Domingo, 26 de Abril de 2015

Real Companhia - 25 de Abril em Agualva

Real Companhia 25 de Abril em Agualva (001)

Patrocinado pela Junta de Freguesia de Agualva e Mira Sintra, a Real Companhia actuou no Largo da Republica na sexta feira dia 24, para assinalar os 41 anos da revolução do 25 de Abril. Muitos foram os amigos que estiveram no concerto, que, como sempre, é sinónimo de boa música portuguesa. A Real Companhia trouxe também como convidado Sebastião Antunes, do grupo Quadrilha, autor e cantor de grandes êxitos de boa musica popular portuguesa. Actuou em casa, porque o Sebastião Antunes foi criado em Agualva. Vamos ver as fotos que captei no intervalo da chuva, que também não impediu de se realizar este excelente concerto, e para quem ficou em casa com medo da chuva, temos pena, não sabe o que perdeu...

Real Companhia 25 de Abril em Agualva (002)

Com chapéu ou sem chapéu...siga a música e viva o 25 de Abril...

Real Companhia 25 de Abril em Agualva (003)

Aguentando umas valentes chuvadas a "malta" não arredou...

Real Companhia 25 de Abril em Agualva (004)

Amigos e amigas da Real Companhia sempre presentes...

Real Companhia 25 de Abril em Agualva (005)

Não arredaram pé o Sr. Presidente da Junta de Freguesia de Agualva e Mira Sintra, Arqº Carlos Casimiro, e o Sr. Vice Presidente da Câmara de Sintra, Dr. Rui Pereira.

Real Companhia 25 de Abril em Agualva (006)

Sebastião Antunes

Real Companhia 25 de Abril em Agualva (007)

Fernando Pereira, o Boss da Real Companhia...

Real Companhia 25 de Abril em Agualva (008)

A mana Mena que canta cada vez melhor...uma excelente voz...

Real Companhia 25 de Abril em Agualva (009)

Filomena Pereira

Real Companhia 25 de Abril em Agualva (0010)

Real Companhia, uma formação de excelência musical em português

Real Companhia 25 de Abril em Agualva (0011)

Um grupo que também pode ser visto na famosa Taverna dos Trovadores, em Sintra.

Real Companhia 25 de Abril em Agualva (0012)

Real Companhia 25 de Abril em Agualva (0013)

Real Companhia 25 de Abril em Agualva (0014)

Real Companhia 25 de Abril em Agualva (0017)

Real Companhia 25 de Abril em Agualva (0015)

Eduardo Miranda, o melhor bandolim do mundo...

Real Companhia 25 de Abril em Agualva (0016)

E não é importante o tamanho, é importante ouvir, ver e sentir...

Real Companhia 25 de Abril em Agualva (0018)

E viva o 25 de Abril...

Real Companhia 25 de Abril em Agualva (0019)

Grândola Vila Morena...o povo é quem mais ordena...

Real Companhia 25 de Abril em Agualva (0020)

Dr. Rui Pereira, Vice-Presidente da Câmara Municipal de Sintra, Arqº Carlos Casimiro, Presidente da Junta de Freguesia de Agualva e Mira Sintra, Dra Helena Cardoso, com o pelouro de Cultura e Educação na Junta de Freguesia de Agualva e Mira Sintra, com autarcas e amigos.

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 23:25
link do post | comentar | favorito
Domingo, 27 de Abril de 2014

Uma Real Noite no Olga Cadaval (2)

 

Para comemorar os 40 anos do 25 de Abril no auditório Jorge Sampaio no Centro Cultural Olga Cadaval em Sintra, na noite de Quinta Feira dia 24, a Real Companhia e os Amigos deram um concerto magnifico. Um dos grandes concertos da Real Companhia. Quem não viu, não sabe o que perdeu!!! 

Hoje vou tentar mostrar-vos através de meia centena de imagens, o que foi este espectáculo, visto também dos bastidores, a parte oculta do publico. Foi com muita alegria também que assisti a este espectáculo na companhia de muitos pomarenses. É sempre uma festa sentir-mo-nos em familia.  E a festa continua sempre na Taverna dos Trovadores. É disso que vamos falar e ver!

 

   

 

Fernando Pereira, o "Lord da Real Companhia", é o rosto principal deste lote de excelentes músicos. 

 

 

 

Um auditório cheio de amigos.

 

 

Aqui está a minha querida amiga Ana Laíns, prontinha para entrar em palco... e cantar com alma...
Estarão ainda em palco o Rogério Charrraz, o Ricardo Oliveira, o Trio Morabeza (Mário Rui, Armando Tito e  Zé António), para além dos músicos da Real Companhia, Filomena Pereira, Guilherme Salgueiro (Gui), José Salgueiro (mãe, filho e pai), Carlos Lopes (Bisnaga), Eduardo Miranda (Edu), Paulo Loureiro e o "tio" Fernando Pereira da grande família da Taverna dos Trovadores. 

 

 

O grande actor Rui Mendes, abre o espectáculo da Real Companhia...

 

 

O concerto inicia-se com um solo de bateria de José e Guilherme Salgueiro, pai e filho , dois grandes músicos. Ao pai José vem-lhe a experiência de muitos anos e da excelência dos Trovante, e continua aqui ao serviço da boa música da Real Companhia.

 

 

 

O espectáculo está em palco...Viva o 25 de Abril!!!

 

 

João Ramos, o grande violinista.

 

 

José Salgueiro.

 

 

A mana Filomena e o mano Fernando.

 

 

Filomena Pereira, a voz feminina da Real Companhia. Uma grande e límpida voz.

 

 

Um senhor da música: Paulo Loureiro.

 

 

Fernando Pereira, uma longa e experiente carreira. Um homem considerado e respeitado no meio da verdadeira música popular portuguesa. Tenho o privilégio de o ter como conterrâneo e amigo.

 

 

 

Ricardo Oliveira, que esteve em palco também este fim de semana na Taverna dos Trovadores, veio ao Olga Cadaval com os amigos da Real Companhia.

 

 

Canta tudo. Tem uma voz magnifica e faz dela o que quer. Para além de ser bom músico e cantor, também gosta de fotografia e tem bons cliques. O Ricardo é mesmo um espectáculo.

 

 

Eduardo Miranda, o mago do bandolim, porque simplesmente é considerado o melhor do mundo pelos especialistas.

 

 

Rogério Charraz, adorei aquela do submarino irrevogável. Parabéns pela imaginação.

 

 

Rogério Charraz.

 

 

Real Companhia.

 

 

A diva Ana Laíns...

 

 

O grande acordeonista Carlos Lopes, (Bisnaga), um dos melhores do reino...

 

 

O grande trio Morabeza, que acompanhou a grande Cesária Évora, levando o calor caboverdiano a muitos cantos do mundo.

 

 

Edu.

 

 

Fernando Pereira

 

 

Paulo Loureiro deixa o piano e o clarinete ecoa no Olga Cadaval.

 

 

De um lado do palco entre os cortinados a Mena dança...

 

 

Do outro lado, entre as cortinas a Ana Laíns também não resiste ao som africano...dança.

 

 

E o espectáculo está a chegar ao fim...

Abraçados, cantaram a Grândola Vila Morena, e alguns cravos foram lançados para a plateia, porque Abril não pode ser esquecido. Nunca!

 

 

O CC Olga Cadaval é um belo espaço. As instalações são excelentes, a acústica é belíssima, e os camarins e o palco são do melhor. A Real Companhia merece.

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 22:50
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 24 de Abril de 2013

Real Companhia, Um Tributo a Zeca Afonso

 

Recreios da Amadora.

Numa iniciativa da Junta de Freguesia da Venteira, Amadora, ontem, dia 23 de Abril, os Real Companhia realizaram um concerto num tributo a José Afonso, comemorando também o 39º aniversário do 25 de Abril, onde não faltaram os cravos vermelhos e a Grândola Vila Morena.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 17:33
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quarta-feira, 25 de Abril de 2012

Os Cravos estão Caídos...

 

Por mais que me custe dizê-lo, 38 anos após o 25 de Abril cada vez tenho mais a certeza que os "cravos" nunca chegaram  verdadeiramente à minha terra. Nos ultimos anos, tenho passado esta data aqui em Pomares, e não prescindo, neste dia memorável, de ter cravos em casa e ostentar um na lapela. Ostentar um cravo, sou visto como se fosse um ET. Hoje, alguns, esquecendo-se que faço parte do lote dos portugueses que festeja esta data, olham para mim e ficam com ar espantado. De facto estou em contramão com o status quo que impera por aqui e que tudo faz para apagar e denegrir o 25 de Abril. Hoje os cravos no meu "Pontão" estão caídos, porque as politicas seguidas tentam derrubar e apagar da memória aquilo que esta data representa para muitos milhares de portugueses. Para mim, usar um cravo na lapela é lembrar-me dos tempos que não quero de volta: do analfabetismo, da fome, das crianças descalças, do país onde a coca-cola era proibida, onde as enfermeiras e as professoras primárias não se podiam casar, onde as mulheres não podiam usar saias acima do joelho, onde as mulheres só podiam ir para o estrangeiro com autorização do marido, onde não se podia pensar diferente, onde havia "bufos" denunciantes do vizinho, os  torcionários da Pide e a prisão por ter ideias diferentes, é esse país que eu não quero, e é por isso que uso sempre um cravo neste dia, porque o 25 de Abril para mim não morreu. Viva o 25 de Abril, e tal como há 38 anos, um dia chegará em que os portuguese dirão basta. Há sempre alguém que diz não...e chegará o dia em que é preciso por termo ao estado a que isto chegou como disse Salgueiro Maia.

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 20:20
link do post | comentar | ver comentários (12) | favorito
Segunda-feira, 25 de Abril de 2011

O 25 de Abril em Pomares

 

A imagem deste edifício já vos é  sobejamente familiar. Pudera! Cada vez que me refiro a uma Assembleia de Freguesia de Pomares, lá vem a jeito o edifício da Junta de Freguesia. Nem de propósito, hoje no dia 25 de Abril pelas três da tarde teve lugar a Assembleia de Freguesia e pela primeira vez escolho este tema para fazer lembrar o 25 de Abril, sem cravos vermelhos, porque na mesa da Assembleia também não os havia e o próprio tema invocado por mim, ainda faz "comichão" a alguma gente. É esta a realidade de algum interior que alguns tentam perpetuar cinzento. É esta a realidade da minha terra, Pomares. Viva o 25 de Abril, e só graças a ele é possivel as Assembleias de Freguesia terem a participação do povo, tal como tive a oportunidade de o lembrar. Um dia a minha terra há-de ser mais colorida, mais alegre e um 25 de Abril com cravos vermelhos. O que faz falta é avisar a malta...

 

Sobre os trabalhos da Assembleia de Freguesia, irei mais tarde fazer um post dedicado ao assunto, porque me parece ter interesse para todos os que gostam da nossa freguesia de Pomares. Contudo, deixo aqui um pequeno apontamento que me parece importante:

A matéria em discussão, Prestação de Contas do ano Financeiro de 2010, levou-me a votar desfavoravelmente este documento, porque não me foram fornecidos, nem autorizadas as consultas em tempo util dos documentos para compreensão das varias rubricas, apesar de eu os ter solicitado por escrito, como é norma. Sobre esta matéria enviei quatro cartas com aviso de recepção, a primeira em 16 de Março, portanto há mais de um mês. É evidente que estamos perante uma obstrução deliberada e grosseira aos meus direitos como oposição, violando deliberadamente a Lei 24/98 (Direito de Oposição) que reza assim, no seu Artº 1º - É assegurado às minorias o direito de constituir e exercer uma oposição democrática ao Governo e aos orgãos executivos  das Regiões Autónomas e das autarquias locais de natureza representativa, nos termos da constituição e da lei. Entende-se por oposição a actividade de acompanhamento, fiscalização e critica das orientações politicas do Governo ou dos orgãos executivos das regiões Autónomas e das autarquias locais de natureza representativa.

Ainda, no Artº 4º da mesma lei, reza assim:

Os titulares do direito de oposição têm o direito de ser informados regular e directamente pelos correspondentes orgãos executivos sobre o andamento dos principais assuntos de interesse publico relacionados com a sua actividade.

As informações devem ser prestadas directamente e em prazo razoável aos orgãos ou estruturas representativas dos partidos e demais titulares do direito de oposição.

Ora não se verificou minimamente o cumprimento do precrito na lei, nem bom senso, nem houve a preocupação de o documento vir acompanhado de um relatório nem em Assembleia houve a iniciativa do executivo explicar as várias rubricas. Apenas eu questionei a mesa e o executivo sobre algumas matérias e ficámos a saber que:

São gastos em comunicações 2302,81 €, e a Junta só tem um telemóvel, de acordo com a informação que obtive. 2780,00 € para os bombeiros, para os ranchos e para a filarmonica e para a escola. E 3408,00 € de electricidade.

São apenas alguns números que mais tarde irei confirmar, porque alguns parecem-me exagerados para uma freguesia com menos de 500 eleitores.

Continua...

 

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 23:50
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quarta-feira, 20 de Abril de 2011

Assembleia de Freguesia dia 25 de Abril

 

Vai realizar-se no dia 25 de Abril pelas 15:00 horas, no edifício da Junta de Freguesia de Pomares, a Assembleia de Freguesia, tendo como ponto principal na Ordem de Trabalhos, a apreciação e votação do documento de prestação de contas do ano financeiro de 2010.

 

Fala-se tanto em dia nas contas do Estado e na despesa publica, que deixo a sugestão aos pomarenses para virem assistir à Assembleia de Freguesia. A sessão é pública, todos podem assistir, e assim poderão ficar a saber onde e como se gastam os dinheiros públicos em Pomares. Venham ver, apreciem e tirem as vossas conclusões. A participação é um acto de cidadania. Pomares precisa da participação de todos.

 

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 00:59
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Quarta-feira, 2 de Junho de 2010

Morreu o Almirante Rosa Coutinho

 

Morreu aos 84 anos o Almirante Rosa Coutinho, um dos protagonistas do 25 de Abril de 74 e ideológicamente identificado à esquerda o que lhe valeu a alcunha de " Almirante Vermelho".

Fotografia da minha autoria, nos aos 70, quando o Almirante assistia à manifestação do 1º de Maio, na Av. Almirante Reis, ao lado de outra figura do 25 de Abril, o General Vasco Gonçalves, Primeiro Ministro dos Govenos Provisórios de Portugal, e de cravo vermelho na lapela.

Viva o 25 de Abril.

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 23:29
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Domingo, 25 de Abril de 2010

25 de ABRIL SEMPRE

 

Enquanto me perdorar na memória o exemplo de uma revolução pacífica levada a cabo por militares, que ao contrário de outros exemplos por esse mundo fora tentam instalar a democracia à força da metralha e da bomba, gritarei:

Viva o 25 de Abril!

25 de Abril Sempre! 

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 10:13
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Domingo, 26 de Abril de 2009

O Dia Seguinte

 

Há 35 anos, o dia seguinte era  já um novo Portugal, um Portugal de esperança e de sonhos...

Hoje fui à minha mala de cartão que serve de depósito de memórias, e reli alguma imprensa da época. O extinto jornal A Capital apresentava esta página neste dia, e custava na altura 2$50, o equivalente a pouco mais de um centimo do euro.

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 21:19
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Sexta-feira, 25 de Abril de 2008

25 DE ABRIL

 

Quem viveu, estudou, trabalhou e foi oprimido não pode deixar de comemorar o 25 de Abril.

Provavelmente a maior conquista do 25 de Abril é a liberdade de expressão.

 

Um dia, em Pomares iremos comemorar esta data e não sentir que apenas é mais um feriado e um dia de descanso !

 

É preciso continuar a sonhar!

 

Viva o 25 de Abril!

Viva a Liberdade!

Viva Portugal!

 

 

 Video retirado do Youtube

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 10:51
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

.Eu


. ver perfil

. seguir perfil

. 36 seguidores

.pesquisar

.Maio 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Real Companhia - 25 de Ab...

. Uma Real Noite no Olga Ca...

. Real Companhia, Um Tribut...

. Os Cravos estão Caídos...

. O 25 de Abril em Pomares

. Assembleia de Freguesia d...

. Morreu o Almirante Rosa C...

.arquivos

.tags

. todas as tags

.links

.Visitas

conter12

.últ. comentários

Que pena pintarem as casas de branco!Eram tão lind...
Adorei o teu comentário! Não tenho mais palavras! ...
Não é preciso dizer mais nada... como sempre o ami...
Foi com gosto que apreciei esta festa de Carnaval...
Não lhe sei responder...Sei que têm vendido alguma...
A Quinta da Marqueza encontra-se para venda ?
Que catastrófe as imagens dão arrepios.bjshttp//bl...
Impressionante! Ainda bem que nada lhes aconteceu.
Parabéns à Junta de Freguesia de Pomares, por as m...
A familia de minha Mãe de apelido Silva Campos é d...

.AVISO

Para evitar a calúnia e a difamação gratuíta, os comentários são moderados pelo autor do blog. Todos os comentários serão publicados, mas se estiver a pensar insultar ou difamar pessoas ou grupos, e de forma geral prejudicar a utilização leal deste espaço não se dê ao trabalho. Os comentários não serão publicados.