Quarta-feira, 18 de Abril de 2012

Finalmente...alcatroaram-me!...

 

Finalmente alcatroaram-me...e aleluia, fora do período de eleições autárquicas...

Pode parecer que estou para aqui a "botar faladura ao desbarato", mas para o leitor menos familiarizado com a nossa região do interior e muito menos com as nossas aldeias, pode parecer que um pedaço de alcatrão não tem grande importância. Pois, é aqui que reside a grande diferença entre o litoral e as nossas pequenas aldeias. Um palmo de alcatrão pode permitir uma qualidade de vida inimaginável para quem sente o cheiro do mar e está longe do cheiro do pinhal interior. Para quem sempre andou em passeios e estradas asfaltadas de sapatinho reluzente, não imagina o que é uma estrada poeirenta no pino do verão e um lamaçal no pino do inverno...que tem que percorrer para chegar a casa.

Sabendo disso, a política, ou melhor, os políticos, sempre utilizaram o betão negro como moeda de troca...mas desta vez parece que me ouviram, porque há dois anos que falei nisto, espreitem AQUI para verem as diferenças.

E digam lá se não está melhor assim...porque há pessoas a viver por aqui.

 

 

 

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 22:54
link do post | comentar | favorito
Sábado, 6 de Fevereiro de 2010

Para Quando?

 

Esta é uma zona de Pomares que regista crescimento urbano, que é bem vindo para inverter a tendência de desertificação das nossas terras, mas o caminho e as restantes infra estruturas não acompanham esse crescimento. O alcatroamento, o saneamento e a iluminação publica são um direito e urge acelerar. É assunto para a próxima Assembleia de Freguesia. E pelo que assistimos à pouco tempo, ninguém pode dizer que não há alcatrão.

 

 

Do Torrão até à Boucha com residentes permanentes, é legítimo melhorar as condições de acessibilidade.

 

 

No Inverno não é fácil transitar a pé ou de automóvel por aqui, e no verão a poeira é insuportável.

 

 

 

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 01:00
link do post | comentar | ver comentários (11) | favorito
Sexta-feira, 27 de Novembro de 2009

Se fosse Carnaval dava Para Rir!

 

Os meus amigos e leitores recordam-se concerteza de já se ter "falado" AQUI neste assunto.

Se na altura se achou estranho de só se ter alcatroado a curva e deixar um buraco de dimensões consideráveis e sem qualquer sinalização de aviso para o perigo, hoje, passado que é algum tempo, vemos com os nossos próprios olhos que o problema se mantém, e para cúmulo, a tapar o buraco, de há uns dias para cá, encontra-se uma velha mesa de madeira. Vêm bem? Uma velha mesa de madeira!!!

Se esta não fosse a minha terra, desatava a rir à gargalhada, porque só dá mesmo para não se levar nada a sério, mas como se trata da minha terra de que tanto gosto, fico cheio de tristeza de ver que as coisas são tratadas desta maneira!

Sinto-me indignado com esta incúria, e se dentro de dias encontrar as coisas na mesma, não se admirem de ver o assunto retratado num canal de TV. Apetece! 

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 01:06
link do post | comentar | ver comentários (26) | favorito
Quinta-feira, 12 de Novembro de 2009

Casualidades IX

 

 A seguir à frebre betuminosa...logo, logo, a seguir é isto!

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 05:40
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Quarta-feira, 11 de Novembro de 2009

A Febre Betuminosa Eleitoral (1)

 

Faz hoje um mês que foi escolhida a equipa que vai governar a freguesia nos próximos quatro anos. Curiosamente, a mesma dos últimos quatro e de há muitos anos atrás. As remodelações e as mais valias apregoadas não terão qualquer significado, como teremos a oportunidade de ver.

Na semana que antecedeu o acto eleitoral era um frenesi de maquinaria, uma pandemia betuminosa que invadiu Pomares, não para resolver estruturalmente as vias, mas de uma forma cirúrgica e descarada de caça ao voto. Aqui está um exemplo, em que só foi alcatroada a curva, e mesmo assim, os trabalhos tardam em estar acabados. Sem sinalização adequada numa curva fechada eis um "buraco" que só há muito poucos dias  está delimitado pelas fitas, o que acho insuficiente em matéria de segurança rodoviária. A febre betuminosa eleitoral tem destas coisas!...

 

 

Uma curva fechada, estreita, sem visibilidade e sem sinalização devida. Será que aqui não se pagam impostos? Porque devemos ser tratados de maneira diferente?

 

 

Ah! Já me esquecia que isto não é a tal auto-estrada, é um caminho onde passam automóveis e camiões. Sinalização para quê?  É Pomares, concelho de Arganil, uma aldeia que vai perdendo população ano após ano.

 

 

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 00:43
link do post | comentar | ver comentários (10) | favorito

.Eu


. ver perfil

. seguir perfil

. 36 seguidores

.pesquisar

.Maio 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Finalmente...alcatroaram-...

. Para Quando?

. Se fosse Carnaval dava Pa...

. Casualidades IX

. A Febre Betuminosa Eleito...

.arquivos

.tags

. todas as tags

.links

.Visitas

conter12

.últ. comentários

Que pena pintarem as casas de branco!Eram tão lind...
Adorei o teu comentário! Não tenho mais palavras! ...
Não é preciso dizer mais nada... como sempre o ami...
Foi com gosto que apreciei esta festa de Carnaval...
Não lhe sei responder...Sei que têm vendido alguma...
A Quinta da Marqueza encontra-se para venda ?
Que catastrófe as imagens dão arrepios.bjshttp//bl...
Impressionante! Ainda bem que nada lhes aconteceu.
Parabéns à Junta de Freguesia de Pomares, por as m...
A familia de minha Mãe de apelido Silva Campos é d...

.AVISO

Para evitar a calúnia e a difamação gratuíta, os comentários são moderados pelo autor do blog. Todos os comentários serão publicados, mas se estiver a pensar insultar ou difamar pessoas ou grupos, e de forma geral prejudicar a utilização leal deste espaço não se dê ao trabalho. Os comentários não serão publicados.