Domingo, 29 de Março de 2015

Domingo de Ramos em Pomares (2015)

Domingo de Ramos 2015 (1)

Domingo de Ramos tem um significado especial para as gentes serranas, um povo que ainda vai guardando na memória as boas praticas religiosas, este domingo significa o inicio da semana santa, e é um dia importante para a bênção de ramos de louro, com oliveira e alecrim, que mais tarde irão ser colocados nos terrenos para que a fé se transforme em fertilidade das terras, e o "pão" seja abundante.
Aproveitando o dia primaveril que se fez sentir, a igreja encheu-se de ramos e de gente de toda a freguesia de Pomares, tal como antigamente, mas em muito menor número porque a "desertificação" a que infelizmente estamos condenados se faz notar nestas ocasiões mais do que nunca.
Tenho ao longo dos últimos anos registado em imagens vários eventos de natureza colectiva, que servirão para anos vindouros como testemunho de um povo. Podem ver aqui imagens de Domingo de Ramos de anos anteriores: Clique Aqui e Aqui .

Domingo de Ramos 2015 (2)

Na Igreja...

Domingo de Ramos 2015 (3)

À saída da Igreja... 

Domingo de Ramos 2015 (4)

Gosto do Domingo de Ramos, faz-me recuar no tempo e recordar gente que já partiu e me deixou saudades...

Domingo de Ramos 2015 (5)

No Domingo de Ramos encontramos gente boa...

Domingo de Ramos 2015 (7)

E encontramos gente bonita...a minha afilhada Ilda e a sua menina linda, Diana.  

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 23:49
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Segunda-feira, 16 de Janeiro de 2012

Igreja de Barcarena

 

Mostrei-vos aqui a Fabrica da Pólvora de Barcarena, mostrarei em data oportuna o antigo povoado pré-histórico de Leceia, mas hoje mostro-vos a Igreja Paroquial de S. Pedro de Barcarena, que fica a jusante da Fábrica da Pólvora e praticamente em frente ao Castro de Leceia.

É um edifício imponente que sobressai na paisagem, e destaca-se significativamente do casario da zona antiga de Barcarena pelas suas proporções. Construído no século XIII, com uma arquitectura barroca e rococó, é um templo já referido em Carta de Escambo em 1369. Durante anos foi esta igreja que recolheu os pobres e doentes da região, pois possuía um hospital cuja origem se desconhece. A igreja foi alvo de um restauro considerável há pouco tempo.

Curiosa é a frontaria principal virada para a Ribeira de Barcarena.

 

 

 

 

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 23:56
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Segunda-feira, 9 de Janeiro de 2012

Coro Paroquial da Igreja de Nª Sª do Livramento

 

Ontem foi Domingo, claro que toda a gente sabe isso, mas para mim foi um Domingo diferente, normalmente neste dia depois de almoço fico por casa com os chinelos calçados...

Ontem, fui testemunha de como a nossa comunidade está verdadeiramente integrada no meio, na vida social e religiosa na zona onde reside. Fui assistir a um concerto de Natal e Ano Novo, que coincide também com a festa da Epifania ou Teofania, pelo Coro Paroquial da Igreja de Nossa Senhora do Livramento, na Sobreda da Caparica, onde três amigos e conterrâneos do Soito da Ruiva fazem parte, e são elementos activos. O Coro é dirigido por Jaime Ribeiro, que é uma pessoa calma, simpática e preparada, com quem se pode aprender. Os cânticos foram sempre precedidos de uma explicação num contexto histórico sobre a autoria da música. Apenas um aparte meu e a título de confidência, é irmão do conhecido cantor já desaparecido, António Variações. As fotos que se seguem são um pequeno apontamento que registei, e confirmo que as igrejas, mesmo as novas, tem uma boa sonoridade, e não posso deixar de registar a boa presença dos nossos conterrâneos, que não param. Parabéns para eles.

 

 

O Coro Paroquial da Igreja de Nossa Senhora do Livramento.

 

 

O Maestro, Jaime Ribeiro.

 

 

Um bom desempenho, e se houve alguma "desafinação", juro que não notei...

 

 

Adelina Niz.

 

 

José Niz.

 

 

Teresa Neves.

 

 

Algumas das pessoas que integram o Coro são amigos que já visitaram a nossa Freguesia, e especialmente o Soito da Ruiva.

 

 

 

 

Na assistência amigos...

 

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 23:29
link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito
Sábado, 23 de Abril de 2011

Igreja de Pomares ( Um Cristo Ressuscitado)

 

A Capela da Marquesa como é conhecida, situa-se numa das alas laterais da nossa Igreja Matriz de Pomares e foi instituída por Manuel de Brito e mulher, D. Catarina Borges de Castro, aqui sepultados, e data dos finais de seiscentos.

Por iniciativa do Paulo Bento, actual "feitor" da Quinta da Marquesa, a partir de agora a capela e por conseguinte a igreja está mais rica, e oferece a quem nos visita uma imagem de um Santo Cristo do Horto. A imagem estava "recolhida" dos olhares dos crentes já vai para muitos e longos anos, de tal modo que poucas pessoas se lembram qual a origem e as preces que lhe eram dedicadas. Fala-se num esquife e até em procissão...mas a memória perdeu-se no tempo. O Paulo, com a ajuda dos pomarenses, levou a efeito a sua recuperação, mandou restaurar a imagem, mandou construir um caixão em madeira e vidro, uma nova mesa para a imagem de Nª Srª das Dores, e ele próprio recuperou os candelabros. Assim se recuperou história, património de um povo, e acrescentou mais valia e mais um motivo para visitar a nossa bela Igreja de Pomares.

 

 

Uma Imagem de Cristo, curiosa no mínimo, porque articulada de pernas e braços, que há longas décadas estava esquecida e em degradação.

 

 

Ao lado a Imagem da Nª Srª das Dores, já existente na Capela da Marquesa, agora em cima de uma nova mesa de madeira, a condizer com o caixão. 

 

 

Pormenor do rosto do Santo Cristo do Horto.

 

 

A iluminação do caixão esteve a cargo e foi oferta do especialista em electricidade, o nosso conterrâneo Figueira. 

 

 

Imagens antes da sua recuperação para melhor se poder aquilatar do trabalho desenvolvido.

 

 

Iniciativas destas, de conservar e reabilitar o património de todos, são de louvar, e o Paulo Bento está de parabéns pela iniciativa.

Da minha parte aqui fica o meu obrigado como pomarense.

 

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 01:03
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Sexta-feira, 21 de Agosto de 2009

Não Lembra ao Diabo!

 

Não lembra ao diabo rasgar a cantaria a martelo mecânico e a frontaria da Igreja Matriz de Pomares, um templo com alguns séculos, para colocar um inestético contador eléctrico, em caixa plástica, quando havia outras alternativas, por exemplo na lateral das escadas para o coro e a torre sineira.

Não deveria ser permitido qualquer tipo de obras em monumentos não classificados sem a devida autorização de uma entidade pública responsável.

Só me resta o lamento perante tal decisão, sem terem tido o bom senso necessário quando se trata de "tocar" em monumentos. Várias foram as pessoas que me chamaram a atenção para este acto mostrando a sua indignação. Deus nos acuda! 

 

 

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 00:00
link do post | comentar | ver comentários (9) | favorito
Domingo, 5 de Abril de 2009

Domingo de Ramos

 

Hoje este meu post, para além de tardio, tem um cunho pessoal mais acentuado. 

Na impossibilidade de estar presente em Pomares para participar do momento único que é o Domingo de Ramos, a festa litúrgica que celebra a entrada de Jesus Cristo em Jerusalém e também a entrada na semana santa, e ainda na impossibilidade de obter uma fotografia do acto, aqui vos deixo uma pequena "memória" da minha participação em actos litúrgicos na nossa Igreja.  Eu e o Padre Cintra na altura o pároco da freguesia de Pomares. Já lá vão uns anos...e recordar é viver!

 

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 22:04
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Terça-feira, 28 de Outubro de 2008

Instantâneos XXVI

 

Não é normal fotografar as traseiras da nossa bonita igreja, mas um amigo conterrâneo mais atento, alertou-me para o facto de se ter pintado a igreja deixando por pintar parte da traseira da mesma, a parte de trás do frontal e a empena  do telhado principal.  Haverá explicação?

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 00:20
link do post | comentar | ver comentários (24) | favorito
Sábado, 11 de Outubro de 2008

Instantâneos XXI

 

Já se foram as noites de temperatura amena em que apetecia dar uma passeata, e era ver os aficionados dos passeios a pé de uma lado para o outro. As voltinhas da praxe!

Ontem à noite nem estava frio, apenas um vento de ar quente, que teimava em rajadas de impor algum respeito. Foi este forte vento que obrigou um piloto de helicóptero a poisar a aeronave perto da Mourísia, interrompendo a rota e aguardando melhores condições para levantar voo e prosseguir viagem. Mas para nós que estamos no vale, não foi impedimento para dar uma voltinha, e ao olhar para a nossa Igreja iluminada a sobressair atrás de uma árvore, achei o "quadro" engraçado que partilho convosco.

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 01:34
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 18 de Abril de 2008

Dia Mundial dos Monumentos

 

Hoje comemora-se o Dia Internacional dos Monumentos e Sítios.

 

Como monumento em Pomares, apenas se pode considerar a Igreja, que ostenta um corpo de três naves divididas longitudinalmente por três arcos assentes em pilares. É de facto uma edificação digna de registo, e por ser um local de meditação, vou ser parco em palavras, deixando as imagens que valem por mil.

 

Ao lado, pormenor da porta principal

 

 

 

Um outro pormenor da data inscrita na pedra, do lado direito da porta principal.

 

 

Enquadramento da Igreja na malha urbana.

 

 

o Altar-Mor, rico em talha e iluminado pelos vitrais das janelas laterais.

 

 

Outro pormenor do interior, onde é visivel  a imponência dos arcos e de toda a estrutura em granito de cantaria.

 

 

 

Pormenores do seu interior, as Alminhas do Purgatório e o Púlpito.

 

 

A Capela da Marquesa como é conhecida, situa-se numa das paredes laterais e foi instituída por Manuel de Brito e mulher,  D. Catarina Borges de Castro, aí sepultados e data dos finais de seiscentos.

 

 

 

Os sepulcros

 

 

É notável a edificação, atendendo que se trata de uma aldeia e ao tempo da sua construção, Pomares, dependia administrativamente de Avô, da qual dista uns escassos três quilómetros.

 

A visitar. 

 

                   

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 02:54
link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito

.Eu


. ver perfil

. seguir perfil

. 36 seguidores

.pesquisar

.Maio 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Domingo de Ramos em Pomar...

. Igreja de Barcarena

. Coro Paroquial da Igreja ...

. Igreja de Pomares ( Um Cr...

. Não Lembra ao Diabo!

. Domingo de Ramos

. Instantâneos XXVI

.arquivos

.tags

. todas as tags

.links

.Visitas

conter12

.últ. comentários

Que pena pintarem as casas de branco!Eram tão lind...
Adorei o teu comentário! Não tenho mais palavras! ...
Não é preciso dizer mais nada... como sempre o ami...
Foi com gosto que apreciei esta festa de Carnaval...
Não lhe sei responder...Sei que têm vendido alguma...
A Quinta da Marqueza encontra-se para venda ?
Que catastrófe as imagens dão arrepios.bjshttp//bl...
Impressionante! Ainda bem que nada lhes aconteceu.
Parabéns à Junta de Freguesia de Pomares, por as m...
A familia de minha Mãe de apelido Silva Campos é d...

.AVISO

Para evitar a calúnia e a difamação gratuíta, os comentários são moderados pelo autor do blog. Todos os comentários serão publicados, mas se estiver a pensar insultar ou difamar pessoas ou grupos, e de forma geral prejudicar a utilização leal deste espaço não se dê ao trabalho. Os comentários não serão publicados.