Terça-feira, 8 de Maio de 2012

Raízes de Sobral Gordo em Festival de Folclore

 

Já não se estranha que os Grupos com origem na freguesia de Pomares sejam convidados com assiduidade para participarem em festivais ou eventos de cariz popular na região de Almada, porque tal se deve em primeira instância à disponibilidade e partilha sempre simpática com que nós serranos nos integramos nas comunidades onde mantemos trabalho e residência. Este fim de semana tive uma presença assídua em ambientes folclóricos a acompanhar os nossos grupos. Este Domingo estive no Casal do Marco, Seixal, para assisitir ao festival de Folclore promovido pelo Rancho Folclórico Alegria da Nossa Terra. O festival decorreu no recinto do Centro Desportivo e Cultural do Casal do Marco. Participaram, para além do rancho organizador, o Rancho Folclórico Bairro Vitoria de Santo António, da Covilhã, que veio da Beira Baixa até à Margem Sul, o Grupo Folclórico Humanitário do concelho de Sesimbra (Quinta do Conde), e por ultimo o Grupo Etnográfico Raízes de Sobral Gordo. É essencialmente do Grupo da nossa freguesia que vos deixo aqui algumas imagens.

 

 

O inicio da concentração para a actuação do GERSG.

 

 

O alinhamento nos últimos minutos que precedem a actuação.

 

 

O desfile para o palco...mais uma actuação de entre muitas que este nosso grupo vai fazendo ao longo do ano. É muita dedicação e muitas horas de entrega a uma causa, que vai levando a conhecer o nome da nossa terra, Pomares, e o nosso concelho de Arganil.

 

 

Em palco dispondo os adereços...

 

 

A tocata do grupo.

 

 

 

Dançando...

 

 

 

Enquanto os adultos dançam, os mais pequenos também têm o seu papel no entretenimento que o publico vai apreciando.

 

 

 

O Grupo anfitrião e organizador do Festival de Folclore

 

 

O Rancho Folclórico Alegria da Nossa Terra (Arrentela-Seixal)

 

 

Da Covilhã...

 

 

O Rancho Folclórico Bairro Vitória de Santo António (Covilhã)

 

 

E se é a Beira Baixa, o adufe não pode faltar...

 

 

Uma baixa no Grupo Etnográfico Raízes de Sobral Gordo. A Débora está no público...

(Desejo-lhe as melhoras rapidamente)

 

 

 

Com muita alegria e satisfação vi Pomarenses a assistir e a aplaudir o GERSG. Na foto o amigo e industrial na zona José Luis.

 

 

Também é com satisfação que vejo que o Vitor, da Barrôja, presença também assídua no acompanhamento dos nosso grupos, está preparado e equipado para registar em imagens estes eventos. É sempre bom saber que no caso de eu falhar há sempre outro pomarense a clicar...

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 23:56
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
Sexta-feira, 4 de Maio de 2012

Domingo é no Casal do Marco

 

Se és Beirão, pomarense, arganilense, vem ver e apoiar o Grupo Etnográfico Raízes de Sobral Gordo.

 

 

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 23:38
link do post | comentar | favorito
Domingo, 5 de Fevereiro de 2012

GDC Soito da Ruiva no CDC do Casal do Marco

 

Cada vez melhor, o Grupo de Danças e Cantares de Soito da Ruiva actuou no Clube Desportivo e Cultural do Casal do Marco, participando nos festejos do 9º aniversário do Rancho Folclórico Alegria da Nossa Terra, de Arrentela, Seixal.  

Perante a presença de uma enorme assistência, ninguém resistiu ao Fado Serrrano interpretado pelo nosso Grupo, e uma roda enorme de gente feliz cresceu ao som das concertinas e das vozes da Serra do Açor. Soito da Ruiva-Pomares-Arganil marca mais um ponto na margem sul, e é uma referência nas colectividades culturais e populares. É isso que vos irei mostrar a seguir...ora vejam:

 

 

O Rancho Folclórico "Alegria da Nossa Terra" era o anfitrião e o aniversariante, com trajes de trabalho do século passado, com algum rigor e pormenor, que retratam as actividades mais importantes da margem sul do rio tejo.

 

 

Participou também o Grupo Teatral e Folclórico da Morgadinha (Charneca da Caparica)...

 

 

E, a aguardada participação do nosso Grupo de Danças e Cantares de Soito da Ruiva...

 

 

 

A actuação dos ranchos Folclóricos estava programada para actuar em palco ao ar livre, mas as baixas temperaturas, cerca de 1º, levaram a que os organizadores transferissem o espectáculo para o salão...

 

 

No estandarte de Soito da Ruiva é afixado o testemunho da sua participação pela  Presidente de Junta de Freguesia da Arrentela. Estiveram presentes também representantes da Câmara Municipal do Seixal e da Junta de Freguesia de Paio Pires.

 

 

Soito da Ruiva agradece o convite e oferece o livro do Grupo ao Rancho Alegria da Nossa Terra, que, recorde-se, contem algumas fotografias da minha autoria, o que me deixa feliz, porque com pequenos contributos tenho também divulgado há uns anos a esta parte o que de melhor há na nossa freguesia.

 

 

José Niz e a Sara, aguardando a vez de entrarem em palco...

 

 

O líder do Rancho Folclórico "Alegria da Nossa Terra" com a Adelina Niz, de Soito da Ruiva...

 

 

Repare-se no "roçador de tojo" que usa uns calções que se assemelham a uma saia, para permitir abrir caminho aos barcos ancorados na margem...

 

 

Trajes curiosos e muito diferentes da nossa Serra do Açor. É isto que o folclore nos traz, a etnografia como um pedaço de história, que é a nossa identidade. Portugal, tão pequeno e tão diferente nos usos e costumes, que o torna um belo e "grande" país, que alguns teimam em enfraquecer e vender ao desbarato.

 

 

 

A actuação do Rancho Folclórico da Morgadinha...

 

 

Com danças de coreografia interessante e de boa preparação física...

 

 

Por ultimo, e já bem tarde na noite fria de sábado, o Grupo do Soito da Ruiva desfila para a actuação...

 

 

Musicalmente estiveram muito bem...

 

 

E a cantar e a encantar, levaram um arzinho da Serra do Açor até ao sul do Tejo...

É um espectááááculoooo!!!!

 

 

A apresentação dos trajes serranos...Os noivos...

Cristiana Grácio e Carlos Grácio...na vida real, filha e pai.

 

 

Fernanda e Zé Niz... representando a moleira com o "sarrão" à cabeça, e o malhador de centeio...

 

 

Um casal de romeiros a caminho da Senhora das Preces...Natália e António Neves...

 

 

Carolina e o Victor...representando uma das profissões até há poucos anos das mais importantes da nossa terra e região e já uma raridade nos dias de hoje...o resineiro...

 

 

Os usos e costumes da nossa Freguesia de Pomares levados a outras terras, com outros costumes...

 

 

O Folclore também é isto...

 

 

A noite terminou com um lanche/ceia...

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 23:51
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito

.Eu


. ver perfil

. seguir perfil

. 36 seguidores

.pesquisar

.Maio 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Raízes de Sobral Gordo em...

. Domingo é no Casal do Mar...

. GDC Soito da Ruiva no CD...

.arquivos

.tags

. todas as tags

.links

.últ. comentários

Que pena pintarem as casas de branco!Eram tão lind...
Adorei o teu comentário! Não tenho mais palavras! ...
Não é preciso dizer mais nada... como sempre o ami...
Foi com gosto que apreciei esta festa de Carnaval...
Não lhe sei responder...Sei que têm vendido alguma...
A Quinta da Marqueza encontra-se para venda ?
Que catastrófe as imagens dão arrepios.bjshttp//bl...
Impressionante! Ainda bem que nada lhes aconteceu.
Parabéns à Junta de Freguesia de Pomares, por as m...
A familia de minha Mãe de apelido Silva Campos é d...

.AVISO

Para evitar a calúnia e a difamação gratuíta, os comentários são moderados pelo autor do blog. Todos os comentários serão publicados, mas se estiver a pensar insultar ou difamar pessoas ou grupos, e de forma geral prejudicar a utilização leal deste espaço não se dê ao trabalho. Os comentários não serão publicados.