Sábado, 13 de Fevereiro de 2016

As Forças da Natureza Nunca Ninguém as Venceu...

As Forças da Natureza Nunca Ninguém as Venceu!!!

As forças da natureza, nunca ninguém as venceu...todos nós sabemos isso, mas por vezes facilitamos e ignoramos regras elementares, que poderão potenciar as grandes forças da natureza, e quem se lixa é o mexilhão, que o mesmo é dizer, que quem está a juzante é que se lixa.

É o que eu penso, e é o que vos vou tentar explicar:

As Forças da Natureza Nunca Ninguém as Venceu!!!

Consolidado há várias décadas, este terreno acabou por ceder à força da água que agora chega aqui com maior velocidade, apesar dos "postes" e de vigas de cimento que o estavam a sustentar.

As Forças da Natureza Nunca Ninguém as Venceu!!!

Parte do muro e da terra que aqui está há muitas décadas está a ceder à erosão das águas... 

As Forças da Natureza Nunca Ninguém as Venceu!!!

Está em risco o pequeno terreno que possuo e onde me dedico ao cultivo de pequenas horticolas, onde pratico alguma cultura biológica. O caminho que me dava acesso ao motor de rega, já desapareceu...

As Forças da Natureza Nunca Ninguém as Venceu!!!

Uma grande massa de água em grande velocidade

As Forças da Natureza Nunca Ninguém as Venceu!!!

A Ribeira não tem obstáculos, corre livremente abrindo caminho e levando a terra.

As Forças da Natureza Nunca Ninguém as Venceu!!!

No caso do estreitamento do leito e nas consequências de cheias, alertei, e penso até, que sensibilizei os responsáveis da Junta de Freguesia para o problema, mas  a natureza já não deu tempo para se actuar... 

Há que prevenir mais cedo!

As Forças da Natureza Nunca Ninguém as Venceu!!!

A chuva não tem parado e nota-se bem no caudal. Há muito tempo que a Ribeira não se mantinha tanto tempo com uma cheia destas.

As Forças da Natureza Nunca Ninguém as Venceu!!!

Outros estragos no campo do Grupo Desportivo Pomarense. A barreira cedeu.

As Forças da Natureza Nunca Ninguém as Venceu!!!

 Provavelmente há mais terra que irá ceder!

As Forças da Natureza Nunca Ninguém as Venceu!!!

Junto à povoação das Corgas, pela força da água, terras, pedras e troncos, obstruiram a estrada que foi eficazmente limpa pela brigada da Junta de Freguesia.

As Forças da Natureza Nunca Ninguém as Venceu!!!

Até o Barrôco da Lameira nos fez calçar as galochas para entrar em casa...

As Forças da Natureza Nunca Ninguém as Venceu!!!

Em Avô, o abraço da Ribeira de Pomares com o Alva.

As Forças da Natureza Nunca Ninguém as Venceu!!!

E em Avô, a água também provocou estragos.

As forças da natureza, nunca ninguém as venceu!

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 23:32
link do post | comentar | favorito
4 comentários:
De helena quaresma pedro a 14 de Fevereiro de 2016
Bom dia, amigo Rouxinol.
Não me lembro de alguma vez ter acontecido uma situação destas.
É certo "As forças da natureza, nunca ninguém as venceu", mas o homem com o seu esforço, pode minimizar os estragos que ela (natureza) possa algum dia fazer.
É triste pensar que a natureza fala e que o género humano não a ouve. (Victor Hugo)

Um bom domingo, para si.
Um abraço.
Helena.
De rouxinoldepomares a 14 de Fevereiro de 2016
Obrigada pelo comentário cara amiga Helena Quaresma Pedro. É mesmo, a natureza fala e muitas vezes o género humano não a ouve! Em Pomares, até agora os prejuízos não são graves, ao contrário de Avô; eu só reparei na derrocada depois de ter clicado a foto, veja-se a ultima foto e a derrocada nas traseiras do edifício da Caixa...
Um bom domingo para si também.
Abraço.
De João Basilio a 14 de Fevereiro de 2016
Belíssimas imagens da nossa ribeira que me habituei a ver nos meus tempos de rapazola, pois desde o ano de 1966 os invernos são passados na cidade que me acolheu , as vezes, que lá dou um saltinho para matar saudades, não tenho a sorte de ver a ribeira cheia, porque tambem tem a sua beleza, desde que não haja acidentes graves, um obrigado pela reportagen do amigo Rouxinol.
De rouxinoldepomares a 14 de Fevereiro de 2016
Amigo João Basílio, embora possam dar umas boas imagens, eu preferia que a Ribeira fosse menos cheia e mais mansa, mas eu não mando na natureza e não conheço ninguém que mande nela. Podes crer que é impressionante, mas agora a Ribeira já não traz as "botelhas" de outros tempos, nem muitos troncos, porque os pinhais e eucaliptais foram cortados. Espero que o caudal baixe, senão ainda fico sem terra para a minha "reforma agrária".
Obrigado pelo comentário.
Abraço.

Comentar post

.Eu


. ver perfil

. seguir perfil

. 36 seguidores

.pesquisar

.Maio 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. VII Capítulo da Confraria...

. Em Fátima a 13 de Maio

. Mostra de Ensino Profissi...

. A Tailândia na ARPIMS de ...

. Sra Ministra da Saúde em ...

. 2º Grande Prémio de Atlet...

. Festa Socialista em Aveir...

.arquivos

.tags

. todas as tags

.links

.últ. comentários

Que pena pintarem as casas de branco!Eram tão lind...
Adorei o teu comentário! Não tenho mais palavras! ...
Não é preciso dizer mais nada... como sempre o ami...
Foi com gosto que apreciei esta festa de Carnaval...
Não lhe sei responder...Sei que têm vendido alguma...
A Quinta da Marqueza encontra-se para venda ?
Que catastrófe as imagens dão arrepios.bjshttp//bl...
Impressionante! Ainda bem que nada lhes aconteceu.
Parabéns à Junta de Freguesia de Pomares, por as m...
A familia de minha Mãe de apelido Silva Campos é d...

.AVISO

Para evitar a calúnia e a difamação gratuíta, os comentários são moderados pelo autor do blog. Todos os comentários serão publicados, mas se estiver a pensar insultar ou difamar pessoas ou grupos, e de forma geral prejudicar a utilização leal deste espaço não se dê ao trabalho. Os comentários não serão publicados.