Sábado, 10 de Maio de 2014

Fui à TeKtónica

 

Terminou hoje a Tektónica e Brickogarden que esteve patente na FIL. Fui até lá como olheiro, simplesmente para ver alguns materiais e novas soluções de construção civil. Aprender e ver não ocupam lugar, e quem não vê não tem para contar. Foquei-me essencialmente em alguns materiais e algumas soluções que me podem vir a servir, e noutras que me despertaram curiosidade. É isso que vos quero mostrar em "meia-dúzia" de fotografias.
Façam favor de me acompanhar:

 

 

Em todos os sítios de Lisboa, procuro quase sempre o mesmo local para deixar o veículo. Por aqui, nem procuro, vou direito ao parque do Vasco da Gama. Assim como assim, é tudo a pagar, tanto faz! Percorro uns poucos metros e já estou ás portas da FIL. Antes, passo pelos vulcões de água, que estão em repouso. Digam o que disserem, este espaço onde agora passam milhares de pessoas diariamente, deu uma grande volta com a EXPO 98. Uma das coisas boas que se fizeram no final dos anos 90. Só não compreendo porque é que o Pavilhão Atlântico teve agora que mudar o nome...

 

 

Chegados às imediações da FIL...

 

 

O grande cartaz do certame.

 

 

Tijolo térmico e acústico.

 

 

Soluções de isolamento térmico.

 

 

Para os pisos...com argila expandida. Leve, resistente, isolante térmico e acústico, resistente ao fogo e ecológico.

 

 

 

Isolamentos...

 

 

Soluções de construção em aço leve.
Podiam ver-se algumas habitações em novos materiais. Mais eficientes energeticamente e com maior rapidez de construção. Soluções curiosas.

 

 

Demonstração de colocação de painéis. No caso, a construção de prateleiras. Rápido e pouco dispendioso.

 

 

Para flores...morangos...e decoração de jardins...

 

 

Telhas de alta qualidade e em muitas cores à escolha.

 

 

Caixilharia em madeira.

 

 

Nestas quatro fotografias podemos ver algumas soluções para produzir pellets. Não é só uma grande fábrica que pode produzir os pellets...

 

 

E uma maquineta adequada aos nossos declives onde o perigo espreita e os matos abundam. É telecomandada e não há perigo para o operador...

 

Não precisava de um Drone tão grande, mas para quem queira tirar umas fotos de qualidade...aqui fica o contacto.

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 23:37
link do post | comentar | favorito
1 comentário:
De Entretanto a 12 de Maio de 2014
A Caixilharia em madeira, gostei imenso. Talvez para a próxima reencarnação, se vier como gente ... nesta vida, já não mandarei construir mais nada :)
Um abraço.

Comentar post

.Eu


. ver perfil

. seguir perfil

. 36 seguidores

.pesquisar

.Maio 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. VII Capítulo da Confraria...

. Em Fátima a 13 de Maio

. Mostra de Ensino Profissi...

. A Tailândia na ARPIMS de ...

. Sra Ministra da Saúde em ...

. 2º Grande Prémio de Atlet...

. Festa Socialista em Aveir...

.arquivos

.tags

. todas as tags

.links

.últ. comentários

Comprei esta variedade nos Viveiros Valter.
Não deve ser fácil encontrar uma videira desta cas...
Ando à procura de um par de pés desta casta, mas n...
Também tenho uma de quando andava na v
Que pena pintarem as casas de branco!Eram tão lind...
Adorei o teu comentário! Não tenho mais palavras! ...
Não é preciso dizer mais nada... como sempre o ami...
Foi com gosto que apreciei esta festa de Carnaval...
Não lhe sei responder...Sei que têm vendido alguma...
A Quinta da Marqueza encontra-se para venda ?

.AVISO

Para evitar a calúnia e a difamação gratuíta, os comentários são moderados pelo autor do blog. Todos os comentários serão publicados, mas se estiver a pensar insultar ou difamar pessoas ou grupos, e de forma geral prejudicar a utilização leal deste espaço não se dê ao trabalho. Os comentários não serão publicados.