Quarta-feira, 19 de Março de 2008

Contra o medo, liberdade.

 

Podemos definir o medo como um estado afectivo suscitado pela consciência do perigo.

 

Observando alguns comportamentos de pessoas, tenho-me questionado se em Pomares existe liberdade de expressão e medo. Cheguei à conclusão que não existe liberdade de expressão e existe medo.

 

Por exemplo, quando o blog do Rouxinol de Pomares dava os primeiros passos, algumas pessoas passaram a utilizar a palavra "internet" (porque viam algumas pessoas vociferando contra o blogger ) e diziam "olha a internet!" e não tardou alguns dias para que as mesmas pessoas comentassem: - é pá, tenho que me calar, que já me andam a virar a cara! (O MEDO)

Um outro exemplo, são alguns dos comentários de estilo inquisitório e ofensivo, aqui no blog. Estas atitudes são formas concertadas de intimidação.

 

É evidente que sempre houve aquelas pessoas que mutilam a sua própria liberdade, mas que não se dão conta que ameaçam assim a liberdade dos outros. Existe medo de falar e de tomar livremente posição. É um medo resultante de dependência, reduzida a seguir os vencedores e para não perderem posições. Há medo de pensar pela própria cabeça, medo de discordar, medo de não ser alinhado. A crítica é olhada com suspeita e o seguidismo transformado em virtude.

Então porquê a sensação de que nem sequer convém dizer  o que se pensa?

Porquê o medo? De quem e de quê? 

 

 

É evidente que a ideia é evitar o contágio com "doenças" como a liberdade, liberdade de expressão, 25 de Abril, democracia e outras maleitas perniciosas aos excelsos cavalheiros e damas que vão mandando cá no burgo.

 

Para cada doença, mais cedo ou mais tarde aparece a cura.

 

Sou dos que defende que a liberdade de expressão é o mais importante de todos os valores democráticos. Por denunciar e me indignar ? A indignação é também um direito fundamental e se deixarmos de nos indignar, há enormidades que passam a ser ouvidas como se fossem coisas naturais.

 

O contrário do medo é a confiança.

CONTRA O MEDO, LIBERDADE.

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 01:08
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito

.Eu


. ver perfil

. seguir perfil

. 36 seguidores

.pesquisar

.Maio 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Contra o medo, liberdade.

.arquivos

.tags

. todas as tags

.links

.últ. comentários

Que pena pintarem as casas de branco!Eram tão lind...
Adorei o teu comentário! Não tenho mais palavras! ...
Não é preciso dizer mais nada... como sempre o ami...
Foi com gosto que apreciei esta festa de Carnaval...
Não lhe sei responder...Sei que têm vendido alguma...
A Quinta da Marqueza encontra-se para venda ?
Que catastrófe as imagens dão arrepios.bjshttp//bl...
Impressionante! Ainda bem que nada lhes aconteceu.
Parabéns à Junta de Freguesia de Pomares, por as m...
A familia de minha Mãe de apelido Silva Campos é d...

.AVISO

Para evitar a calúnia e a difamação gratuíta, os comentários são moderados pelo autor do blog. Todos os comentários serão publicados, mas se estiver a pensar insultar ou difamar pessoas ou grupos, e de forma geral prejudicar a utilização leal deste espaço não se dê ao trabalho. Os comentários não serão publicados.