Domingo, 19 de Outubro de 2014

A Problemática de Uma Poda

O corte das arvores da SMP (001)

Surgiram há pouco tempo nas redes sociais criticas sobre a forma como foram podadas algumas árvores do Parque Desportivo D. Adelaide de Brito Peixoto Sanguinhetti Borbon Bobone. Prometi que me pronunciaria sobre o assunto depois de me inteirar dos motivos e opções junto da Direcção da Sociedade de Melhoramentos de Pomares, a legítima proprietária do espaço. Depois de me inteirar das razões que levaram à limpeza da barreira do campo de futebol, bem como a poda de árvores, incluindo o corte de um castanheiro que está no centro da polémica, venho a público repor o que se me afigura de inteira justiça que é devida a uma instituição que paga impostos e suporta custos com uma propriedade que está ao dispor da população pomarense, e que guarda a memória dos seus fundadores, que tiveram a honra de em boa hora fundar uma associação que sempre se norteou por lutar por Pomares e por criar as melhores condições para os pomarenses, e que hoje é a pioneira do movimento regionalista que nos deve orgulhar como filhos e descendentes de Pomares. Vou elencar aqui as razões que apurei, não como Presidente da Assembleia Geral de Sócios, mas como pomarense, que ao longo destes anos tem tido sempre uma palavra sobre aquilo que realmente tem de interesse para todos nós enquanto comunidade.

O corte das arvores da SMP (002)

Em primeiro lugar, há que tornar público que a opção de limpar as ervas e o mato, bem como a poda das árvores, teve como prioridade o facto de estarmos perto do inicio de uma nova época futebolística para o Grupo Desportivo Pomarense, e em reunião entre as duas organizações, a Sociedade de Melhoramentos de Pomares, como proprietária que é do espaço, assumiu a limpeza do terreno e da barreira que é a "bancada" do nosso campo de futebol. Todos nós concordaremos que com o espaço limpo de silvas, de mato e ervas daninhas, dá um aspecto mais cuidado e é uma forma também de podermos receber com dignidade quem nos visita.   

O corte das arvores da SMP (003)

O corte de que o castanheiro foi alvo, tem a ver com a doença dos castanheiros que este já apresentava. Convém esclarecer que a desmatação e a poda das árvores foi executada pelos sapadores florestais de Alvôco, pessoas especializadas na área florestal e com inúmeros trabalhos prestados em Pomares, e em quem a Sociedade de Melhoramentos confia, já que tem sido esta organização a prestar-nos serviços por mais do que uma vez.  Se alguém está a pôr em causa a competência técnica, e se tem uma outra opinião técnica devidamente fundamentada, que se chegue "à frente" e diga em local próprio, que será a próxima Assembleia Geral de Sócios da S.M.P.  
Se houvesse a intenção de cortar sem critério, não se teriam preservado e  podado algumas espécies, como é por exemplo este pessegueiro (!), numa barreira.

O corte das arvores da SMP (004)

Basta olhar em redor para ver o estado dos castanheiros que dantes constituíram o Soito da Sernada, o nome do local...

O corte das arvores da SMP (005)

Eu percebo onde se pretende chegar, mas deixem-me dizer que sempre se podaram castanheiros, de forma drástica, alguns mais velhos que o castanheiro em causa. Concordo que o castanheiro não ficou bonito, mas perante o corte total, faz-me lembrar alguém que tenha que cortar uma perna em opção a morrer...não é bonito ter só uma perna, mas continua-se a viver...

E pergunto eu:
- Uma direcção não terá  a legitimidade de poder decidir podar as árvores da (sua) propriedade da associação? 
Por acaso alguém se preocupa com o dinheiro necessário para pagar impostos da propriedade que inclui o parque infantil que nunca foi desanexado? Por acaso alguém se preocupou até agora em tornar a Sociedade de Melhoramentos de Pomares instituição de utilidade pública para ficar isenta de impostos? Alguém se preocupou com os quase 500 euros para limpar todo aquele espaço? Pois...essa é uma preocupação da direcção, legitimamente eleita e em funções, que mal ou bem decide. E só os sócios podem, em sede própria, criar opções...e fazer melhor!!! 

O corte das arvores da SMP (006)

Neste momento não é bonito o castanheiro, mas se a natureza ajudar, ainda vai ficar uma árvore de verdade, mas a mim choca-me mais ver este "mono" de plástico velho e bolorento, e quem critica a opção do que se fez numa propriedade de uma organização, dando mostras de vistas largas, poderia já ter visto que aqui ficaria melhor uma barraquinha em madeira. Por certo o Grupo Desportivo Pomarense, não a rejeitaria...

O corte das arvores da SMP (007)

Sabendo que o castanheiro estava doente agora viram-se para as tilias...a poda foi corrigida para que não fiquem acachapadas como estas...

O corte das arvores da SMP (008)

Quem critica devia  preocupar-se com o que realmente se devia preocupar...com o que é realmente público, do que é mantido pelos nossos impostos, mas sempre houve a péssima tendência de falar na vida do vizinho...e nunca se vê o cisco no próprio olho...

O corte das arvores da SMP (009)

Quem critica da forma que o fez, não tem a noção do que é publico e do que não é, mas se estivesse ao serviço do verdadeiro interesse de Pomares e dos pomarenses, em lugar de partilhar para os amigos e de mandar uns "bitaites" nas redes sociais, devia isso sim, apresentar ou participar  num plano em conjunto com a Sociedade de Melhoramentos que pudesse melhorar a barreira, tornando-a mais uniforme com especies autoctones e resistentes a geadas, com a plantação de arvores adquadas ao local e à nossa paisagem urbana/rural. Isso beneficiaria o local envolvente e toda a nossa terra. Uma atitude dessas é que era de enaltecer, mas estou convencido e tenho a certeza que Pomares irá pagar caro no futuro a forma como tem sido incentivado e acicatado a maledicência e os ódios nestes últimos anos.  

O corte das arvores da SMP (010)

Já escrevi demais, mas não posso deixar de vos mostrar que estas árvores e castanheiros que estão junto do parque infantil, estão cheios de heras e com alguns ramos secos, condenados a secar, (morrer), sujeitos a cair para cima de alguém que se sente nos bancos de merendas que estão por baixo, e que também são propriedade da Sociedade de Melhoramentos. Deveriam ser sujeitos a uma poda selectiva, mas tudo isto vem desmotivar quem ainda tem alguma força anímica para trabalhar voluntariamente na Sociedade de Melhoramentos de Pomares, que o mesmo é dizer, por Pomares e pelos pomarenses.

Sabemos que é conversa que a lenha saída do local devia ter sido vendida. Como? A S. M.P. não passa recibos!!!  Pode é trocar a lenha que se encontra abrigada da chuva, por um donativo justo. Se alguém estiver interessado contacte a Direcção.

O corte das arvores da SMP (011)

As fotos que se seguem é para vos mostrar o que atrás escrevi. Galhos secos, castanheiros e cerejeiras bravas entre eles...

O corte das arvores da SMP (012)

Ramos secos...e heras que inevitavelmente irão asfixiar os castanheiros...é uma questão de tempo se não forem podados...

O corte das arvores da SMP (013)

A hera num abraço fatal ao castanheiro...deixa-se assim ?

O corte das arvores da SMP (014)

Diga-se o que se disser e o que algumas mentes quiserem, mas daqui...

O corte das arvores da SMP (015)

Lá d'além...

O corte das arvores da SMP (016)

Ou d' ali de baixo do campo, isto tudo limpinho está muito melhor... 

 

O corte das arvores da SMP (017)

Nunca vi preocupação com os pinheiros secos que vão caindo para cima dos castanheiros, nem vi alarido no facebook que agora está na moda e serve para alguns finalmente gritarem que já não são infoexcluídos...

O corte das arvores da SMP (018)

Nunca vi preocupação com isto, nem vi que partilhassem no facebook...

O corte das arvores da SMP (019)

Nem com estes...

O corte das arvores da SMP (020)

E estas tílias anãs? Sabem porquê, não são bonsais, são o resultado disto...

O corte das arvores da SMP (021)

...o mesmo que mandou podar isto, assim...cheia de "cabulos", mas as árvores mutiladas são as da Sociedade de Melhoramentos, esta que é pública... já tem uma poda "normal", não acham?

O corte das arvores da SMP (022)

E para terminar, que já me alonguei, só me posso rir...perante a "lata" ..."sombras agora só de noite"....
Como agora não é ainda de noite, mas é Outono e o Sol não queima, venham dai fazer-me companhia  que eu já estou velho para me sentar nos bancos, assim desta maneira...

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 23:55
link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito
Sexta-feira, 7 de Dezembro de 2007

O Jornal de Arganil e a Sociedade de Melhoramentos de Pomares

 

Há algum tempo que O Rouxinol de Pomares, vem equacionando se devia ou não comentar o artigo publicado no Jornal de Arganil, edição nº 4117 de 1 de Novembro do corrente ano, e que mereceu destaque de primeira página.

Trata-se de um artigo sobre a Sociedade de Melhoramentos de Pomares.

 

Considerando que o referido artigo, para além de considerações tolas, logo inadequadas, enfeuda de  uma falta de rigor gritante,  O Rouxinol de Pomares, achou por bem comentar o artigo, ainda que a esta distância.

 

O Jornal de Arganil, provavelmente à procura de novos assinantes em Pomares, ou por outro qualquer motivo que nos escapa,  publica um artigo de primeira página, sem ter o devido cuidado de se informar mínimamente.

 

 

É um facto que a Sociedade de Melhoramentos de Pomares" estava em fase de estagnação", mas também é um facto que alguns dos responsáveis por essa estagnação, são tão só, os mesmos que agora fazem parte da direcção e que aqui  se estão a lamentar, e os que não estão na direcção, gravitam nela.

É que a direcção pouco mudou...

 

Frases como "É como todas as Sociedades Regionalistas, há muito quem critique, mas pouco quem trabalhe", denotam por si só o défice democrático que ainda há em algumas pessoas à frente de organizações. E são proferidas de tal forma leviana que acabam por ofender as Sociedades Regionalistas. Temos bons exemplos na Freguesia, não é necessário ir mais longe! 

Se alguém emite alguma opinião, ou questiona alguma pequena coisa, essa opinão é vista como uma afronta e não como ajuda.

 

Curiosamente, o artigo nunca faz referência ao Presidente da Sociedade!

Não é estranho para nós, porque sabemos de antemão que o artigo é tendencioso, mas estamos cientes que em Pomares há muita gente que sabe que o real interesse é a promoção pessoal.

Estranhamos é que ao Jornal de Arganil não tenha parecido estranho a ausência do   Presidente, que é sempre a figura central nestas colectividades. 

 

Em nome do progresso, tem uma abarcância que dá para tudo, mas  tudo espremido e vendo com olhos de ver, chega-se à conclusão que é só fumaça, fumaça das panelas ao lume, ( parece que está na moda em Arganil as almoçaradas),  porque aquilo que a direcção da Sociedade de Melhoramentos actual fez por Pomares, foi  vender um imóvel para financiar a cobertura de um ringue desportivo e cujas obras foram inteiramente da responsabilidade de um familiar directo da Sra Tesoureira, promover uma festa num fim de semana  e o resto pautou-se por almoços.

Aliás, o almoço em referência no artigo e que teve lugar no Cabrinha Dois, faz referencia ao sócio gerente, mas é omitido o grau de parentesco com a Sra Tesoureira. E até os produtos para os almoços e serviço de bar foram adquiridos a familiares. Enfim, Pomares a ganhar...

 

 O artigo faz também  referência às palavras do Sr Presidente da Junta que diz: " quero felicitá-los e dizer que estarei sempre disponível para ajudar, seja directa seja nos contactos com a Câmara Municipal ou qualquer outra entidade em que entendam ser útil a minha intervenção".

Pudera, esqueceu-se foi de dizer se aquele pavilhão é o mesmo que anunciou aos microfones da Rádio de Arganil na última campanha autárquica como pavilhão polidesportivo que a Junta iria construir.

 

O artigo refere-se ainda ao espaço como polidesportivo. A nosso ver o espaço neste momento nada tem de desportivo, até porque deixou de haver condições para a pratica de qualquer desporto e para agravar, no recinto coberto foram retiradas as balizas e  encontra-se fechado à chave impedindo até os miúdos de irem dar uns toques na bola como era frequente ver-se. O espaço à entrada do actual pavilhão e até há pouco tempo era utilizado como estaleiro pela Junta de Freguesia, alíás onde ainda tem algum material obsoleto. Pelo menos serviu para que o carro com lixo mal-cheiroso, mudasse de lugar. 

De propósito não daremos relevância ao facto de se ter construído junto ao  leito da Ribeira de Pomares!

 

O artigo termina dizendo que o ano de 2007, começou bem, nós, que somos naturais de Pomares, filhos de naturais de Pomares e netos de naturais de Pomares, não temos tanta certeza assim.

 

O artigo dá ênfase ao entusiasmo da Sra Tesoureira e que não espanta quem a conhece. Aahh! pois não, sabemos que, se fosse refreada no seu exagero espalhafatoso e corrigida em postura, talvez fosse de facto útil à Sociedade de Melhoramentos e a Pomares, assim estamos em crer que Pomares perde mais do que o que tem a ganhar e a Sociedade de Melhoramentos  também. O último parágrafo do artigo atesta bem a personalidade " Por favor, quem não nos poder ajudar, não critique, já é uma boa ajuda. Quem não quizer ajudar, deixe-nos trabalhar em paz". ...tem uma tendência autoritária desproporcional às necessidades...

"Trabalhem" em paz, mas não estraguem por favor. È que cantigas de peixeira que não mente na bolsa o sente, já não nos fazem dançar... 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 00:55
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

.Eu


. ver perfil

. seguir perfil

. 36 seguidores

.pesquisar

.Maio 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. A Problemática de Uma Pod...

. O Jornal de Arganil e a S...

.arquivos

.tags

. todas as tags

.links

.Visitas

conter12

.últ. comentários

Que pena pintarem as casas de branco!Eram tão lind...
Adorei o teu comentário! Não tenho mais palavras! ...
Não é preciso dizer mais nada... como sempre o ami...
Foi com gosto que apreciei esta festa de Carnaval...
Não lhe sei responder...Sei que têm vendido alguma...
A Quinta da Marqueza encontra-se para venda ?
Que catastrófe as imagens dão arrepios.bjshttp//bl...
Impressionante! Ainda bem que nada lhes aconteceu.
Parabéns à Junta de Freguesia de Pomares, por as m...
A familia de minha Mãe de apelido Silva Campos é d...

.AVISO

Para evitar a calúnia e a difamação gratuíta, os comentários são moderados pelo autor do blog. Todos os comentários serão publicados, mas se estiver a pensar insultar ou difamar pessoas ou grupos, e de forma geral prejudicar a utilização leal deste espaço não se dê ao trabalho. Os comentários não serão publicados.