.Eu


. ver perfil

. seguir perfil

. 36 seguidores

.pesquisar

.Maio 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. VII Capítulo da Confraria...

. Em Fátima a 13 de Maio

. Mostra de Ensino Profissi...

. A Tailândia na ARPIMS de ...

. Sra Ministra da Saúde em ...

. 2º Grande Prémio de Atlet...

. Festa Socialista em Aveir...

.arquivos

.tags

. todas as tags

.links

.Visitas

conter12

.últ. comentários

Que pena pintarem as casas de branco!Eram tão lind...
Adorei o teu comentário! Não tenho mais palavras! ...
Não é preciso dizer mais nada... como sempre o ami...
Foi com gosto que apreciei esta festa de Carnaval...
Não lhe sei responder...Sei que têm vendido alguma...
A Quinta da Marqueza encontra-se para venda ?
Que catastrófe as imagens dão arrepios.bjshttp//bl...
Impressionante! Ainda bem que nada lhes aconteceu.
Parabéns à Junta de Freguesia de Pomares, por as m...
A familia de minha Mãe de apelido Silva Campos é d...

.AVISO

Para evitar a calúnia e a difamação gratuíta, os comentários são moderados pelo autor do blog. Todos os comentários serão publicados, mas se estiver a pensar insultar ou difamar pessoas ou grupos, e de forma geral prejudicar a utilização leal deste espaço não se dê ao trabalho. Os comentários não serão publicados.