Terça-feira, 27 de Dezembro de 2011

Gallus gallus

 

No Natal não entra na ementa, mas é sinónimo de Missa depois da Ceia de Natal. Para uns, a lenda, segundo a qual um galo teria cantado à meia-noite do dia 24 anunciando o Menino Jesus, para outros, com o facto de a Missa de Natal terminar normalmente muito tarde, e quando as pessoas voltavam para casa já o galo cantava...

O galo é uma ave de porte altivo, e não é raro encontrá-lo como simbolo em heraldica, ou como mascote de muitas organizações ou clubes.

Nas nossas aldeias é sustento de familia, e a um arroz de cabidela de galo não se diz que não!... 

Já lá vai o tempo em que galos e galinhas andavam pelo meio das ruas em plena liberdade, só regressando à capoeira ao cair do dia para escapar ao dente guloso de uma atrevida e esperta raposa...aqui na cidade, juntamente com patos e pombos, é um animal de jardim...

 

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 23:45
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Sábado, 17 de Setembro de 2011

Uma Prenda vinda da Madeira!

 

 

A critica pública é um direito, e não um risco!

 

Se o que as noticias trouxeram a "lume" hoje, que o "buraco" nas contas publicas da Madeira é qualquer coisa como 1,6 Mil Milhões de euros, mais do que o montante do "pilim"  da tranche que veio do União Europeia há poucos dias, contrasta com as afirmações já proferidas pelo líder local, que nas próximas semanas no Continente vão estar entretidos com mentiras a falar da Madeira. 

Puseram a Madeira num Jardim e aqui o "toino" e os restantes cubanos do continente é que se lixam!!!

Não sei fazer as contas, mas o "buraco" do BPN e o "buraco" da Madeira, quanto é que dá em impostos?

E o povo pá?! E a culpa é do Sócrates, pá!

 

 

 (imagens retiradas da net)

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 00:20
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quarta-feira, 13 de Maio de 2009

O Meu Jardim

 

Não, não tenho jardim! O meu jardim é este imenso verde e o colorido das giestas e urzes  em flor dos montes que rodeiam esta minha querida terra que me viu nascer. Mas estas rosas são de uma roseira, pouco mimada por sinal, e plantada pelo meu pai num pequeno pedaço de terra junto à casa de familia. A natureza é assim, espontânea!

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 20:35
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

.Eu


. ver perfil

. seguir perfil

. 36 seguidores

.pesquisar

.Maio 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Gallus gallus

. Uma Prenda vinda da Madei...

. O Meu Jardim

.arquivos

.tags

. todas as tags

.links

.Visitas

conter12

.últ. comentários

Que pena pintarem as casas de branco!Eram tão lind...
Adorei o teu comentário! Não tenho mais palavras! ...
Não é preciso dizer mais nada... como sempre o ami...
Foi com gosto que apreciei esta festa de Carnaval...
Não lhe sei responder...Sei que têm vendido alguma...
A Quinta da Marqueza encontra-se para venda ?
Que catastrófe as imagens dão arrepios.bjshttp//bl...
Impressionante! Ainda bem que nada lhes aconteceu.
Parabéns à Junta de Freguesia de Pomares, por as m...
A familia de minha Mãe de apelido Silva Campos é d...

.AVISO

Para evitar a calúnia e a difamação gratuíta, os comentários são moderados pelo autor do blog. Todos os comentários serão publicados, mas se estiver a pensar insultar ou difamar pessoas ou grupos, e de forma geral prejudicar a utilização leal deste espaço não se dê ao trabalho. Os comentários não serão publicados.