Sábado, 14 de Fevereiro de 2015

Fui Ver a Familia da Taverna dos Trovadores

Familia da Taverna (001)

Fazia algum tempo que não ia ver a família da Taverna, e ontem, depois do super espectáculo que foi o Duelo de Titãs no Olga Cadaval, entre o maestro António Vitorino de Almeida e Luiz Avellar, dei um saltinho até à Taverna dos Trovadores, porque ontem e hoje, a animação e a música está a cargo do grande Ricardo Oliveira. Uma voz brilhante, poderosa e divertida. E quem não se diverte na Taverna dos Trovadores? Boa música, boa comida, bom vinho, e acima de tudo, boa onda!

Familia da Taverna (002)

É sempre um prazer estar com o "boss" Fernando Pereira, sempre atento e a fazer as honras desta casa única, que é uma referência em Sintra e com nome por esse mundo fora.

Familia da Taverna (003)

E  com o amigo Mário Almeida, um apaixonado como eu pela fotografia; aqui num close-up em teste da minha compacta.

Familia da Taverna (004)

E com a diva Ana Laíns, que come uma mousse de manga, e a fazer aquelas "caras" que só ela sabe fazer, depois do seu concerto de fado no Sabores de Sintra.

Familia da Taverna (005)

E no seu posto, o barman Ricardo Baião.

Familia da Taverna (006)

E numa casa cheia, sem ser a abarrotar, o Ricardo Oliveira vai cantando temas conhecidos da boa música portuguesa.

Familia da Taverna (007)

 Onde todos participam, cantam, aplaudem e se divertem.  

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 23:30
link do post | comentar | favorito
Domingo, 27 de Junho de 2010

Sardinhada no Pontão (Pomares)

 

A Sociedade de Melhoramentos de Pomares realizou hoje uma sardinhada para os sócios, amigos e pomarenses, no Largo do Pontão, que curiosamente tem o nome oficial desta instituição e é sobretudo a sala de visitas cá da terra. Tudo passa por aqui...

Cerca de sete dezenas de pomarenses e amigos, saborearam umas belas sardinhas acompanhadas por broa caseira e vinho, pois está claro! A alternativa para quem não morre de amores por este peixe da época, foram umas bifanas no pão e para quem não gosta do tinto tinha à escolha umas "bejecas" e sumos e ainda a água do fontanário principal cá da terra que corre nas bicas em abundância. Para rematar, as sardinhas, para desenjoar um caldinho verde e para fazer "peito" umas filhoses (coscoreis) feitos ao momento. É disto que as próximas imagens darão conta e quem não esteve presente não sabe o que perdeu...e por Pomares, tudo!

 

 

Olh' a broa caseira...com o tal sabor genuíno, transmitido de geração em geração, e feita em forno de lenha como manda a tradição...

 

 

Também não faltou a parte cultural a cargo dos amigos da Sociedade e de Pomares, o Engº Eduardo Gonçalves e a esposa Dília, do Grupo de Cantares do Alva e do Açor.

 

 

 

 

 

 

 

Momentos de confraternização de Pomarenses e amigos.

 

 

 

A Paula a tratar das filhoses (coscoreis) com a ajuda das filhas, e se estavam boas!...(nem digo quantas comi!!!). Uma coisa tenho a certeza, temos filhoses, e das boas...

 

 

E o momento era de boa disposição como o demonstra o casal Engº Eduardo e Dília.

 

 

 

 

  

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 23:57
link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito
Domingo, 7 de Março de 2010

Até amanhã, amigos!

 

São viagens, para cá e para lá. Com sorte o céu enevoado e com algumas abertas, por vezes, fazer metade do caminho com chuva torrencial e o ESP a avisar que a estabilidade não era a ideal, cansa. Ontem foi um desses dias!  Mas não é só! Fui convidado e o evento em que ontem participei ainda não findou, digamos que é o dois em um e assim será o post de amanhã. Volte e verá muitas fotos que captaram momentos de tradição e convívio familiar.

Ah! falo de Pomares obviamente!

Até amanhã, amigos. 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 01:23
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Terça-feira, 10 de Novembro de 2009

Hei! Estamos Vivos!

 

Hei! Estamos vivos! Vivinhos da costa!

Esta pausa foi por um bom motivo. É que um homem só tem dois braços e houve um trabalhinho extra para ajudar a grande obreira deste fim de semana, a nossa amiga São. São do Torrão como é conhecida. Obviamente que o marido Nuno também não teve mãos a medir, e alguns dos trabalhos mais pesados saíram-lhe por "sorteio".

Pois, é assim; a sorte de uma ovelha há muito que estava destinada. A São e o Nuno já lhe tinham lido o "horóscopo" e acabou naqueles tachos de barro negro, e diz quem comeu que estava optima.

Foi tudo produtos amigos do ambiente; a ovelha comeu sempre pasto natural, erva fresca e verdinha, a broa é de milho não transgénico e de lavra própria, o trigo foi cozido sem recurso aos fermentos industriais, a tigelada continha ovos de galinhas criadas no campo. Quanto ao vinho, da lavra do nosso amigo Rui Costa, também foi alvo de elogios, mas não faltaram umas garrafinhas de marca de prestígio do alentejo, para quem preferisse.

O grupo compareceu, os amigos também e...ora vamos lá dar uma "voltinha fotográfica":

 

 

A "dita cuja", após tempero de 24 horas, no caçoilo de barro prontinha a dar entrada no forno a lenha.

 

 

Lá vai o caçoilo para o forno...com o devido cuidado, não vá o diabo tecê-las e partir o raio da coisa!

 

 

Não faltou a tigelada, e se estava divinal, imprópria para diabéticos e desaconselhada por dietistas. Mas não faltaram doces e outras iguarias que cada um do grupo trouxe. (Agora de castigo já estou a dieta!!!)

 

 

 

Um aspecto do grupo no salão da nossa sede de campanha, gentilmente cedido pelo industrial pomarense Sr. José Carlos Castanheira, ao qual agradecemos publicamente a ajuda que nos tem prestado, e agradecemos também a sua prestimosa ajuda em manter os mais de 60 postos de trabalho, numa aldeia e região onde as ofertas de emprego são escassas e cada vez mais difíceis.

 

 

Para além do grupo residente em Pomares, destacamos a presença do nosso companheiro e amigo José Luis e a sua esposa Arlinda, que se deslocaram da zona sul do tejo para estarem connosco, do amigo Fontinha e esposa, do Piódão, o Dr. Miguel Ventura, a Dra. Célia, sua esposa, os pais e os tios, o Dr. João Pedro Pimentel, o Dr. Bernardo Campos, a D. Natália Nobais e o José Conde, e ainda o Dr. Eugénio Fróis e a esposa Dra Margarida Fróis. Alguns amigos convidados, por razões de compromissos não poderam estar presentes, mas enviaram-nos um abraço e felicidades.

   

 

 

Não faltou o "palhinhas" ao lado da cadeira à boa maneira portuguesa!

 

 

 

E não faltaram as castanhas, assadinhas ao lume de lenha como deve ser, e eis o meu "irmão" Zé Conde, figura conhecidíssima do Rádio Clube de Arganil, mostrando um punhado delas para a fotografia.

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 00:05
link do post | comentar | ver comentários (9) | favorito
Domingo, 12 de Abril de 2009

Concerto da Páscoa

 

 

Realizou-se ontem, sábado, no Largo da Sociedade de Melhoramentos de Pomares, ou Largo do Pontão como é mais conhecido, e ponto principal da nossa terra, o tradicional concerto da Páscoa que a URMP, Filarmónica de Pomares, oferece pela Páscoa aos Pomarenses e amigos.

Na primeira foto, a preparação para se perfilarem para a fotografia da praxe do grupo junto ao coreto onde se realizou o concerto. Na segunda fotografia a banda desfilando na "carreira"  em direcção ao Largo, interpretando uma das marchas do seu reportório. 

 

 

PS. Agradeço reconhecido aos amigos que me enviaram estas fotografias. Obrigado amigos. 

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 00:25
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Sábado, 7 de Março de 2009

Doces Pinceladas de Primavera

 Fotos enviadas por amigos

 

Aqui e ali já se vêem umas doces pinceladas de primavera, mas os ocres e os cinzentos do Inverno ainda se vão mantendo teimosamente. A renovação da vida, da luz e da cor está a chegar...

 

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 00:03
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Domingo, 23 de Dezembro de 2007

Saudades

 

 

É Natal, uma época que nos lembramos da familia, dos amigos e daqueles que nos são queridos.

 

Ó Manel, onde é que tu andas que já há alguns anos que não te damos um abraço?

 

Vê lá se apareces para te darmos um abraço e bebermos um copo.

 

Esta foto foi no tempo do PREC, foi em Pomares nossa terra e foi a última vez que nos vimos. A vida é feita de encontros e desencontros e nem sempre é fácil...

 

Um grande abraço e um Bom Natal para ti onde quer que estejas.

 

 

 

sinto-me:
tags:
publicado por rouxinoldepomares às 00:27
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

.Eu


. ver perfil

. seguir perfil

. 36 seguidores

.pesquisar

.Maio 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Fui Ver a Familia da Tave...

. Sardinhada no Pontão (Pom...

. Até amanhã, amigos!

. Hei! Estamos Vivos!

. Concerto da Páscoa

. Doces Pinceladas de Prima...

. Saudades

.arquivos

.tags

. todas as tags

.links

.Visitas

conter12

.últ. comentários

Que pena pintarem as casas de branco!Eram tão lind...
Adorei o teu comentário! Não tenho mais palavras! ...
Não é preciso dizer mais nada... como sempre o ami...
Foi com gosto que apreciei esta festa de Carnaval...
Não lhe sei responder...Sei que têm vendido alguma...
A Quinta da Marqueza encontra-se para venda ?
Que catastrófe as imagens dão arrepios.bjshttp//bl...
Impressionante! Ainda bem que nada lhes aconteceu.
Parabéns à Junta de Freguesia de Pomares, por as m...
A familia de minha Mãe de apelido Silva Campos é d...

.AVISO

Para evitar a calúnia e a difamação gratuíta, os comentários são moderados pelo autor do blog. Todos os comentários serão publicados, mas se estiver a pensar insultar ou difamar pessoas ou grupos, e de forma geral prejudicar a utilização leal deste espaço não se dê ao trabalho. Os comentários não serão publicados.