Segunda-feira, 9 de Fevereiro de 2015

Soito da Ruiva em Corroios - Seixal

Soito da Ruiva em Corroios Seixal (001)

Mais uma vez me desloquei à "Outra Banda", para acompanhar a nossa comunidade do Soito da Ruiva, que participou no VIII Encontro Saberes e Sabores que decorreu este fim de semana no Pavilhão Municipal do Alto do Moinho, em Corroios, no Municipio do Seixal, e é um apontamento dessa visita que vos quero aqui deixar...

Soito da Ruiva em Corroios Seixal (002)

Como sempre, o Soito da Ruiva mantem muito bem apetrechada a sua "barraquinha", com alguns produtos da nossa Serra do Açor, onde não podiam faltar a broa de milho e os famosos e premiados coscoreis (filhoses).

Soito da Ruiva em Corroios Seixal (003)

Os queijos do amigo Michael (Quinta do Ribeiro - Sarzedo - Arganil) sempre presentes.

Soito da Ruiva em Corroios Seixal (004)

A broa e os coscoreis.

Soito da Ruiva em Corroios Seixal (005)

Os bolinhos, as chouriças, o pão com chouriço e as pataniscas...

Soito da Ruiva em Corroios Seixal (006)

E...la crème de la crème...o mais famoso doce da nossa região, a tigelada...

Soito da Ruiva em Corroios Seixal (007)

Tudo isto a cargo da atenta e meticulosa Anita, que no seu posto, e "fardada" a rigor, honra a nossa cultura beirã e serrana em terras da Grande Lisboa.

Soito da Ruiva em Corroios Seixal (008)

O Grupo de Danças e Cantares de Soito da Ruiva actuou na sexta feira, e por desconhecer o programa não tive a oportunidade de assistir. Por isso mesmo não tenho imagens,  mas no sábado, à hora que estive neste grande Pavilhão Municipal, tive o privilégio de ver uma actuação de um grupo folclórico proveniente de Paris, composto na sua maioria por gente jovem, caras bonitas e elegantemente vestidos. La Bourrée de Paris, é o seu nome.

Soito da Ruiva em Corroios Seixal (009)

Soito da Ruiva em Corroios Seixal (0010)

Soito da Ruiva em Corroios Seixal (10)

Soito da Ruiva em Corroios Seixal (0011)

Soito da Ruiva em Corroios Seixal (0012)

Soito da Ruiva em Corroios Seixal (0013)

Soito da Ruiva em Corroios Seixal (0014)

Soito da Ruiva em Corroios Seixal (0015)

Soito da Ruiva em Corroios Seixal (0016)

Soito da Ruiva em Corroios Seixal (0017)

Soito da Ruiva em Corroios Seixal (0018)

Soito da Ruiva em Corroios Seixal (0019)

 

sinto-me: serrano
publicado por rouxinoldepomares às 19:40
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 25 de Fevereiro de 2014

Soito da Ruiva na Margem Sul

 

No sábado fui encontrar os nossos amigos e conterrâneos do Soito da Ruiva a fazer pela vida, que é como quem diz, a partilhar os nossos saberes e sabores beirões, e a dar um pezinho de dança animando também o VII Encontro Intercultural de Saberes e Sabores, que decorreu no Pavilhão Municipal do Alto do Moinho, Corroios, Seixal. Aqui é fácil encontrar uma grande variedade cultural, que traz consigo uma também grande variedade de saberes e sabores. O Soito da Ruiva levou até aqui os sabores serranos, os nossos.

 

 

É com uma banca de apresentação esmerada (a melhor que vi por lá), e apetrechada de coisas boas e apetitosas, que vão amealhando, para lá longe, na sua terra natal, irem erguendo obra, e melhorando as condições de vida da sua gente que ainda reside e resiste por lá.

 

 

 

Muita farinha é amassada e muito coscorel é vendido, para ir erguendo o presente e o futuro de uma aldeia.

 

 

A broa de milho presente.

 

 

Onde não falta o queijo de Arganil (Quinta do Ribeiro).

 

 

A sobremesa da região serrana, a apreciada e famosa tigelada.

 

 

E a actuação do GDCSR.

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 01:30
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Domingo, 5 de Fevereiro de 2012

GDC Soito da Ruiva no CDC do Casal do Marco

 

Cada vez melhor, o Grupo de Danças e Cantares de Soito da Ruiva actuou no Clube Desportivo e Cultural do Casal do Marco, participando nos festejos do 9º aniversário do Rancho Folclórico Alegria da Nossa Terra, de Arrentela, Seixal.  

Perante a presença de uma enorme assistência, ninguém resistiu ao Fado Serrrano interpretado pelo nosso Grupo, e uma roda enorme de gente feliz cresceu ao som das concertinas e das vozes da Serra do Açor. Soito da Ruiva-Pomares-Arganil marca mais um ponto na margem sul, e é uma referência nas colectividades culturais e populares. É isso que vos irei mostrar a seguir...ora vejam:

 

 

O Rancho Folclórico "Alegria da Nossa Terra" era o anfitrião e o aniversariante, com trajes de trabalho do século passado, com algum rigor e pormenor, que retratam as actividades mais importantes da margem sul do rio tejo.

 

 

Participou também o Grupo Teatral e Folclórico da Morgadinha (Charneca da Caparica)...

 

 

E, a aguardada participação do nosso Grupo de Danças e Cantares de Soito da Ruiva...

 

 

 

A actuação dos ranchos Folclóricos estava programada para actuar em palco ao ar livre, mas as baixas temperaturas, cerca de 1º, levaram a que os organizadores transferissem o espectáculo para o salão...

 

 

No estandarte de Soito da Ruiva é afixado o testemunho da sua participação pela  Presidente de Junta de Freguesia da Arrentela. Estiveram presentes também representantes da Câmara Municipal do Seixal e da Junta de Freguesia de Paio Pires.

 

 

Soito da Ruiva agradece o convite e oferece o livro do Grupo ao Rancho Alegria da Nossa Terra, que, recorde-se, contem algumas fotografias da minha autoria, o que me deixa feliz, porque com pequenos contributos tenho também divulgado há uns anos a esta parte o que de melhor há na nossa freguesia.

 

 

José Niz e a Sara, aguardando a vez de entrarem em palco...

 

 

O líder do Rancho Folclórico "Alegria da Nossa Terra" com a Adelina Niz, de Soito da Ruiva...

 

 

Repare-se no "roçador de tojo" que usa uns calções que se assemelham a uma saia, para permitir abrir caminho aos barcos ancorados na margem...

 

 

Trajes curiosos e muito diferentes da nossa Serra do Açor. É isto que o folclore nos traz, a etnografia como um pedaço de história, que é a nossa identidade. Portugal, tão pequeno e tão diferente nos usos e costumes, que o torna um belo e "grande" país, que alguns teimam em enfraquecer e vender ao desbarato.

 

 

 

A actuação do Rancho Folclórico da Morgadinha...

 

 

Com danças de coreografia interessante e de boa preparação física...

 

 

Por ultimo, e já bem tarde na noite fria de sábado, o Grupo do Soito da Ruiva desfila para a actuação...

 

 

Musicalmente estiveram muito bem...

 

 

E a cantar e a encantar, levaram um arzinho da Serra do Açor até ao sul do Tejo...

É um espectááááculoooo!!!!

 

 

A apresentação dos trajes serranos...Os noivos...

Cristiana Grácio e Carlos Grácio...na vida real, filha e pai.

 

 

Fernanda e Zé Niz... representando a moleira com o "sarrão" à cabeça, e o malhador de centeio...

 

 

Um casal de romeiros a caminho da Senhora das Preces...Natália e António Neves...

 

 

Carolina e o Victor...representando uma das profissões até há poucos anos das mais importantes da nossa terra e região e já uma raridade nos dias de hoje...o resineiro...

 

 

Os usos e costumes da nossa Freguesia de Pomares levados a outras terras, com outros costumes...

 

 

O Folclore também é isto...

 

 

A noite terminou com um lanche/ceia...

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 23:51
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito

.Eu


. ver perfil

. seguir perfil

. 36 seguidores

.pesquisar

.Maio 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Soito da Ruiva em Corroio...

. Soito da Ruiva na Margem ...

. GDC Soito da Ruiva no CD...

.arquivos

.tags

. todas as tags

.links

.Visitas

conter12

.últ. comentários

Que pena pintarem as casas de branco!Eram tão lind...
Adorei o teu comentário! Não tenho mais palavras! ...
Não é preciso dizer mais nada... como sempre o ami...
Foi com gosto que apreciei esta festa de Carnaval...
Não lhe sei responder...Sei que têm vendido alguma...
A Quinta da Marqueza encontra-se para venda ?
Que catastrófe as imagens dão arrepios.bjshttp//bl...
Impressionante! Ainda bem que nada lhes aconteceu.
Parabéns à Junta de Freguesia de Pomares, por as m...
A familia de minha Mãe de apelido Silva Campos é d...

.AVISO

Para evitar a calúnia e a difamação gratuíta, os comentários são moderados pelo autor do blog. Todos os comentários serão publicados, mas se estiver a pensar insultar ou difamar pessoas ou grupos, e de forma geral prejudicar a utilização leal deste espaço não se dê ao trabalho. Os comentários não serão publicados.