Quarta-feira, 21 de Setembro de 2011

Dois dias em Riachos III

 

O prometido é devido! Vamos falar de tomates! Só esta simples palavra nos lembra a coragem e a frontalidade no português vernáculo. Mas não, vamos falar de tomates, do fruto, pois claro!

Nunca me passou pela cabeça a quantidade de tomate que é produzido nesta região do país, e muito menos me passou pela cabeça como é que o tomate é produzido e apanhado. Tudo praticamente sem mão de obra directa. É muito deste tomate que nós consumimos em lata.

Na foto um "traylor" carregado de tomate pronto para seguir ao destino.

 

 

No campo, o atrelado é puxado por este potente tractor, que sincronizado com a máquina de apanha de tomate consegue uma produtividade de cerca de 38 toneladas/hora. A máquina rejeita o tomate verde, assim como alguma pedra ou torrão de terra que entre no circuito da apanha. Mesmo um tomate que esteja sujo de terra é rejeitado, e tudo isto a uma velocidade apreciável. É extraordinário a apanha do tomate, qualidade xuxa!

 

 

A frente da máquina em cujo "pente" entra a ramagem e todo o tipo de tomate, e para o atrelado só cai o tomate maduro e em bom estado.

 

~

 

A máquina que pela retaguarda elimina todos os desperdícios. Uma equipa de três trabalhadores, que mesmo ao Domingo trabalham. Há coisas na agricultura que não podem esperar!

 

 

O campo de tomates...perto de Santa Margarida.

 

 

Tal como no milho, depois da máquina passar, as garças boieiras pousam á procura de alimento. Podem ver-se os tomates ainda verdes que ficam no campo.

 

 

O casal Barroso, que me levou a ver esta tarefa agrícola, a Fernanda e o produtor de tomate.

 

 

A Fernanda apanha algum tomate para fazer um docinho do dito.

 

 

E obviamente falta falar sobre aquele que eventualmente é o maior produtor de tomate de Riachos, e milho também, o amigo José Inverno, e aproveito para  lhe enviar um grande abraço com votos de muita saúde, para continuar a produzir tomate de qualidade e português.  

 

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 23:50
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

.Eu


. ver perfil

. seguir perfil

. 36 seguidores

.pesquisar

.Maio 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Dois dias em Riachos III

.arquivos

.tags

. todas as tags

.links

.Visitas

conter12

.últ. comentários

Que pena pintarem as casas de branco!Eram tão lind...
Adorei o teu comentário! Não tenho mais palavras! ...
Não é preciso dizer mais nada... como sempre o ami...
Foi com gosto que apreciei esta festa de Carnaval...
Não lhe sei responder...Sei que têm vendido alguma...
A Quinta da Marqueza encontra-se para venda ?
Que catastrófe as imagens dão arrepios.bjshttp//bl...
Impressionante! Ainda bem que nada lhes aconteceu.
Parabéns à Junta de Freguesia de Pomares, por as m...
A familia de minha Mãe de apelido Silva Campos é d...

.AVISO

Para evitar a calúnia e a difamação gratuíta, os comentários são moderados pelo autor do blog. Todos os comentários serão publicados, mas se estiver a pensar insultar ou difamar pessoas ou grupos, e de forma geral prejudicar a utilização leal deste espaço não se dê ao trabalho. Os comentários não serão publicados.