Terça-feira, 21 de Abril de 2009

Pomares ( da zona balnear)


Se a qualidade da água se mantiver, e tem todas as condições para isso, dada a ausência de industrias ou outras fontes poluidoras na zona e especialmente a montante da nossa Ribeira de Pomares, constitui um forte argumento e uma mais valia bastante favorável à nossa terra, face à qualidade da água das praias fluviais vizinhas.  Para uma época balnear que se aproxima, a água é o bem mais precioso. E Pomares tem uma boa água. Para tomar banho e para beber, perto uma da outra.  

 

PS: Passe o rato por cima da foto e agite...

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 00:35
link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito
Terça-feira, 10 de Março de 2009

Barroca do Soito Cabido (Pomares)

 

Esta é a zona da praia fluvial de Pomares e é pena que no verão a Barroca do Soito Cabido, normalmente seca, não tenha água para emprestar ao local este aspecto que agora tem. 

Uma queda de água tem sempre o seu encanto!

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 00:33
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Quarta-feira, 18 de Fevereiro de 2009

Pomares...o Lado Pitoresco (2)

 

 

O Parque de Merendas no Inverno.

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 00:13
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Segunda-feira, 29 de Setembro de 2008

Retrospectiva molhada

 

 

Voltando ainda ao tema do verão, da época balnear e da praia fluvial de Pomares, e tomando como referência algumas opiniões expressas em comentários, trouxe-me à memória alguns anos anteriores em que se verificaram alterações climatéricas subitas,  que conduziram a grandes cheias. A primeira foto retrata uma situação em 2006. No ano passado também em Junho se verificou uma situação identica mas menos violenta. Felizmente este ano de 2008 foi um ano sem nenhuma ocorrência deste género. Deixo aqui uma série de imagens, algumas já antigas, para testemunho, de que é uma zona de leito de cheia e todo e qualquer investimento aí feito tem que ter em linha de conta este tipo de fenomenos. Toda a zona onde hoje é o bar e parque de campismo se encontram inundados. Contrariamente a algumas vozes que consideram que já está tudo feito  na zona da praia fluvial, eu sou daqueles que entende que há muito mais a fazer e que pode ainda ser melhorado todo aquele espaço e também sou daqueles que entende que o dinheiro aí aplicado não é mal gasto. Pode é ser mal aplicado. 

 

 

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 00:35
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Segunda-feira, 22 de Setembro de 2008

AVÔ também tem praia fluvial

 

Falou-se na praia fluvial de Pomares, bastantes vezes, na atribuição da bandeira de acessibilidade, do que melhor tem Pomares.  O Melhor de Pomares, como título do "post". Nem sequer há dúvidas!

 

No entanto, recuando uns anos e quando Pomares não tinha infra-estrutura alguma que permitisse ir a banhos, a rapaziada rumava até Avô. Como sou dessa geração, não poderia deixar de lhe fazer uma referência, justíssima até, porque a sua praia fluvial dispõe de um espaço amplo, simpático e bem conseguido, desde a zona da praia propriamente dita até à zona do bar e respectiva explanada. Tem uma piscina infantil, alimentada com água do rio, zonas de relva, equipamento para piqueniques, balneários e zonas pedonais.  A parte relvada está bem enquadrada e nota-se a preferência por este espaço pelos veraneantes para se esticarem um pouco ao sol. Apenas uma nota, e a talhe de foice: é um espaço relvado deste género que é necessário conquistar para a praia fluvial de Pomares!

Paisagisticamente este local de Avô é uma referência e a ilha do Picoto tem melhorado com as intervenções que lhe tem sido feitas ao longo destes últimos anos, pelo menos para quem a visita. Um abraço para Avô.

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 02:44
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Domingo, 17 de Agosto de 2008

Instantâneos VIII

 

Ontem a chuva afastou os veraneantes e a diferença de um dia para o outro notou-se pela ausência da azafama que se tem sentido aqui na Praia Fluvial.

 

Mas mesmo com chuva há sempre alguém que resiste! Como em tudo na vida!

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 01:25
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
Domingo, 13 de Julho de 2008

Uma entrada Kitsch

 

Entrou o verão e lá se acabou com o amontoado dos restos da construção, da palete, do balde, do lixo. A parte relvada e até por ser verde é bonita de se ver e obviamente que está melhor do que anteriormente.

 

Não deixa no entanto de ser um arranjo kitsch.

 

-Pronto, dirão alguns!

-Lá está o Rouxinol a dizer mal. Não digo mal só por dizer mal, não sou do "contra", sou a favor de... 

 

Vejamos:

O novo espaço, agora relvado, é uma construção oposta à parte de cima, sem qualquer coerência com a parte inicial que também foi alvo de requalificação, ainda não há muito tempo.

O relvado contrasta com o empedrado, o gradeamento rústico contrasta com o monumento, de estilo moderno e vanguardista, e os bancos em ferro e ripas de madeira polida, contrastam com os bancos rústicos da parte relvada. Tudo isto é feito de materiais que não se ajustam ao uso quotidiano e que não se enquadram na paisagem envolvente. É uma construção sem sentido. Não causará um choque de sensibilidade, mas estamos perante o principio de acumulação. É simplesmente um cenário.

 

Pessoalmente eu até gosto deste estilo rústico. Não aqui. Se estivesse no Fontanheiro, ou na zona da praia fluvial, batia palmas.

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 02:05
link do post | comentar | ver comentários (76) | favorito
Quarta-feira, 27 de Fevereiro de 2008

E CHUVA?

 

É sabido que no verão e nas férias quando apetece dar um mergulho na praia fluvial de Pomares, ninguém gosta de chuva, mas a continuar assim, sem chover o que é habitual para a época, estará em risco um ano para que o local de diversão de veraneio cá da terra tenha água em abundância e qualidade. 

 

De facto, o ciclo hidrológico está alterado e disso têm dado eco as televisões e os jornais, a falta de chuva na época própria é a principal evidência do aquecimento global. Maiores períodos de seca e inundações avizinham-se mais frequentes, e o nosso ecossistema começa a alterar-se e os nossos recursos biológicos também, alterando de forma irreversível a nossa vivência, económica e social.

 

Manter a ribeira, os ribeiros e linhas de água limpas e os leitos de cheia sem obstruções, são prioridades a ter em conta.

 

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 00:04
link do post | comentar | favorito
Sábado, 10 de Novembro de 2007

Um trecho do vale de Pomares visto da piscina

 

Eu hoje vou "postar" mais esta fotografia, até para compensar alguns dias em  que não me será possível colocar qualquer post,  e, poderá acontecer já para a proxima semana, mas não irei sem avisar e sem deixar mais algumas imagens.

 

Esta é uma das paisagens que se oferece ao veraneante, do nosso bonito vale,quando toma banho na piscina/ praia fluvial.

 

 

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 15:20
link do post | comentar | favorito

.Eu


. ver perfil

. seguir perfil

. 36 seguidores

.pesquisar

.Maio 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Quando chega o Verão?

. Cores e Paisagens de Outo...

. Para quem quiser uma banh...

. Agosto está aí...

. Postais de Pomares V

. É Preciso...Publica-se!

. 31 Agosto

.arquivos

.tags

. todas as tags

.links

.últ. comentários

Será que já ninguém sabe a diferença entre diâmetr...
Comprei esta variedade nos Viveiros Valter.
Não deve ser fácil encontrar uma videira desta cas...
Ando à procura de um par de pés desta casta, mas n...
Também tenho uma de quando andava na v
Que pena pintarem as casas de branco!Eram tão lind...
Adorei o teu comentário! Não tenho mais palavras! ...
Não é preciso dizer mais nada... como sempre o ami...
Foi com gosto que apreciei esta festa de Carnaval...
Não lhe sei responder...Sei que têm vendido alguma...

.AVISO

Para evitar a calúnia e a difamação gratuíta, os comentários são moderados pelo autor do blog. Todos os comentários serão publicados, mas se estiver a pensar insultar ou difamar pessoas ou grupos, e de forma geral prejudicar a utilização leal deste espaço não se dê ao trabalho. Os comentários não serão publicados.