Segunda-feira, 7 de Maio de 2012

Soito da Ruiva Traz Folclore à Casa da Comarca

 

Sábado, passava já das nove da noite, e na Rua da Fé havia um movimento pouco habitual. O Grupo de Danças e Cantares de Soito da Ruiva escolheu a casa da Comarca de Arganil para aí promover o II Encontro de Folclore. Já falámos nos grupos convidados, falta apenas mostrar algumas fotografias, e é isso que aqui vos deixo. A Casa da Comarca de Arganil deveria ser o "nosso" palco de eleição, e todos nós arganilenses  temos o dever de a "espevitar". Tem todas as condições para as "nossas" festas, e a prová-lo está este espectáculo-convivio. Estacionar no C,ampo Mártires da Pátria é a opção certa e depois é só um pulinho a descer...

As fotos a seguir...e ainda algumas fotos inéditas na próxima edição do Jornal de Arganil e a cores... 

 

 

O Soito da Ruiva com o seu Grupo de Danças e Cantares foi o promotor, mas falar da Casa da Comarca de Arganil é obrigatório falar no seu Presidente, Carlos Manuel, na foto com Teresa Neves, também ela dirigente da Casa Arganilense.  

 

 

As bruxinhas da Serra do Açor ocupam sempre um lugar de destaque na excelente bancada a que o Soito da Ruiva já nos habituou.

 

  

 

Obviamente que a bancada tem sempre a "mão" da Anita.

 

 

 

Onde está representado o Soito da Ruiva não faltam os produtos endógenos, a começar pelos famosos coscoreis, e a acabar na broa de milho....não posso falar do queijo de ovelha por causa do meu elevado nível de colesterol...porque eu não os como, devoro-os...eles são simplesmente excelentes. Não é preciso empregar aqui a palavra "gourmet" porque a escala teria, tal como a classificação do consumo dos electrodomésticos, ++++

 

 

Há muito que o Soito da Ruiva deixou os célebres leilões que outrora financiaram muitas das obras feitas nas aldeias. Tal como no passado, é preciso angariar fundos para investir na aldeia, todos os tostões são lá investidos, foi sempre esse norte que orientou e caracterizou o movimento regionalista, e que o torna ainda hoje um movimento diferente e único. Arranjar dinheiro na cidade e gastá-lo na aldeia de origem para melhorar as condições de vida de quem lá vive o ano inteiro. A panela que aqui vêm na foto substituiu o leilão, e aqui deposita quem quer, o valor que quer...

 

 

A presença de amigos do Grupo Etnográfico Raízes de Sobral Gordo, o outro grupo da nossa freguesia de Pomares.

 

 

 A entrar na Rua da Fé, os representantes da Barrôja, a família Andrade, Catarina, Vitor e Céu.

 

 

A descer a rua, o Grupo convidado vindo directamente do Alentejo, Rancho Folclórico Ninho de Uma Aldeia.

 

 

Para a objectiva do Rouxinol, a Teresa, a Sara e o António José, do Grupo de Danças do Soito da Ruiva.

 

 

 

 

 

 

À espera de entrar em cena, o Ninho de Uma Aldeia, de S. Bartolomeu da Serra.

 

 

A entrada em cena, ao som das palmas do grupo anfitrião...

 

 

Um momento da dança do Grupo alentejano.

 

 

Uma coreografia engraçada e a sério...o bagacinho era verdadeiro e forte...
A meio de uma dança há que servir a bebida para estimular e para representar costumes passados...

Ao bagacinho nem eu escapei...o grupo, pela iniciativa da amiga Conceição Pinela, líder do grupo, fez o favor de me chamar e zás, lá vai um bagacinho do Alentejo para prevenir algum resfriado, porque na rua a temperatura já descia para valores impróprios para a época...assim não há catarro que aguente!

 

 

Toma...

 

 

Nem elas escapam...para afinar a voz....

 

 

O toque do búzio para anunciar peixe fresco ou a rede cheia e a pedir ajuda...no Alentejo também há rios, pescadores, e come-se peixe.

 

 

As palmas da assistência e do amigo António Neves

 

 

A Natália e Adelina Niz, sentadas no chão, assistem...

 

 

O Rancho Folclórico de Santa Iria de Azoia

 

 

 

 

 

 

 

Uma parte do público...

 

 

A colocação da fita, pela Madalena e Carlos Grácio, que regista a participação do Rancho Ninho de Uma Aldeia

 

 

Coube à Rita Grácio a colocação da fita ao rancho de Santa Iria.

 

 

 

Outra parte do público...

 

 

A amiga Conceição Pinela, do Ninho de Uma Aldeia, tira alguns "recuerdos".

 

 

Não posso deixar de realçar a "performance" deste puto maravilha. Quem o viu dançar percebeu o empenho e a destreza com que se entregou à tarefa. Não sei o nome dele, mas deixo-lhe aqui os parabéns porque são mais que merecidos.

 

 

O amigo António Simões, do Grupo de Danças e Cantares de Soito da Ruiva, como vem sendo hábito, oferece uma chapelada ao Rouxinol. Aqui fica o registo para que conste...e obrigado amigo!

Representam os "Morgados"...

 

 

Como é costume, toda a gente dança o Fado Serrano, e aqui não foi excepção...

 

 

Moleiros...

 

 

As raparigas da aldeia...

 

 

Resineiros...

 

 

Romeiros a caminho da Senhora das Preces...

 

 

Serrador...

 

 

 

Uma imagem reflectida num dos espelhos da Casa da Comarca de Arganil...

 

 

E terminada a actuação dos Ranchos...outros que estavam de "folga" ainda continuaram a festa...

 

 

Dançando e tocando à "civil", o Rancho da Ribeira de Celavisa continuou a festa que terminou a altas horas da noite...

A Casa da Comarca de Arganil esteve com vida este fim de semana. e que muitos mais aí venham...

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 23:49
link do post | comentar | favorito
3 comentários:
De Odete a 8 de Maio de 2012 às 11:13
Parabéns Soito da Ruiva.
Gostei de ver estas fotos e não deixeis de emocionar ao vê-las e revê-las.
Gostei de rever rostos bem conhecidos, ausentes em fotos anteriores.
Um forte abraço para o Grupo Danças e Cantares de Soito da Ruiva e para toda a família Soitarruvense.
A UNIÃO FAZ A FORÇA!
De António José. a 9 de Maio de 2012 às 14:54
Amigo António Silva, uma boa tarde para aqui, outra vez.
Mentiria, se dissesse que não gostei de ler o comentário da nossa
amiga Odete.
São palavras 'carregadinhas' de amizade, e de sinceridade também!.
Repetindo o que é uma forte realidade,por força das sensibilidades
e susceptibilidades da vida, nem sempre é possível acontecer, o que
seria mais desejável, mas.........que fomos 'bem aparecidos...fomos!!.
Para a nossa Amiga Odete, pela qual tenho uma forte consideração
deixo aqui um beijinho de amizade e estima.
Amigo António Silva, um forte abraço e até amanhã ou depois!!.
António José.
De Odete a 10 de Maio de 2012 às 08:16
Apenas e só....!
Um forte abraço para todos!
GOSTEI

Comentar post

.Eu


. ver perfil

. seguir perfil

. 36 seguidores

.pesquisar

.Maio 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. VII Capítulo da Confraria...

. Em Fátima a 13 de Maio

. Mostra de Ensino Profissi...

. A Tailândia na ARPIMS de ...

. Sra Ministra da Saúde em ...

. 2º Grande Prémio de Atlet...

. Festa Socialista em Aveir...

.arquivos

.tags

. todas as tags

.links

.Visitas

conter12

.últ. comentários

Que pena pintarem as casas de branco!Eram tão lind...
Adorei o teu comentário! Não tenho mais palavras! ...
Não é preciso dizer mais nada... como sempre o ami...
Foi com gosto que apreciei esta festa de Carnaval...
Não lhe sei responder...Sei que têm vendido alguma...
A Quinta da Marqueza encontra-se para venda ?
Que catastrófe as imagens dão arrepios.bjshttp//bl...
Impressionante! Ainda bem que nada lhes aconteceu.
Parabéns à Junta de Freguesia de Pomares, por as m...
A familia de minha Mãe de apelido Silva Campos é d...

.AVISO

Para evitar a calúnia e a difamação gratuíta, os comentários são moderados pelo autor do blog. Todos os comentários serão publicados, mas se estiver a pensar insultar ou difamar pessoas ou grupos, e de forma geral prejudicar a utilização leal deste espaço não se dê ao trabalho. Os comentários não serão publicados.