Sexta-feira, 7 de Março de 2008

Colectividades VS Junta

 

Nem tudo parece o que é, e nem sempre caminharam com os mesmos objectivos.

Mão amiga fez-me chegar  dois Jornais "Noticias de Pomares". O primeiro datado de Janeiro de 1964 e o segundo de Janeiro de 1966. De ambos, recortei duas notícias da época, que atestam que nem sempre a Junta de Freguesia de Pomares unia esforços com as Comissões de Melhoramentos da Freguesia, e também com a Sociedade de Melhoramentos da Freguesia de Pomares. É pena que pelas dimensões das imagens, não seja possível a sua leitura no original, por isso irei transcrever essas notícias por achar que têm interesse como apontamento histórico e social.

 

Sobre a Comissão de Melhoramentos da Sorgaçosa , que dá eco das suas actividades, pode ler-se:

...

 

ESTRADA - Aproximando-se a quadra festiva do Natal, ficou resolvido parar com os trabalhos durante cerca de um mês, devendo os mesmos recomeçar no dia 20 de Janeiro próximo.

Foi recebida com grande satisfação a noticia de que o troço da estrada entre Pomares e o Cemitério vai ser empedrado, acabando assim com o péssimo estado em que o mesmo se encontra. É tanto maior a nossa satisfação por várias vezes termos junto do sr . presidente da Junta de Freguesia apresentado as nossas reclamações sobre o estado em que se encontrava o referido troço da estrada, tendo nós recebido em resposta que a Junta nada tinha a ver com o caso, sendo agora feita justiça à nossa reclamação pelo próprio presidente da Junta, acabando por verificar que tínhamos razão. Se não era da Junta nem da Câmara tinha de ser de alguém, menos da Comissão de Melhoramentos de Sorgaçosa .

...

 

A Sociedade de Melhoramentos da Freguesia de Pomares, faria publicar o seguinte:

...

LISBOA, 27. - Na sua última reunião, resolveu a direcção da Sociedade de Melhoramentos da Freguesia de Pomares tornar público um circunstanciado relato de factos ligados ao abastecimento de água a Pomares, a fim de esclarecer devidamente a sua posição perante os associados.

É esse relato que passamos a fazer:

Quando a actual direcção tomou a gerência da colectividade, resolveu tentar solucionar o problema do abastecimento de água a Pomares, por reconhecer que as condições em que o mesmo se realiza não podem satisfazer.

Aproveitando-se, em Setembro de 1964, a presença em Pomares de alguns directores, realizou-se uma reunião, a que assistiram além destes, membros da comissão executiva, alguns consócios, designadamente os srs. António dos Santos Dinis e Adelino Marques.

Nesta reunião, resolveu-se melhorar as condições de captação e criar, em diversos locais  de Pomares, como o Adro e Casas Cimeiras, fontanários para abastecimento público.

Como se tornava necessária a obtenção de um levantamento topográfico do local em questão, declarou o sr . António dos Santos Dinis que tinha possibilidade de obter por intermédio de pessoa das suas relações, o que foi aceite pelos directores presentes.

Passado algum tempo, em Novembro de 1964,enviou-se um ofício ao sr . António dos Santos Dinis de que se transcrevem as partes fundamentais: « A fim de podermos orientar o assunto referente ao abastecimento de água a Pomares, teríamos o máximo interesse em saber como se encontra o levantamento que vª exª se prontificou a mandar executar ».

Em Dezembro de 1964 deslocaram-se a Pomares diversos directores para tomarem parte na tibornada realizada no lagar da Casa tendo o sr . José Morais Videira aproveitado a oportunidade para uma vez mais, solicitar notícias do referido levantamento.

Chegando-se a Maio de 1965, sem se receber qualquer notícia sobre o levantamento, enviou-se novo oficio ao sr . António dos Santos Dinis: «Como há tempos fez o obséquio de se oferecer para obter o levantamento necessário para o estudo do abastecimento de água, agradecíamos que nos dissesse algo sobre este assunto para podermos tratar dele como é nossa intenção».

Em Agosto de 1965, ainda sem nenhuma informação relativa ao levantamento, deslocou-se propositadamente a Pomares o presidente da direcção, que com o sr . Carlos Diamantino Pereira, membro da direcção e os srs. Manuel dos Santos Dinis e António Rosa, da comissão executiva, foram ao local e traçaram um plano dos trabalhos a executar.

Nesse mesmo dia, foi pedido orçamento para a execução dos trabalhos de melhoramento da captação, ficando-se a aguardar a sua apresentação.

Em Setembro, por altura da festa de Nossa Senhora de Fátima, em Pomares, novamente o assunto foi tratado, tendo-se resolvido iniciar os trabalhos, depois de obtida a autorização do sr , eng . Bobone, em cuja propriedade se realizaram os trabalhos.

Nessa altura, porém, tomou-se conhecimento de que por iniciativa da Junta de Freguesia, andava em estudo o abastecimento feito pela captação do Canhestro, constando mesmo que se esperava a deslocação ao local de um engenheiro dos Serviços Oficiais.

Julga esta direcção que, depois dos esforços desenvolvidos para a resolução do problema do abastecimento de água, esforços do conhecimento do presidente da Junta de Freguesia, mereceria a deferência de ser informada da iniciativa referida.

Além de uma acto de cortesia para com uma colectividade que tanto tem feito por Pomares, serviria para congregarmos esforços, como já sucedeu anteriormente, nomeadamente na obtenção dos subsídios para o calcetamento das ruas de Pomares.

Nestas condições, julga a direcção desta colectividade dever aguardar que a Junta de Freguesia de Pomares torne publico o seu plano de melhoramentos do abastecimento de água ao povoado, para, então, actuar com o melhor do seu esforço no que estiver ao seu alcance. - A Direcção.

Poderia tecer aqui vários comentários, no entanto, entendo que devo deixar a quem visita este blog a liberdade de tirar as suas próprias conclusões. Chamaria apenas a vossa atenção para a nota manuscrita  a vermelho, no topo da página, quiçá da primeira pessoa que leu este jornal. Essa nota penso ser possível ser lida no original.

 

As minhas desculpas pela extensão do presente post ".

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 10:20
link do post | comentar | ver comentários (11) | favorito

.Eu


. ver perfil

. seguir perfil

. 36 seguidores

.pesquisar

.Maio 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Colectividades VS Junta

.arquivos

.tags

. todas as tags

.links

.Visitas

conter12

.últ. comentários

Que pena pintarem as casas de branco!Eram tão lind...
Adorei o teu comentário! Não tenho mais palavras! ...
Não é preciso dizer mais nada... como sempre o ami...
Foi com gosto que apreciei esta festa de Carnaval...
Não lhe sei responder...Sei que têm vendido alguma...
A Quinta da Marqueza encontra-se para venda ?
Que catastrófe as imagens dão arrepios.bjshttp//bl...
Impressionante! Ainda bem que nada lhes aconteceu.
Parabéns à Junta de Freguesia de Pomares, por as m...
A familia de minha Mãe de apelido Silva Campos é d...

.AVISO

Para evitar a calúnia e a difamação gratuíta, os comentários são moderados pelo autor do blog. Todos os comentários serão publicados, mas se estiver a pensar insultar ou difamar pessoas ou grupos, e de forma geral prejudicar a utilização leal deste espaço não se dê ao trabalho. Os comentários não serão publicados.