Quinta-feira, 4 de Abril de 2019

RJ ANIMA - Caminhada com Stória pela Marginal de Agualva a Massamá

Caminhada com Stória - Passeio Pedestre Marginal Agualva- Massamá1.jpg

Acompanhei no domingo passado uma "Caminhada com Stória" promovida pela Associação RJ ANIMA e conduzida mais uma vez pelo Prof. Rui Oliveira, Antropólogo e investigador de História Local, que nos levou pela História passo a passo, pelos centímetros a centímetros que íamos pisando. Nada passou ao acaso. Desde 100 Milhões de anos que se calculam ter as formações dos maciços de sedimentos que compõem os taludes e barreiras da Marginal, e a vista sobre a Quintã da Consolata, onde ficámos a saber que aí permaneceu durante algum tempo Gungunhana, a procura de Fosseis Rudistas na encosta que dá para a antiga aldeia de Rocanes, a Pedreira e as formações calcarias e basálticas e as fissuras que foram provocadas por chuvas ácidas na época em que os vulcões expeliam fogo  por aqui, até ao coberto vegetal que cobre esta zona de clima continental e mediterrânico,  e até à captação de água que ainda hoje abastece a Fabrica de Pólvora, num passeio agradável e entusiasmante!  
A RJ ANIMA e o Prof Rui Oliveira têm vindo a desenvolver estas actividades, entre outras, que muito contribuem para a inclusão das pessoas que não sendo originárias da cidade de Agualva-Cacém aqui vivem, constituiram familia, e, se sentem daqui agora naturais e esse sentimento só se adquire se conhecermos a nossa terra. Só podemos amar e valorizar o que conhecemos, e conhecendo criamos um sentimento de pertença e de identidade. A dizer bem, a valorizar o que deve ser valorizado, porque a dizer mal afasta-nos!  Esse papel tem sido desempenhado de uma forma voluntária e altruísta pela RJ ANIMA. Como diz o Prof. Rui Oliveira, aqui é o EDEN, os povos sempre procuraram este território na antiguidade e ainda hoje o procuram...
Ficam aqui algumas imagens que registei, para que conste e se faça história...

Caminhada com Stória - Passeio Pedestre Marginal Agualva- Massamá2.jpg

Caminhada com Stória - Passeio Pedestre Marginal Agualva- Massamá3.jpg

Caminhada com Stória - Passeio Pedestre Marginal Agualva- Massamá4.jpg

Caminhada com Stória - Passeio Pedestre Marginal Agualva- Massamá5.jpg

Caminhada com Stória - Passeio Pedestre Marginal Agualva- Massamá6.jpg

Caminhada com Stória - Passeio Pedestre Marginal Agualva- Massamá7.jpg

Caminhada com Stória - Passeio Pedestre Marginal Agualva- Massamá8.jpg

Caminhada com Stória - Passeio Pedestre Marginal Agualva- Massamá9.jpg

Caminhada com Stória - Passeio Pedestre Marginal Agualva- Massamá10.jpg

Caminhada com Stória - Passeio Pedestre Marginal Agualva- Massamá11.jpg

Caminhada com Stória - Passeio Pedestre Marginal Agualva- Massamá12.jpg

Caminhada com Stória - Passeio Pedestre Marginal Agualva- Massamá13.jpg

Caminhada com Stória - Passeio Pedestre Marginal Agualva- Massamá15.jpg

Caminhada com Stória - Passeio Pedestre Marginal Agualva- Massamá16.jpg

Caminhada com Stória - Passeio Pedestre Marginal Agualva- Massamá18.jpg

Caminhada com Stória - Passeio Pedestre Marginal Agualva- Massamá19.jpg

Caminhada com Stória - Passeio Pedestre Marginal Agualva- Massamá20.jpg

Caminhada com Stória - Passeio Pedestre Marginal Agualva- Massamá21.jpg

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 10:12
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 10 de Fevereiro de 2012

Urbanidades IX

 

Há muito que não utilizo este título, "Urbanidades", para identificar fotografias captadas na grande urbe como gosto de lhe chamar. Não para utilizar um adjectivo abstrato, mas para as diferenciar do meu "mundo", que continua e continuará a ser rural e interior, e para contrastar é exactamente nesta linha de raciocinio que também utilizo os adjectivos "Ruralidades" e "Interioridades". A estes voltarei um dia destes. Agora só falta identificar o sítio: Massamá.

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 22:32
link do post | comentar | favorito
Domingo, 16 de Janeiro de 2011

Massamá

 

Massamá é uma povoação de origem árabe, e o seu nome tem origem no termo árabe "Mactamã" que significa "Fonte" ou " Lugar onde se toma boa água", e situa-se nos antigos caminhos entre Lisboa e Sintra. Era aqui que antigamente os viajantes, almocreves, guerreiros e caçadores paravam para beber água e dar descanso às suas montadas.

 

Hoje, Massamá pouco conserva desses tempos, ou até de há 40 ou 50 anos, mas o chafariz continua a ser o ex-libris da povoação, e é alimentado por uma mina que se situa no interior da Escola Básica nº1 de Massamá e que faz parte das muitas minas que existiram antigamente. Antes do crescimento em cimento, esta região foi muito fértil e chegou a ser considerada uma das melhores zonas de produção de trigo do país.

 

Até meados do século XX a população não ultrapassava as 500 almas e o povoado situava-se nas proximidades deste chafariz!

 

Mostro-vos algumas imagens de Massamá dos nossos dias...

 

 

O lugar de Massamá constituía o limite de Lisboa, como é comprovado por este marco tipo padrão que foi mandado reerguer pelo Município de Sintra no ano de 1956, e que ostenta uma caravela e a inscrição, Lisboa Senado 1768. 

 

 

Pouco resta de antigamente...

 

 

 

Algumas casas tiveram a sorte de ser recuperadas e reconvertidas...

 

 

No local onde outrora eram terrenos, hoje erguem-se imponentes edifícios e muito comércio...

 

 

Cimento...

 

 

E mais cimento...apesar de lindas zonas verdes bem cuidadas...

 

 

Massamá Norte...

 

 

Massamá é uma zona densamente povoada, mas que apesar de tudo tem vários parques... 

 

 

A primeira unidade industrial de Massamá, os Laboratórios Delta, pela iniciativa do Dr. Francisco Ribeiro de Spínola, irmão do conhecido Marechal António de Spínola que também tinha residência nesta localidade, e ocupa as instalações do antigo palácio dos Condes de Azarujinha, naquilo que foi a Quinta do Porto.

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 02:47
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Sábado, 16 de Janeiro de 2010

Urbanidades V

 

Massamá. A  Av.25 de Abril em dia de chuva...

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 21:49
link do post | comentar | favorito

.Eu


. ver perfil

. seguir perfil

. 36 seguidores

.pesquisar

.Maio 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. RJ ANIMA - Caminhada com ...

. Urbanidades IX

. Massamá

. Urbanidades V

.arquivos

.tags

. todas as tags

.links

.Visitas

conter12

.últ. comentários

Que pena pintarem as casas de branco!Eram tão lind...
Adorei o teu comentário! Não tenho mais palavras! ...
Não é preciso dizer mais nada... como sempre o ami...
Foi com gosto que apreciei esta festa de Carnaval...
Não lhe sei responder...Sei que têm vendido alguma...
A Quinta da Marqueza encontra-se para venda ?
Que catastrófe as imagens dão arrepios.bjshttp//bl...
Impressionante! Ainda bem que nada lhes aconteceu.
Parabéns à Junta de Freguesia de Pomares, por as m...
A familia de minha Mãe de apelido Silva Campos é d...

.AVISO

Para evitar a calúnia e a difamação gratuíta, os comentários são moderados pelo autor do blog. Todos os comentários serão publicados, mas se estiver a pensar insultar ou difamar pessoas ou grupos, e de forma geral prejudicar a utilização leal deste espaço não se dê ao trabalho. Os comentários não serão publicados.