Sábado, 13 de Fevereiro de 2016

As Forças da Natureza Nunca Ninguém as Venceu...

As Forças da Natureza Nunca Ninguém as Venceu!!!

As forças da natureza, nunca ninguém as venceu...todos nós sabemos isso, mas por vezes facilitamos e ignoramos regras elementares, que poderão potenciar as grandes forças da natureza, e quem se lixa é o mexilhão, que o mesmo é dizer, que quem está a juzante é que se lixa.

É o que eu penso, e é o que vos vou tentar explicar:

As Forças da Natureza Nunca Ninguém as Venceu!!!

Consolidado há várias décadas, este terreno acabou por ceder à força da água que agora chega aqui com maior velocidade, apesar dos "postes" e de vigas de cimento que o estavam a sustentar.

As Forças da Natureza Nunca Ninguém as Venceu!!!

Parte do muro e da terra que aqui está há muitas décadas está a ceder à erosão das águas... 

As Forças da Natureza Nunca Ninguém as Venceu!!!

Está em risco o pequeno terreno que possuo e onde me dedico ao cultivo de pequenas horticolas, onde pratico alguma cultura biológica. O caminho que me dava acesso ao motor de rega, já desapareceu...

As Forças da Natureza Nunca Ninguém as Venceu!!!

Uma grande massa de água em grande velocidade

As Forças da Natureza Nunca Ninguém as Venceu!!!

A Ribeira não tem obstáculos, corre livremente abrindo caminho e levando a terra.

As Forças da Natureza Nunca Ninguém as Venceu!!!

No caso do estreitamento do leito e nas consequências de cheias, alertei, e penso até, que sensibilizei os responsáveis da Junta de Freguesia para o problema, mas  a natureza já não deu tempo para se actuar... 

Há que prevenir mais cedo!

As Forças da Natureza Nunca Ninguém as Venceu!!!

A chuva não tem parado e nota-se bem no caudal. Há muito tempo que a Ribeira não se mantinha tanto tempo com uma cheia destas.

As Forças da Natureza Nunca Ninguém as Venceu!!!

Outros estragos no campo do Grupo Desportivo Pomarense. A barreira cedeu.

As Forças da Natureza Nunca Ninguém as Venceu!!!

 Provavelmente há mais terra que irá ceder!

As Forças da Natureza Nunca Ninguém as Venceu!!!

Junto à povoação das Corgas, pela força da água, terras, pedras e troncos, obstruiram a estrada que foi eficazmente limpa pela brigada da Junta de Freguesia.

As Forças da Natureza Nunca Ninguém as Venceu!!!

Até o Barrôco da Lameira nos fez calçar as galochas para entrar em casa...

As Forças da Natureza Nunca Ninguém as Venceu!!!

Em Avô, o abraço da Ribeira de Pomares com o Alva.

As Forças da Natureza Nunca Ninguém as Venceu!!!

E em Avô, a água também provocou estragos.

As forças da natureza, nunca ninguém as venceu!

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 23:32
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Sexta-feira, 12 de Fevereiro de 2016

A Ribeira de Pomares vai apressada!!!

Cheias (001)

Durante o final do dia as televisões foram mostrando imagens de rios a galgar as margens, de inundações e de derrocadas. Por cá, por Pomares, choveu copiosamente o dia todo, mas a Ribeira corre apenas apressada, transportando alguns troncos de árvores, que depois de se encontrarem com o Mondego, vão descansar à Figueira da Foz, e depois, irão parar sabe-se lá onde!!!

Cheias (002)

Rugindo, abranda ao fazer a curva, onde o Barroco do Cabido despeja mais água...

Cheias (003)

Não é com uma cheia destas que a ponte pedonal corre perigo

Cheias (004)

A natureza é sempre impressionante, e cabe-nos a nós respeita-la.

Pode ver AQUIAQUI algumas imagens de cheias de alguns anos atrás. É só clicar, e já está!!! 

publicado por rouxinoldepomares às 22:49
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 29 de Setembro de 2008

Retrospectiva molhada

 

 

Voltando ainda ao tema do verão, da época balnear e da praia fluvial de Pomares, e tomando como referência algumas opiniões expressas em comentários, trouxe-me à memória alguns anos anteriores em que se verificaram alterações climatéricas subitas,  que conduziram a grandes cheias. A primeira foto retrata uma situação em 2006. No ano passado também em Junho se verificou uma situação identica mas menos violenta. Felizmente este ano de 2008 foi um ano sem nenhuma ocorrência deste género. Deixo aqui uma série de imagens, algumas já antigas, para testemunho, de que é uma zona de leito de cheia e todo e qualquer investimento aí feito tem que ter em linha de conta este tipo de fenomenos. Toda a zona onde hoje é o bar e parque de campismo se encontram inundados. Contrariamente a algumas vozes que consideram que já está tudo feito  na zona da praia fluvial, eu sou daqueles que entende que há muito mais a fazer e que pode ainda ser melhorado todo aquele espaço e também sou daqueles que entende que o dinheiro aí aplicado não é mal gasto. Pode é ser mal aplicado. 

 

 

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 00:35
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito

.Eu


. ver perfil

. seguir perfil

. 36 seguidores

.pesquisar

.Maio 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. As Forças da Natureza Nun...

. A Ribeira de Pomares vai ...

. Retrospectiva molhada

.arquivos

.tags

. todas as tags

.links

.Visitas

conter12

.últ. comentários

Que pena pintarem as casas de branco!Eram tão lind...
Adorei o teu comentário! Não tenho mais palavras! ...
Não é preciso dizer mais nada... como sempre o ami...
Foi com gosto que apreciei esta festa de Carnaval...
Não lhe sei responder...Sei que têm vendido alguma...
A Quinta da Marqueza encontra-se para venda ?
Que catastrófe as imagens dão arrepios.bjshttp//bl...
Impressionante! Ainda bem que nada lhes aconteceu.
Parabéns à Junta de Freguesia de Pomares, por as m...
A familia de minha Mãe de apelido Silva Campos é d...

.AVISO

Para evitar a calúnia e a difamação gratuíta, os comentários são moderados pelo autor do blog. Todos os comentários serão publicados, mas se estiver a pensar insultar ou difamar pessoas ou grupos, e de forma geral prejudicar a utilização leal deste espaço não se dê ao trabalho. Os comentários não serão publicados.