Domingo, 20 de Dezembro de 2009

Brrrrrrr...não se pode abrir a janela!...

  

Eram pr'aí sete e pico e o Sol tardava, para derreter o manto branco de geada que cobria os campos de Pomares. Sei também que esta paisagem vos é familiar; é a vista que tenho da minha janela, e hoje meus amigos, BRRR...não se pode abrir a janela, é que está um frio de rachar, ou como diria um amigo meu: 

- Ó Silva... está cá um código!...(entenda-se que "código" é sinónimo de frio!)

 

 

 

Tomei o meu cafézinho (pequeno almoço), e lá fui eu registar algumas imagens de Pomares, para dar a conhecer o contraste para quem só conhece a nossa terra no tempo quente de verão.

 

 

É também por isto que adoro a minha terra, pelos contrastes e assimetrias, e é também por isso que luto por uma terra melhor, para que seja uma terra mais tolerante, mais solidária e com mais oportunidades, para que os seus naturais não tenham que a abandonar.

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 22:28
link do post | comentar | favorito
3 comentários:
De Tania e Fernando a 21 de Dezembro de 2009
Caro amigo,
É verdade, neste domingo teve um grande "griso" (á moda dos piodenses), nem o sol da tarde chegou para aquecer o corpo....mas por volta das 21h a alma piodense ficou bem quente quando assistimos á queda de neve, que deixou a nossa aldeia com grandes noances brancas.
Um Feliz Natal para todos vós!
Cumprimentos.
De Odete a 21 de Dezembro de 2009
Ao ver estas fotos, não pude deixar de pensar no Sr. Manuel da (Quinta), como era conhecido.
Os meus sentidos pesamos a toda a família.
Era por mim uma pessoa estimada.
Que a sua alma descanse em paz.
O meu abraço solidário à sua esposa, filho, nora e restante família.
Odete Francisco
De bcmantunes a 22 de Dezembro de 2009
Ora viva, caro amigo António Manuel, os meus cordiais cumprimentos.
Esta é daquelas situações que apetece responder;
Eu gosto é do Verão - Fúria do Açúcar
Na Primavera o amor anda no ar
Na Primavera os bichos andam no ar
Na Primavera o pólen anda no ar
E eu não consigo parar de espirrar

No Verão os dias ficam maiores
No Verão as roupas ficam menores
No Verão o calor bate recordes
E os corpos libertam seus suores

Eu gosto é do Verão
De passearmos de prancha na mão
Saltarmos e rirmos na praia
De nadar e apanhar um escaldão
E ao fim do dia, bem abraçados
Patrocinado por uma bebida qualquer

No Outono a escola ameaça abrir
No Outono passo a noite a tossir
No Outono há folhas sempre a cair
E a chuva faz os prédios ruir

No Inverno o Natal é baril
No Inverno ando engripado e febril
No Inverno é Verão no Brasil
E na Suécia suicidam-se aos mil

A situação não é fácil. Fazíamos um escorrega no sítio onde estão essas duas casas. Aí mesmo ao lado da do António. A geada não derretia, ficava de uns dias para os outros num caminhito que havia para atalhar caminho e numa rampinha na berma da estrada faziamos um escorrega para patinar. Sem patins, claro!
Caríssimo, com geada ou sem ela, é sempre um prazer. Nas nossas Aldeias já deve cheirar a Consoada... Boas Festas.
Um abraço,
Belchior Madeira Antunes

Comentar post

.Eu


. ver perfil

. seguir perfil

. 36 seguidores

.pesquisar

.Maio 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. VII Capítulo da Confraria...

. Em Fátima a 13 de Maio

. Mostra de Ensino Profissi...

. A Tailândia na ARPIMS de ...

. Sra Ministra da Saúde em ...

. 2º Grande Prémio de Atlet...

. Festa Socialista em Aveir...

.arquivos

.tags

. todas as tags

.links

.últ. comentários

Comprei esta variedade nos Viveiros Valter.
Não deve ser fácil encontrar uma videira desta cas...
Ando à procura de um par de pés desta casta, mas n...
Também tenho uma de quando andava na v
Que pena pintarem as casas de branco!Eram tão lind...
Adorei o teu comentário! Não tenho mais palavras! ...
Não é preciso dizer mais nada... como sempre o ami...
Foi com gosto que apreciei esta festa de Carnaval...
Não lhe sei responder...Sei que têm vendido alguma...
A Quinta da Marqueza encontra-se para venda ?

.AVISO

Para evitar a calúnia e a difamação gratuíta, os comentários são moderados pelo autor do blog. Todos os comentários serão publicados, mas se estiver a pensar insultar ou difamar pessoas ou grupos, e de forma geral prejudicar a utilização leal deste espaço não se dê ao trabalho. Os comentários não serão publicados.