Sábado, 18 de Maio de 2013

Amanhã na Cova da Piedade é dia de Pomarenses...

 

 

Amanhã na SFUAP e nos Jardins da Cova da Piedade é dia de Pomarenses...e, em nome do Grupo de Danças e Cantares de Soito da Ruiva e da União Recreativa e Musical Pomarense, deixo aqui o convite a toda a comunidade pomarense para aparecer e dar as boas vindas à nossa Filarmónica, e um merecido aplauso ao Soito da Ruiva pela iniciativa. Eu não vou faltar...

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 23:40
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 13 de Março de 2013

Festa do 10º Aniversário Raízes de Sobral Gordo

 

Na Cova da Piedade, Domingo, o enorme salão da SFUAP, Sociedade Filarmónica União artística Piedense, encheu-se de muitos sobralgordenses, pomarenses, amigos e gente anónima, para assistir ao grande espectáculo promovido pelo Grupo Etnográfico Raízes de Sobral Gordo, que festejava assim os seus 10 anos de existência, e que contou ainda com a presença do Rancho Etnográfico Os Camponeses de Arraiolos, do Rancho Folclórico do Vale da Pinta (Cartaxo), e do BESCLORE, Grupo de Danças e Cantares/Representação Etnofolclórica Minhota, do Grupo Cultural e Desportivo dos Trabalhadores do Grupo Banco Espírito Santo. Contou ainda com a presença e o apoio de um amigo, o Dr. Ricardo Louçã, Presidente da Junta de Freguesia da Cova da Piedade.

As fotografias que se seguem são algumas das imagens que a objectiva d'O Rouxinol de Pomares registou neste Domingo, porque estar entre amigos e as nossas gentes é um prazer e uma enorme alegria.

 

 

Odete Francisco, a líder do Grupo Raízes, e sua timoneira nestes dez anos de existência, cujo grupo tem crescido, tem hoje mais vitalidade e mais juventude. É fruto da enorme dedicação e trabalho desta sobralgordense.

 

 

A Representação dos Ranchos Folclóricos em presença no palco da SFUAP.

 

 

 

E não há aniversário sem bolo! Um enorme bolo aguardava o final dos festejos, para que muitas dezenas de amigos e sobralgordenses podessem cantar os parabéns!

 

 

Do lado oposto ao palco, à entrada, a banca com produtos tradicionais da nossa região e da nossa freguesia.

 

 

Esta é a mesa (enorme), com o lanche para os grupos e para todo o publico presente. O Sobral Gordo "não brinca em serviço!!!..."

 

 

Antes da actuação, as apresentações e a aposição das tradicionais fitas e enfeites que se oferecem e se colocam nos estandartes, assinalando a presença e testemunhando a presença de cada grupo. Ao lado, o Presidente da Junta de Freguesia da Cova da Piedade, que irá colocar o testemunho da presença do BESCLORE.

 

 

Quaresma, do GERSG, coloca as fitas no estandarte do Rancho de Vale da Pinta.

 

 

António Jaime, Presidente da Comissão de Melhoramentos de Sobral Gordo, coloca o testemunho ao Rancho dos Camponeses de Arraiolos.

 

 

Glória Marques, da Sociedade de Melhoramentos de Pomares, coloca o testemunho no estandarte do Grupo Raízes de Sobral Gordo.

 

 

Em palco, Odete, Quaresma, Ricardo Louçã, António Jaime, Glória Marques e Carlos Costa (tesoureiro da Comissão melhoramentos do Sobral Gordo).

 

 

O Grupo Raízes foi o primeiro a actuar...

 

 

 

 

Muitos pomarenses na plateia...

 

 

E ainda mais...

 

 

E mais ainda...

 

 

Um salão enorme cheio...e a dançar com o Grupo de Arraiolos.

 

 

Glória Marques a falar com o Artur, que é seu afilhado.

 

 

Vitor da Barrôja...de máquina preparada...e telelé ( hoje smartphones!) a funcionar...

 

 

E o amigo Alfredo Pereira, dinamizador e divulgador dos ASA, página do facebook dedicada à Serra do Açor, a ser fotografado com os primos.

 

 

As "violas" do Grupo Etnográfico Raízes de Sobral Gordo.

 

 

A minha prima Paula, que ficou com uma cara de espanto ao ver a minha objectiva apontada...ó prima, aquilo não é nenhum cano de espingarda!

 

 

Os "noivos" do Grupo Raízes...

 

 

O apicultor do Grupo Raízes, aqui desempenhado pelo amigo Quaresma.

 

 

Do Grupo Raízes...

 

 

A Odete não conteve as lágrimas...as emoções foram fortes!

 

 

Odete Francisco.

 

 

A assistir...do BESCLORE

 

 

O folclore e a etnografia associada, oferecem-nos sempre imagens bonitas...

 

 

 

De Arraiolos...

 

 

De Arraiolos, a imagem da mulher alentejana...

 

 

De Arraiolos, os famosos tapetes...

 

 

De Arraiolos...

 

 

De Arraiolos...

 

 

Do Ribatejo, Vale da Pinta, Cartaxo...

 

 

De Vale da Pinta...

 

 

Do Ribatejo, o Fandango...

 

 

Do Minho...

 

 

Do Minho...

 

 

Do Minho...

 

 

Ricardo Louçã, Presidente da Junta de Freguesia da Cova da Piedade, de forma imprevista e não programada, oferece aos grupos e a amigos, um livro e um guião da freguesia.

 

 

Ao BESCLORE...

 

 

A Arraiolos...

 

 

A António Jaime, Presidente da Comissão de Melhoramentos de Sobral Gordo...

 

 

Ao Rouxinol de Pomares...este saco foi para mim! Fico reconhecido ao Presidente da Junta de Freguesia da Cova da Piedade, Ricardo Louçã, pelo gesto que não esperava, e guardarei na minha estante e no meu coração o livro com a dedicatória. O galhardete já ocupa o seu lugar no móvel da sala.

Podem ver-me com o saco, bem como uma reportagem do evento, AQUI...

 

 

Para o Quaresma...

 

 

Com "aquele" abraço...

 

 

Para a Odete Francisco.

 

 

E porque é dia de aniversário...cantam-se os parabéns e apagam-se as velas...

 

 

Sei que irão contar muitos mais anos a festejar o vosso aniversário, porque se vê nas vossas caras a determinação, o amor às raízes, e vê-se também que o vosso coração é do tamanho do Mundo...e eu, até poder, lá estarei...porque para além de ser vosso familiar, gosto de vocês e admiro-vos.

Força Sobral Gordo e um abraço a todos.

 

 

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 23:48
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Domingo, 10 de Março de 2013

Raízes Sobral Gordo 10º Aniversário

 

Hoje os caminhos vão dar aqui...

 

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 12:41
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Segunda-feira, 17 de Setembro de 2012

Festas de Nª Srª da Piedade - Cova da Piedade

 

Este sábado, no jardim da praça central da Cova da Piedade e junto ao coreto, assisti a um final de tarde pomarense, com a actuação dos grupos folclóricos com origem na nossa freguesia, o Grupo de Danças e Cantares de Soito da Ruiva e o Grupo Etnográfico Raízes de Sobral Gordo, e muitos pomarenses a assistir e a dançar também aquela modinha a que nenhum serrano resiste; o fado serrano. É visível o carinho com que são tratados os nossos conterrâneos, e a estima que têm por eles nesta terra que os acolheu nos anos quarenta e cinquenta, quando das nossas terras da Serra do Açor vieram à procura de uma vida melhor que lhe era negada na sua terra de origem. A Cova da Piedade foi terra de acolhimento de muitos pomarenses que para aqui vieram trabalhar nas fábricas de cortiça, na construção naval, na industria hoteleira, e ainda hoje mantém uma forte comunidade, a que não será alheia a participação nas festas da freguesia da Cova da Piedade. É com orgulho que estive lá e vi...

Começo por vos mostrar estas duas fotografias, a primeira é a Teresa Neves, de Soito da Ruiva, a ser entrevistada para o público presente, dando a oportunidade de falar na nossa freguesia, no nosso concelho, nos nossos produtos da beira serra, como é o queijo de ovelha...a segunda mostro-vos a Catarina, a miúda mais gira do Grupo Etnográfico Raízes de Sobral Gordo, que me desculpem os outros jovens que são todos giros... 

 

  

 

A seguir, uma série de fotografias do espectáculo...e ainda o Miguel, o mais novo membro do Grupo do Sobral Gordo que festejou dois aninhos...Parabéns Miguel...

Ainda um agradecimento especial aos dois grupos, pela forma como me tratam e me reconhecem o esforço e o trabalho que tenho desenvolvido ao longo dos anos que os acompanho, e obrigado à Odete Francisco, líder do Grupo Etnográfico Raízes de Sobral Gordo por dedicar publicamente ao Rouxinol de Pomares uma modinha tão característica como é O Melro...

 

SOITO DA RUIVA:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

SOBRAL GORDO:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

E um mini-video...

 

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 19:57
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Domingo, 11 de Março de 2012

O 119º Aniversário da Cooperativa Piedense

 

Este é o Grupo ComTradições, já nosso conhecido, e que ontem participou num espectáculo para comemorar o 119º Aniversário da Cooperativa Piedense, instituição que ao longo da sua existência centenária teve um papel de destaque na vida da comunidade piedense.  Não sabia que estes amigos ali estavam a actuar pelo que foi uma boa surpresa e um prazer enorme em os ouvir.

Perguntarão vocês:

O que é que o Rouxinol de Pomares anda ali a fazer?

A convite do amigo José Oliveira, (Grupo Etnográfico da Cova da Piedade), natural do nosso concelho, da Esculca, com amigos em Pomares e pessoa conhecida da nossa comunidade, sedeada em Almada/Cova da Piedade, estive presente para conviver com gente da nossa terra e concelho e para assistir às actuações do Grupo Etnográfico Raízes de Sobral Gordo e Rancho Etnográfico da Cova da Piedade, que também conta com elementos do nosso concelho e da nossa terra. São imagens da tarde de ontem que vos passo a mostrar e que me deixam com muito orgulho por ver que este espectáculo foi uma tarde "pomarense" e "arganilense", e que a Cova da Piedade, berço que acolheu muitos conterrâneos, arganilenses e beirões, é uma terra que muito deve à iniciativa e capacidade beirã.

Parabéns à Cooperativa Piedense pelo seu 119º Aniversário.

 

 

Não posso passar sem deixar aqui um abraço de rápido restabelecimento ao amigo Carlos Correia, que actuou vindo directamente do hospital de uma cirurgia às cordas vocais, e só percebi isso quando me escreveu no papel que tinha sido operado...não cantou mas tocou o bombo... com grande amor à camisola. É também isto que torna os ComTradições, a par da sua boa música e vozes, um grupo espectacular.

 

 

Patrícia e Liliana, dos ComTradições.

 

 

E da Cova da Piedade, o grupo anfitrião...

 

   

O Grupo Etnográfico da Cova da Piedade, que conta no seu seio com pomarenses e arganilenses.

 

 

A pomarense Aurora Sousa com o seu cavaquinho, no Grupo Etnográfico da Cova da Piedade.

 

 

Telo Marques, marido da Aurora Sousa.

 

 

Aurora Sousa com o adufe.

 

 

O amigo José Oliveira, um esculquense, cooperativista, elemento do Grupo Etnográfico da Cova da Piedade e um dos organizadores da comemoração.

 

 

Do Grupo Etnográfico da Cova da Piedade, registo a sua boa prestação, a alegria e vivacidade com que executam as suas músicas.

 

  

 

Mais uma foto onde se vê a nossa conterrânea Aurora Sousa e a equipa de cordas do Grupo Etnográfico da Cova da Piedade.

 

 

O folclore e os grupos etnográficos permitem-nos sempre o contacto com as nossas memórias, a nossa riqueza cultural e a nossa identidade histórica.

 

 

Pelo palco passou também o Grupo Coral Al-Madam, que desconheço se têm elementos da nossa região. Não me espantava nada!...

 

 

E para finalizar, chegou a vez do Grupo Etnográfico Raízes de Sobral Gordo, que nos trouxe as música e danças da Serra do Açor e o nosso fado serrano, que põe toda a gente com vontade de dançar. O Grupo está cada vez com mais energia, a que não é alheia a grande participação da juventude sobralgordense, e aproveito para endereçar daqui um aplauso especial para eles, para os jovens que se dedicam de alma e coração a esta nobre causa em nome da nossa terra. Gosto de vos ver!

 

 

Dançando...

 

 

Dançando...

 

 

Cantando...

 

 

Tocando...

 

 

Tocando...

 

 

Saltando...

A pequena Elisabete salta à corda, enquanto os mais velhos dançam. cantam e tocam. Os mais pequenos vão demonstrando brincadeiras e jogos de antigamente, tudo ensaiado e executado com a mesma mestria dos adultos. 

 

 

 

O futuro está aqui, na juventude...

 

 

O Grupo Etnográfico Raízes de Sobral Gordo dedicou algumas interpretações a entidades e grupos presentes, e também me dedicou a mim, Rouxinol de Pomares, como já o tem feito anteriormente, o belo e característico tema "O Melro", com o seu som típico saído deste pequeno instrumento tocado pela Maria da Conceição.

 

 

Sente-se o carinho com que é tratada a Odete Francisco, que ontem vinda do Sobral Gordo do funeral do seu tio Albano, não deixou de honrar os compromissos com o grupo, mesmo numa hora de tristeza para o Sobral Gordo e em especial para a sua família. A Odete é uma mulher de coragem e o Sobral Gordo pode orgulhar-se de ter filhos assim.

 

 

O amigo José Oliveira e Odete Francisco.

 

 

Odete Francisco entrega em nome do Grupo Etnográfico Raízes de Sobral Gordo, uma lembrança pela sua participação e pelo convite neste espectáculo comemorativo dos 119 anos da Cooperativa Piedense. A sala onde decorreu o espectáculo, serviu durante algum tempo para os ensaios do Grupo Ráizes, pelo que estavam a actuar em casa. Gostei da iniciativa e foi com prazer que acompanhei as gentes da minha terra e do meu concelho na vida da terra que os acolheu.

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 22:46
link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito
Terça-feira, 1 de Março de 2011

8º Aniversário do Grupo Raízes de Sobral Gordo

 

O título do post também poderia ser, "o Melhor de Pomares na Cova da Piedade", já que para além do Grupo Etnográfico Raízes de Sobral Gordo, anfitrião e aniversariante, também esteve presente o Grupo de Danças e Cantares de Soito da Ruiva, e a novidade foi a Sociedade de Melhoramentos de Pomares ter tido a iniciativa de uma excursão para trazer à Cova da Piedade muitos Pomaresnses, que se juntaram a dar os parabéns ao Grupo Raízes do Sobral Gordo, numa manifestação de carinho e amizade como não há memória.

Como já nos habituaram, os sobralgordenses, e especialmente o Grupo Raízes, sabem receber e trabalham para isso, tendo proporcionado no Domingo uma bela matiné de um excelente espectáculo, onde não faltaram as danças e cantares da nossa freguesia da Serra do Açor, as danças e cantares de outra zona do país com o Rancho Vale Flores do Feijó e as danças de salão, executadas com a habitual elegância e "glamour", e ainda uma mostra de musica de cariz popular, interpretada pelo Grupo "Gaitadas" formado por elementos jovens do Grupo aniversariante. No final, um mega lanche que foi oferecido pelo grupo Raízes de Sobral Gordo a todos os presentes. Parabéns Sobral Gordo! Isto é o melhor de Pomares!

 

 

Se em cima, na primeira fotografia temos o Grupo Etnográfico Raízes de Sobral Gordo, nesta temos uma casa cheia para os ver actuar, e como sempre não desiludem. O Grupo Raízes de Sobral Gordo com a sua dinâmica e juventude só nos encanta, cada vez mais!

 

 

Uma outra perspectiva do salão da SFUAP na Cova da Piedade onde decorreram os festejos do 8º Aniversário do GERSG

 

 

Ainda outra perspectiva da assistência...

 

 

Muita gente em pé...

 

 

Em palco o grupo anfitrião, GERSG...

 

 

A juventude é uma imagem do grupo....

 

 

...e de gente bonita...

 

 

A líder do Grupo, Odete Francisco, não se cansa de realçar o contributo da juventude para o sucesso do grupo....

 

 

Um outro momento da actuação do Grupo...

 

 

A boa disposição da juventude, e bonita, está patente nos seus rostos...

 

 

E os momentos etnográficos trazem-nos à memória profissões praticamente desaparecidas, que em tempos foram o sustento de muitas famílias da nossa Beira. O Resineiro!

 

 

 

Depois da actuação do Grupo seguiram-se os parabéns, e coube à Glória Marques, destacada figura da direcção da Sociedade de Melhoramentos de Pomares, entregar uma lembrança para assinalar o momento.

 

   

 

Seguiram-se muitos amigos a manifestar a amizade para com o Grupo. Na foto, a Associação do Barril de Alva entrega a sua lembrança.

 

 

A importância da comunidade Pomarense é grande, e o Grupo Etnográfico Raízes de Sobral Gordo tem espalhado o nome de Pomares e do concelho de Arganil por onde passa, pelo que não é de estranhar a presença, embora por pouco tempo, do Sr. Presidente da Câmara Municipal de Argani,l acompanhado pela sua esposa. Ao mesmo tempo decorria na BTL (já aqui noticiada), uma mostra gastronómica da Beira-Serra, que obviamente contou também com a sua presença. 

 

 

 

O Grupo mantinha uma banca com produtos e alguma guloseimas com sabores da nossa terra para matar saudades...

 

 

Um aspecto geral da banca...

 

 

Não faltaram os famosos chinelinhos de pano, confortáveis e silenciosos, e por acaso reforcei o meu stock com mais um par....

 

 

Muitos Pomarenses presentes, e muitos com a respectiva máquina fotográfica, e disso é exemplo a Glória Marques Pereira, que depois de tirar uma fotografia aqui ao Rouxinol...

 

 

 

....se ri...como quem diz...já te apanhei!...

 

 

Que bom que é ver muitos Pomarenses! D. Isilda Dinis, a Presidente da Sociedade de Melhoramentos de Pomares.

 

 

O António Pereira, a esposa Glória, e ao lado a Teresa Mendes.

 

 

A Rosa, a Odete e a Idalina, minha mãe, que também marcou presença, ou não tivesse ela raízes no Sobral Gordo!

 

 

A D. Maria Augusta... 

 

 

Uma fila de cadeiras cheia de Pomarenses! Sr. António Campos, D. Hermínia, D. Alcina, esposa do Sr. António Campos, D. Maria da Glória, D. Alcina Basílio e D. Margarida Marques.

 

 

 

A família Dinis: Fernando, Armando e Armando Marques, este ultimo é o responsável da página Pomares.eu.

 

 

Outro pomarense de máquina na mão, para mais tarde recordar. O nosso amigo Carlos Basílio!

 

 

 

O nosso amigo Nuno e o filho João Pedro também não deixou de estar presente, com a esposa São, e dois filhos, um dos quais o Simão, bébé com pouco mais de três meses. Convenhamos que vir de excursão com ida e volta, com duas crianças desta idade não é tarefa fácil, e só por um grande sentido de amor à camisola (Pomares) é compreensível. A Sociedade de Melhoramentos de Pomares tem na sua direcção gente dedicada, comum a todo o movimento regionalista da nossa freguesia que é preciso cada vez mais unir. Esta iniciativa da excursão da SMP foi um passo importante. É preciso continuar.

 

   

 

António Francisco, Sobralgordense e pai da líder do Grupo aniversariante, não deixou de viajar do Sobral Gordo, Pomares, até á Cova da Piedade. Na foto acompanhado pelo Vitor Andrade de máquina fotográfica em acção, que é o responsável pelo blog da Barroja.

 

 

Armando Marques e Vitor Andrade, tal como eu, têm o gosto pela fotografia e mantêm duas páginas na web sobre a nossa terra, já referenciadas acima e lincadas. Basta clicar em cima da palavra sublinhada. 

 

 

Lurdes Martinho também esteve presente, e também mantem um blog sobre a nossa região, O Açor. Na foto fotografa uma peça de artesanato emoldurada.

 

 

Do Soito da Ruiva (Pomares) vestidos à "civil" o casal Susete e Luis Castanheira.

 

 

O espectáculo continuou com a actuação do Rancho Folclórico de Vale Flores...

 

 

Com as elegantes danças de salão...

 

 

...e com a actuação do Grupo de Danças e Cantares de Soito da Ruiva...

 

 

...que desfilam em direcção ao palco, trajando a rigor as roupas ancestrais da Serra do Açor que nos identificam como um povo e uma região que urge preservar e potenciar em termos turísticos, remando contra a desertificação...

 

 

Que nos mostram ofícios de antigamente. O sapateiro, do Soito da Ruiva, José Neves.

 

 

 

O Soito da Ruiva em palco...

 

 

 

O Soito da Ruiva dançando para uma plateia especial com muitos pomarenses de origem e muitos pomarenses residentes na grande cidade. Que emocionante...

 

 

 

Dois noivos lindos do Soito da Ruiva. Curiosamente, na vida real são pai e filha, Cristiana e Carlos Gracio. 

 

 

Como é tradição, festa serrana em que não se dance o fado serrano não é festa, e esta festa do Sobral Gordo não foi excepção, dançou-se o fado com os dois grupos da nossa terra e muita gente do publico. É uma bênção para os nossos olhos e ouvidos, ouvir e ver dançar o fado serrano.

 

  

 

Não se dançou só fado serrano, dançou-se ao som da...

 

 

...da Banda Musical "Gaitadas", formada por jovens com origem no Sobral Gordo. E tocam!...

 

 

Um mega lanche esperava por todos os presentes. É apanágio das gentes da Serra do Açor e da freguesia de Pomares, receberem bem e com simpatia. Mais palavras para quê!!!???

 

 

O mega bolo do 8º Aniversário do Grupo Etnográfico Raízes de Sobral Gordo. Excelente no sabor...ou não fosse uma actividade das nossas gentes a restauração e similares...

 

 

O mega lanche...e não comeram tudo...

 

 

Acabada a festa há que regressar a casa...a Pomares. Instalados no autocarro, os pomarenses vão felizes e deixaram muitos pomarenses a residir na capital felizes também. Parabéns SMP pela iniciativa, e parabéns a todos os que participaram nesta jornada. É um orgulho ser Pomarense!

 

 

 

Já noite, o autocarro fecha as portas e parte em direcção a Pomares. Boa viagem.

 

Parabéns Grupo Etnográfico Raízes de Sobral Gordo. Não posso ignorar as palavras da lider do grupo Odete Francisco que me foram dirigidas elogiando o meu trabalho na divulgação do Grupo e da nossa região.  Contem sempre comigo para vos acompanhar. Tudo farei para vos divulgar e aplaudir, assim com à Serra do Açor, à nossa terra e à nossa freguesia. Obrigados pela música que me dedicaram. Um abraço para todos. Viva o Sobral Gordo, Viva a freguesia de Pomares!  

 

  

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 13:07
link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito
Segunda-feira, 28 de Fevereiro de 2011

O 8º Aniversário do Grupo Raízes de Sobral Gordo

 

O 8º aniversário do Grupo Etnográfico Raízes de Sobral Gordo teve ontem o apogeu na SFUAP, na Cova da Piedade, onde desfilaram para além do próprio Grupo Raízes de Sobral Gordo, o Rancho Vale Flores e o Grupo de Danças e Cantares de Soito da Ruiva, bem como o grupo de Danças de Salão e a actuação da Banda Musical Gaitadas. E ainda muito calor humano, trazido de Pomares em forma de excursão, uma excelente iniciativa da Sociedade de Melhoramentos de Pomares. Ontem, na Cova da Piedade, respirava-se ar de Pomares e da Serra do Açor! Parabéns Sobral Gordo! Parabéns Pomares!

Mais logo, depois de preparar as restantes fotografias, publicarei um post mais detalhado sobre o evento. Volte a passar por aqui!

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 00:55
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Sexta-feira, 25 de Fevereiro de 2011

Domingo, todos à Cova da Piedade!

 

 

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 00:30
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Sexta-feira, 4 de Fevereiro de 2011

Excursão da SMP a Lisboa

 

Nos locais habituais cá da terra, com especial destaque para as arvores do Pontão, está já há alguns dias afixado o anuncio de uma excursão a Lisboa, de iniciativa da Sociedade de Melhoramentos de Pomares, e cujo motivo é assistir à Festa de Aniversário do Grupo Etnográfico Raízes de Sobral Gordo. Confesso que ao tomar conhecimento desta iniciativa me comovi, por achar oportuno este belo gesto de solidariedade regionalista, para com um grupo que nos merece todo o carinho e apoio como Pomarenses, e esta iniciativa da S.M.P., permite a oportunidade a muitos Pomarenses individualmente, e às colectividades em especial, com sede na nossa terra, incluindo o poder autárquico, de se associarem a esta iniciativa e virem dar um aplauso merecido ao Grupo Etnográfico Raízes de Sobral Gordo.

Se estás em Pomares inscreve-te na excursão!

Se estás em Lisboa, vai ter à SFUAP na Cova da Piedade, no dia 27 às 15:00 horas! Vem dar um abraço ao Grupo Etnográfico Raízes de Sobral Gordo! Vem dar um abraço a Pomares!

 

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 21:06
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Domingo, 14 de Novembro de 2010

A Música e a Dança da Nossa Terra em Almada

 

Ontem, no Laranjeiro e na Cova da Piedade, a música e a dança da Serra do Açor, Freguesia de Pomares, foi presença nos magustos que se realizaram por iniciativa do poder autárquico local. O Sobral Gordo marcou presença na freguesia do Laranjeiro, e o Soito da Ruiva na Cova da Piedade. Estes dois grupos são os verdadeiros embaixadores da nossa freguesia na Grande Lisboa, e é disso que tenho sido testemunha, quando me desloco à "outra banda" para os ouvir dançar e cantar. É com orgulho que registo o carinho com que a nossa comunidade é tratada na terra de acolhimento, e não poderei deixar passar em claro que esta nossa comunidade, alguns de segunda, terceira e quarta geração está integrada onde vive, e participa activamente nas iniciativas locais, mas não esquecem as suas raízes e a sua terra de origem. Aqui o coração fala mais alto e as castanhas tornam-se mais doces ao som das nossas tradições serranas.

São de facto as aldeias mais dinâmicas da freguesia de Pomares, e espero que este exemplo possa contagiar outras, tornando a nossa freguesia num exemplo ímpar do Alto Concelho de Arganil.

Deixo-vos algumas imagens que captei ontem, porque são mais fortes do que as  minhas palavras!

 

 

O Grupo Etnográfico Raízes de Sobral Gordo a actuar no Laranjeiro com a casa a abarrotar...

 

 

O Grupo a actuar,  e em palco também os artefactos e utensílios característicos da nossa terra...

 

 

Subiu ao palco o elemento mais novo do Grupo Etnográfico, o Miguel, com dois mesitos já marca presença...

 

 

 

E lá estava o berço do Miguel, tal qual o meu, que ainda conservo porque foi feito com a mestria dos canastreiros do Sobral Gordo de onde tenho também raízes, e ao vê-lo não pude evitar de me comover...

 

 

A dança...

 

 

Um momento etnográfico muito real que este Grupo nos traz ao palco...

 

 

Os noivos...

 

 

Os romeiros...e que bonitos que são...

 

 

E no final da actuação, as castanhas e o convívio...

 

 

 

Na Cova da Piedade lá estava o Grupo de Danças e Cantares de Soito da Ruiva, com a sua banca e os produtos da Serra do Açor, onde não faltaram os famosos coscoreis... 

 

 

Teresa Neves, a líder do Grupo, junto do Sr. Presidente da Junta da Cova da Piedade, sempre presente nestes eventos, explicando a origem e o significado das canções, das danças e dos trajes.

 

  

 

Desfilando...

 

 

...e dançando à roda da fogueira...

 

 

E mais uma vez, o sabor da nossa terra em forma de coscoreis, e os 20 kg de farinha que lhes deram forma, desapareceram num ápice compensando o esforço das suas obreiras que se levantaram de madrugada para a sua confecção.

 

 

 

Ao fim da tarde houve castanhas e porco no espeto para o povo presente...

 

 

 

E aqui está o dito a rodar no espeto...e podem crer que foi do melhor que já comi, não o digo por simpatia, mas por ser a verdade. Estava suculento, tenro e gostoso...assim está bem...Ó Sr. Presidente da Cova da Piedade, os meus parabéns...

 

 

Os dois Grupos da nossa freguesia têm em comum serem liderados por duas senhoras de bela presença e que fazem juz à beleza das  mulheres da Serra do Açor.

Em cima Odete Francisco, a líder do Grupo Etnográfico Raízes de Sobral Gordo, e em baixo, Teresa Neves, a líder do Grupo de Danças e Cantares de Soito da Ruiva.

 

 

 

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 23:17
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
Domingo, 12 de Setembro de 2010

Soito da Ruiva na Cova da Piedade

 

Ontem, o Grupo de Danças e Cantares de Soito da Ruiva, actuou a convite da JF da Cova da Piedade nas Festas da Nª Senhora da Cova da Piedade. A actuação foi pelas seis da tarde no jardim, local central daquela localidade, junto ao coreto, e onde alguns naturais de Pomares e do Barril de Alva, que reconheci, assistiram à actuação. A Cova da Piedade, foi terra de acolhimento de muitas gerações de Pomarenses e de muitos naturais do concelho de Arganil. Aqui respiram-se os ventos da Serra do Açor...

Presentes estiveram também os elementos do grupo Comtradições que actuaram a seguir ao GDCSR. Presente esteve gente amiga que provou os coscoreis do Soito da Ruiva e que os esgotou num abrir e fechar de olhos. Doze quilos de farinha transformada em coscoreis que desapareceram num ápice...

Vamos às imagens...

 

 

O inicio da actuação...

 

 

Tudo a postos nas vozes... e com boa disposição...  (a foto foi obtida de longe!)

 

 

A concentração na dança...

 

 

O rigor do traje...

 

 

A boa disposição...

 

 

O par e uma dança que se avizinha...

 

 

O sucesso dos coscoreis do Soito da Ruiva não conhece fronteiras...

 

 

Muito antes de acabar a actuação, acabaram os coscoreis...e mais houvessem!...

 

 

Elementos do grupo Comtradições aplaudem e incentivam os amigos de Soito da Ruiva...

 

 

O PJ de Freguesia da Cova da Piedade, Ricardo Jorge Louçã, agradecendo a actuação do GDCSR...

 

 

Gente amiga...na foto, de máquina fotográfica em posição, o José Figueira, um amigo de Soito da Ruiva...

 

 

Ao cair da noite, a actuação do grupo Comtradições. Música tradicional portuguesa, tocada e cantada de forma soberba, mas descontraída. Este grupo merece ser convidado para as festas da nossa região, das nossas aldeias e vilas, pela qualidade que tem.

 

 

 

A sonoridade do cavaquinho...

 

 

A viola e uma jovem voz excelente...

 

 

Já noite, a Igreja iluminada a preceito de festa...

 

 

Noite dentro e muita gente na rua, que o tempo ameno convidava...e o espectáculo continuava...

 

 

E eu registava esta foto e rumava até ao outro lado, Sintra!

 

 

Nestes locais, como em tantos outros, há quase sempre uma figura castiça, que se evidencia pela diferença, muitas vezes pautada por carências de vária ordem. Este, que desconheço o nome e que dizem ser deste lado, de Sintra, que vai diariamente até à Cova da Piedade, ontem foi feliz por alguns momentos. Dançou e pulou ao som do fado serrano, do nosso, do Soito da Ruiva, da nossa Serra do Açor...a vida tem destas coisas...

 

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 23:54
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito

Andei por Aqui! Chaves! (2)

 

Chamou-me a atenção o título sugestivo desta loja de comercio tradicional que continua com tendência a desaparecer das grandes cidades em que é substituído pelas prateleiras das grandes superfícies com produtos industriais e uniformizados. Valha-nos ainda alguns resistentes que se encontram especialmente nas cidades de província e do interior. Esta é em Chaves.

 

( Tenho ainda algumas fotos de Trás-os-Montes para vos mostrar, mas não me foi possível, conforme disse no post anterior, devido ao meu computador estar a ficar cansado...Fiz-lhe uma "limpezazita" e aliviei-o de alguns programas menos utilizados, compactei algumas coisas...enfim, passos normais nestas coisas da informática...ficou com menos febre, mas ainda está longe dos seus momentos de "lucidez"...voltarei às fotos amanhã ou depois. Hoje irei postar sobre o que assisti ontem nas festas da Cova da Piedade, onde o Grupo de Danças e Cantares de Soito da Ruiva actuou, bem como os amigos do grupo Comtradições. Cova da Piedade é terra de acolhimento de muitos Pomarenses, por isso hoje, volto às origens...)

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 17:31
link do post | comentar | favorito

.Eu


. ver perfil

. seguir perfil

. 36 seguidores

.pesquisar

.Maio 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. IX Encontro de Folclore R...

. 13º Aniversário do Grupo ...

. 13º Aniversário do Grupo ...

. V Encontro de Folclore do...

. V Encontro de Folclore do...

. Voltei...

. 12º Aniv. Raízes de Sobra...

.arquivos

.tags

. todas as tags

.links

.Visitas

conter12

.últ. comentários

Que pena pintarem as casas de branco!Eram tão lind...
Adorei o teu comentário! Não tenho mais palavras! ...
Não é preciso dizer mais nada... como sempre o ami...
Foi com gosto que apreciei esta festa de Carnaval...
Não lhe sei responder...Sei que têm vendido alguma...
A Quinta da Marqueza encontra-se para venda ?
Que catastrófe as imagens dão arrepios.bjshttp//bl...
Impressionante! Ainda bem que nada lhes aconteceu.
Parabéns à Junta de Freguesia de Pomares, por as m...
A familia de minha Mãe de apelido Silva Campos é d...

.AVISO

Para evitar a calúnia e a difamação gratuíta, os comentários são moderados pelo autor do blog. Todos os comentários serão publicados, mas se estiver a pensar insultar ou difamar pessoas ou grupos, e de forma geral prejudicar a utilização leal deste espaço não se dê ao trabalho. Os comentários não serão publicados.