Segunda-feira, 30 de Dezembro de 2013

Por terras do norte...

 

Disse que antes de acabar o ano tinha umas fotografias para por à luz do dia, que é como quem diz, mostrá-las aqui. São estas, porque o Norte e o Interior do país têm muito para ver. Sempre que vou a Murça, se tiver tempo, e o tempo me permitir, dou sempre uma voltinha, nem que seja pelos arredores, porque muitas coisas que vejo é como se num clique da máquina tivesse percorrido tantos e tantos anos de história dos homens, como se viajasse na máquina do tempo...ora venham daí!

Murça é uma bonita vila, e não dispenso uma ida lá para poder comprar Toucinho do Céu, único e verdadeiro.

 

 

Torre de Moncorvo, adoro almoçar por lá , mesmo que tenha que fazer um desvio de uma dezena de quilómetros, mas vale a pena, porque as gentes são simpáticas e a terra é linda. Vejam aqui quando lá fui pela primeira vez. 

 

 

Carrazedo de Montenegro, a terra da castanha.

 

 

Trás-os-Montes é terra onde o castanheiro ocupa um lugar de destaque, e é em Carrazedo de Montenegro, (Valpaços), que se encontra um dos maiores soutos da Europa.

 

 

Perco-me em lugares escondidos dos roteiros, mas cuja beleza e potencialidades turísticas são bem visíveis.

 

 

Páro e fotografo "pontes" que deixam passar o pensamento, adivinhando quanto esforço humano está aqui nestas pedras que ainda perduram, e fazem com que quem por aqui habitou continue presente...

 

 

Estou na aldeia da Ribeira da Fraga, (Carrazedo de Montenegro), um lugar perdido, que com algum investimento se tornaria num local obrigatório a visitar, com a consequente mais valia para quem ainda ali persiste em viver.

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 23:47
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 24 de Janeiro de 2012

Foz do Sabor

 

Por razões de ordem familiar vou frequentemente a Trás-os-Montes, não tão frequente quanto eu desejaria, mas sempre que é possível dou lá um saltinho. Se houver pressa, então o itinerário a seguir é IP3 e A24, e cerca de duas horas depois estou no destino, se não houver tanta pressa e o tempo convidar a outro itinerário, então ruma-se a estradas nacionais e secundárias, que neste momento até dão jeito, porque as Scut's estão pela "hora da morte", e viajando, conhecendo o nosso país, os nossos costumes, provando sabores que se pensa já não existirem, é muito mais benefico do que derreter os cobres nas auto-routes. Foi isso que fiz um dia destes, desviei-me das AE e fui a Torre de Moncorvo almoçar, e passei perto da Foz do Sabor, e diz-se que por aqui se come uma peixada de rio de se lhe tirar o chapéu...

Alô peixes do rio, preparem-se!

 

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 23:29
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

.Eu


. ver perfil

. seguir perfil

. 36 seguidores

.pesquisar

.Maio 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Por terras do norte...

. Foz do Sabor

.arquivos

.tags

. todas as tags

.links

.Visitas

conter12

.últ. comentários

Que pena pintarem as casas de branco!Eram tão lind...
Adorei o teu comentário! Não tenho mais palavras! ...
Não é preciso dizer mais nada... como sempre o ami...
Foi com gosto que apreciei esta festa de Carnaval...
Não lhe sei responder...Sei que têm vendido alguma...
A Quinta da Marqueza encontra-se para venda ?
Que catastrófe as imagens dão arrepios.bjshttp//bl...
Impressionante! Ainda bem que nada lhes aconteceu.
Parabéns à Junta de Freguesia de Pomares, por as m...
A familia de minha Mãe de apelido Silva Campos é d...

.AVISO

Para evitar a calúnia e a difamação gratuíta, os comentários são moderados pelo autor do blog. Todos os comentários serão publicados, mas se estiver a pensar insultar ou difamar pessoas ou grupos, e de forma geral prejudicar a utilização leal deste espaço não se dê ao trabalho. Os comentários não serão publicados.