Domingo, 5 de Julho de 2009

Sobral Gordo (Pomares) na FIL

 

Actuar e desfilar na maior feira ibérica de artesanato e gastronomia, foi o que fez ontem o Grupo Etnográfico Raízes de Sobral Gordo, que desta forma mais uma vez levou o nome de Pomares e do concelho de Arganil fora de portas. Num certame onde há centenas de expositores, nacionais e estrangeiros, e é visitado por milhares de pessoas,  esta actuação constitui um acontecimento digno de nota, mas se atendermos que o grupo o fez sem qualquer contrapartida económica, maior é o ênfase e mais carinho este grupo nos merece. O amor à terra e às suas raízes está sobejamente demonstrado.

Um aplauso grande para o Grupo Raízes de Sobral Gordo e um abraço para os seus elementos que muito nos orgulham.

 

 

Um momento da actuação.

 

 

Na ausência de aparelhagem sonora foi preciso puxar pela voz....

 

 

O Grupo desfilou por toda a feira, mostrando uma resistência que deixava espantados muitos dos espectadores. A alma serrana é resistente...

 

 

 

Artesanato genuinamente português.

 

 

Não faltou o internacionalmente conhecido, Galo de Barcelos.

 

 

Mais artesanato português. Há obras e artesãos portugueses fantásticos que precisam de ajuda para serem divulgados.

 

 

Muitos foram os Municípios que se fizeram representar. Contrastando com o Município de Arganil que não esteve presente, o Município da Pampilhosa da Serra, apresentava um espaço em destaque nesta feira. Tão perto e tão distante de realidades...

Para um executivo que apostava no turismo, esta ausência do Município de Arganil é um indicador pouco animador no futuro para o concelho.

 

 

Com menos destaque, é certo,  mas a Lousã estava lá.

 

 

Longe de casa, é sempre bom encontramos algo que nos é familiar, que nos toca o coração. Gostei de ver uma empresa de Côja com o seu expositor, a FróisArte que se dedica à arte do Ferro Forjado. Se quiserem saber mais desta empresa vejam AQUI.

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 13:25
link do post | comentar | favorito
7 comentários:
De Odete a 5 de Julho de 2009
Amigo Rouxinol.
Mais uma vez, muito obrigado pela presença e pelo enorme carinho que demonstra para com o nosso Grupo. Foi enorme o "palco", onde actuamos ontem. Confesso que as pernas me tremeram quando iniciámos o desfile em direcção ao local, que nos estava destinado para a nossa actuação. Não é todos os dias que milhares de pessoas nos aplaudem. Nunca o Grupo Etnográfico Raízes de Sobral Gordo se tinha cruzado e apresentado para tão extensa plateia. Desfilar na imensidão daqueles três pavilhões foi algo que jamais esqueceremos.
O nosso profundo agradecimento à Senhora, Ana Cristina Costa. Uma filha de Pomares, que também não esquecendo as suas raízes, nos convidou para estar presente neste enorme evento.
Do fundo do coração, obrigado, Ana Cristina pelo convite. Obrigado Sobralgordenses que nos acompanham, sempre demonstrando o carinho e o orgulho que sentem em nós.
Obrigado Rouxinol, pela divulgação e pelo carinho. Obrigado a todos que acreditam, que admiram, e que nos aplaudem.
Bem Haja a Todos!
De Ana Cristina Costa a 7 de Julho de 2009
Bom dia!
Quero aqui expressar um grande agradecimento ao Grupo Etnográfico Raízes do Sobral Gordo e em especial à Odete, sua líder, que desde o primeiro contacto, prontamente se disponibilizou e a todo o grupo para animar e divulgar na FIA a nossa Região, através daquilo que lhe é mais característico.
Senti-me orgulhosa pela vossa presença no meu local de trabalho e numa feira que me é especialmente querida. Os grupos do Sobral Gordo e do Soito da Ruiva foram, neste fim-de-semana, uns maravilhosos representantes da Freguesia de Pomares.
Obrigada e Bem Hajam!
Cristina
De Lourdes a 5 de Julho de 2009
Ao Grupo Raízes de Sobral Gordo os meus sinceros parabéns. Em anos anteriores tenho estado presente nessa feira e, logo este ano que não pude lá estar, a minha/nossa região lá esteve tão bem representada.
Para o António, o meu obrigada pela reportagem e aguardo a próxima.
Beijinhos
De bcmantunes a 6 de Julho de 2009
Olá, amigo António,
Os meus cordiais cumprimentos.

O Rouxinol de Pomares é como uma estrela em dia de nevoeiro, não se vê mas sabemos que está lá.
É a postura do Rouxinol de Pomares a favor de uma maior abertura, para as questões regionais, nomeadamente do concelho de Arganil, e, em particular da freguesia de Pomares.
Esta postura, o ir, o estar, do Rouxinol de Pomares, é muito importante!
Hoje quero dizer bem, não só porque fica bem, porque merecem!
Quem corre por gosto não cansa. É bonito este convívio!
É caso para dizer… Ó GENTE da minha terra!
Estas pessoas, são fantásticas! Tenho sempre dificuldade em dizer algo sobre gente tão diligente que o melhor mesmo é utilizar as palavras mais simples. Um Bem-haja para todos. Merecem da nossa parte um enorme aplauso.
Muitos parabéns ao grupo Raízes do Sobral Gordo, eleva o nosso concelho, muito orgulha e honra, todos os conterrâneos da freguesia de Pomares.
Sendo um prazer, para os elementos incorporarem o Grupo Raízes do Sobral Gordo, não lhes retira sacrifícios. Pelo contrário, acrescenta, pela responsabilidade que sentirão cada vez maior.
É de louvar, toda esta disponibilidade sempre com o sorriso rasgado que mostram em cada actuação.
Comecei por dizer, «quem corre por gosto não cansa», porém, sei que cansa. Muito!
Quantas vezes, no dia seguinte, terão dito, agora estava tão bem a dormir… Não desistam!
Desejo as maiores venturas para todos. Mantenham o orgulho e a perseverança.
Saudações regionalistas.
Caríssimo António Manuel,
Um abraço,
Belchior Madeira Antunes
De antonio assunçao a 6 de Julho de 2009
Quem me conhece sabe que não sou vaidoso sou como as gentes da nossa serra gente simples. Mas peço desculpa aqueles que me conhecem desta vez sinto-me vaidoso sim senhor com o desempenho das gentes da nossa serra. obrigado ao grupo raízes de Sobral Gordo pela vossa representação. VOZ DO GOULINHO ALA Poemas
António Assunção
De bcmantunes a 6 de Julho de 2009
Olá, amigo António,
Os meus cordiais cumprimentos.

Sem pretensiosismo. Ficaria satisfeito se o que eu digo servir para alertar consciências.
Falar de cultura, de turismo, no nosso concelho, é preciso.
Não vou criticar a autarquia de Arganil por não estar presente no certame da FIA nos dias 4 e 5 de Julho. Mas indigna-me!
Se não estiveram presentes, deveriam dar uma explicação aos Arganilenses.
Os Arganilenses e, os Pomarenses não irão esquecer esta negligência da Autarquia.
Parece que falar de turismo é só para parecer bem. Perdeu-se mais uma boa oportunidade para promover o turismo da nossa região. É importante a divulgação.
Note-se o impacto que teve para as regiões onde foram realizados episódios de telenovelas.
Solitária, a FroisArte, lá esteve pelo que nos mostrou o Rouxinol de Pomares.
Todos sabemos o contributo que as associações e as Ligas de melhoramentos têm prestado em prol do desenvolvimento regional do concelho de Arganil.
Numa altura em que se fala tanto de sustentabilidade seria bom que os responsáveis pelos diversos pelouros cultural recreativo e desportivo, percebessem quão importante seria fortalecer parcerias com as associações regionalistas, quer estejam sedeadas em Lisboa ou nas Aldeias do concelho de Arganil.
Estas associações sempre tiveram as suas sedes em Lisboa pela razão que era aqui que existia o poder financeiro. Porque os fundadores destas associações residiam em Lisboa e, na grande parte das vezes eram empresários bem sucedidos, nos diversos ramos do comércio Lisboeta. Era pela carolice destes conterrâneos que essas associações angariavam fundos para realizar melhoramentos nas Aldeias a que pertenciam.
Nem sempre a compensação financeira paga o esforço. Fica bem o reconhecimento… Porquê a Autarquia de Arganil vira as costas a estes «Grupos», injustamente, beneficiando da divulgação que estes fazem em Lisboa e noutros pontos do País.
No estandarte do Grupo Etnográfico RAÍZES de Sobral Gordo, «lê-se Arganil».
Porque não existe o reconhecimento merecido a estes Grupos regionalistas?
Seria uma prova de sensibilidade dos responsáveis da autarquia Arganilense.
Estarão sensíveis à cultura e ao turismo? Dando a estas duas valências a devida importância?
Quem não semeia não colhe!
Eu gosto de dizer que não há um homem sem outro.
Arganil será grande quando perceber, que todos juntos somos mais!
Somos solidários, somos trabalhadores e empreendedores!
Porque é que não progredimos? O que é que falta? Porque é que Arganil não segue o exemplo de alguns concelhos vizinhos? Estão com vergonha de copiar?
Desejo uma boa semana.
Amigo António,
um abraço,
Belchior Madeira Antunes
De O Serrano a 7 de Julho de 2009
É pena ver que Arganil nada aposta nestes eventos e pouca ou nenhuma ajuda dá aos seus artistas e artesãos. Valha-nos a teimosia de uns quantos que levam a bandeira do regionalismo bem longe. Esses merecem o nosso reconhecimento como é o caso do Sobral Gordo e do Soito da Ruiva. Quanto á JFP alinha com o que temos em Arganil, pouco sabe e pouco faz.

Comentar post

.Eu


. ver perfil

. seguir perfil

. 36 seguidores

.pesquisar

.Maio 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. VII Capítulo da Confraria...

. Em Fátima a 13 de Maio

. Mostra de Ensino Profissi...

. A Tailândia na ARPIMS de ...

. Sra Ministra da Saúde em ...

. 2º Grande Prémio de Atlet...

. Festa Socialista em Aveir...

.arquivos

.tags

. todas as tags

.links

.últ. comentários

Comprei esta variedade nos Viveiros Valter.
Não deve ser fácil encontrar uma videira desta cas...
Ando à procura de um par de pés desta casta, mas n...
Também tenho uma de quando andava na v
Que pena pintarem as casas de branco!Eram tão lind...
Adorei o teu comentário! Não tenho mais palavras! ...
Não é preciso dizer mais nada... como sempre o ami...
Foi com gosto que apreciei esta festa de Carnaval...
Não lhe sei responder...Sei que têm vendido alguma...
A Quinta da Marqueza encontra-se para venda ?

.AVISO

Para evitar a calúnia e a difamação gratuíta, os comentários são moderados pelo autor do blog. Todos os comentários serão publicados, mas se estiver a pensar insultar ou difamar pessoas ou grupos, e de forma geral prejudicar a utilização leal deste espaço não se dê ao trabalho. Os comentários não serão publicados.