Sábado, 11 de Julho de 2015

Pela Feira das Freguesias de Arganil 2015 (1)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 I (4)

Faltava-me ainda publicar algumas das muitas fotografias que é costume eu fazer na Feira das Freguesias de Arganil, a festa de cariz popular que leva ao coração de Arganil uma boa parte dos seus munícipes durante os três dias de duração do evento, que contou este ano com a sua 10ª edição. No principio do mês de Junho Arganil fervilha com a Feira das Freguesias, uma festa feita exclusivamente com a prata da casa, e onde todas as freguesias se mobilizam para mostrar o que de melhor têm em matéria gastronómica e cultural. Apesar d'outras opiniões, esta é uma festa que considero a melhor festa dos arganilenses...  

Deixo-vos aqui mais de uma centena de fotografias, que poderiam ter um maior impacto se tivessem sido publicadas em tempo, e assumindo a "décalage", acho que não as devo guardar na gaveta...

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 I (3)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 I (1)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 I (5)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 I (6)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 I (7)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 I (8)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 I (9)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 I (10)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 I (11)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 I (12)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 I (13)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 I (14)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 I (15)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 I (16)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 I (17)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 I (18)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 I (19)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 I (20)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 I (21)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 I (22)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 I (23)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 I (24)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 I (25)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 I (26)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 I (27)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 I (28)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 I (29)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 I (30)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 I (31)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 I (32)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 I (33)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 I (34)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 I (35)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 II (1)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 II (2)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 II (3)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 II (4)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 II (5)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 II (6)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 II (7)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 II (8)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 II (9)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 II (10)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (1)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (2)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (3)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (4)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (5)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (6)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (7)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (8)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (9)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (10)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (11)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (11a)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (11b)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (12)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (13)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (14)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (15)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (16)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (17)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (18)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (19)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (20)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (20a)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (20b)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (20c)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (20d)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (20e)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (21)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (22)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (23)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (24)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (25)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (26)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (27)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (28)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (29)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (30)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (31)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (32)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (33)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (34)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (35)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (36)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (37)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (38)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (39)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (40)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (41)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (42)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (43)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (44)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (45)

 

 

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (46)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (47)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (48)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (49)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (50)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (51)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (52)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (53)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (54)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (55)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (56)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (57)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (58)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (59)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (60)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (61)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (62)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (63)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (64)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (65)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (66)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (67)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (68)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (69)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (70)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (71)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (72)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (73)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (74)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (75)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (76)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (77)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (78)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (79)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (80)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (81)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (82)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (83)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (84)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (85)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (86)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (87)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (88)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (89)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (90)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (91)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (92)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (93)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (94)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (95)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (96)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (97)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (98)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (99)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (100)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (101)

Pela Feira das Freguesias Arganil 2015 III (102)

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 23:13
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Terça-feira, 16 de Junho de 2015

X Feira das Freguesias de Arganil (O Dia de Pomares)

X Feira das Freguesias  (001)

Domingo, o ultimo dia da X Feira das Freguesias, pode ser considerado o dia de Pomares, quer pela actuação dos três grupos da terra, quer pela concentração de pomarenses e amigos, que se deslocaram ao centro da vila de Arganil em solidariedade com as nossas organizações e com a sua tasquinha em representação da Freguesia de Pomares, que é já uma referência neste certame, a que dá vida durante três dias a Arganil.

X Feira das Freguesias  (002)

A tasquinha de Pomares sempre em grande e agitado movimento...

X Feira das Freguesias  (003)

Na banca, a mais recheada e única da feira, os produtos caseiros e artesanato vão atraindo quem passa, e é gerida por diligentes senhoras que vão angariando algumas mais valias que serão aplicadas em obras colectivas de uma pequena aldeia de Soito da Ruiva, a aldeia que nos representa na Feira, e uma das mais dinâmicas da nossa Freguesia de Pomares, que é composta por 13 aldeias espalhadas pela Serra do Açor, ligadas por estradas serpenteadas  num equilíbrio que faz vertigens a muitos que não estejam habituados a percorrer os caminhos serranos que moldaram o nosso carácter solidário e amigo.

X Feira das Freguesias  (003a)

É estimulante ver o enorme número de pessoas que visitam "a tasquinha" de Pomares

X Feira das Freguesias  (005)

Os coscoreis confeccionados ao vivo, são uma delicia a que poucos resistem...

X Feira das Freguesias  (004)

A tasquinha à hora das refeições...é um corrupio de colaboradores em movimento acelerado...

X Feira das Freguesias  (006)

De Lisboa vem sempre mais do que uma excursão...de amigos e pomarenses...

X Feira das Freguesias  (007)

Que dão vida a um grande almoço...

X Feira das Freguesias  (008)

De Almada, do Ribatejo, e até do Porto, são muitos os amigos que visitam e colaboram com o Soito da Ruiva. Na foto com o Carlos Grácio, os amigos de Riachos, Teresa e António José, que ajudam ano após ano nas lides culinárias neste dia de grande concentração de pomarenses e amigos.

X Feira das Freguesias  (009)

E depois de servirem à mesa, de confeccionarem coscoreis, de cortarem presunto, de darem de comer a tanta gente...transformam-se e dão vida ao Grupo de Danças e Cantares de Soito da Ruiva... 

X Feira das Freguesias  (0010)

António Simões, um incansável e dedicado soitodaruivense.

X Feira das Freguesias  (0011)

O Grupo em palco, na Fonte de Amandos...

X Feira das Freguesias  (0012)

E a cantata...

X Feira das Freguesias  (0013)

A saída de palco com a "guarda de honra" pelo outro grupo da nossa terra, o Grupo Etnográfico Raízes de Sobral Gordo. São excelentes e mostram bem que a nossa Freguesia é composta de gente amiga e solidária.

X Feira das Freguesias  (0014)

Enquanto um dos nossos grupos saía de palco e o outro aguardava a sua entrada no palco principal da Praça Simões Dias, actuava outro dos grupos da nossa região, o Rancho Folclórico Ribeiras de Celavisa, grupo residente da Casa da Comarca de Arganil, um dos parceiros deste certame, que tem dado vida e animação a Arganil todos os anos no inicio de Junho.

X Feira das Freguesias  (0015)

O "fado" que apela à dança e à participação do público presente...

X Feira das Freguesias  (0015a)

O Rancho Folclórico Ribeiras de Celavisa

X Feira das Freguesias  (0016)

De volta ao palco da Fonte de Amandos para ver o Grupo Etnográfico Raízes de Sobral Gordo, o outro grupo da nossa freguesia, que veio directamente de Almada para a X Feira das Freguesias.

X Feira das Freguesias  (0017)

Alinhados e prontos a desfilar rumo ao palco...

X Feira das Freguesias  (0018)

A atravessar a Praça Simões Dias...

X Feira das Freguesias  (0019)

Muito público a assistir...

X Feira das Freguesias  (0020)

E há sempre o momento da participação do público e de gente bonita da nossa terra.

X Feira das Freguesias  (0021)

E o palco da Praça Simões Dias estava reservado para receber a Filarmónica de Pomares, uma banda renovada, que encantou quem a ouviu...

X Feira das Freguesias  (0022)

Um excelente concerto...

X Feira das Freguesias  (0023)

A juventude, uma mais valia e o futuro da Filarmónica...

X Feira das Freguesias  (0024)

Mais uma fotografia de filarmónicos de Pomares.

X Feira das Freguesias  (0025)

A Feira das Freguesias é uma animação constante, com gente bem disposta e alegre, que de "azedos, carrancudos, crispados e mal humorados" está o mundo cheio...

Pequeno excerto do concerto da Filarmónica de Pomares na X Feira das Freguesias. 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 23:59
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Quarta-feira, 27 de Maio de 2015

V Encontro de Folclore do GDC Soito da Ruiva (3)

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 23:50
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

V Encontro de Folclore do GDC Soito da Ruiva (2)

 

 

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 22:52
link do post | comentar | favorito
Domingo, 15 de Março de 2015

Baile da Pinha - 2015 - Soito da Ruiva

 

Baile da Pinha -2015 - Soito da Ruiva (001)

É com esta imagem dos Reis do Baile da Pinha do ano passado (em que não estive presente, mas tive pena), Carlos e Dina, que inicio este "post" dedicado à iniciativa que já vai sendo um clássico de sucesso que a comunidade soitodaruivense, através do Grupo de Danças e Cantares de Soito da Ruiva, leva a efeito nas instalações do clube Desportivo e Recreativo da Ramalha, em Almada, cidade que alberga grande parte da nossa comunidade residente na Grande Lisboa.
O Soito da Ruiva, a par do Sobral Gordo, são exemplos da dinâmica do movimento regionalista, que longe das suas terras vai criando iniciativas por forma a angariar fundos, que serão investidos em melhoramentos das suas aldeias natais, alcandoradas em vertentes da bela Serra do Açor que todos amam e não esquecem, apesar da distância em que labutam no seu dia a dia. É por este nobre motivo, que não me cansarei de enaltecer e divulgar pelos meios de que disponho, esta valente e laboriosa gente da Freguesia de Pomares, e deste movimento único das nossas terras da Beira Serra. É um orgulho ser serrano e beirão.  

Posto isto, vamos lá ao assunto...

Baile da Pinha -2015 - Soito da Ruiva (002)

Como já é habitual, o Baile da Pinha é animado pela acordeonista Paula Marques, que é uma excelente "entreteiner" pondo toda a gente animada e a dançar. 

Baile da Pinha -2015 - Soito da Ruiva (003)

A Pinha, uma estrutura com alguma complexidade, de onde vão sendo arrancadas as fitas, e que só uma a irá abrir, de cujo interior sairá o prémio para o feliz par contemplado, que serão também os Reis do Baile da Pinha 2015.

Baile da Pinha -2015 - Soito da Ruiva (004)

Antes e durante o Baile, temos sempre a oportunidade de aconchegar o estômago com muitas coisinhas boas, confeccionadas pelas mãos desta gente que guarda os saberes e sabores dos nossos antepassados.

Baile da Pinha -2015 - Soito da Ruiva (006)

E lá estavam os famosos e premiados coscoreis, a broa, a tigelada, etc, etc...

Baile da Pinha -2015 - Soito da Ruiva (005)

E a tradicional banca com os simpáticos "serranos", o mel, o queijo, digestivos, etc, etc...

Baile da Pinha -2015 - Soito da Ruiva (006a)

O staff por detrás do balcão, está sempre bem disposto e alegre...

Baile da Pinha -2015 - Soito da Ruiva (007)

E como sempre, apesar das dificuldades de ordem familiar que de momento atravessam, o Vitor e a Céu não deixaram de estar presentes, apesar de terem permanecido pouco tempo, porque a vida assim o exige.

Baile da Pinha -2015 - Soito da Ruiva (008)

A Odete Francisco do Sobral Gordo e líder do Grupo Etnográfico Raízes de Sobral Gordo, com o marido Carlos, também são presença habitual em todas as iniciativas do Soito da Ruiva e de outras iniciativas do movimento regionalista da freguesia de Pomares.

Baile da Pinha -2015 - Soito da Ruiva (0011)

Muito deste trabalho tem por trás o esforço deste dedicado soitodaruivense, António Neves...

Baile da Pinha -2015 - Soito da Ruiva (0012)

Que juntamente com o José Niz, têm feito uma parceria de sucesso, que tem dado frutos no desenvolvimento de uma pequena aldeia que deixou de estar escondida entre as brumas da Serra do Açor...

Baile da Pinha -2015 - Soito da Ruiva (0010)

Mas para além do trabalho que é exigido nestes eventos, também há sempre boa disposição...

Baile da Pinha -2015 - Soito da Ruiva (0013)

É só ver a Ana Santos...

Baile da Pinha -2015 - Soito da Ruiva (009)

Mário Neves e António Castanheira

Baile da Pinha -2015 - Soito da Ruiva (0015)

Dina e Carlos Correia

Baile da Pinha -2015 - Soito da Ruiva (0014)

Uma foto de grupo

Baile da Pinha -2015 - Soito da Ruiva (0016)

Aos comandos da direcção do Grupo de Danças, da Comissão de Melhoramentos do Soito da Ruiva, e principal responsável de todos os eventos, Teresa Neves...

Baile da Pinha -2015 - Soito da Ruiva (0017)

Uma bandeira que é um exemplo de organização e união, e o Soito da Ruiva tem levado à letra a sua bandeira, "União é Força" e isso tem feito a diferença no progresso e na obra que têm erguido na aldeia de origem.

Baile da Pinha -2015 - Soito da Ruiva (0020b)

E o baile continua...

Baile da Pinha -2015 - Soito da Ruiva (0019)

As fitas vão sendo puxadas...

Baile da Pinha -2015 - Soito da Ruiva (0018)

Umas atrás das outras, na esperança de se chegar à final e abrir a "Pinha"...

Baile da Pinha -2015 - Soito da Ruiva (0020)

Mariana e o pai António Simões, também tentaram a sorte...

Baile da Pinha -2015 - Soito da Ruiva (0023)

Adelina Niz, tenta a sorte com o neto...

Baile da Pinha -2015 - Soito da Ruiva (0020a)

E o baile continua...

Baile da Pinha -2015 - Soito da Ruiva (0021)

Fernanda e Vitor, do Grupo de Danças e Cantares de Soito da Ruiva, e oriundos da aldeia de Vale do Torno.

Baile da Pinha -2015 - Soito da Ruiva (0022)

Gisela e Nelson, de Soito da Ruiva

Baile da Pinha -2015 - Soito da Ruiva (0024)

E chegou o momento da coroação dos novos Reis do Baile da Pinha de 2015, tarefa que coube aos Reis do ano anterior...

Baile da Pinha -2015 - Soito da Ruiva (0025)

Os novos Reis do Baile da Pinha, Ana e Luis Santos.

Baile da Pinha -2015 - Soito da Ruiva (0026)

Ana e Luis

Baile da Pinha -2015 - Soito da Ruiva (0027)

Mas este ano, não haverá apenas um reinado, Pimentinha e Ana também são Reis do Baile da Pinha. Quando há duas fitas premiadas...

Baile da Pinha -2015 - Soito da Ruiva (0028)

E para o ano um destes pares abrirá o Baile da Pinha...

 

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 23:25
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 9 de Fevereiro de 2015

Soito da Ruiva em Corroios - Seixal

Soito da Ruiva em Corroios Seixal (001)

Mais uma vez me desloquei à "Outra Banda", para acompanhar a nossa comunidade do Soito da Ruiva, que participou no VIII Encontro Saberes e Sabores que decorreu este fim de semana no Pavilhão Municipal do Alto do Moinho, em Corroios, no Municipio do Seixal, e é um apontamento dessa visita que vos quero aqui deixar...

Soito da Ruiva em Corroios Seixal (002)

Como sempre, o Soito da Ruiva mantem muito bem apetrechada a sua "barraquinha", com alguns produtos da nossa Serra do Açor, onde não podiam faltar a broa de milho e os famosos e premiados coscoreis (filhoses).

Soito da Ruiva em Corroios Seixal (003)

Os queijos do amigo Michael (Quinta do Ribeiro - Sarzedo - Arganil) sempre presentes.

Soito da Ruiva em Corroios Seixal (004)

A broa e os coscoreis.

Soito da Ruiva em Corroios Seixal (005)

Os bolinhos, as chouriças, o pão com chouriço e as pataniscas...

Soito da Ruiva em Corroios Seixal (006)

E...la crème de la crème...o mais famoso doce da nossa região, a tigelada...

Soito da Ruiva em Corroios Seixal (007)

Tudo isto a cargo da atenta e meticulosa Anita, que no seu posto, e "fardada" a rigor, honra a nossa cultura beirã e serrana em terras da Grande Lisboa.

Soito da Ruiva em Corroios Seixal (008)

O Grupo de Danças e Cantares de Soito da Ruiva actuou na sexta feira, e por desconhecer o programa não tive a oportunidade de assistir. Por isso mesmo não tenho imagens,  mas no sábado, à hora que estive neste grande Pavilhão Municipal, tive o privilégio de ver uma actuação de um grupo folclórico proveniente de Paris, composto na sua maioria por gente jovem, caras bonitas e elegantemente vestidos. La Bourrée de Paris, é o seu nome.

Soito da Ruiva em Corroios Seixal (009)

Soito da Ruiva em Corroios Seixal (0010)

Soito da Ruiva em Corroios Seixal (10)

Soito da Ruiva em Corroios Seixal (0011)

Soito da Ruiva em Corroios Seixal (0012)

Soito da Ruiva em Corroios Seixal (0013)

Soito da Ruiva em Corroios Seixal (0014)

Soito da Ruiva em Corroios Seixal (0015)

Soito da Ruiva em Corroios Seixal (0016)

Soito da Ruiva em Corroios Seixal (0017)

Soito da Ruiva em Corroios Seixal (0018)

Soito da Ruiva em Corroios Seixal (0019)

 

sinto-me: serrano
publicado por rouxinoldepomares às 19:40
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 3 de Novembro de 2014

Almoço de Aniversário da C.M.Soito da Ruiva

Almoço 61 Aniversário  CMSR (001)

Mais uma vez a comunidade do Soito da Ruiva, que vive na sua maioria na Margem Sul, comemorou o seu 61º Aniversário da sua Comissão de Melhoramentos com um almoço na Messe de sargentos e oficiais da Base Naval de Lisboa, no Alfeite. Para quem não está familiarizado com o trabalho desenvolvido pelas Comissões de Melhoramentos, nem com o que representam, direi apenas que este movimento é o principal responsável pelo desenvolvimento das pequenas aldeias, muitas delas alcandoradas nas abruptas vertentes da Serra do Açor, e que desde os anos 40 do século passado lutam ainda para que o efeito do despovoamento não seja o fim e o abandono de terras onde muitos viram pela primeira vez a luz do dia. A Comissão de Melhoramentos de Soito da Ruiva criou as condições para que, nos últimos anos, seja uma referência no panorama do movimento regionalista na freguesia e na região, onde o movimento nasceu com a criação da Sociedade de Melhoramentos da Freguesia de Pomares, a associação de desenvolvimento regional mais velha do nosso país, porque este movimento é único, especialmente activo nos concelhos de Arganil, Góis e Pampilhosa da Serra, e é ainda hoje o principal responsável por tudo o que acontece de bom nas aldeias de origem. E porque essas aldeias estão no coração dos descendentes dos fundadores destes movimentos, e porque as origens são a referência destas gentes serranas, que, integrados e estimados nas comunidades litorais onde residem, participam, trabalham e granjeiam muitos amigos e admiradores é pelo amor que têm ao seu torrão natal que aqui comemoram e festejam o seu aniversário. E como todos os aniversários se comemoram com o tradicional bolo, assim começo este post...

Almoço 61 Aniversário  CMSR (002)

E como não há aniversário sem almoço, cá estamos todos sentados ao lado daqueles que se entregam de alma e coração às suas origens.

Almoço 61 Aniversário  CMSR (002a)

Mas antes de almoço, numa cortesia já habitual da Marinha Portuguesa, houve a visita a um navio. É sempre fantástico ver um navio de guerra, e neste caso foi a vez de visitarmos o NRP Corte-Real, uma fragata moderna, cuja guarnição nos guiou nesta visita, e em que pude comprovar mais uma vez que os nossos marinheiros são simpáticos, afáveis, de uma competência e postura que nos orgulha como portugueses. Se fosse mais novo, até tinha a vontade de ser voluntário na Marinha Portuguesa...e como filho de militar e português, não posso deixar de ter orgulho nas nossas forças armadas, que tanto nos têm dado.

 

Almoço 61 Aniversário  CMSR (002b)

Ora, vamos lá à visita, e comecemos pela imponência dos navios e do cais de amarração.

Almoço 61 Aniversário  CMSR (003)

Em dois grupos...este é um deles...

Almoço 61 Aniversário  CMSR (004)

O espaço a bordo é calculado de acordo com a função do navio, e como devem calcular não é um navio de cruzeiro onde o espaço abunda. Os corredores são estreitos a as escadarias íngremes...

Almoço 61 Aniversário  CMSR (005)

Na ponte de comando, onde existe uma parafernália de instrumentos e botões, o leme, o piloto automático, os monitores de radar, os gps, comunicações e tudo para comandar e levar a bom porto esta Fragata da classe Vasco da Gama, e que tem cerca de 116 metros.

Almoço 61 Aniversário  CMSR (006)

Cá do alto, da ponte de comando, a vista condizente...

Almoço 61 Aniversário  CMSR (007)

Aqui, junto ao sistema de defesa anti-missil (CIWS Vulcan-Phalanx).
Mas um navio da categoria da Fragata Corte Real, está equipado com dois motores diesel e duas turbinas a gás que o propulsionam a 20 e a 32 nós. Tem ainda radares de curto e médio alcance, radar de controlo de tiro, radar de vigilância de longo alcance, sistema de guerra electrónica e sonares, além de peças de artilharia de 100 mm e 20 mm, dos mísseis Sparrow e harpoon e os respectivos torpedos que equipam um navio de guerra, e ainda dois helicópteros Lynx.

Almoço 61 Aniversário  CMSR (008)

Mas aqui, onde se pode desenvolver bastante actividade de defesa e ataque, também pode ser um belo local para se poder tirar uma bela fotografia...porque em período de paz tudo é possível!!!

Almoço 61 Aniversário  CMSR (009)

Um navio de guerra é de facto complexo e imponente.

Almoço 61 Aniversário  CMSR (010)

É um privilégio podermos visitar, só para nós, estas maravilhas flutuantes...
Saúdo o Comandante, o seu corpo de oficiais, sargentos e praças, e deixo-lhe aqui um agradecimento pela forma como fomos recebidos, desejando-lhe as maiores felicidades para si e para a sua tripulação nas missões que lhe forem atribuídas. Que tenham sempre um porto seguro!!!

Almoço 61 Aniversário  CMSR (011)

Terminada a visita, o rumo é o almoço, logo ali, bem perto, na messe dos sargentos e oficiais do Alfeite.  

Almoço 61 Aniversário  CMSR (012)

Então vamos lá ao almoço, que a sala já está cheia...

Almoço 61 Aniversário  CMSR (013)

Antes da amesendação, (ai como eu gosto desta palavra!!!). E para quem não esteve lá, delicie-se com as imagens...

Almoço 61 Aniversário  CMSR (014)

Mas não julguem que foi só manducar! Também houve o momento dedicado à poesia e a nossa Serra, e o Soito da Ruiva foi a inspiração...

Almoço 61 Aniversário  CMSR (015)

E os doces? E as frutas?
Para quem não pôde comer, fique com as imagens...

Almoço 61 Aniversário  CMSR (016)

Almoço 61 Aniversário  CMSR (017)

Almoço 61 Aniversário  CMSR (018)

Almoço 61 Aniversário  CMSR (019)

Gostam?

Almoço 61 Aniversário  CMSR (020)

Poucos resistem a uma foto colorida!

Almoço 61 Aniversário  CMSR (021)

Tempo para se falar das nossas terras...e pôr a conversa em dia...

Almoço 61 Aniversário  CMSR (024)

Tempo da música...

Almoço 61 Aniversário  CMSR (025)

Tempo da dança...

Almoço 61 Aniversário  CMSR (023)

Tempo da foto de grupo, de gente bonita e amiga...

Almoço 61 Aniversário  CMSR (026)

Tempo de sorteio...

Almoço 61 Aniversário  CMSR (022)

Tempo de trabalho na banca...porque é preciso fazer pela vida da Comissão...

Almoço 61 Aniversário  CMSR (027)

E chegou o bolo... e os parabéns ao Soito da Ruiva...

Almoço 61 Aniversário  CMSR (028)

E o bolo sempre excelente...

Agora vamos lá ao vídeo que as imagens também têm som...

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 22:07
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 3 de Setembro de 2014

Soito da Ruiva, vista aérea

 

Um filme de Armando Marques que mostra a aldeia de Soito da Ruiva, freguesia de Pomares, vista do ar.

Ó Armando, o filme está brutal, as tuas mãos e o "drone" fizeram um excelente trabalho, filmando de ângulos que só um aparelho dessa natureza o conseguiria fazer. É bastante perceptível a profundidade das escarpas onde as nossas aldeias estão edificadas, e o Soito da Ruiva ficou registado desta forma como até aqui nunca ninguém o tinha visto. Excelente voo... 

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 09:44
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 14 de Agosto de 2014

A Voar com os Drones

 

Voltei hoje ao Soito da Ruiva, com o amigo Armando Marques, um amante da imagem e de objectos voadores, a que se convencionou chamar drones. A luz estava óptima, o vento ajudou, e as filmagens resultaram simplesmente "brutais", captadas de ângulos absolutamente proibidos a qualquer ser vivo, e só possíveis a estas incríveis máquinas que com a ajuda de experientes mãos e visão cirúrgica conseguiram ver o Soito da Ruiva numa perspectiva nunca antes vista. Estejam atentos ao canal do Youtube do Armando Marques.

 

Um aspecto da filmagem no caminho abrupto junto à Casa da Cultura (antiga Escola Primária), que a comunidade de Soito da Ruiva resgatou das cinzas.

 

 

O Drone fez sair de casa alguns residentes, cujo barulho se assemelha a um enxame de abelhas, disseram...
Umas palavrinhas com a Marisa e a mãe Natália.

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 23:50
link do post | comentar | favorito
Sábado, 26 de Julho de 2014

Festa de Soito da Ruiva 2014

 

Com um abraço ao Soito da Ruiva e desejo de umas boas festas e férias para todos.

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 22:45
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 17 de Junho de 2014

Grupo de Danças e Cantares de Soito da Ruiva na IX Feira das Freguesias de Arganil

 

Grupo de Danças e Cantares de Soito da Ruiva (Pomares).

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 08:44
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 16 de Junho de 2014

A Tasquinha de Pomares na IX Feira das Freguesias

 

 

Arganil, domingo, dia 8 de Junho à hora de almoço.

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 13:01
link do post | comentar | favorito

.Eu


. ver perfil

. seguir perfil

. 36 seguidores

.pesquisar

.Maio 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Soito da Ruiva celebra 65...

. Soito da Ruiva no HIPPOtr...

. Rock em Soito da Ruiva

. Almoço 63º Aniv. da Comis...

. Festas de Soito da Ruiva ...

. O Baile da Pinha do Soito...

. António Simões Chefe de E...

.arquivos

.tags

. todas as tags

.links

.últ. comentários

Que pena pintarem as casas de branco!Eram tão lind...
Adorei o teu comentário! Não tenho mais palavras! ...
Não é preciso dizer mais nada... como sempre o ami...
Foi com gosto que apreciei esta festa de Carnaval...
Não lhe sei responder...Sei que têm vendido alguma...
A Quinta da Marqueza encontra-se para venda ?
Que catastrófe as imagens dão arrepios.bjshttp//bl...
Impressionante! Ainda bem que nada lhes aconteceu.
Parabéns à Junta de Freguesia de Pomares, por as m...
A familia de minha Mãe de apelido Silva Campos é d...

.AVISO

Para evitar a calúnia e a difamação gratuíta, os comentários são moderados pelo autor do blog. Todos os comentários serão publicados, mas se estiver a pensar insultar ou difamar pessoas ou grupos, e de forma geral prejudicar a utilização leal deste espaço não se dê ao trabalho. Os comentários não serão publicados.