Quarta-feira, 19 de Dezembro de 2012

A Ribeira de Pomares em Avô

 

Com mais de 7.000 fotografias publicadas, contabilizando apenas o Blog, não é fácil saber se me repeti. Por isso tenho um risco redobrado em me repetir.  Esta, sei que em tempos publiquei uma parecida. Esta foto em particular foi obtida há cerca de 15 dias, ainda não tinha caído tanta chuva, e a Ribeira de Pomares apresentava este aspecto ao chegar a Avô, onde se vai abraçar ao Alva. Vem isto tudo a propósito de já estar por aqui na urbe há alguns dias, não muitos, mas já tenho saudades do som da natureza, das paisagens, das gentes da minha serra. E foi a pensar nisso que publiquei esta foto, imaginando a Ribeira com mais caudal, mais barulhenta, mais agitada, cumprindo o ciclo a que a natureza a votou...e eu cá longe com saudades...   

 

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 23:15
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 5 de Novembro de 2012

Avô-Pomares...Atenção ao Perigo!

 

Na estrada de Avô-Pomares, a via natural que nos liga ao Mundo, apresenta nesta curva algum perigo para os automobilistas. Felizmente estamos no Outono e a circulação rodoviária pelas nossas "bandas" é pequena e minimiza a hipótese de haver por ali alguma chatice inesperada.

Como cidadão, e como membro da Assembleia de Freguesia de Pomares, preocupei-me em saber em que "pé" é que a "coisa" estava. Até porque nós pomarenses somos os primeiros beneficiários desta via, embora a derrocada esteja na jurisdição da Freguesia de Avô e Concelho de Oliveira do Hospital. Primeiro perguntei ao PJF de Pomares se tinha falado com alguém sobre o assunto. Não!

Assim, e, porque sou pomarense, e porque passo lá muitas vezes, como tantos outros pomarenses, e porque penso que há assuntos que não se esgotam nas fronteiras politicas, decidi indagar e obtive a informação que o assunto está sob controlo do gabinete de engenharia da Câmara de Oliveira do Hospital e está para breve o inicio das respectivas obras. A mesma informação também foi recolhida junto da Junta de Freguesia de Avô.

Para informação de todos os que por lá passam!

 

 

 

sinto-me:
tags: ,
publicado por rouxinoldepomares às 22:13
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Quinta-feira, 13 de Setembro de 2012

Foi em Agosto o Incêndio aqui ao Lado.

 

Já estamos bem entrados no mês de Setembro, mas infelizmente os incêndios ainda estão na ordem do dia, e são capa de imprensa pela importância que tem a floresta e os bens das pessoas que os veêm desaparecer num ápice. Já o disse aqui, mas vou repeti-lo, que durante o mês de Agosto não tive a oportunidade de colocar muitas das fotografias que obtive. Esta é uma delas, e mostra provavelmente o primeiro grande incêndio visível de Pomares, que foi o que deflagrou no concelho vizinho de Oliveira do Hospital e causou danos consideráveis em Avô. A foto foi obtida em 8 de Agosto, perto das 7 horas da tarde.  

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 23:18
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 24 de Abril de 2012

Uma Moldura para Avô

 

Sempre que passo pelo Miradouro de Avô, na ida ou na vinda a Oliveira do Hospital, e até na ida e na vinda de outros lugares,  sinto um forte impulso de ali parar e tirar uma foto. O local atrai-me. Tem uma vista soberba sobre o casario e sobre o Rio Alva, podendo avistar-se a Serra da Estrela e a Serra do Açor, e confesso que Avô, quiçá por ser terra dos meus antepassados, exerce sobre mim um fascínio que nunca escondi. Esta é a terra do Dr. Vasco de Campos, o "João Semana" da nossa Serra do Açor, é a terra de Braz Garcia Mascarenhas, poeta contemporâneo do grande Luis Vaz de Camões, pouco conhecido fora de portas como poeta, e  que também foi governador do Castelo de Alfaiates. Do "Viriato Trágico",  a sua epopeia, está este azulejo no Miradouro de Avô, que "canta" os encantos da bela vila de Avô. Não é a primeira vez que falo de Avô e não será a ultima se Deus quiser. Avô é uma bela e antiga terra.

 

 

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 23:41
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Sexta-feira, 7 de Outubro de 2011

Do Miradouro de Avô

 

Do Miradouro de Avô...

 

sinto-me:
tags:
publicado por rouxinoldepomares às 22:42
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Quarta-feira, 15 de Junho de 2011

Marchas Populares (Oliveira do Hospital)

 

Junho é mês de arraial e dos santos populares. Sábado passado, em Oliveira do Hospital, no Parque do Mandanelho, realizaram-se as Marchas Populares daquele Município e onde a vila de Avô se sagrou vencedora. Estas manifestações populares que congregam centenas de participantes, arrastam também muito publico e proporcionam um espectáculo de cor, luz e musica, aos quais não podemos ficar indiferentes. O motivo pelo qual deixei as "tasquinhas" de Arganil e rumei a Oliveira do Hospital, foi a participação de Avô, que, pela proximidade e laços familiares que nos unem são motivo mais que suficiente para que os pomarenses aplaudam e apoiem Avô. Vi muitos pomarenses saltarem de contentes quando foi anunciada a marcha vencedora. Parabéns Avô!

O colorido destas manifestações de cariz popular e os rostos bonitos dos participantes  proporcionam também belas fotografias, e é isso que vos quero mostrar em meia dúzia de fotos!

 

   

 

Passava da meia-noite e o recinto do Parque do Mandanelho continuava cheio...

 

 

 

Avô

 

 

idem...

 

 

boa coreografia...

 

 

rostos bonitos...

 

 

idem...

 

 

Avô esteve muito bem...

 

Outras Freguesias...Galizes...Meruje...

 

 

 

 

 

 

 

 

Já não me foi possível ver a maioria das marchas, porque cheguei muito tarde ao recinto e também não me foi possível fotografar e identificar todos os participantes. Fica aqui este pequeno apontamento de um espectáculo, que diz quem o viu, que valeu a pena!

 

 

Felicito o Município de Oliveira do Hospital na pessoa do seu Presidente, o  Prof. José Carlos Alexandrino.

 

 

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 16:46
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Quarta-feira, 15 de Dezembro de 2010

Merry Christmas, Avô!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 02:34
link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito
Domingo, 12 de Dezembro de 2010

Almoço de Natal da Radio Clube de Arganil - Continuação...

 

A Rádio Clube de Arganil é a Voz da Beira-Serra! É isso que ouvimos no éter e é isso que constatamos na vida real! Mas, não posso deixar de pensar que para isso são necessárias três coisas elementares: Organização, execução e dinheiro. Esta fotografia personifica essas três coisas nas pessoas do Presidente Prof. António Nogueira, Zé Conde, que todos conhecem, e o Sr. Salvador que é um benemérito desta Rádio. 

 

 

Natália Novais, uma Grande Senhora da RCA, que dispensa apresentações, ao lado da D. Fernanda Ventura.

 

 

Ah! O fotografo a sério é este! Eu só uso máquina para tirar umas fotos aqui para o blog!

O almoço de Natal da RCA foi um sucesso, aliás todos os eventos da RCA são um sucesso, e como referiu o Sr. Presidente da JF Arganil, o meu amigo João Travassos, se não fosse o conhecido fotógrafo Fernando Brandão, provavelmente não haveria estes almoços, porque foi ele o "Pai" da Rádio Clube de Arganil.

 

 

Passamos agora para as fotos de alguns pomarenses presentes no almoço...

 

 

...mais pomarenses. Na mesa, uns amigos de Vinhó que costumam participar nos eventos da Sociedade de Melhoramentos de Pomares.

 

 

...mais pomarenses da Foz da Moura...

 

 

mais pomarenses do Sobral Gordo...

 

 

...outra foto dos pomarenses do Sobral Gordo...

 

 

...outra foto, de um casal pomarense, da Foz da Moura, amigo da RCA.

 

 

...outro casal pomarense amigo da RCA.

 

 

...ainda outra foto de pomarenses de Sobral Gordo...

 

 

...um amigo de Vila Cova de Alva...

 

 

 

...outro amigo do Piódão...

 

 

A mesa de honra...

E como não há cerimónia sem discurso...

 

 

Prof. António Nogueira, Presidente da RCA.

 

 

PJF Cerdeira, Sr. Adelino Almeida.

 

 

Da Casa do Povo da Cerdeira e Moura da Serra, o Senhor Sargento, Santos.

 

 

Da Santa Casa da Misericórdia de Arganil e da Confraria do Bucho, Dra. Fernanda Maria.

 

 

Da ADIBER,  Dr. Miguel Ventura.

 

 

Como disse o amigo Zé Conde, o melhor advogado do Distrito de Coimbra,  Dr. Pedro Pereira Alves.

 

 

PJF de Arganil,  Sr. João Travassos.

 

 

O Sr. Salvador, benemérito da Rádio.

 

 

Presidente da Câmara Municipal de Arganil, Engº Ricardo Pereira Alves.

 

 

Presente a Rádio e a TV, e claro, O Rouxinol...para os fotografar...

 

 

Este almoço foi um momento de amizade, simbolizada por esta foto do amigo Zé Conde e do amigo Dr. Miguel Ventura.

 

 

Não posso deixar de fazer uma referência de agradecimento aos trabalhadores que nos serviram o almoço,  não deve ter sido fácil dar de comer a mais de 500 bocas...

 

 

No final, veio o grande espectáculo com vários artistas, e que me desculpem os outros, mas deixo aqui uma referência à Tuna de Cantares de Avô, pela sua qualidade, pela minha preferência e pela simpatia que tenho por Avô e ainda pela proximidade com Pomares.

 

 

...outra foto da Tuna...o instrumental é significativo...

 

 

...outra foto...

 

 

e ainda outra...e os meus parabéns pelo que me foi permitido assistir. Força, Tuna de Cantares de Avô!

 

 

Parabéns também para o Rancho Folclórico Os Malmequeres da Cerdeira. O folclore são as nossas tradições...e os jovens o futuro!

 

 

 

 

 

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 23:49
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Quarta-feira, 30 de Junho de 2010

Marchas Populares em Avô

 

No âmbito das festividades dos Santos Populares e nomeadamente o S. Pedro, que se comemora em Avô, sob a organização da Sociedade de Defesa e Propaganda de Avô, realizou-se ontem um desfile de marchas populares, que contou para além da Marcha de Avô, que desfilou em último lugar, com Torroselo, Meruge e Nogueira do Cravo. Os temas foram Brás Garcia Mascarenhas, Desfolhada - Milho Rei, Lage Grande e Sardinheiros do Passado, respectivamente. Numa apreciação global, podemos dizer que estiveram todos muito bem. Os trajes eram espectaculares e as coreografias não lhes ficavam atrás. Avô, como anfitriã, não deixou os seus créditos por mãos alheias, coreografia excelente e trajes a rigor. Não ficaria envergonhada em qualquer lugar onde a tradição das marchas já tem muitos anos. Não poderei deixar de referir a forte participação da juventude nestas marchas, comum a todas as terras participantes. Estão todos de parabéns e continuem... 

O público acorreu em grande número e pomarenses não faltaram.

As fotos que se seguem, são alguns momentos que registei...

 

 

Embora a Marcha de Avô tenha desfilado em último lugar, optei pela sua referência em primeiro lugar, dada a proximidade e ainda pelos laços de sangue que nos unem e obviamente sem desprimor pelas outras marchas em palco.

Na foto a abrir a marcha de Avô uma carroça transformada em "coche" que demonstra o cuidado e a imaginação da organização.

 

 

Marcha de Avô momentos antes da entrada em palco...

 

 

 

Já em palco...

 

 

 

Uma coreografia bem conseguida, onde se percebia o grau de dificuldade de execução. Excelente empenho e desempenho dos participantes. À organização, ao ensaiador e ao mentor do projecto, os meus parabéns!

 

 

Torroselo. Não posso deixar de referir um amigo e comentador deste blog que não conheço pessoalmente, A. Madeira, cuja naturalidade é Torroselo, e dizer-lhe que está de parabéns porque a sua terra natal marchou em Avô com pompa e circunstância com uma excelente marcha e coreografia.

 

 

Torroselo à chegada a Avô.

 

 

 

Torroselo em palco...Gostei!

 

 

Meruge, cujo tema é a Lage Grande, um local da terra, onde antigamente se malhavam os cereais e se faziam as desfolhadas e também se secavam peras. Nos dias de hoje é um local onde o cupido substituiu as lides agrícolas...

 

 

Um aspecto dos belos trajes de Meruge e uma foto antes da entrada em palco.

 

 

 

 

Meruge em palco...com uma excelente prestação e muito brilho!

 

 

Nogueira do Cravo com o tema Sardinheiros do Passado, esteve bem, mas era a marcha com menos participantes, o que não impediu de terem brilhado com o tema que escolheram e os trajes a condizer.

 

 

Nogueira do Cravo em desfile...

 

 

Parabéns para Avô pela excelente ideia, pelo seu desempenho e organização e parabéns também a todas as terras da nossa Beira Serra que participaram neste evento, demonstrando que ainda temos muita coisa para oferecer e mostrar e a juventude envolvida são o garante de um futuro melhor.

 

As condições de luz não foram as melhores para fotografar, pelo que o explendor das cores dos vários trajes em palco está aquém do real, por certo os leitores compreenderão. 

 

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 23:51
link do post | comentar | ver comentários (12) | favorito
Segunda-feira, 7 de Junho de 2010

Festa do Santíssimo nas Nossas Terras ( Feriado Oficial do Corpo de Deus)

 

Corpo de Deus, nas nossas terras conhecido pela Festa do Santíssimo. Em Pomares, tal como por esse Portugal fora, vai-se mantendo a tradição cristã da respectiva missa e procissão. Em Pomares realizou-se no Domingo dia 6 de Junho, embora o Feriado Oficial tivesse sido no dia 3.

A Procissão à saída da Igreja matriz de Pomares.

 

 

A Procissão ás Casas Cimeiras, em Pomares.

 

 

Em Avô, cujas ruas são enfeitadas com pétalas e flores, a Procissão do Santíssimo realizou-se no dia 3.

 

 

Em Avô a procissão lá ao fundo, e pode ver-se as flores expostas na calçada. Tradições que urge perpectuar, porque é a cultura de um povo e de uma região.

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 23:48
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
Sábado, 22 de Maio de 2010

Já vejo Avô e sinto Pomares!

 

Ontem não "postei"...

Saí tarde de Lisboa, cheguei tarde a Pomares e conversa para aqui, conversa para acoli, e záz, os ponteiros do relógio avançam impiedosamente, não se importando se tenho ou não de "postar" aqui no blog. O tempo pula e avança!...

 

Normalmente quando regresso,  faço uma pequena paragem nas varandas de Avô, para contemplar a Serra, sentir o cheiro do Alva e olhar para lá daquele pequeno monte onde está Pomares...a poucos minutos...cheguei a casa. E digam lá, se não é bom chegar a casa!...

Bom Dia a Todos!

 

sinto-me:
tags: ,
publicado por rouxinoldepomares às 01:48
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Quarta-feira, 31 de Março de 2010

Rio Alva em Avô

 

É uma paisagem clássica da bonita e antiga vila de Avô, com o rio Alva espraiando-se logo a seguir à ponte, onde a Ribeira de Pomares (Rio Moura) vai desaguar.

 

 

Este ano a Ribeira de Pomares ainda chega à sua foz com um caudal apreciável, que provoca o característico branco da queda de água no último açude.

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 00:24
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito

.Eu


. ver perfil

. seguir perfil

. 36 seguidores

.pesquisar

.Maio 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Avô

. Por Avô...

. Avô

. Do Miradouro de Avô (3)

. Ribeira de Pomares em Pri...

. Rio Alva em Avô (video)

. Avô e o Rio Alva

.arquivos

.tags

. todas as tags

.links

.Visitas

conter12

.últ. comentários

Que pena pintarem as casas de branco!Eram tão lind...
Adorei o teu comentário! Não tenho mais palavras! ...
Não é preciso dizer mais nada... como sempre o ami...
Foi com gosto que apreciei esta festa de Carnaval...
Não lhe sei responder...Sei que têm vendido alguma...
A Quinta da Marqueza encontra-se para venda ?
Que catastrófe as imagens dão arrepios.bjshttp//bl...
Impressionante! Ainda bem que nada lhes aconteceu.
Parabéns à Junta de Freguesia de Pomares, por as m...
A familia de minha Mãe de apelido Silva Campos é d...

.AVISO

Para evitar a calúnia e a difamação gratuíta, os comentários são moderados pelo autor do blog. Todos os comentários serão publicados, mas se estiver a pensar insultar ou difamar pessoas ou grupos, e de forma geral prejudicar a utilização leal deste espaço não se dê ao trabalho. Os comentários não serão publicados.