Terça-feira, 25 de Outubro de 2011

58º Aniversário da C. M. Soito da Ruiva

 

Não será necessário afirmar novamente que o Soito da Ruiva nos surpreende em qualquer lado! Quem tem minimamente acompanhado o percurso destes últimos anos da C. M. de Soito da Ruiva e do Grupo de Danças e Cantares, há muito se apercebeu que se trata de gente decidida, com muita iniciativa e imaginação, que tem granjeado a admiração de todos os que os conhecem, e são também o paradigma de que a união faz a força, e tal como as pessoas as aldeias não se medem aos palmos, a melhor forma que encontrei de os adjectivar é copiando o grito do amigo soitodaruivense António Neves e dizer...são um espectáculo.

Este será o post que mais fotografias conterá, porque é impossível não mostrar o que vi.

Domingo, o dia começou pelas 10h30 com a visita ao NRP Sagres ( Navio Escola Sagres), fundeado no Alfeite, e que é um dos mais belos veleiros das Marinhas de Guerra. O navio foi construído na Alemanha no ano de 1937 e é desde 1962 o nosso navio Sagres, um embaixador de Portugal por essse Mundo fora.

O melhor mesmo é ver as fotos que se seguem:

 

 

 

A figura de proa do NRP Sagres é a efígie do Infante D. Henrique, o grande impulsionador da Expansão e dos Descobrimentos Portugueses, como não poderia deixar de ser. Sem a influência dos portugueses e do Infante D. Henrique, o Mundo não seria como é hoje. O legado português ainda está em cada canto do mundo.

 

 

 

Aqui se conduz o navio...o leme...

 

 

A entrada no navio para a visita...e a Barrôja, presente.

 

 

E mais gente ainda a entrar...

 

 

O amigo "Mike Tango" a entrar no navio, ajudado pelo Carlos Grácio.

 

 

A concentração no navio...

 

 

Teresa Neves do Soito da Ruiva, dá as boas vindas, e encaminha as pessoas para os marinheiros que nos irão acompanhar.

 

 

A divisão em grupos para a visita guiada e com as respectivas explicações...

 

 

Segundo ouvi...quem toca sem dever, "paga" uma rodada ao pessoal de serviço...a vida de marinheiro tem regras complicadas...

 

 

Um grupo ouvindo as explicações do pessoal de serviço ao navio...

Seguem-se as imagens da visita. Ora vejam:

 

 

 

 

 

 

O amigo Carlos Borges a apreciar uma peça de artilharia de bordo...a estibordo...

 

 

É sempre bonito uma foto a segurar o leme...

 

 

 

 

Como não podia deixar de ser...uma pequena estátua do Infante D. Henrique, O Navegador...

 

 

António Simões, também marinheiro de profissão, ligado aos helicópteros da Marinha, com o amigo Mike Tango, e ainda, cortado, pode ver-se o amigo Niz.

 

 

"Mike Tango" é presenteado com literatura sobre o navio pelo oficial de serviço.

 

 

Esta é a "mãozinha", salvo seja, do amigo António Simões, que teve a sorte de lhe caber um pin da Sagres...sortudo!!!

 

 

 

Quando se olha para a complexidade de um navio destes, apercebemo-nos também da exactidão e da beleza que nos rodeia...

 

 

E...no percurso a pé para o almoço, sim, porque comemoração que se preze tem sempre amesendação, ou não fossemos nós Beirões, podiam ver-se muitos navios de guerra fundeados, e um deles ali mesmo, o tal submarino sobre o qual já se escreveram muitas linhas em todos os tablóides da nossa praça, incluindo obviamente a blogosféra deste pequeno rectângulo que é Portugal.

 

 

A caminho do almoço depois da visita á Sagres, António Neves acompanha António Lopes Machado director d' A Comarca de Arganil e conhecido regionalista do nosso concelho de Arganil.

 

 

Chegados à Messe, numa das salas contíguas, lá estava como sempre a habitual bancada do Soito da Ruiva, recheada dos produtos genuínos da nossa Serra do Açor. O queijo, a broa, os coscoreis, o mel, os doces e os licores já famosos da nossa terra. É sempre um sucesso!

 

 

A preparação das "entradas" para devida "estabilização" do nosso sistema digestivo...

 

 

Pasteis...chouricinho assado...salada de orelha de porco...mais saladas, e outras, e mais outras iguarias...

 

 

A grande amesendação é depois destas colunas...aqui deste lado, esperam-nos as frutas em formas arquitectónicas artisticamente elaboradas...

 

 

E chegou o momento da amesendação para 168 amigos do Soito da Ruiva.

 

 

Um aspecto da sala.

 

 

Outra perspectiva...

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Acabado o almoço seguiram-se as sobremesas...que até deu pena desmanchar...

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Acabado o primeiro "assalto" à fruta... há que fotografar aqui e ali alguns amigos...e que me desculpem aqueles que não publico por aqui, mas um post com uma centena de fotos é um post gigantesco...digo-vos!

 

 

José Inverno e esposa, de Riachos.

 

 

Teresa e António José, de Riachos.

 

 

António Neves, Soito da Ruiva.

 

 

José Niz, Soito da Ruiva, um avô todo vaidoso...

 

 

Odete Francisco, Líder do Grupo Etnográfico Raízes de Sobral Gordo, esteve presente...

 

 

D. Júlia e D. Eduarda.

 

 

E a nossa aldeia de Espinho, também esteve presente!

 

 

Anita Neves e Natália, Soito da Ruiva.

 

 

Mike Tango e Fernanda Grácio.

 

 

E obviamente que nestas ocasiões há sempre um espaço para o discurso, que se quer o mais informal possível, e sendo assim, aqui está a equipa da Direcção da Comissão de Melhoramentos de Soito da Ruiva.

 

 

Sr. Carlos Manuel, Presidente da Casa da Comarca de Arganil.

 

 

E também houve prendinhas...uma bela travessa com motivos dos bordados dos lenços dos namorados, vinda do Minho e oferecida pelo Grupo Comtradições á C.M. de Soito da Ruiva.

 

 

António Lopes Machado, como Director d' A Comarca de Arganil, toma apontamentos...

 

 

E houve também umas rifinhas para sortear um casal de serranos, típicos bonecos do Soito da Ruiva, que foram "cair" nas mãos de amigos de Santa Iria de Azoia.

 

 

E...cada vez mais me vou sentindo substituído nestas coisas da imagem digital...

 

 

E chegou a hora da animação com os Comtradições...que aqui está com a participação de alguns elementos do Grupo de Danças e Cantares de Soito da Ruiva.

 

 

Os Comtradições que animaram também o improvisado bailarico. Onde quer que haja festa do Soito da Ruiva há sempre bailarico, porque as tristezas não fazem parte do vocabulário desta gente...

 

 

 

Comtradições, que tiveram a colaboração do Presidente da Junta de Freguesia da Cova da Piedade, Dr. Ricardo Louçã, um amigo de Soito da Ruiva como fez questão de frisar.

 

 

Liliana, uma bonita voz e uma excelente interpretação, como sempre...

 

 

 

 

 

E...enquanto se ouvia boa musica, alguns conversavam...Odete Francisco à conversa com Mike Tango...

 

 

Teresa Neves à conversa com António Lopes Machado.

 

 

E chegou o momento da dança, e é caso para dizer...até a Marinha dançou!...

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

E festa de aniversário tem que ter bolo...

Acabada a dança, cantaram-se os parabéns, comeu-se o bolo e a festa estava também a terminar...

 

 

Tudo a preceito e bem confeccionado com o rigor da Messe da Marinha...

 

 

E porque o Luis Castanheira é o Tesoureiro da C.M. Soito da Ruiva e de profissão marinheiro...joga em casa...preparando-se para cortar o bolo...e...

 

 

e...porque joga em casa...pode ter surpresas...

 

 

Parabéns para esta magnifica equipa que nos recebeu de forma irrepreensível.

 

 

E porque no Soito da Ruiva é só amor, aqui fica esta imagem para que não haja dúvidas...ou será para o Facebook?

Até ao próximo evento...até lá um grande abraço para o Soito da Ruiva e para todos aqueles que nos proporcionam estes belos dias de convívio e amizade.

 

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 23:34
link do post | comentar | favorito
3 comentários:
De Manuel Campos Mendes a 26 de Outubro de 2011 às 14:58
Foi com grande emoção e alegria que vimos e revimos, eu e minha mulher, as fotos a que já não refiro a qualidade porque habituados.
Mas, meus Amigos do Soito da Ruiva, as vossas iniciativas são sempre motivo de nos apetecer estar sempre convosco, o que, por motivos óbvios, seria impossível. A amizade, o apreço, a alegria com que estamos sempre, pessoalmente,ou não, também nos envaidece, como pomarenses que tanto gostamos da nossa freguesia e das suas gentes.
Mais uma vez, categoria a rodos sobre tudo quanto o "Rouxinol" nos mostrou, desde a visita guiada à Sagres, que nem todos têm esse privilégio, amesendação espectacular, a sempre gostosa presença dos amigos desse Conjunto Com Tradições, que até parece ter sido feito ao jeito do Soito da Ruiva, tal a sua categoria, alegria,repertório e simpatia, tudo é extraordinário.
Para tudo ser mais completo, gostávamos de ver representação de mais colectividades da nossa Freguesia, o que penso irá acontecer um dia qualquer.
Para terminar,muitos parabéns, grandes abraços nossos para todos e... repetindo o grande Amigo Neves,
SPECTÁÁÁCULOOOO!!!...
De rouxinoldepomares a 27 de Outubro de 2011 às 22:24
Amigo e conterrâneo Dr. Manecas! Desculpe este tratamento, mas é a forma como toda a gente o trata em Pomares, com o carinho e o respeito que lhe devemos.
Ainda não tinha vindo aqui dar-lhe pelo menos um obrigado pelo seu comentário, porque este meu computador acusa já o peso da intensidade de uso. E nestas coisas da informática felizmente que as maleitas e a sua duração de vida é mais curta que as nossas!
Começo por lhe agradecer o elogio que me dá pela qualidade das fotografias. Confesso que me esforço por fazer tudo bem feito, o melhor que posso e sei, e tento sempre melhorar.
Quanto ao Soito da Ruiva, essa pequena aldeia da nossa freguesia, cada vez mais nos surpreende, e é para mim um enorme orgulho acompanhar as suas actividades, porque não há paralelo no movimento reginalista beirão. A aldeia que se lhe pode comparar é também da nossa freguesia, o Sobral Gordo. Há muito que venho a dizer, no intuito de divulgar e de dinamizar, que estas são as aldeias mais dinâmicas da nossa freguesia, e não estou enganado. Das outras colectividades e outras terras da freguesia estiveram presentes a Barrôja, o Espinho, o Sobral Magro, o Sobral Gordo, o Porto Silvado e eu obviamente "O Rouxinol de Pomares", cidadão da freguesia e de Pomares, porque também sou autarca e tenho essa consciência, e espero que um dia todas as aldeias estejam presentes em todos os acontecimentos uns dos outros. O Movimento Regionalista tal como no passado tem hoje um papel principal, quer no desenvolvimento das nossas aldeias, quer sobretudo no combate à desertificação. Há muito trabalho a fazer. O exemplo do Soito da Ruiva deve ser uma bitóla, porque a liderança conseguiu construir a união de todos, e é essa união que faz a força e possibilta a grande diferença que é o Soito da Ruiva. Tenho a certeza! É preciso união de todas as Comissões de Melhoramentos da Freguesia, e quando isso for possível, a fregusia de Pomares será uma freguesia melhor. Esse é um sonho que perssigo como autarca, e ninguém me pode levar a mal de ter esse sonho porque é legítimo. Quanto aos amigos Comtradições, são uma benção para os ouvidos e um dia hei-de vê-los a tocar para nós em Pomares, no Largo do Pontão, para que o meu amigo os veja e ouça do seu terraço.
Tudo neste Domingo, começando pela visita do navio Sagres, foi um Spectáááculooooo!!!!
Para si um abraço e até um dia destes.
António Manuel Silva
De Teresa Neves a 28 de Outubro de 2011 às 00:23
Amigo Dr. Manuel Campos Mendes!
Em primeiro lugar, quero agradecer-lhe pelas suas simpáticas palavras dirigidas ao Soito da Ruiva (que são sempre um incentivo)e dizer-lhe que sentimos a sua falta neste convívio. Não tenho necessidade de, como diz o povo, "o engraxar" mas a verdade é esta: ter a sua amizade é um privilégio e a sua companhia um prazer.
Pessoalmente, nunca me vou esquecer dos meus primeiros "passos nesta coisa" de regionalismo, ainda muito jovem (já lá vão 10 anos) que, de uma forma desinteressada, natural e amiga, me dava aqueles "empurrõezinhos" para que o Soito da Ruiva se fizesse notar e se desse a conhecer. Foram atitudes muito simples da sua parte, sem importância para si e que talvez até já nem se lembre, mas que não vou esquecer nunca.
Um grande abraço!

Comentar post

.Eu


. ver perfil

. seguir perfil

. 36 seguidores

.pesquisar

.Maio 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. VII Capítulo da Confraria...

. Em Fátima a 13 de Maio

. Mostra de Ensino Profissi...

. A Tailândia na ARPIMS de ...

. Sra Ministra da Saúde em ...

. 2º Grande Prémio de Atlet...

. Festa Socialista em Aveir...

.arquivos

.tags

. todas as tags

.links

.Visitas

conter12

.últ. comentários

Que pena pintarem as casas de branco!Eram tão lind...
Adorei o teu comentário! Não tenho mais palavras! ...
Não é preciso dizer mais nada... como sempre o ami...
Foi com gosto que apreciei esta festa de Carnaval...
Não lhe sei responder...Sei que têm vendido alguma...
A Quinta da Marqueza encontra-se para venda ?
Que catastrófe as imagens dão arrepios.bjshttp//bl...
Impressionante! Ainda bem que nada lhes aconteceu.
Parabéns à Junta de Freguesia de Pomares, por as m...
A familia de minha Mãe de apelido Silva Campos é d...

.AVISO

Para evitar a calúnia e a difamação gratuíta, os comentários são moderados pelo autor do blog. Todos os comentários serão publicados, mas se estiver a pensar insultar ou difamar pessoas ou grupos, e de forma geral prejudicar a utilização leal deste espaço não se dê ao trabalho. Os comentários não serão publicados.