Terça-feira, 4 de Março de 2008

Os pobres e os ricos

 

 

 

Hoje trago-vos aqui uma relíquia. Nem mais, nem menos, do que um livro escrito pela Marquesa de Pomares:

Os pobres e os ricos.

 

É curioso a consciência social desta nobre senhora e é espantoso a actualidade de alguns temas que aborda e trata neste seu belo testemunho de época. Estamos no principio do século XX, 1906, no Reinado de D. Carlos, assassinado em 1908, no Terreiro do Paço em Lisboa, cujo centenário do seu assassinato se acabou de comemorar há pouco tempo.

 

É um livro que dedica ao marido " Marquez de Pomares", D. Luís de Carvalho Daun e Lorena, ao qual tece rasgados elogios  e dá dele uma imagem de um homem também preocupado socialmente. É curioso alguns parágrafos que transcrevo: "...Os ricos vivem, muitos d'elles , concentrados no seu natural egoísmo ; em quanto lhes não faltam luxo, prazeres, e actividade para engrossar os seus capitaes, parece-lhes que tudo no mundo corre bem. Aos dirigentes do Estado e aos políticos, a poucos lhes sobra tempo que possam desviar de urgentes negocios publicos e das exigencias da politica. O povo permanece na sua eterna desconfiança de ser explorado e ludibriado por uns e por outros;..."

Para nos situarmos, diria apenas que esta senhora foi a 1ª Marquesa de Pomares, tia de D. António de Bourbon, pai de D. Maria Adelaide de Brito Peixoto  Sanguinetti e Bourbon Bobone, casada com O Sr. Engº Alexandre de Lancastre Araújo de Bobone, que nós felizmente ainda conhecemos.

 

A Quinta da Marquesa é sem dúvida uma instituição ainda hoje. Durante mais de um século foi o primeiro empregador e a principal fonte de trabalho em Pomares. O seu nome foi durante longos anos uma marca Pomarense conhecida em toda a Beira. Os seus proprietários, contribuiram desde sempre para o engrandecimento de Pomares, cedendo terrenos e bens, nos anos 30/40(?), o alargamento do largo do Pontão, os terrenos do campo de futebol e o terreno circundante, o edificio onde se situa o posto médico e a Junta de Freguesia e os terrenos onde hoje se situa um belíssimo bairro, bem como outros terrenos dispersos ocupados hoje por novas habitações.

Indiscutivelmente que a D.Maria Adelaide (2ª Marquesa de Pomares),e o seu marido, Engº Alexandre Bobone, muito fizeram por Pomares. Seria hipocrisia minha omitir aqui, e nesta sequência, o caseiro da Quinta da Marquesa, Sr. Manuel Bento, que tem sido um grande amigo de Pomares e das instituições pomarenses, e escolhendo esta terra como sua. BEM HAJAM!

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 01:00
link do post | favorito
De lerdinhas a 4 de Março de 2008 às 17:47
Espectacular post Rouxinol, sempre com sentido oportuno e grande qualidade. Um beijinho de parabéns.
Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

.Eu


. ver perfil

. seguir perfil

. 36 seguidores

.pesquisar

.Maio 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. VII Capítulo da Confraria...

. Em Fátima a 13 de Maio

. Mostra de Ensino Profissi...

. A Tailândia na ARPIMS de ...

. Sra Ministra da Saúde em ...

. 2º Grande Prémio de Atlet...

. Festa Socialista em Aveir...

.arquivos

.tags

. todas as tags

.links

.Visitas

conter12

.últ. comentários

Que pena pintarem as casas de branco!Eram tão lind...
Adorei o teu comentário! Não tenho mais palavras! ...
Não é preciso dizer mais nada... como sempre o ami...
Foi com gosto que apreciei esta festa de Carnaval...
Não lhe sei responder...Sei que têm vendido alguma...
A Quinta da Marqueza encontra-se para venda ?
Que catastrófe as imagens dão arrepios.bjshttp//bl...
Impressionante! Ainda bem que nada lhes aconteceu.
Parabéns à Junta de Freguesia de Pomares, por as m...
A familia de minha Mãe de apelido Silva Campos é d...

.AVISO

Para evitar a calúnia e a difamação gratuíta, os comentários são moderados pelo autor do blog. Todos os comentários serão publicados, mas se estiver a pensar insultar ou difamar pessoas ou grupos, e de forma geral prejudicar a utilização leal deste espaço não se dê ao trabalho. Os comentários não serão publicados.