Domingo, 7 de Março de 2010

A Tradição da Matança do Porco

 

É uma tradição enraizada na nossa população, mas tal como muitas outras tradições tem vindo a decrescer de dia para dia. 

A matança do porco é uma azáfama que envolve sempre amigos e familiares para ajudar. Sendo uma tradição, não deixa de ser um acto violento, e é por isso mesmo, com respeito aos animais e aos visitantes deste blog que não publico algumas fotos que poderão ferir algumas  sensibilidades.

Mas a vida é assim mesmo e o nascimento e a morte são actos violentos.

Adiante...

O produto final, ou seja a carne obtida do animal é abissalmente diferente em textura e sabor daquela carne de produção industrial que compramos nos talhos. Estes animais criados com produtos naturais fazem toda a diferença.

 

 

Chamuscar o porco, que consiste na retirada da pilosidade cerdosa e da primeira camada da derme, das unhas, do focinho e das orelhas.

 

 

Chambaril colocado nas patas traseiras para pendurar o animal a escorrer, da lavagem e do resto do sangue e para a preparação da desmancha.

 

 

O inicio da desmancha que obedece a cortes precisos para aproveitamento de todo o animal.

 

 

A "suã", a parte que envolve a barriga e o peito do porco, já sem pele que será a carne utilizada para uns torresmos de excelência.

 

 

 A análise das víceras que atestam a boa saúde do animal.

 

 

A carne de porco está quente e só no dia seguinte se fazem os torresmos, mas para o dia uma chanfana cozinhada em forno de lenha é a ementa para os familiares e amigos.

 

 

Olhem só para este aspecto...

 

 

Familiares e amigos.

 

 

Um aspecto da mesa, onde não faltou a tijelada, o arroz doce, pudim, mousse de choicolate etc.

 

 

Entretanto, no próprio dia é preciso fazer as chouriças de sangue...este aspecto é assim, até levarem com água quente para não se estragarem adquirindo uma cor escura. Depois são postas no fumeiro a secar.

 

 

No dia seguinte, corta-se a carne para preparar as chouriças de carne...e almoçam-se os torresmos e o arroz de fressura....

 

 

Os torresmos....

Devo confessar que foi uma bela dieta...

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 23:57
link do post | comentar | favorito
8 comentários:
De bcmantunes a 8 de Março de 2010 às 08:31
Ora viva, amigo António Manuel, cordiais cumprimentos.
Ó amigo António, Isto não se faz!
Abri a janela de Pomares, logo que o dia raiou, fui obrigado a engolir em seco com todo este aroma que envolve a matança do Porco... Uns torresmos a saberem apenas a porco, maravilha.
Quanto ao morrer para dar de comer... Toda a vida se caçou para a alimentação do homem. À medida que fomos evoluindo, que fomos progredindo, fomos criando alternativas que tornassem os hábitos e as necessidades mais fáceis. Por isso aparecem os animais domésticos, que outrora eram selvagens.
A propósito de selvagens. Seria possível introduzir na mata, fêmeas com o intuito de acasalarem com machos javali, para se obter um cruzamento da espécie javali?
Pensem Nisso!
Caríssimo, António, soube a pouco.
Saudações cordiais,
Belchior Madeira Antunes
De Guidinha Pinto a 8 de Março de 2010 às 19:25
Boa noite. Adorei relembrar, olhando as imagens. Poucas vezes assisti à matança de um animal. Das vezes que por perto estive, são os guinchos a memória. De fugir! Vinha o convite mais tarde, para o arroz da fressura, os torresmos e mais tarde ainda, os ossos da suã salgados de um dia para o outro e depois cozidos com couves galegas e mais umas as choiriçitas »...
Já estou a salivar.
Bonita estória de uma das nossas tradições seculares.
Fique bem.
De rouxinoldepomares a 10 de Março de 2010 às 00:32
Olá Guidinha Pinto, boa noite.
Obrigada pelo seu comentário. Visitei o seu portal e gostei.
Volte sempre.
AMS
De aguiadoaçor a 8 de Março de 2010 às 23:06
Boa noite amigo Antonio.
[Error: Irreparable invalid markup ('<br [...] <a>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

Boa noite amigo Antonio. <BR class=incorrect name="incorrect" <a>Parabens</A> mais uma vez por nos mostrares um pouco das nossas raizes e do nosso passado mas,andas-me a enganar,afinal o porco saiu porca,mas esta bem,de qualquer maneira se faz a festa. <BR>dizia o meu irmao que soube a pouco,pois por ca nao soube a nada,por estas latitudes nao ha essas usanças,nem sequer a cabeça do dito cujo se encontra no talho,e se e saborosa. <BR class=incorrect name="incorrect" <a>Bem,por</A> agora e o que me vai de comentar,hoje felizmente nao ha inconvenientes. <BR>Uma boa estada la pela zona e ate breve. <BR class=incorrect name="incorrect" <a>Ciao</A> Antonio. <BR class=incorrect name="incorrect" <a>Herminio</A> Antunes <BR>
De rouxinoldepomares a 8 de Março de 2010 às 23:57
Era mesmo um porco, mas como todos os porcos para matança e para que a carne seja gostosa ficam sem os ditos...
É lixado ser-se porco!...
Um abraço
AMS
De vanessa a 10 de Março de 2010 às 00:10
Boa noite aqui de Lisboa...epá...até eu que não sou muito apreciadora de carne de porco...fiquei com agua na boca!!Com estas vistas sobre a mesa apetece a qualquer um....mas e a dieta?pois..não há quem resista...um beijinho especial para ti Pai.
De rouxinoldepomares a 10 de Março de 2010 às 00:30
Olá filha! Boa noite!
Está tudo bem por aí?
Pois é, a dieta teve um pequeno intervalo, mas como o produto era genuíno não fez grandes estragos...
Beijinhos e até daqui a uns dias.
AMS
De Carina a 14 de Março de 2010 às 20:33
Olá boa noite.
Sim Vanessa quem podia pensar em dieta com o Arroz Doce da tau mamã logo ali ao lada. É de comer e esquecer tudo é uma delicia......

Comentar post

.Eu


. ver perfil

. seguir perfil

. 36 seguidores

.pesquisar

.Maio 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. VII Capítulo da Confraria...

. Em Fátima a 13 de Maio

. Mostra de Ensino Profissi...

. A Tailândia na ARPIMS de ...

. Sra Ministra da Saúde em ...

. 2º Grande Prémio de Atlet...

. Festa Socialista em Aveir...

.arquivos

.tags

. todas as tags

.links

.últ. comentários

Que pena pintarem as casas de branco!Eram tão lind...
Adorei o teu comentário! Não tenho mais palavras! ...
Não é preciso dizer mais nada... como sempre o ami...
Foi com gosto que apreciei esta festa de Carnaval...
Não lhe sei responder...Sei que têm vendido alguma...
A Quinta da Marqueza encontra-se para venda ?
Que catastrófe as imagens dão arrepios.bjshttp//bl...
Impressionante! Ainda bem que nada lhes aconteceu.
Parabéns à Junta de Freguesia de Pomares, por as m...
A familia de minha Mãe de apelido Silva Campos é d...

.AVISO

Para evitar a calúnia e a difamação gratuíta, os comentários são moderados pelo autor do blog. Todos os comentários serão publicados, mas se estiver a pensar insultar ou difamar pessoas ou grupos, e de forma geral prejudicar a utilização leal deste espaço não se dê ao trabalho. Os comentários não serão publicados.