Quarta-feira, 7 de Abril de 2010

O 90º Aniversário da S. M. de Pomares

 

Dia 22 de Abril fará 90 anos que a Sociedade de Melhoramentos da Freguesia de Pomares foi constituída, e é a mais antiga colectividade regionalista da região e segundo alguns a mais antiga de Portugal. 

 

De acordo com testemunhos foram os conterrâneos que posam nesta foto os primeiros obreiros da fundação da Sociedade de Melhoramentos da Freguesia de Pomares.

 

Da esquerda para a direita e em cima: Evaristo Marques dos Santos, Aníbal Mendes de Campos, António Campos, António Cosme e António dos Santos Antunes; em baixo: António Lopes Ferreira, Joaquim Pereira e Henrique Diniz.

 

A foto, foi, com a devida vénia, retirada de uma brochura impressa nas comemorações do 68º ano da Sociedade, que também diz que, e passo a citar:" ...a criação de uma colectividade com vista à realização de melhoramentos, deverá ter surgido de conversa havida entre Alexandre dos Santos Diniz e José Rodrigues Gouveia e Silva..."

 

 

 

 

 

Com todas as dificuldades que são fáceis de adivinhar, muitas vezes, sem o apoio que lhe é merecido por parte de quem tem responsabilidades de promover a nossa terra, a Sociedade de Melhoramentos de Pomares, (designação actual), tem vindo a fazer um esforço notável na realização de eventos em nome de Pomares.

Soube que era intenção da Sociedade promover uma Feira da Freguesia, que teria a participação de todo o movimento regionalista da nossa freguesia (que bonito deveria ser!), mas também soube que não colheu a simpatia e a devida ajuda para um evento destes por parte do poder político da freguesia e do concelho.

Não posso deixar de me sentir orgulhoso enquanto pomarense e sócio da colectividade, saber que a actual direcção, mesmo face às contrariedades, continua firme, apostando em algo mais do que as festas de verão; e em 24 de Abril, data da comemoração dos 90 anos da fundação da Sociedade, promove um evento que assinala a efeméride e lança para os jovens um desafio e a possibilidade de aprender a tocar viola e a formação de um grupo coral. E para este dia foi criado um hino à Sociedade de Melhoramentos de Pomares! É de assinalar!

 

 

As aulas de ensino de viola estarão a cargo do amigo Eng.º Eduardo Gonçalves, dinamizador do Grupo de Cantares do Alva e Açor, que aqui vemos numa foto recente em que tive o privilégio de o ouvir tocar.

 

 

O cartaz do evento.

Espero que muitos Pomarenses se unam em volta deste projecto e festejem o 90º aniversário daquela que é a mais antiga colectividade regionalista do país. Só esse facto deveria merecer o carinho e a nossa adesão à colectividade, independentemente de muitas vezes não estarmos de acordo com algumas das opções que as diferentes direcções tomaram ao longo da sua existência. Só se cometem erros quando se trabalha, o que é necessário é ter consciência deles e corrigi-los. A critica frontal e honesta, é muita das vezes factor de união e não factor de divisão ou desunião. Assim o entendo, e é por isso que sou sócio desta colectividade há alguns anos  e deixo um apelo a todos os pomarenses para que no dia 24 de Abril venham festejar o aniversário desta nossa Sociedade de Melhoramentos de Pomares, que ao longo da sua existência tem sempre contribuído para melhorar as nossas condições de vida. A obra que ergueu ao longo da sua existência não pode ser esquecida. Nós não devemos esquecer!

 

 

 

Para terminar, o cartaz da Escola de Música Pauta em Movimento que actuará na Festa da Sociedade e que tem esta página na blogosfera: http://pautaemmovimento.blogspot.com/

 

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 00:35
link do post | comentar | favorito
1 comentário:
De A. Madeira a 8 de Abril de 2010
Felicito a Sociedade de Melhoramentos de Pomares na passagem de mais um aniversário, bem como os seus dirigentes e associados. Que bom seria, haver muitas colectividades a pugnar pelo progresso e desenvolvimento das aldeias em que estão inseridas! Mas, infelizmente, são cada vez menos as instituições regionalistas que vão sobrevivendo e, muitas que se mantêm, têm uma actividade diminuta, diria, quase moribundas, sem vida, sem dinamismo. Força aos dirigentes associativos que, muitas vezes mal compreendidos e mal acarinhados pelos sócios, conseguem manter de pé estes organismos de caríz popular. Na minha modesta opinião, entendo que a melhor homenagem que se pode prestar aos fundadores e continuadores destas agremiações é mantê-las vivas, com actividade regular e, cumprirem os fins, para que foram criadas.
A. Madeira

Comentar post

.Eu


. ver perfil

. seguir perfil

. 36 seguidores

.pesquisar

.Maio 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. VII Capítulo da Confraria...

. Em Fátima a 13 de Maio

. Mostra de Ensino Profissi...

. A Tailândia na ARPIMS de ...

. Sra Ministra da Saúde em ...

. 2º Grande Prémio de Atlet...

. Festa Socialista em Aveir...

.arquivos

.tags

. todas as tags

.links

.últ. comentários

Será que já ninguém sabe a diferença entre diâmetr...
Comprei esta variedade nos Viveiros Valter.
Não deve ser fácil encontrar uma videira desta cas...
Ando à procura de um par de pés desta casta, mas n...
Também tenho uma de quando andava na v
Que pena pintarem as casas de branco!Eram tão lind...
Adorei o teu comentário! Não tenho mais palavras! ...
Não é preciso dizer mais nada... como sempre o ami...
Foi com gosto que apreciei esta festa de Carnaval...
Não lhe sei responder...Sei que têm vendido alguma...

.AVISO

Para evitar a calúnia e a difamação gratuíta, os comentários são moderados pelo autor do blog. Todos os comentários serão publicados, mas se estiver a pensar insultar ou difamar pessoas ou grupos, e de forma geral prejudicar a utilização leal deste espaço não se dê ao trabalho. Os comentários não serão publicados.