Domingo, 18 de Março de 2012

Em Oliveira do Hospital o Queijo da Serra foi Rei

 

No fim de semana que hoje terminou, o queijo da serra foi rei em Oliveira do Hospital. Não fora alguma contenção com o LDL, o que me apetecia era trazer para casa as bancadas inteiras deste produto genuíno e único no mundo, que é o nosso Queijo da Serra da Estrela. Este fim de semana em Oliveira do Hospital os produtos eram "premium", e foi o que a objectiva do Rouxinol de Pomares captou, e que vos convida a dar uma pequena voltinha...

 

 

Certificado ou não, o queijo é de alta qualidade e faz com que o palato dê saltos de contente, e até vos posso confessar que um destes já marchou...( O sr. doutor vai ralhar comigo!)

 

 

Mas para que o dito tenha estas características únicas, são precisos estes simpáticos animais de raça Bordaleira. 

 

 

E são precisas também mãos e saberes antigos, que juntamente com o cardo, planta nativa da nossa região, transformam o Queijo da Serra num produto de sabor único e inconfundível, de uma textura fechada, sem olhos, medianamente amanteigada, cor de marfim, e os seus aromas suaves e ligeiramente acidulado na boca.

 

 

E onde há ovelhas e Queijo da Serra há também cães de raça Serra da Estrela. Apesar da "chuvinha" de Sábado a feira atraiu muita e muita gente.

 

 

 

Belos exemplares de cães da Serra. Em Oliveira do Hospital foi possivel este contacto directo com o mundo rural e serrano.

 

 

Um pavilhão a abarrotar de gente entre os expositores e produtores de Queijo da Serra, e de outros produtos de grande qualidade.

 

 

Quer no concelho de Oliveira do Hospital, no concelho de Tábua, no  concelho de Góis, no nosso concelho de Arganil ou fora de portas, os eventos de promoção dos produtos endógenos da Beira Serra têm vindo a conhecer uma dinâmica, a que não será alheia a participação empenhada da Adiber,  que aos comandos do Dr. Miguel Ventura tem tido um papel fundamental para a visibilidade desta parcela do território nacional, que nos deve deixar orgulhosos enquanto cidadãos com origem nestes concelhos.

Na foto, apanhei de longe o Dr. Miguel Ventura e a Dra. Maria da Graça Brito da Silva, vereadora do Municipio de Oliveira do Hospital.

 

 

É para mim uma honra poder contar com a amizade e reconhecimento de tão ilustres senhores. Na foto com o Dr. Miguel Ventura (Adiber) e Prof. José Carlos Alexandrino, Presidente do Município de Oliveira do Hospital.

 

 

Para além do Queijo...

 

 

Os bolos e doçarias aqui representadas pela Pastelaria Primavera, de Oliveira do Hospital, que recomendo vivamente pela qualidade dos seus produtos, e cujos proprietários são da nossa vizinha vila de Avô, com a qual ao longo de séculos os pomarenses mantêm laços familiares e de amizade.

 

 

Produtores de mel...

 

 

Com abelhas ao vivo para publico ver...

 

 

Licores, compotas e mel Donanna (Côja), um dos sabores gourmêt da Beira Serra.

 

 

Charcutaria...

 

 

E por falar em charcutaria, não poderei deixar de fazer aqui uma referência porque é merecida. Passei, olhei e gostei do aspecto destes chouricinhos de carne. Comprei alguns e...(oh! sr. doutor não me ralhe!), marcharam dois... logo num ápice, com um vinhito bom, encorpado de preferência, que o chouricinho bem o merece. Sabor caseiro, à antiga, macio, cura no ponto. Uma delicia. No dia seguinte, Domingo, fui de proposito dar os parabéns à D. Mª Olivia Marques Gouveia, de Póvoa de S. Cosme - Ervedal da Beira, pela excelência do enchido. Um dia destes tenho que ir à Povoa de S. Cosme...

 

 

Na feira do Queijo de Oliveira do Hospital a animação era constante...

 

 

Teatral...

 

 

E engraçada...

 

 

Desporto equestre...

 

 

BTT, entre outros desportos...

 

 

Feira de velharias...

 

 

Onde se encontram raridades e peças curiosas...(este é maior do que o meu "triclas"; sim, porque eu ainda conservo um "primo" deste).

 

 

Latoaria. Uma parafernália de utensílios domésticos que quase foram extintos pela invasão massiva dos plásticos, e que hoje voltam à ribalta pela mão sábia de quem ainda conserva o saber e a arte de moldar a chapa e a folha de flandres de modo artesanal, sem recurso a maquinaria electrica e sofisticada. De Avô, os meus tios Maria e António Alves da Costa.

 

 

E em palco apanhei e gostei de ver esta representação cantada à capela de como se lavava a roupa nas poças...

 

 

O Rancho Folclórico da Associação Cultural da Freguesia de Seixo da Beira.

 

 

E porque da Feira de Queijo da Serra da Estrela se tratava, e porque não há queijo sem ovelhas e sem pastores, a demonstração da tosquia e das actividades pastorícias estiveram presentes...

 

 

A tosquia de uma ovelha, que agora vem aí o calor e não precisa deste "casaco"...

 

 

E porque também é um produto nacional, de referência até, o convidado foi o Queijo da Ilha (Açores).

 

Até para o ano e parabéns ao Município de Oliveira do Hospital.

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 23:43
link do post | comentar | favorito
10 comentários:
De bcmantunes a 19 de Março de 2012
Viva meu caro amigo António Manuel Silva.
Magnífico!
Arranjas-me cada problema... não é fácil olhar para isto e imaginar o que vais publicar a seguir. Por acaso assisti a uma reportagem televisiva efectuada no sábado. Tinha sido giro ter-te visto por lá.
Uma pessoa gulosa, como eu, de queijo e pão, não é fácil controlar-se.
Caríssimo António Manuel, se puderes dá um vista de olhos no blog do Jorge Medeiros.
Grande abraço,
Belchior Madeira Antunes
De bcmantunes a 19 de Março de 2012
Viva meu caro amigo António Manuel Silva.
Tô xim!
Maravilha!
Agora é que era caso para dizer… palavras para quê é um produto Português!
Pois é amigo António teríamos muito para falar sobre as potencialidades pouco aproveitadas da Beira Serra.
Falam, falam, falam… Costumas dizer que quem faz o que pode faz o que deve! Eu direi que um líder, faz o que tem de ser feito!
É verdade, sem ovelhas não se faz queijo deste! Com a ajuda do cardo, claro!
Sou pouco entendido no assunto mas parece-me cedo para tosquiar as ovelhas. Mesmo tendo em conta que não se deve dar tanta importância ao calendário como noutros tempos mas… eles lá saberão porquê!
Essa dos produtos endógenos da Beira Serra, até parecias o encolhidinho quando entrou no actual governo também utilizou muito a palavra endógeno. Endógeno, endógeno, é mesmo aquele palaio e o periférico presuntinho.
Caríssimo António Manuel, obrigado por partilhares, neste espacito, tão belo documentário sobre esta feira do queijo da Serra da Estrela.
Grade abraço,
Belchior Madeira Antunes
De bcmantunes a 19 de Março de 2012
Quanto ao triclas, eu fazia os meus triclas todos em madeira. De rodinhas bem redondinhas.
Se tivéssemos à mão de semear, como se costuma dizer, as ferramentas que existem hoje, para bricolar. Outro galo cantaria.
Belchior Madeira Antunes
De rouxinoldepomares a 19 de Março de 2012
Meu caro amigo Belchior Madeira Antunes, boa noite!
Em primeiro lugar quero agradecer a participação e o interesse que o amigo tem pelo meu blog e pelos assuntos daqui das nossas terras beirãs. Participar é a opção civica acertada e a mais valiosa. Os meus agradecimentos.
Digo eu, e finalmente o post está on-line!!!
Ontem não tive tempo para terminar a edição e a escolha das fotos e hoje de manhã tive que ir a Oliveira do Hospital novamente, às compras, que tenho que manducar...e dar de comer ao Patrol que isto de tirar fotos está a ficar-me numa fortuna...
Não adianta queixar-me...
Oliveira do Hospital está perto daqui de Pomares, é-nos familiar, mas no que diz respeito à dinâmica e ás opções deste executivo municipal, de Oliveira, salta á vista que há efectivamente uma grande aposta nas pessoas, nas aldeias e freguesias do concelho ajudando e criando as estruturas para a promoção daquilo que é verdadeiramente mais valia e que pode ajudar a superar esta crise, investindo e dinamizando.
Eu não consegui ver tudo, mas a Feira do Queijo de Oliveira do Hospital é muito mais do que o pouco que aqui mostrei.
Um abraço
António
De Anónimo a 19 de Março de 2012
Caro António,

A reportagem da Feira do Queijo Serra da Estrela de Oliveira do Hospital é a demonstração inequivoca de que a Beira Serra é um território com um enorme potencial que está a ser descoberto e a ser utilizado como forma de criar riqueza e emprego.

A excelência dos produtos locais com valor de mercado e a disponibilidade de pessoas que possuem saberes que permitem o seu aproveitamento, são a garantia de que o mundo rural tem futuro e é imprescindivel para o processo de coesão nacional, fundamental para ajudar o nosso país a sair da crise que o afecta.

Obrigado por todo o apoio que tem concedido à promoção e divulgação da nossa Região e do melhor que temos para oferecer. Todos somos poucos para atingir tal desiderato.

Abraço

Miguel Ventura
De Odete a 21 de Março de 2012
Gostei muito deste post.
Mas particularmente de ver o Rancho de Seixo da Beira, amigos estes que já estiveram em Sobral Gordo aquando do lançamento do nosso CD. No ano passado a 15 de Maio foi a nossa vez de ir a Seixo da Beira.
Para estes nossos amigos que tão bem nos receberam, envio um grande abraço, com muita estima e amizade!
De José a 13 de Maio de 2012
Gostaria de poder falar com a pessoa que fez esta reportagem, podem-me ajudar?
É porque ando a tentar arranjar o contacto de uns produtores de licor de castanha e amora, só que não tenho informação nenhuma, mas aparecem nestas fotos!
De rouxinoldepomares a 13 de Maio de 2012
Boa tarde! Ora bolas José, não é assim tão dificil. quem fez este post é o Rouxinol de Pomares, eu mesmo, António, e o contacto é o e-mail que está no perfil do blog. Pode contactar-me para rouxinoldepomares@sapo.pt que lhe prestarei todas as informações que lhe forem necessarias e encaminha-lo-ei para os sitios certos. Licores, mel queijo é com a gente...(a)
Fico á espera.
António Manuel Silva

(a) pessoalmente não comercializo qualquer produto, nem eu, nem familiar directo. Não há aqui interesse particular de qualquer ordem.
De José Banaco a 17 de Maio de 2012
Já lhe enviei um e-mail a explicar a situação ;)
De rouxinoldepomares a 17 de Maio de 2012
Caro José Banaco, obrigado pelo e-mail. Daqui a um pouco já lhe envierei o esclarecimento que pretende. Até já.
António Manuel Silva

Comentar post

.Eu


. ver perfil

. seguir perfil

. 36 seguidores

.pesquisar

.Maio 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. VII Capítulo da Confraria...

. Em Fátima a 13 de Maio

. Mostra de Ensino Profissi...

. A Tailândia na ARPIMS de ...

. Sra Ministra da Saúde em ...

. 2º Grande Prémio de Atlet...

. Festa Socialista em Aveir...

.arquivos

.tags

. todas as tags

.links

.últ. comentários

Será que já ninguém sabe a diferença entre diâmetr...
Comprei esta variedade nos Viveiros Valter.
Não deve ser fácil encontrar uma videira desta cas...
Ando à procura de um par de pés desta casta, mas n...
Também tenho uma de quando andava na v
Que pena pintarem as casas de branco!Eram tão lind...
Adorei o teu comentário! Não tenho mais palavras! ...
Não é preciso dizer mais nada... como sempre o ami...
Foi com gosto que apreciei esta festa de Carnaval...
Não lhe sei responder...Sei que têm vendido alguma...

.AVISO

Para evitar a calúnia e a difamação gratuíta, os comentários são moderados pelo autor do blog. Todos os comentários serão publicados, mas se estiver a pensar insultar ou difamar pessoas ou grupos, e de forma geral prejudicar a utilização leal deste espaço não se dê ao trabalho. Os comentários não serão publicados.