Quarta-feira, 3 de Abril de 2013

Visita Pascal em Tras-os-Montes (Fiolhoso)

 

À espera da visita pascal...

 

 

O ritual...

 

 

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 23:47
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 2 de Abril de 2013

Vilar de Maçada - Trás-os-Montes

 

Nunca lá tinha ido. Sempre ouvi falar em Vilar de Maçada, pelo menos há quase quatro décadas, até porque o pão que se comia em casa do meu sogro tinha aqui proveniência. Para mim, Vilar de Maçada era sinónimo de pão.
Nesta Pascoa chuvosa decidi dar lá um saltinho, e qual não é o meu espanto ao ver que Vilar de Maçada é uma terra grande. Pelo aspecto dos edifícios, alguns imponentes, pelas ruas e pelas pedras que testemunham a passagem de legiões romanas, ou talvez muitas almas desde a baixa idade média, pela extensão da povoação, que andará perto dos três kilometros, pela simpatia das pessoas que ultrapassam mais de um milhar e duas centenas, e ainda porque é terra de gente boa, gente transmontana, inteligente, gente importante. Por tudo isto, e ainda me resta realçar que ao chegar (vou sempre direito á igreja, que costuma ser o centro da urbe), apercebi-me de um funeral, e o Sr. Padre, ao passar ao longe por nós, não deixou de nos acenar, cumprimentando-nos...um gesto que por si só revela uma alma de um povo acolhedor e bom. Conversei com gente na Praça, fiquei a conhecer mais desta terra e desta gente, e prometi voltar...

 

 

 

 

 

 

 

 

Em tempos, Vilar de Maçada já foi sede de Concelho, e esta era a porta da prisão, e reza a lenda que quem tivesse ordem de prisão, se chegasse primeiro e tocasse no lagarto (campainha) da porta era libertado...

 

 

Casas que ostentam ainda o Brasão...

 

 

 

 

 

 

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 23:46
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 21 de Dezembro de 2012

Curiosidades da natureza...

Porque o Mundo é um planeta belo, a Terra, que nos suporta a vida, e que ao longo de milénios tem ultrapassado as mentes dos arautos da desgraça e dos deuses videntes que teimam em catastrofes e no aniquilamento da vida e da natureza...contudo, ela, a natureza, a cada instante e em qualquer lugar nos vai supreendendo...como aqui em Tras-os-Montes...

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 22:32
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 5 de Dezembro de 2012

Fiolhoso-Murça

 

Uma outra perspectiva da aldeia de Fiolhoso-Murça-Trás-os-Montes.

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 03:13
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Segunda-feira, 3 de Dezembro de 2012

Murça em finais de Novembro...

 

Como digo no cabeçalho d' O Rouxinol de Pomares: É um blog pessoal. Uma forma de ver a Freguesia de Pomares-Arganil, as redondezas e outros lugares. São exactamente estes, os outros lugares, que também me tocam o coração. Gosto de Murça, e sempre que vou até à aldeia do Fiolhoso, não posso deixar de ir várias vezes a Murça. Murça é uma terra bonita, de gente afável e conversadora, de gente como antigamente, simples e verdadeira. Obviamente que haverá mais lugares e gente assim por este Portugal fora, mas em Trás-os-Montes, as coisas simples, genuínas, puras, vêem ao nosso encontro e é muito agradável, faz-nos bem á alma e ajuda-nos a sentir bem, sentimo-nos em casa!

Tenho fotografado imensas vezes esta Praça com a famosa "porca", mas penso que a tenho fotografado mais do lado oposto...

 

 

Um close-up da famosa "Porca" de Murça...

 

 

A rua principal da vila, que em tempos foi estrada principal, hoje substituída por vias rodoviárias, entre elas a A4 que passa perto.

 

 

Outro clip da parte nobre da vila.

 

 

E onde se podem comprar produtos genuínos...ou simplesmente beber um café...

 

 

Parece-se mais como um posto avançado de turismo, tal é a informação que o proprietário, que já ultrapassou as 80 primaveras, nos debita e nos fornece os devidos suportes, antes de nos aconselhar a levar alguns dos produtos genuínos que por aqui se podem adquirir. Azeite de Murça, quiçá um dos melhores azeites do país, alheiras, enchidos, queijos, vinhos etc etc etc...e um pouco ao lado, o famoso Toucinho do Céu, feito ainda com os preceitos herdados do saber conventual, os biscoitos com aquele travozinho a aguardente, a bola de carne transmontana, as cavacas (diferentes das das caldas e de outras regiões do país) as queijadas, tudo á base de gila, ovos, amêndoa e muito saber... 

 

 

Murça é também uma lição de história...porque naquela estrada, bem conservada, a Legião Sétima de Galba por ali passou...

 

 

Murça, vista do Miradouro...

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 23:55
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Sábado, 1 de Dezembro de 2012

O Rouxinol na Terra Fria Transmontana

 

Desta vez levei o meu velho Patrol para ir a sitios inacessiveis a outras "criaturas" com rodas, porque estas paisagens abruptas fascinam-me! E de lá é até onde a vista alcança... É a Terra Fria Trasmontana, a Serra do Fiolhoso, Murça.

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 23:08
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 29 de Novembro de 2012

Terra Fria Transmontana

 

Este era o post que queria ter publicado ontem... mas...

Esta frase acima foi o que sobrou do que escrevi para o post de Quinta Feira, e escrevi-a numa varanda para ter acesso à rede de sinal fraco e pouco fiável, e debaixo de um frio que teimava em penetrar a minha carne até ao mais profundo osso, e digo-vos que a minha adiposidade é um "casaco" daqueles que está preparado para aguentar os rigores do Inverno. Aqui, no interior, no Portugal Profundo, no Portugal verdadeiro, no genuíno, onde em visita a um lugarejo desconhecido e em processo acelerado de desertificação há longos anos me oferecem a casa e comer, um gesto hospitaleiro, de coração aberto, que contrasta com o interesse das operadoras de telecomunicações ao serviço do grande capital, e que se estão "nas tintas" para as pessoas...o lucro desmedido é o seu deus e senhor...

Hoje é sábado, data em que pude terminar este post, e aquilo que agora escrevo já é diferente do que escrevi no post que ficou no etéreo...

Estes dias, como já perceberam, estive na Terra Fria Transmontana, onde o tempo é frio, agreste a paisagem, mas as pessoas são do melhor que conheço...

Porque não lhes posso oferecer muito mais, por estes dias publicarei "meia-duzia" de fotos de um pequeno passeio e de uma visita à família, embora já não me encontre nessa terra de encanto, que é Trás-os-Montes.    

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 15:09
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 16 de Outubro de 2012

Vila Flôr - Terra Quente Transmontana

 

Falemos de Vila Flôr, um pouco superficialmente até, porque confesso que é de passagem e de permanência de algumas horas que conheço esta Vila transmontana. Prometo que um dia destes percorro com a minha objectiva Vila Flôr, com tempo! Sei, como todos sabem, que esta é terra de azeite, da ovelha churra e do queijo terrincho. E obviamente que também tem bons vinhos. Há uns anos bebi um moscatel de Vila Flôr e fiquei agradavelmente satisfeito, porque em nada ficava a dever aos mais famosos, antes pelo contrário...mas quem sou eu...que apenas sou um mero consumidor ocasional...

Mas...e há sempre um mas...esta estátua de El Rei D. Dinis, e eu ali ao pé dele, dessa gigantesca estátua que é ainda pequena para descrever tão grande monarca, que o nosso reino teve aos seus destinos. Olhem bem para mim, tão pequeno ao pé de D. Dinis, um dos monarcas que mais admiro e quiçá um dos maiores reis que a nossa História conheceu, (contudo, na vida real eu teria mais dez centimentros que o grande monarca).  Foi El Rei D. Dinis provavelmente o primeiro monarca letrado, foi El Rei D. Dinis que com o tratado de Alcanises traçou as fronteiras actuais do nosso país, e foi ele que instituiu as bases para uma verdadeira Marinha Portuguesa ao serviço da Coroa, que nos viria a tornar anos mais tarde, na grande potencia marítima e económica do seculo XIV. A paz de cerca de 40 anos foi crucial para o crescimento e prosperidade do nosso país, por que foi também El Rei D. Dinis que ao preocupar-se com a administração do reino fundou as bases actuais do país Portugal.  Durante o seu reinado, Lisboa, que adoptou como capital do reino, foi um dois centros culturais europeus. Aqui ficam portanto umas simples palavras dedicadas a El Rei D. Dinis, um dos grandes deste berço Lusitano...

 

 

E se eu merecia uma foto ao pé do grande El Rei D. Dinis, a minha mulher, companheira destas andanças e transmontana, não podia deixar de ficar no "boneco"...

 

 

Uma das artérias principais...

 

 

Jardins e Praças bem cuidadas, comum a todos os municípios transmontanos que tenho visitado.

 

 

Mesmo no centro uma capela, imperdoável mas não sei a quem é dedicada...para a próxima vou ter isso em atenção...

 

 

Restaurante Tony Campos...entrei...atendimento simpático e conversa afável como é jeito em Trás-os-Montes. Curioso, que na parede há imensas fotografias de gente importante e colunável, que já por ali passou em amesendação...
Eu voltarei de certeza...

 

 

E porque não há bela sem senão...deixo aqui um recadinho ao responsável pelo Município...

Ora espere lá que eu estou a levantar-me para lhe mostrar...

 

 

Ó Sr. Presidente...mande lá "botar" a placa de sentido proibido noutro ângulo, mesmo que seja pintada no chão do asfalto, porque se El-Rei D. Dinis fosse vivo mandava-lhe uma espadeirada, tenho a certeza...que raio de coisa esta...

E já agora um abraço para o autarca que não conheço mas que tem a sua terra digna de se ver...

 

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 23:54
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Domingo, 14 de Outubro de 2012

Fiolhoso - Murça - Trás-os-Montes

 

 

 

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 22:08
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Sábado, 13 de Outubro de 2012

Fiolhoso - Murça -Trás-os-Montes

 

 

 

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 19:01
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 11 de Outubro de 2012

Fiolhoso - Murça -Trás-os-Montes

 

Parabéns a todos os que conservam ainda estes utensílios que fazem parte do património de um povo. Parabéns a quem me permitiu tirar este belo instântaneo fotográfico.

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 23:30
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito

É tempo de Castanhas

 

Estou na terra das castanhas, na terra do bom vinho e na terra de boa gente. Estou em Trás-os-Montes, terra de Miguel Torga, mas onde as comunicações têm alguma dificuldade para nos permitirem um contacto mais célere com o mundo da web (refiro-me ao sitio onde estou). Estou na varanda do andar de cima da nossa casa transmontana, e só aqui a rede me deu uma oportunidade de vos mostrar este belo exemplar de castanheiro.

Tenham um bom dia e até logo.

 

 

publicado por rouxinoldepomares às 12:07
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito

.Eu


. ver perfil

. seguir perfil

. 36 seguidores

.pesquisar

.Maio 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Vila Pouca de Aguiar

. Outono no Fiolhoso - Murç...

. Outono em Murça

. Festas do Fiolhoso - Murç...

. Uma Forma de Ver o Fiolho...

. Uma Forma de Ver o Fiolho...

. Trabalhos

.arquivos

.tags

. todas as tags

.links

.últ. comentários

Que pena pintarem as casas de branco!Eram tão lind...
Adorei o teu comentário! Não tenho mais palavras! ...
Não é preciso dizer mais nada... como sempre o ami...
Foi com gosto que apreciei esta festa de Carnaval...
Não lhe sei responder...Sei que têm vendido alguma...
A Quinta da Marqueza encontra-se para venda ?
Que catastrófe as imagens dão arrepios.bjshttp//bl...
Impressionante! Ainda bem que nada lhes aconteceu.
Parabéns à Junta de Freguesia de Pomares, por as m...
A familia de minha Mãe de apelido Silva Campos é d...

.AVISO

Para evitar a calúnia e a difamação gratuíta, os comentários são moderados pelo autor do blog. Todos os comentários serão publicados, mas se estiver a pensar insultar ou difamar pessoas ou grupos, e de forma geral prejudicar a utilização leal deste espaço não se dê ao trabalho. Os comentários não serão publicados.