Sexta-feira, 7 de Março de 2008

Colectividades VS Junta

 

Nem tudo parece o que é, e nem sempre caminharam com os mesmos objectivos.

Mão amiga fez-me chegar  dois Jornais "Noticias de Pomares". O primeiro datado de Janeiro de 1964 e o segundo de Janeiro de 1966. De ambos, recortei duas notícias da época, que atestam que nem sempre a Junta de Freguesia de Pomares unia esforços com as Comissões de Melhoramentos da Freguesia, e também com a Sociedade de Melhoramentos da Freguesia de Pomares. É pena que pelas dimensões das imagens, não seja possível a sua leitura no original, por isso irei transcrever essas notícias por achar que têm interesse como apontamento histórico e social.

 

Sobre a Comissão de Melhoramentos da Sorgaçosa , que dá eco das suas actividades, pode ler-se:

...

 

ESTRADA - Aproximando-se a quadra festiva do Natal, ficou resolvido parar com os trabalhos durante cerca de um mês, devendo os mesmos recomeçar no dia 20 de Janeiro próximo.

Foi recebida com grande satisfação a noticia de que o troço da estrada entre Pomares e o Cemitério vai ser empedrado, acabando assim com o péssimo estado em que o mesmo se encontra. É tanto maior a nossa satisfação por várias vezes termos junto do sr . presidente da Junta de Freguesia apresentado as nossas reclamações sobre o estado em que se encontrava o referido troço da estrada, tendo nós recebido em resposta que a Junta nada tinha a ver com o caso, sendo agora feita justiça à nossa reclamação pelo próprio presidente da Junta, acabando por verificar que tínhamos razão. Se não era da Junta nem da Câmara tinha de ser de alguém, menos da Comissão de Melhoramentos de Sorgaçosa .

...

 

A Sociedade de Melhoramentos da Freguesia de Pomares, faria publicar o seguinte:

...

LISBOA, 27. - Na sua última reunião, resolveu a direcção da Sociedade de Melhoramentos da Freguesia de Pomares tornar público um circunstanciado relato de factos ligados ao abastecimento de água a Pomares, a fim de esclarecer devidamente a sua posição perante os associados.

É esse relato que passamos a fazer:

Quando a actual direcção tomou a gerência da colectividade, resolveu tentar solucionar o problema do abastecimento de água a Pomares, por reconhecer que as condições em que o mesmo se realiza não podem satisfazer.

Aproveitando-se, em Setembro de 1964, a presença em Pomares de alguns directores, realizou-se uma reunião, a que assistiram além destes, membros da comissão executiva, alguns consócios, designadamente os srs. António dos Santos Dinis e Adelino Marques.

Nesta reunião, resolveu-se melhorar as condições de captação e criar, em diversos locais  de Pomares, como o Adro e Casas Cimeiras, fontanários para abastecimento público.

Como se tornava necessária a obtenção de um levantamento topográfico do local em questão, declarou o sr . António dos Santos Dinis que tinha possibilidade de obter por intermédio de pessoa das suas relações, o que foi aceite pelos directores presentes.

Passado algum tempo, em Novembro de 1964,enviou-se um ofício ao sr . António dos Santos Dinis de que se transcrevem as partes fundamentais: « A fim de podermos orientar o assunto referente ao abastecimento de água a Pomares, teríamos o máximo interesse em saber como se encontra o levantamento que vª exª se prontificou a mandar executar ».

Em Dezembro de 1964 deslocaram-se a Pomares diversos directores para tomarem parte na tibornada realizada no lagar da Casa tendo o sr . José Morais Videira aproveitado a oportunidade para uma vez mais, solicitar notícias do referido levantamento.

Chegando-se a Maio de 1965, sem se receber qualquer notícia sobre o levantamento, enviou-se novo oficio ao sr . António dos Santos Dinis: «Como há tempos fez o obséquio de se oferecer para obter o levantamento necessário para o estudo do abastecimento de água, agradecíamos que nos dissesse algo sobre este assunto para podermos tratar dele como é nossa intenção».

Em Agosto de 1965, ainda sem nenhuma informação relativa ao levantamento, deslocou-se propositadamente a Pomares o presidente da direcção, que com o sr . Carlos Diamantino Pereira, membro da direcção e os srs. Manuel dos Santos Dinis e António Rosa, da comissão executiva, foram ao local e traçaram um plano dos trabalhos a executar.

Nesse mesmo dia, foi pedido orçamento para a execução dos trabalhos de melhoramento da captação, ficando-se a aguardar a sua apresentação.

Em Setembro, por altura da festa de Nossa Senhora de Fátima, em Pomares, novamente o assunto foi tratado, tendo-se resolvido iniciar os trabalhos, depois de obtida a autorização do sr , eng . Bobone, em cuja propriedade se realizaram os trabalhos.

Nessa altura, porém, tomou-se conhecimento de que por iniciativa da Junta de Freguesia, andava em estudo o abastecimento feito pela captação do Canhestro, constando mesmo que se esperava a deslocação ao local de um engenheiro dos Serviços Oficiais.

Julga esta direcção que, depois dos esforços desenvolvidos para a resolução do problema do abastecimento de água, esforços do conhecimento do presidente da Junta de Freguesia, mereceria a deferência de ser informada da iniciativa referida.

Além de uma acto de cortesia para com uma colectividade que tanto tem feito por Pomares, serviria para congregarmos esforços, como já sucedeu anteriormente, nomeadamente na obtenção dos subsídios para o calcetamento das ruas de Pomares.

Nestas condições, julga a direcção desta colectividade dever aguardar que a Junta de Freguesia de Pomares torne publico o seu plano de melhoramentos do abastecimento de água ao povoado, para, então, actuar com o melhor do seu esforço no que estiver ao seu alcance. - A Direcção.

Poderia tecer aqui vários comentários, no entanto, entendo que devo deixar a quem visita este blog a liberdade de tirar as suas próprias conclusões. Chamaria apenas a vossa atenção para a nota manuscrita  a vermelho, no topo da página, quiçá da primeira pessoa que leu este jornal. Essa nota penso ser possível ser lida no original.

 

As minhas desculpas pela extensão do presente post ".

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 10:20
link do post | comentar | favorito
11 comentários:
De Maria a 7 de Março de 2008
Olá...
Foi aqui que encomendaram?

|““““““““““““““““““““““““||_
|...............*AMOR*...........|||“|““__
|________________ _ |||_|___|)
!(@)“(@)““““**!(@)(@)***!(@)““

|““““““““““““““““““““““““||_
|............*CARINHO*.........|||“|““_
|________________ _ |||_|___|)
!(@)“(@)““““**!(@)(@)***!(@)““

|““““““““““““““““““““““““||_
|............*ALEGRIA*.........|||“|““__
|________________ _ |||_|___|)
!(@)“(@)““““**!(@)(@)***!(@)““

|““““““““““““““““““““““““||_
|............*AMIZADE*.........|||“|““_
|________________ _ |||_|___|)
!(@)“(@)““““**!(@)(@)***!(@)““

|““““““““““““““““““““““““||_
|........*FELICIDADE*.......|||“|““__
|________________ _ |||_|___|)
!(@)“(@)““““**!(@)(@)***!(@)

Entrega feita!
Participa na campanha FAZ UM AMIGO FELIZ!!!
Manda esta encomenda p/ todos os teus amigos.
Espero estar incluído nessa lista........
Vou fazer outra entrega ...fuiiiiiiiiiiii

De rio alva a 7 de Março de 2008
O senhor rouxinol, invés de estar sempre a criticar as coisas que se fazem ou as que foram feitas , neste caso a 50 anos, quando vamos começar a ver o rouxinol a dar ideias, propor soluções, tentar ajudar a resolver alguns problemas da freguesia de pomares, porque com todo o devido respeito criticar e apontar defeitos aos outros e fácil , mas resolver problemas, dar ideias e por essas ideias em pratica e difícil , gostaria de ver neste blog essa sua parte, porque até agora só o vi foi criticar, vamos começar também a dar ideias, e a arranjar soluções para os problemas...
De rouxinoldepomares a 7 de Março de 2008
rio alva?! Por ser pertinente, e também por ser um comentário que mistura uma série de questões, e parte de pressupostos errados, penso que devo fazer um reparo por forma a repor toda a verdade. Assim: Nem sempre a minha postura é de critica. E não critico por criticar. A critica n'O Rouxinol de Pomares, é uma crítica pedagógica. Queira ler melhor este blog e se o fizer de forma independente vai ver que é como lhe digo.

No caso concreto deste "post", limitei-me a transcrever notícias de um pequeno jornal "Noticias de Pomares" e que são um facto, e contra factos...

Está obviamente mal informado e conhece mal as pessoas que ocupam cargos em Pomares, essas sim têm a obrigação de ter ideias, soluções e resolver os problemas da freguesia. O que me diz só é possível com pessoas dialogantes, que aceitam as ideias dos outros. A minha experiência diz-me que não é possível . Esse caminho é apenas e só demagógico.

Talvez um dia quando em Pomares houver mais democracia isso seja possível . E vai sê-lo, e espero que ajude.
Por razões obvias, não me cabe a mim neste momento arranjar soluções para os problemas da freguesia e muito menos resolvê-los, não acha? Não tenho qualquer cargo em Pomares, na freguesia, ou concelho que me permita o que está a sugerir.

Pessoalmente nada tenho mas nada mesmo, contra quem quer que seja em Pomares, e muito menos na freguesia ou até no concelho. Até lhe digo mais, como cidadão nunca me incompatibilizei com ninguém ao longo da minha vida, e já são alguns anos. O Rouxinol de Pomares, apenas faz referências aos cargos que as pessoas ocupam. Como deve entender, ir para os jornais da região apregoar mundos e fundos e "botar" cá para fora frases que lhes vêm à cabeça, têm sempre o risco e o reverso da medalha, como tudo na vida e esse reverso pode ser a critica. Foi até mais suave do que as frases lá proferidas. Como diz o povo, quem não quer ser lobo não lhe veste a pele...

Ainda e porque enfatiza a frase "ideias" deixe-me confidenciar-lhe o seguinte: No ano passado, antes de Junho, eu explico-lhe o porquê desta data, o autor d' O Rouxinol de Pomares, sugeriu e até desafiou, no bom sentido, o Sr , Presidente da Junta de Freguesia de Pomares, Sr . Amandio Dinis, a criar um "site" para Pomares. Expliquei-lhe até segundo o meu ponto de vista as vantagens, e como é compreensível um parque de campismo e uma praia fluvial quanto mais for promovido melhor. Até sugeri o nome do "site" www.pomares.pt ), alojamento que teriam de comprar. Sempre foi desvalorizado o meu ponto de vista e nem nunca me foi pedida qualquer colaboração. O argumento é que já havia um "site" de Pomares. Eu simplesmente respondia que era um site pessoal e havia lugar para uma página onde todos os pomarenses se pudessem rever. Foram e continuam autistas. Provavelmente O Rouxinol de Pomares, não teria este formato...são coisas do destino...como é costume dizer-se.

Quanto à Sociedade de Melhoramentos de Pomares, como sabe, a actual direcção foi formalizada em pouco mais de 15 dias, (nada fazia prever que iria haver eleições) impedindo até que outros associados se pudessem organizar, quanto mais expressar ideias. A direcção nasceu de uma comissão para organizar a festa do ano passado em Pomares. Tenho é pena de ver que a Sociedade de Melhoramentos da Freguesia de Pomares, com tanta história de bem fazer, esteja transformada num clube quase privado. Por razões também conhecidas não seria candidato e uma das razões é que não resido em Pomares. Recordo-lhe um post " aqui do blog de Dezembro e sobre a Sociedade, onde pode reler as frases sem cabimento publicadas no Jornal de Arganil; " Por favor quem não nos poder ajudar, não critique, já é uma boa ajuda". Quer melhor exemplo de rejeição? Com frases destas, proferidas por quem tem responsabilidades na colectividade, dizem tudo e não conquistam simpatia, pode crer! E se alguém emite alguma opinião, ou questiona alguma pequena coisa, essa opinião é vista como uma afronta e não como ajuda. Tenho essa experiência. Como vê de boas intenções está o inferno cheio, como se costuma dizer...

(A resposta continua noutro comentário por falta de espaço neste, e depois de jantar)
De rouxinoldepomares a 7 de Março de 2008
(continuação, já jantei e estou disponível.Obrigado por ter aguardado)

Vou dizer-lhe ainda mais coisas, que até devem ser do seu conhecimento. Desde Junho do ano passado que o Sr. Presidente da Junta de Freguesia me evita, porque nessa altura estiveram pessoas minhas amigas, de Pomares e do concelho, algumas, meus colegas e amigos de escola, a confraternizar comigo, a "beber um copo" como se usa dizer na nossa terra, e como eram pessoas que na sua maioria pertencem a um partido diferente daquele ao qual o Sr. Presidente e os amigos lá da terra pertencem...olhe é vê-lo, eu a entrar por uma porta lá no café e ver o Sr. Presidente a escapulir-se " pela outra. Alguns até se riem. E com razão, digo eu.

E ainda, depois do nascimento d' O Rouxinol de Pomares, algumas das pessoas que pertencem ao "clube" em que a Sociedade se transformou, passam pelo autor deste blog e destas linhas, virando a cara para o lado, mostrando desta forma toda a sua educação e civismo, e fazendo jus que não servem para representar Pomares em qualquer acto. Ora, como vê, a tolerância , a democracia e o respeito pelo próximo não é apanágio daqueles que me tentam criticar apontando que só sei criticar em vez de oferecer ideias e resolver os problemas. Com franqueza meu amigo, essa ideia jamais passará. Estes exemplos de atitudes, como deve calcular, só servem como confirmação que estou no caminho certo e são até um elogio. Como sou uma pessoa bem formada, deixo-lhe aqui um convite:
Venha ter comigo e marcaremos um debate sobre Pomares e por Pomares, com a assistência de quem queira assistir. Livre e público É fácil encontrar O Rouxinol de Pomares, afinal toda a gente sabe quem é...
Tem ainda outra alternativa, escreva-lhe para o mail e combinaremos...
Até lá...
Antes de terminar, queria publicamente agradecer a esta pessoa que se identifica como "rio alva", que está um pouco ao lado de Pomares, o rio, claro, a oportunidade que me deu de deixar aqui registada a minha opinião.

PS: Tenho preparados alguns posts " versando esta temática, que publicarei oportunamente.

De rio alva a 8 de Março de 2008
estou completamente esclarecido, obrigado, no entanto também gostaria de ver a opinião da outra parte para assim puder ter uma opinião mais concreta
De rouxinoldepomares a 8 de Março de 2008
Ainda bem que está completamente esclarecido. Palavras suas.
Sobre a opinião da outra parte,(a), nada tenho a ver com isso. Pergunte-lhe.
Reitero-lhe aqui o convite que lhe fiz e que ignorou:
Quando quiser debater ideias sobre Pomares e por Pomares, estou disponível para qualquer dia, apenas com a condição de ser aberto a quem quiser assistir, e em Pomares. Livre e público. Vai ver que ficaria mais esclarecido e ajudaria Pomares.

a) Esclarecimento: Não tenho contendas com a "outra parte" nem sei a quem se refere. A minha outra parte é a Freguesia de Pomares, que me viu nascer e para a qual estou disponível com todas as minhas capacidades.
De O Serrano a 8 de Março de 2008
Amigo Rouxinol, o (rio alva), quer música. Gabo-lhe a paciência e o bom esclarecimento que fez. O que ele quer sei eu...
De ACHADIÇO a 9 de Março de 2008
Serrano você tem razão, só com espírito de missão é que se consegue ir buscar forças e pachorra para aturar certos fabianos . O artista quer ideias ,então tem um Presidente e restantes membros da JF , mais os elementos da Sociedade de Melhoramento e não sai nada daquelas cabaças?Rio Alva em condições normais tínhamos um manancial de sugestões e ideias válidas para discussão e análise, mas assim ,como diz o outro "o rei vai nú ",ocupam os cargos e deixa andar, sempre dá para pagar o carrito. ACHADIÇO .
De Hortense a 7 de Março de 2008
Que engraçado eu ainda me recordo desse jornalito ainda sou do tempo desse jornal Hortense
De Antena Pomarense a 8 de Março de 2008
Muito bem este seu artigo, para recordar que muitos que se dizem bem-feitores de Pomares na realidade nao o foram tanto assim. O contraste da direcção da Sociedade daquele tempo para a de hoje é notório. Estou em crer que aqueles de outrora se fossem vivos não proporiam um dos nomes para uma rua em Pomares, mas isso hoje é feito tudo em familia e resolvido lá na tertulia matinal. pode até ser uma pedrada no charco, mas são sempre esclarecedores estes artigos do Rouxinol
De lerdinhas a 8 de Março de 2008
Espectacular post sobre a história de Pomares, e vem mesmo oportuno. Continue.

Comentar post

.Eu


. ver perfil

. seguir perfil

. 36 seguidores

.pesquisar

.Maio 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. VII Capítulo da Confraria...

. Em Fátima a 13 de Maio

. Mostra de Ensino Profissi...

. A Tailândia na ARPIMS de ...

. Sra Ministra da Saúde em ...

. 2º Grande Prémio de Atlet...

. Festa Socialista em Aveir...

.arquivos

.tags

. todas as tags

.links

.últ. comentários

Comprei esta variedade nos Viveiros Valter.
Não deve ser fácil encontrar uma videira desta cas...
Ando à procura de um par de pés desta casta, mas n...
Também tenho uma de quando andava na v
Que pena pintarem as casas de branco!Eram tão lind...
Adorei o teu comentário! Não tenho mais palavras! ...
Não é preciso dizer mais nada... como sempre o ami...
Foi com gosto que apreciei esta festa de Carnaval...
Não lhe sei responder...Sei que têm vendido alguma...
A Quinta da Marqueza encontra-se para venda ?

.AVISO

Para evitar a calúnia e a difamação gratuíta, os comentários são moderados pelo autor do blog. Todos os comentários serão publicados, mas se estiver a pensar insultar ou difamar pessoas ou grupos, e de forma geral prejudicar a utilização leal deste espaço não se dê ao trabalho. Os comentários não serão publicados.