Terça-feira, 22 de Setembro de 2015

O Tempo dos Pipos

Vindimas e Pipos (001)

Por diversas vezes tenho feito referência às vindimas, aos pipos e a várias castas de uvas. Às vindimas, entenda-se, aquelas que se fazem pela nossa terra e pela nossa zona da Serra do Açor.

Em 2010 publiquei um post com o título "É Tempo dos Pipos". Hoje volto ao tema porque é tempo deles, e até porque ainda ontem nesse post me perguntavam como se lavavam os pipos. Assim sendo, o que acham se este post se chamar "O Tempo dos Pipos" ?

Ao longo destes anos tenho renovado a minha pequena vinha, se é que lhe poderei chamar de vinha, porque são tão poucas videiras, que até faria rir qualquer pequeno viticultor, mas o que me dá prazer é fazer o meu próprio vinho, não em quantidade, mas em qualidade. Para isso, tenho renovado as castas antigas e plantado Touriga Nacional, Tinta Roriz, Syrah e algum Cabernet Sauvignon, nos tintos; Maria Gomes ou Fernão Pires, Chardonay e outras castas antigas, incluindo morangueiro ou "forra a pele", nos brancos.
Esta época o meu trabalho está feito, e espero que Baco faça o resto e transforme o néctar que está nas dornas num Karuma´s que não envergonhe o produtor.

Vindimas e Pipos (002)

É claro que a "vindima" para ser vindima e seguir a tradição, é um trabalho de equipa. Aqui está a equipa: o meu tio Acácio e o amigo Armando.

Vindimas e Pipos (003)

Este é um cacho de uvas literalmente biológico. Não foi sujeito a qualquer tratamento químico e trata-se da casta "Rabo de Ovelha".

Vindimas e Pipos (004)

O vinho exige esforço, tempo e dedicação...bebê-lo é a parte mais fácil.
Como estamos no tempo das vindimas, desejo-vos sorte e sucesso!!!

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 23:52
link do post | comentar | favorito
Sábado, 13 de Dezembro de 2014

Sabores de Sintra - Prova de Vinhos de Anselmo Mendes

Prova de Vinhos na Sabores de Sintra (2)

Uma prova de vinhos na Sabores de Sintra, é acima de tudo um acto cultural, porque como disse o Engº e Enólogo Anselmo Mendes, o vinho não é uma bebida, é um produto cultural. Concordo em absoluto.

As fotografias que vamos ver, retratam a prova de vinhos que teve lugar na Sabores de Sintra, na última quinta feira, em que tive o previlégio de participar a convite do meu amigo e proprietário deste belíssimo espaço, Fernando Pereira. 

Prova de Vinhos na Sabores de Sintra (9)

O Engº Anselmo Mendes, é uma referência mundial na produção de vinhos verdes, e a casta Alvarinho é a sua casta de eleição, aquela na qual tem investido mais tempo e dedicação. É a casta rainha dos vinhos brancos, explicou.

Os vinhos que produz conquistaram já diversos prémios e distinções, e ganharam a confiança dos críticos e apreciadores mais exigentes em todo o mundo.

Prova de Vinhos na Sabores de Sintra (1)

A postos e a tratar da temperatura dos vinhos, Ricardo Baião, o colaborador do Fernando Pereira, e o homem do balcão da Taverna dos Trovadores.  

Prova de Vinhos na Sabores de Sintra (4)

Um bom lote de vinhos verdes.

Prova de Vinhos na Sabores de Sintra (6)

Começámos por este super excelente alvarinho.

Prova de Vinhos na Sabores de Sintra (24)

Em prova estiveram dois (2) brancos verdes e três (3) tintos. Divinais. Os tintos, até têm nomes santificados...
Cá por mim, até nem me importava nada de beber todos os dias da Vinha dos Santos, da Vinha dos Deuses, e da Quinta dos Frades. Juro que até a alma ia mais pura!!!

Prova de Vinhos na Sabores de Sintra (7)

O Engº Anselmo Mendes vai dando o enquadramento histórico do vinho e da região. Ouvir quem fala do vinho com entusiasmo, paixão e  saber, ajuda-nos a perceber o vinho que se bebe, saber de onde vem o seu carácter único, e torna o acto de beber mais agradável.

Prova de Vinhos na Sabores de Sintra (8)

Uma sala atenta.

Prova de Vinhos na Sabores de Sintra (3)

Cabral, antigo jogador e representante da marca de vinhos da Quinta dos Frades, com amigos.

Prova de Vinhos na Sabores de Sintra (5)

Ricardo Baião e Nina Anjos, responsável da marca dos vinhos da Quinta dos Frades.

Prova de Vinhos na Sabores de Sintra (10)

E vai haver fado, ou não estivéssemos na casa de fados de Sintra, Sabores de Sintra.

Prova de Vinhos na Sabores de Sintra (14)

Ao jantar.

Prova de Vinhos na Sabores de Sintra (11)

Prova de Vinhos na Sabores de Sintra (12)

 

Prova de Vinhos na Sabores de Sintra (13)

A mesa da Quinta dos Frades.

Prova de Vinhos na Sabores de Sintra (15)

A "nossa" mesa. É um privilégio partilhar o agradável jantar com  a distinta e bonita Dra. Ana Isabel de Sacadura Botte Lobato de Mello Bramão Ramos, Condessa, Embaixatriz, e descendente de nomes de vulto da nossa história pátria, entre os quais o descobridor do Brasil, Duarte Pacheco Pereira. À esquerda, Augusto Campos, amigo de infância do Fernando Pereira.

Prova de Vinhos na Sabores de Sintra (16)

E vamos ao fado com a diva Ana Laíns.

Prova de Vinhos na Sabores de Sintra (18)

Ana Laíns acompanhada por Carlos Lopes, e pelo viola, Bernardo Viana, um jovem de 16 anos.

Prova de Vinhos na Sabores de Sintra (19)

Ana Laíns, sempre espectacular!

Prova de Vinhos na Sabores de Sintra (17)

Na Sabores de Sintra é assim, um ambiente formidável, único!!!

Prova de Vinhos na Sabores de Sintra (20)

Ana Laíns cumprimenta com um abraço a cantora e actriz Anabela, que aceitou o convite de cantar o Fado.

Prova de Vinhos na Sabores de Sintra (22)

Anabela

Prova de Vinhos na Sabores de Sintra (23)

Espectacular interpretação da Anabela.

Prova de Vinhos na Sabores de Sintra (21)

E aqui bebe-se e come-se, e se as bebidas estão a cargo do Ricardo Baião, o comer está a cargo do Chefe Miguel Rodriguez.

Prova de Vinhos na Sabores de Sintra (25)

O Fernando Pereira tem todas as razões para estar feliz, as suas casas são um sucesso.

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 15:37
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 19 de Fevereiro de 2014

Da Vinha e do Vinho? Hummmm!!!

 

Da Vinha e do Vinho? Hummm!!!
Cá p'ra mim, pelo aspecto da porta de entrada, há muito que não se bebe um copo por ali...

 

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 22:37
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 15 de Março de 2013

Em Pomares também há artesanato, e esta hein?!

 

Em Pomares também se faz artesanato de colheres de pau...não com o intuito e finalidade com que se fazem as colheres de pau da Benfeita, mas o exemplar que o meu afilhado Jorge Moura segura na mão, e que é obra sua, destina-se a ser usado em brincadeiras enófilas e para estômagos preparados, porque o recipiente está aferido para um litro...

Ainda não está totalmente acabada, irá sofrer algum desbaste para lhe reduzir peso, e a saliência que tem é para facilitar o manejo da dita, com a ajuda da mão esquerda. A colher está projectada para destros, mas seja lá o lado que se queira utilizar, convém que esteja em perfeito equilíbrio...

Eu registei para mostrar que estes utensilios fazem parte de uma cultura de proximidade, de amizade e partilha entre vizinhos e amigos. São objectos que ninguém utiliza  sózinho. E quem disse que as colheres servem só para mexer???!!! São acima de tudo objectos de sociabilidade...

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 23:31
link do post | comentar | favorito
Sábado, 18 de Fevereiro de 2012

Subsídio? Cada um tem o seu...

 

Subsídio? Cada um tem o seu!...Este comprei-o, sem subsidio, claro!

Se todos os subsídios fossem assim, o país estava bem melhor...

Este é um subsidio de terras lusas, alentejanas, tem por base a casta Aragonez, e foi temperado com a Syrah, Cabernet Sauvignon e Alicante Bouchet. Ahhhh, se em Pomares eu tivesse assim um Caruma's!!!

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 00:40
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Segunda-feira, 26 de Setembro de 2011

Carumas's Late Harvest

 

Hoje ia falar de alguns assuntos tratados na Assembleia Municipal e Assembleia de Freguesia que decorreram no sábado pp, ia, mas por força da mãe natureza, que me pôs as uvas no "ponto", não me sobrou tempo algum e não irá sobrar por estes dias mais próximos. Contingências da vida do campo!

Todos sabem que gosto da terra e dos trabalhos do campo, e também todos sabem que na nossa freguesia, quer pelos terrenos quer pelo microclima, não se produzem bons vinhos, e é por isso mesmo que apelido o meu vinhito como Vinho de Caruma. Já contei a história várias vezes, um antigo colega e amigo dizia-me que, se cá na minha terra havia só pinheiros como é que eu queria ter vinho em condições?!!!

Normalmente o nosso vinho, e salvo algumas raras excepções, é um pouco ácido, de baixa graduação e multi castas, o que dá um produto difícil de equilibrar, quiçá mesmo para um enólogo, quanto mais para um pobre enófilo. Como sou teimoso e gosto de sentir o cheiro frutado do vinho em fermentação, e porque me dá algum gozo fazer vinho por processos antigos, deixo as uvas atingir uma maturação máxima possível, uvas quase passificadas, com desidratação natural dos bagos, e por consequência uma maior concentração de açúcar que normalmente é baixa.   Como a técnica de retardar a colheita é designada por Late Harvest, então porque é que o meu vinhito não poderá ser um Caruma's Late Harvest ???!!!

 

 

Não sou um expert em identificar as castas, mas presumo que esta é o Borrado das Moscas ou Bical...será?

 

 

Maturação no limite...e antes que chova!

 

 

Tenho vindo a plantar e a substituir algumas videiritas por castas mais nobres, e tenho preferência pela touriga nacional, que penso ter uma boa adaptação por aqui, assim com a Tinta Roriz, mas no caso da fotografia é um moscatel e está super doce, e para comprovar reparem na abelha que está do lado direito a sugar o néctar...

 

 

 

sinto-me:
tags: , ,
publicado por rouxinoldepomares às 23:50
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
Terça-feira, 12 de Outubro de 2010

É Tempo dos Pipos

 

Pipo, um recipiente ancestral, em madeira, destinado ao vinho, que presumo estar em declinio, que ditará mais cedo ou mais tarde a sua extinção. Hoje estão em uso recipientes em aço inox, mais fáceis de lavar e mais hiegiénicos, claro! Mas eu gosto dos pipos, por tradição.  Estes destinam-se ao estágio do Caruma's Wine. Preparados com todo o cuidado para evitar fungos e outros bolores que possam alterar o odor e sabor natural do vinho. Estão a aguardar o resultado da vindima cá de casa. Agora só o tempo é o mestre...

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 00:32
link do post | comentar | ver comentários (16) | favorito
Quinta-feira, 7 de Outubro de 2010

O Tempo está Fixe!

 

Costuma-se dizer, que quando não se tem nada que conversar, fala-se no tempo ou no futebol! É uma verdade. Mas não é o meu caso!

Há uns tempos atrás, quando "O Rouxinol de Pomares" era ainda uma novidade, e dava os primeiros passos  a desbravar os caminhos da web aqui pela nossa terra, um amigo questionou-me por quanto tempo teria assunto para "falar"...respondi-lhe que assunto haveria sempre...

De facto há sempre assunto, mesmo que a nossa terra seja pequenina, o que não é o caso da Freguesia de Pomares, que apenas é pequena no número de "almas", mas é grande na vontade desta gente beirã, da Serra do Açor. Há sempre um recanto de uma aldeia para mostrar, um assunto para divulgar,  até as cores da Serra do Açor para mostrar, um diz que disse uma "fofoca"...enfim, muita coisa, até o tempo aqui pela nossa terra. Aqueles que estão longe, gostam de saber e penso que com uma ou duas fotografias, gostam muito mais.

Mas, falando do tempo, não por falta de assunto, mas porque o tempo meteorológico também é notícia, contrariamente às previsões dos técnicos, hoje, Pomares acordou com um dia de temperatura amena e soalheiro.

E, vim eu a correr, fazer o meu Caruma's Wine, porque a chuva seria abundante. S. Pedro trocou-lhes as voltas...e ainda bem!

Sobre o Outono, as suas cores douradas e ocres que se apoderam das árvores e dos campos, ainda não chegaram. Os campos estão verdes, qual Primavera teimosa!

 Hoje "postei" a esta hora pouco habitual, porque os afazeres das lides vinícolas me ocuparam o tempo e o corpo também. Até amanhã e bebam com moderação!

 

  

 

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 15:25
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Quarta-feira, 6 de Outubro de 2010

Caruma´s Wine

 

Com a ajuda da família e dos amigos está concluída a vindima do meu produto biológico. Não tenho, obviamente, uma produção que me permita a exportação com a marca Caruma's Red Wine, (eh!, eh!, eh!), mas não está posta de parte a rotulagem para o mercado nacional, direccionada para os amigos e a um custo atractivo, (zero euros), cuja designação a comercializar sob o nome de Caruma, Grande Escolha, está em estudo e no prelo estão já em fase adiantada os respectivos rótulos.

 

 

A saúde das uvas estava excelente e o grau de açúcares pareceu-me elevado. Agora é só aguardar que o processo siga o curso natural que o Criador determinou.

O vinho alegra o olho, limpa o dente e cura o ventre! 

 

 

 

sinto-me:
tags: , ,
publicado por rouxinoldepomares às 02:00
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
Sexta-feira, 1 de Outubro de 2010

Ruralidades XVIII

 

Anda bicho na vinha...

Desde cedo, mal as uvas começaram a pintar, já  os bagos me começaram a desaparecer, bago a bago, com uma precisão cirúrgica e selectiva. Não me indignei com o, ou os animais que precisavam de se alimentar, mas a curiosidade apoderou-se de mim tentando perceber e descobrir qual o animal que me comia os bagos sem danificar os restantes, e nem todas as espécies eram do seu agrado. Indaguei, aqui e ali fiz conversa: uns afirmam ser ratazanas, outros os melros; contrapunha que não me parecia, porque as uvas estariam a uma altura impossível de alcançar por uma ratazana, e uma ave teria de debicar as uvas. O que se verificava era que os bagos eram arrancados um a um sem vestígios ou desperdícios no chão, e a forma de o fazer, só poderia ser de quem dispõe de dedo oponível. Até hoje não consegui ver que animal é "fã" das minhas uvas. Não de todas, mas das mais doces e de pele mais fina. As minhas suspeitas vão para o esquilo...

 

 

Não abocanha, não estraga, come apenas os bagos deixando os píncaros...

 

 

Há videiras em que nem um bago para amostra...

 

 

É selectivo. Este Alfonso Lavalle, uva de mesa, escapou aos gostos do "bicho"...

 

 

O mesmo não aconteceu ao Cardinal,  apenas provei uns bagos que o "bicho" me deixou...

 

Esta vida rural tem que se lhe diga...

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 23:09
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Quarta-feira, 28 de Outubro de 2009

O MAGUSTO DA SOCIEDADE

 

Recebi da Direcção da Sociedade de Melhoramentos de Pomares, o pedido para divulgar o seguinte:

 

SOCIEDADE DE MELHORAMENTOS DE POMARES

 

A Sociedade de Melhoramentos de Pomares, convida todos os seus associados e amigos a participarem no magusto Dia 31-10-2009 pelas 15:00 horas no campo da Sociedade junto ao pavilhão.

Agradecemos a presença de todos.

 

                                                            A Direcção

 

                                                          Manuel Pereira

                                                          Daniel Afonso

                                                          Glória Marques

 

 

 

Nota do blogger:  Sem poder comer muitas castanhas e muito menos beber, lá estarei, e levarei debaixo do braço uma garrafita de jeropiga, marca "Rouxinol de Pomares", para os amigos. Até lá!

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 02:02
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Quarta-feira, 14 de Outubro de 2009

Estou em Trabalhos Rurais

 

Desculpem lá meus amigos de não ter "postado" ontem. Por estes dias ando em trabalhos de vindima, a fazer um vinhito. Tenho um amigo que me dizia que aqui eu só podia fazer vinho de caruma porque só havia pinheiros. Achei piada e agora eu apelido o meu vinhito como vinho de caruma. Cuidado com ele!...

Não há nada como mexer na terra, senti-la, cheirá-la e ver as coisas que ela produz, e nós tratamo-la tão mal!

Por estes dias já retomarei a rotina habitual.

Obrigados por visitarem O Rouxinol de Pomares.

 

 

 

sinto-me:
publicado por rouxinoldepomares às 02:13
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito

.Eu


. ver perfil

. seguir perfil

. 36 seguidores

.pesquisar

.Maio 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. O Tempo dos Pipos

. Sabores de Sintra - Prova...

. Da Vinha e do Vinho? Humm...

. Em Pomares também há arte...

. Subsídio? Cada um tem o s...

. Carumas's Late Harvest

. É Tempo dos Pipos

.arquivos

.tags

. todas as tags

.links

.Visitas

conter12

.últ. comentários

Que pena pintarem as casas de branco!Eram tão lind...
Adorei o teu comentário! Não tenho mais palavras! ...
Não é preciso dizer mais nada... como sempre o ami...
Foi com gosto que apreciei esta festa de Carnaval...
Não lhe sei responder...Sei que têm vendido alguma...
A Quinta da Marqueza encontra-se para venda ?
Que catastrófe as imagens dão arrepios.bjshttp//bl...
Impressionante! Ainda bem que nada lhes aconteceu.
Parabéns à Junta de Freguesia de Pomares, por as m...
A familia de minha Mãe de apelido Silva Campos é d...

.AVISO

Para evitar a calúnia e a difamação gratuíta, os comentários são moderados pelo autor do blog. Todos os comentários serão publicados, mas se estiver a pensar insultar ou difamar pessoas ou grupos, e de forma geral prejudicar a utilização leal deste espaço não se dê ao trabalho. Os comentários não serão publicados.