Terça-feira, 1 de Junho de 2010

Lisboa ( Estação do Rossio)

 

 

Não era assim! Não tinha a meio uma escadaria para o metropolitano, nem tinha escadas rolantes até à saída! Outros tempos, felizes até, em que ir de comboio, única alternativa, era uma aventura em horas de ponta. Gente pendurada nos estribos, a azáfama de correr e apanhar o comboio em andamento desafiando as normas de segurança. Gente anónima, gente da grande cidade, do suburbio, gente trabalhadora, gente madrugadora e que todas as horas eram horas para trabalhar. É a cidade que não pára...

Milhares de vezes percorri o chão desta gare, a todas as horas,  num vai e vem repetitivo que nos levava a casa e nos trazia de volta ao ganha-pão diário! Outros tempos...

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 23:21
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

.Eu


. ver perfil

. seguir perfil

. 36 seguidores

.pesquisar

.Maio 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Lisboa ( Estação do Rossi...

.arquivos

.tags

. todas as tags

.links

.Visitas

conter12

.últ. comentários

Que pena pintarem as casas de branco!Eram tão lind...
Adorei o teu comentário! Não tenho mais palavras! ...
Não é preciso dizer mais nada... como sempre o ami...
Foi com gosto que apreciei esta festa de Carnaval...
Não lhe sei responder...Sei que têm vendido alguma...
A Quinta da Marqueza encontra-se para venda ?
Que catastrófe as imagens dão arrepios.bjshttp//bl...
Impressionante! Ainda bem que nada lhes aconteceu.
Parabéns à Junta de Freguesia de Pomares, por as m...
A familia de minha Mãe de apelido Silva Campos é d...

.AVISO

Para evitar a calúnia e a difamação gratuíta, os comentários são moderados pelo autor do blog. Todos os comentários serão publicados, mas se estiver a pensar insultar ou difamar pessoas ou grupos, e de forma geral prejudicar a utilização leal deste espaço não se dê ao trabalho. Os comentários não serão publicados.