Terça-feira, 13 de Agosto de 2013

Pelotão José Cavaca ( Covilhã )

 

Bom dia! Já consegui algum tempinho para estar "na tecla" e colocar em dia o Blog.
No sábado pela manhã estive ao Pontão a aguardar os amigos ciclistas da Covilhã, o Pelotão de José Cavaca, que fizeram um grande desvio para dar um abraço a Pomares. Por motivos de força maior, o amigo José Cavaca teve que regressar a casa, e foi com pena que não lhe pude dar aquele abraço.

 

 

Vieram dar um abraço a Pomares, Marco Daniel Alves, Guilhermino Pais, David Fernandes, Silvério Correia, Francisco Reis, e os outros que me desculpem por não ter fixado os nomes.

 

 

Depois da fotografia da praxe no fontanário ao Pontão, levei os amigos ciclistas a conhecer a praia fluvial...não resistiram ao mergulho e prometeram voltar, sem bicicletas, para dar mais um mergulho. Cá vos espero...

 

 

Enquanto uns mergulhavam, outros viam...

 

 

E outros...Ricardo Morais, esperava e comia umas bolachinhas...

 

 

Tudo muito rápido...não há tempo a perder...vestiram-se...

 

 

Montaram em cima das máquinas e prometeram voltar...

Boas pedaladas e voltem sempre. Abraço e obrigado à coragem de terem vindo a Pomares a pedalar sob temperturas de 40º. Não é para todos!!!

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 16:22
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Terça-feira, 7 de Abril de 2009

Ponte das Três Entradas

 

Hoje continuamos a falar do Rio Alva e nada melhor para falar dele do que observá-lo da Ponte das Três Entradas, onde o Rio Alvôco vem ao seu encontro. A Ponte das Três Entradas, localidade assim chamada efectivamente por ter uma ponte com três entradas, em formato de "Ypsilon"  quiçá única no mundo, liga três freguesias, Santa Ovaia, São Sebastião da Feira e Aldeia das Dez. A Ponte das Três Entradas dispõe de parque de campismo, bem juntinho ao Rio Alva. A partir daqui podemos percorrer o Vale do Alva, o Vale do Alvôco, subir ao Piodão, a jóia da Serra do Açor, passando por  Foz D' Égua e Chãs D' Égua. Podemos ir a Aldeia das Dez, subir mais um pouco e parar para visitar a Senhora das Preces, um santuário mariano que vale a pena visitar, quer pela arte sacra, quer pelas espécies de árvores que ostenta na sua mata, e se subirmos mais um pouco vamos ter a esse lugar mítico que é o Monte do Colcorinho, um dos pontos mais altos da Serra do Açor. Podemos também seguir até Seia, Serra da Estrela e Covilhã. Afinal não estamos assim tão longe!

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 00:25
link do post | comentar | ver comentários (20) | favorito

.Eu


. ver perfil

. seguir perfil

. 36 seguidores

.pesquisar

.Maio 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Pelotão José Cavaca ( Cov...

. Ponte das Três Entradas

.arquivos

.tags

. todas as tags

.links

.Visitas

conter12

.últ. comentários

Que pena pintarem as casas de branco!Eram tão lind...
Adorei o teu comentário! Não tenho mais palavras! ...
Não é preciso dizer mais nada... como sempre o ami...
Foi com gosto que apreciei esta festa de Carnaval...
Não lhe sei responder...Sei que têm vendido alguma...
A Quinta da Marqueza encontra-se para venda ?
Que catastrófe as imagens dão arrepios.bjshttp//bl...
Impressionante! Ainda bem que nada lhes aconteceu.
Parabéns à Junta de Freguesia de Pomares, por as m...
A familia de minha Mãe de apelido Silva Campos é d...

.AVISO

Para evitar a calúnia e a difamação gratuíta, os comentários são moderados pelo autor do blog. Todos os comentários serão publicados, mas se estiver a pensar insultar ou difamar pessoas ou grupos, e de forma geral prejudicar a utilização leal deste espaço não se dê ao trabalho. Os comentários não serão publicados.