Segunda-feira, 26 de Setembro de 2011

Carumas's Late Harvest

 

Hoje ia falar de alguns assuntos tratados na Assembleia Municipal e Assembleia de Freguesia que decorreram no sábado pp, ia, mas por força da mãe natureza, que me pôs as uvas no "ponto", não me sobrou tempo algum e não irá sobrar por estes dias mais próximos. Contingências da vida do campo!

Todos sabem que gosto da terra e dos trabalhos do campo, e também todos sabem que na nossa freguesia, quer pelos terrenos quer pelo microclima, não se produzem bons vinhos, e é por isso mesmo que apelido o meu vinhito como Vinho de Caruma. Já contei a história várias vezes, um antigo colega e amigo dizia-me que, se cá na minha terra havia só pinheiros como é que eu queria ter vinho em condições?!!!

Normalmente o nosso vinho, e salvo algumas raras excepções, é um pouco ácido, de baixa graduação e multi castas, o que dá um produto difícil de equilibrar, quiçá mesmo para um enólogo, quanto mais para um pobre enófilo. Como sou teimoso e gosto de sentir o cheiro frutado do vinho em fermentação, e porque me dá algum gozo fazer vinho por processos antigos, deixo as uvas atingir uma maturação máxima possível, uvas quase passificadas, com desidratação natural dos bagos, e por consequência uma maior concentração de açúcar que normalmente é baixa.   Como a técnica de retardar a colheita é designada por Late Harvest, então porque é que o meu vinhito não poderá ser um Caruma's Late Harvest ???!!!

 

 

Não sou um expert em identificar as castas, mas presumo que esta é o Borrado das Moscas ou Bical...será?

 

 

Maturação no limite...e antes que chova!

 

 

Tenho vindo a plantar e a substituir algumas videiritas por castas mais nobres, e tenho preferência pela touriga nacional, que penso ter uma boa adaptação por aqui, assim com a Tinta Roriz, mas no caso da fotografia é um moscatel e está super doce, e para comprovar reparem na abelha que está do lado direito a sugar o néctar...

 

 

 

sinto-me:
tags: , ,
publicado por rouxinoldepomares às 23:50
link do post | comentar | favorito
6 comentários:
De bcmantunes a 27 de Setembro de 2011
Viva, caro amigo António Manuel Silva.
5 estrelas! 3 para ti uma para a abelha e uma para mim por achar que tens razão na definição sobre a casta branca. Parece-me que quer uma quer outra, a última preta, pelo seu aspecto, até no paladar, são inconfundíveis.
Desejo que tenhas sorte com o Caruma's Late Harvest.
Tira uma porção de mosto quando está no auge e congela para ver se ao descongelar continua mosto.
Caríssimo, António Manuel, desejo tudo de bom.
Grande abraço,
Belchior Madeira Antunes
De José Cavaca a 27 de Setembro de 2011
Meus bons amigos Antónios, apenas vos digo que adoro uvas e o seu "sumo", mas essa 2ª foto tem uma definição que abre ferozmente o apetite, qté parece que está aqui para colher.

Grande abração, e gostei de estar neste espaço.

José Cavaca
De bcmantunes a 27 de Setembro de 2011
É a chamada uva burrado (cagada), das moscas, como eu dizia quando era miúdo. Quando estão neste ponto são óptimas, para fazer o tal Caruma's Late Harvest. Fica uma pomada parece champanhe!
Caríssimos, ...Saudações cordiais,
Belchior Madeira Antunes
De rouxinoldepomares a 27 de Setembro de 2011
Meu caro amigo Belchior, agora tenho que ir tratar do produto...mas espero que saia alguma coisa de jeito, porque os santinhos ajudaram, nomeadamente o S.Pedro foi nosso amigo agora, embora em Junho lixasse a coisa com uma valente saraivada...
Vamos a ver!
Um abraço.
De rouxinoldepomares a 27 de Setembro de 2011
Meu caro J. Cavaca, quando o Caruma's estiver bebível eu direi alguma coisa! Mas não podem vir de bicla, nesse dia! Combinado?
Um abraço e boas pedaladas.
De bcmantunes a 27 de Setembro de 2011
Amigo Cavaca, já viu como é?
Atenção que o Caruma's não é como o António Manuel diz... É um vinho com uma característica própria, diria singular, mas só se conseguem beber 2 copinhos seguidos! O terceiro já começa a avisar.
Pelo que julgo saber este borrado deve saber a eucalipto, portanto, de largo espectro. Dores musculares, reumatismo, rinite, etc., etc.
Até aos 3 copinhos não é tóxico. A partir daí, cuidado!
Quando a visita se der se eu estiver por perto e se lembrarem de mim...
Caríssimos, sempre a considerá-los.
Grande abraço,
Belchior Madeira Antunes

Comentar post

.Eu


. ver perfil

. seguir perfil

. 36 seguidores

.pesquisar

.Maio 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. VII Capítulo da Confraria...

. Em Fátima a 13 de Maio

. Mostra de Ensino Profissi...

. A Tailândia na ARPIMS de ...

. Sra Ministra da Saúde em ...

. 2º Grande Prémio de Atlet...

. Festa Socialista em Aveir...

.arquivos

.tags

. todas as tags

.links

.últ. comentários

Comprei esta variedade nos Viveiros Valter.
Não deve ser fácil encontrar uma videira desta cas...
Ando à procura de um par de pés desta casta, mas n...
Também tenho uma de quando andava na v
Que pena pintarem as casas de branco!Eram tão lind...
Adorei o teu comentário! Não tenho mais palavras! ...
Não é preciso dizer mais nada... como sempre o ami...
Foi com gosto que apreciei esta festa de Carnaval...
Não lhe sei responder...Sei que têm vendido alguma...
A Quinta da Marqueza encontra-se para venda ?

.AVISO

Para evitar a calúnia e a difamação gratuíta, os comentários são moderados pelo autor do blog. Todos os comentários serão publicados, mas se estiver a pensar insultar ou difamar pessoas ou grupos, e de forma geral prejudicar a utilização leal deste espaço não se dê ao trabalho. Os comentários não serão publicados.