Sábado, 20 de Outubro de 2012

IMI a machadada nas nossas Aldeias...

 

Nestes últimos dias as Finanças têm estado activas nas nossas aldeias, e tudo que é casa foi avaliado, em alguns casos com aumentos na casa dos 1000%, 3000% e até mais...

Simplesmente um escândalo...para não adjectivar ainda mais!
O IMI é um imposto municipal. As taxas respectivas são da competência do Município, de acordo com os limites fixados pela lei...como é obvio. O nosso Município de Arganil, tem vindo a aplicar a taxa máxima permitida, e é o concelho da região onde o imposto é mais elevado. O Partido Socialista tem vindo a propor uma redução de 0,05 %, chumbada obviamente pela maioria PSD!!! 

Aplicar a uma casa com mais de 30 anos de construção, com classificação energética baixíssima, sem luxos, a precisar de obras de conservação, um aumento tal, que a coloca como se fosse uma habitação no litoral da zona da grande Lisboa, é simplesmente revoltante, repugnante...é um assalto aos bolsos do contribuinte, para que as Câmaras se possam endividar e dar azos a construções e projectos megalómanos, de rentabilidade incerta se não for com a ajuda de dinheiros públicos.

É sabido que nas nossas aldeias todos nós temos a nossa casinha, fruto de dezenas de anos de trabalho, de muito suor e de muito esforço e sacrifícios, mas estes aumentos brutais em carga fiscal só irão potenciar o exôdo da população e diminuir o fraco investimento em segundas habitações (para férias) nas nossas já desertificadas aldeias. O IMI é uma bomba atómica para estoirar em 2013, curiosamente em ano de eleições autárquicas...e  lembra-me que o Senhor Primeiro Ministro disse que 2013 seria um ano de retoma económica...

Viver nas nossas aldeias é um sonho, que fica cada vez mais caro por culpa de politicos que só se preocupam com folhas de excell...em vez de se preocuparem com as pessoas...

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 23:44
link do post | comentar | favorito
3 comentários:
De Miguel Ventura a 21 de Outubro de 2012
Continuamos a acreditar que há margem para que o IMI possa ser reduzido em 0,05, tal como foi proposto pelo PS, sem que o nível de receitas municipais seja colocado em causa.
O alargamento da base tributável dos imóveis, muito em especial nas nossas aldeias, vai exigir esforço financeiro suplementar aos munícipes, não esquecendo que a maior parte destes proprietários vivem das suas pensões e reformas já de si insuficientes.
Foi com o propósito de ser dado um sinal de solidariedade para com as pessoas em situação de maior vulnerabilidade e que vivem dificuldades, que apresentamos esta proposta que consideramos justa e adequada.
Pena que não tenha sido aprovada.
Miguel Ventura
De rouxinoldepomares a 21 de Outubro de 2012
Obrigado Dr. Miguel Ventura pelo seu ilucidativo comentário. Sobre este assunto gostaria de ver mais comentários, porque em 2013 os nossos bolsos vão ficar mais vazios.
Primeiro deviam estar as pessoas. Tenhamos esperança!
Um abraço de amizade.
António Manuel Silva
De silva a 25 de Outubro de 2012
BT.gostaria de deixar aqui, no ar, que diferença existe, entre imi de casa na cidade, e de casa nas aldeias! é que nas aldeias tem de se fazer km para se ir trabalhar para as cidades,tem de se fazer km para ir às grandes superfices,mais desgasto de manutenção de carro,pneus gasolina,por isso entre a cidade e a aldeia,tem de ser mais avantajoso,e mais barato bastante o IMI nas aldeias,porque se nao for mais avantajoso,toda a gente vai viver para as cidades,e as aldeias morrem e ficam desertas,passa-se assim em todo o lado,e nao vejo porque razao em portugal nao fazem igual§ quem souber como fonciona que me explique,?é como um terreno é mais caro na cidade, do que nas aladeias , e base de calculo da habitaçao:obrigado a todos;

Comentar post

.Eu


. ver perfil

. seguir perfil

. 36 seguidores

.pesquisar

.Maio 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. VII Capítulo da Confraria...

. Em Fátima a 13 de Maio

. Mostra de Ensino Profissi...

. A Tailândia na ARPIMS de ...

. Sra Ministra da Saúde em ...

. 2º Grande Prémio de Atlet...

. Festa Socialista em Aveir...

.arquivos

.tags

. todas as tags

.links

.últ. comentários

Será que já ninguém sabe a diferença entre diâmetr...
Comprei esta variedade nos Viveiros Valter.
Não deve ser fácil encontrar uma videira desta cas...
Ando à procura de um par de pés desta casta, mas n...
Também tenho uma de quando andava na v
Que pena pintarem as casas de branco!Eram tão lind...
Adorei o teu comentário! Não tenho mais palavras! ...
Não é preciso dizer mais nada... como sempre o ami...
Foi com gosto que apreciei esta festa de Carnaval...
Não lhe sei responder...Sei que têm vendido alguma...

.AVISO

Para evitar a calúnia e a difamação gratuíta, os comentários são moderados pelo autor do blog. Todos os comentários serão publicados, mas se estiver a pensar insultar ou difamar pessoas ou grupos, e de forma geral prejudicar a utilização leal deste espaço não se dê ao trabalho. Os comentários não serão publicados.