Domingo, 6 de Março de 2016

BTL (Bolsa de Turismo de Lisboa) 2016

BTL ( Bolsa Turismo de Lisboa) 2016 (1)

Cada vez mais, penso, e eu sou um leigo na matéria, que a BTL é uma porta importante para se divulgar e mostrar o que de melhor as nossas regiões podem oferecer. Basta ver as Regiões e os Municípios a apostar com stands cada vez mais elaborados e mais apelativos. A Pampilhosa da Serra é disso um exemplo. Ano após ano a sua visibilidade tem crescido, e eu que ainda sinto nas veias a minha origem dessa região, não posso esconder o orgulho. Cada vez que lá vou, centro a minha atenção na região do interior e focada nos concelhos e região de onde tenho origem. Compreenderão porquê! Este ano notei a ausência do stand da Beira Serra. Que pena!!!

BTL ( Bolsa Turismo de Lisboa) 2016 (2)

Há sempre curiosidades, cor, animação e muita coisa para ver!!!

BTL ( Bolsa Turismo de Lisboa) 2016 (3)

Não podia deixar de procurar algo sobre a minha terra, que este ano se resumiu a um panfleto numa banca da CIM, na Região Centro.

BTL ( Bolsa Turismo de Lisboa) 2016 (4)

As Aldeias Históricas sempre em actividade!

BTL ( Bolsa Turismo de Lisboa) 2016 (5)

Cada um mostra o que tem e a mais não é obrigado. Em tempo as fortificações de fronteira, que hoje se transformam em "pontes" de aproximação.

BTL ( Bolsa Turismo de Lisboa) 2016 (6)

As Aldeias de Xisto.

BTL ( Bolsa Turismo de Lisboa) 2016 (7)

Miranda do Corvo

BTL ( Bolsa Turismo de Lisboa) 2016 (8)

O stand das Aldeias Históricas 

BTL ( Bolsa Turismo de Lisboa) 2016 (9)

Guarda, uma cidade que aproveita até a sua altitude.

BTL ( Bolsa Turismo de Lisboa) 2016 (10)

Pampilhosa da Serra, um exemplo de dinâmica e de aposta na divulgação do que pode oferecer. 

BTL ( Bolsa Turismo de Lisboa) 2016 (11)

Um stand de dimensão considerável, mostra que a Pampilhosa da Serra encara a sua vinda à BTL como uma aposta séria e acertada.  

BTL ( Bolsa Turismo de Lisboa) 2016 (12)

Iniciativas e o apelo à interioridade de uma região, são notas que têm distinguido a Pampilhosa da Serra. Parabéns ao Município.

BTL ( Bolsa Turismo de Lisboa) 2016 (13)

De Manteigas a Gouveia, a presença de burel em confecções de lã com design inovador e estilo apelativo.

BTL ( Bolsa Turismo de Lisboa) 2016 (14)

Os Tuck Tuck, uma imagem de Lisboa.

BTL ( Bolsa Turismo de Lisboa) 2016 (15)

E Marrocos aqui tão perto!

BTL ( Bolsa Turismo de Lisboa) 2016 (16)

Uma cara conhecida que é presença no meio das agências de viagens. Teresa Neves, uma serrana que percorre o mundo, pensando na sua aldeia da Serra do Açor. O Soito da Ruiva tem gente assim! 

BTL ( Bolsa Turismo de Lisboa) 2016 (17)

E do Brasil a "capoeira"...

BTL ( Bolsa Turismo de Lisboa) 2016 (18)

Outros destinos...

BTL ( Bolsa Turismo de Lisboa) 2016 (19)

Olhem quem encontrei! Os Morabeza.

BTL ( Bolsa Turismo de Lisboa) 2016 (20)

E há frases que não podia deixar de "clicar"...

BTL ( Bolsa Turismo de Lisboa) 2016 (21)

Carregal do Sal, trouxe-nos a memória de Aristides de Sousa Mendes.

BTL ( Bolsa Turismo de Lisboa) 2016 (23)

Em documentário multimédia.

BTL ( Bolsa Turismo de Lisboa) 2016 (22)

A presença de vinhos em muitas das nossas regiões vinícolas. Aqui os espumantes!

BTL ( Bolsa Turismo de Lisboa) 2016 (24)

E que bonitos e coloridos são os adufes!

BTL ( Bolsa Turismo de Lisboa) 2016 (25)

Beira Baixa, uma região de tradições.

BTL ( Bolsa Turismo de Lisboa) 2016 (26)

Iguarias da Beira Baixa.

BTL ( Bolsa Turismo de Lisboa) 2016 (27)

Dos Açores, o simulador é sempre atracção para os mais jovens.

BTL ( Bolsa Turismo de Lisboa) 2016 (28)

Açores

BTL ( Bolsa Turismo de Lisboa) 2016 (30)

O Centro é tão vasto...

BTL ( Bolsa Turismo de Lisboa) 2016 (29)

Animação no grande stand do Centro.

BTL ( Bolsa Turismo de Lisboa) 2016 (31)

Que gracinhas...

BTL ( Bolsa Turismo de Lisboa) 2016 (32)

O Galo de Barcelos é Rei...

BTL ( Bolsa Turismo de Lisboa) 2016 (33)

Região Norte.

BTL ( Bolsa Turismo de Lisboa) 2016 (34)

E encontrei por lá algumas Confrarias. Aqui, a Confraria d' "As Saínhas", de Vagos, que já estiveram presentes no Capítulo da Confraria do Bucho de Arganil, que se realizou na minha terra, Pomares.

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 11:13
link do post | comentar | favorito

.Eu


. ver perfil

. seguir perfil

. 38 seguidores

.pesquisar

.Maio 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. VII Capítulo da Confraria...

. Em Fátima a 13 de Maio

. Mostra de Ensino Profissi...

. A Tailândia na ARPIMS de ...

. Sra Ministra da Saúde em ...

. 2º Grande Prémio de Atlet...

. Festa Socialista em Aveir...

.arquivos

.tags

. todas as tags

.links

.últ. comentários

Obrigado caríssimo amigo.Um grande abraçoJá enviei...
Olá Afonso !!!Esse número que você passou tem what...
Caro Joaquim Pereira Matos, bom ano!Há muito que t...
Boa noite gostava entrer em contacto com à Senhora...
Caro amigo Rouxinol!Sou de Barcelos, e pergunto-lh...
Estimado Rouxinol de Pomares, Sempre Presentes ond...
Porque os meus diospiros fau fau caem ainda pequen...
Meu caro Fábio Cezar. O meu Blog está, digamos, em...
Fazendo uma visita a esta página e fiquei com água...
Viveiros Valter

.AVISO

Para evitar a calúnia e a difamação gratuíta, os comentários são moderados pelo autor do blog. Todos os comentários serão publicados, mas se estiver a pensar insultar ou difamar pessoas ou grupos, e de forma geral prejudicar a utilização leal deste espaço não se dê ao trabalho. Os comentários não serão publicados.